A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Visibilidade Hans Dorresteijn Delegação da União Europeia Brasília, 10 de abril 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Visibilidade Hans Dorresteijn Delegação da União Europeia Brasília, 10 de abril 2013."— Transcrição da apresentação:

1 Visibilidade Hans Dorresteijn Delegação da União Europeia Brasília, 10 de abril 2013

2 Objetivos Assegurar que, nos projetos total ou parcialmente financiados pela União Européia (UE), o apoio da UE seja assinalado de modo visível; Divulgação do projeto ou programa; Divulgar a missão da União Europeia; Utilizar as diretrizes de visibilidade existentes:  O cumprimento das diretrizes é obrigatório para todos os beneficiários e/ou parceiros de execução de contratos (CE art. 7.1 e CG art.6)

3 Manual de Comunicação e Visibilidade O Manual foi desenhado para garantir que ações que recebem financiamento da União Europeia providenciam informações e atividades de comunicação para aumentar o conhecimento de grupos alvo dos motivos da ação e do apoio da União Europeia.

4 Estratégia de comunicação O elemento comum de identificação de todos os projetos e programas financiados pela União Européia deve ser o emblema europeu, com a designação UE logo abaixo (também pode ser fundo branco com moldura e estrelas em preto) UNIÃO EUROPEIA

5 Estratégia de comunicação É importante divulgar a missão da União Europeia: A União Europeia (UE) visa promover os valores da paz e prosperidade, boa governança, democracia, direitos humanos e desenvolvimento sustentável em todo mundo através da cooperação para o desenvolvimento, comercio, educação, ciência e tecnologia e tecnologia da informação. Procura parcerias com atores não estatais e do governo para desenvolver projetos e atividades em apoio aos objetivos de desenvolvimento do milênio. Para mais informações vejam: (UE geral); (UE cooperação) e ments/188a_mdg_pt.pdf (objetivos de desenvolvimento do milênio). ments/188a_mdg_pt.pdf

6 Estratégia de comunicação O projeto deve organizar um evento oficial de abertura do projeto com autoridades relevantes e a imprensa, se possível em coordenação com a Delegação; Durante os primeiros três meses o projeto deve preparar um Plano de Visibilidade que é submetido à Delegação para comentários; A Delegação pode fornecer material para publicidade como a logomarca e um vídeo sobre a cooperação no Brasil.

7 Recomendações Relatórios – Estudos Deve ser feito através de um comunicado a imprensa usando o timbre habitual do projeto e o logo da EU escrito União Europeia abaixo. EquipamentosO logo da UE deve ser afixada nos equipamentos (computadores, laptops, placa no exterior do veículo) de modo bem visível mencionando: "Fornecido com o apoio da UE“. EventosO logo da EU, escrito União Europeia abaixo, deve ser incluída em material promocional do eventos, claramente informando que a mesma financia o evento. Deve aproveitar-se a oportunidade para expor a bandeira européia nas salas de reunião.

8 Recomendações Banco de imagens: recomenda-se fazer fotografias para ilustrar os progressos na execução do projeto; As construções (galpões, cisternas, etc) e a Sede do Projeto (exterior e interior) devem ter o emblema europeu exibido em lugar de destaque; Todas as publicações devem incluir a cláusula de exoneração de responsabilidade da UE.

9 Visibilidade UE Observações do Monitoramento Externo Compreensão dos parceiros (ONGs mas também parceiros mais institucionais) Em geral limitado a identificação e imposição do doador; Pouco ligado a comunicação e desvinculado de uma contribuição potencial aos resultados do projeto: divulgação, formação e capacitação; Perda de oportunidades; Cultura e capacidade de comunicação (internet, imprensa, criação e produção de suportes) muita alta no Brasil;

10 Visibilidade CE Observações do Monitoramento Externo Uso da identidade visual UE sem agregar valor (produto didático); e uso errado e associado a mensagem discutível; Boas práticas: IDESAM – Projeto de Empoderamento e a Municipalidade de Ponta Porã: 1. O logotipo reflete a filosofia do projeto (apropriação dos parceiros e dos beneficiários); 2. Identificação das atividades e dos produtos para conferir um valor suplementar às identidades associadas ao projeto; 3. Vigilância para qualidade dos produtos; Resultado: uma “convivência” da CE a nível de parceiro e beneficiário e uma curiosidade sobre o compromisso da CE.

11 Boas práticas Ter um plano de visibilidade anual por projeto. Colocar no relatório anual a execução deste plano. Comunicar tanto visualmente quanto verbalmente aos parceiros e beneficiários finais sobre a participação da EU (motivos e significado dessa participação) Despertar a curiosidade sobre a UE Comunicar à Delegação (previamente) sobre publicações, conferências, seminários e outros eventos relevantes relacionados ao projeto - e citar o co-financiamento da UE em tais eventos. Incluir a logo da UE em material promocional (caneta, camiseta, boné, cartões de visita, livros, folhetos, camisetas, etc.). Enviar pelo menos um exemplar para a Delegação. Em caso de dúvida contatar a Delegação.

12 Projeto GIAPA (Ponta Porã)

13 Delegação da União Europeia no Brasil

14 Delegação da União Europeia no Brasil

15 Delegação da União Europeia no Brasil

16 Delegação da União Europeia no Brasil

17 Delegação da União Europeia no Brasil

18 s de contato (Geral da Delegação) dos gestores de projeto: Muito obrigado.


Carregar ppt "Visibilidade Hans Dorresteijn Delegação da União Europeia Brasília, 10 de abril 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google