A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

© www.josedornelas.com INCUBADORAS DE EMPRESAS José Dornelas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "© www.josedornelas.com INCUBADORAS DE EMPRESAS José Dornelas."— Transcrição da apresentação:

1 © INCUBADORAS DE EMPRESAS José Dornelas

2 © Antecedentes O empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será para o século XXI mais do que a revolução industrial foi para o século XX Jeffry Timmons O Brasil está entre os países que possuem o maior índice de criação de empresas pela população adulta no mundo –Relatório GEM (Babson College e London Business School) Incubadoras de empresas são o principal meio de apoio ao crescimento de pequenas empresas iniciantes no Brasil O número de incubadoras no país tem crescido rapidamente, em todo o território nacional Principais incentivadores do movimento: SEBRAE e MCT (PNI / CNPq / Finep)

3 © Investimento para startups angels Incubadoras empreendedor amigos família Idéia seed money angels Start-up venture capital first round secondround... Expansão venture capital IPO bolsa de valores Consolidação Crescimento da empresa Tempo

4 © Histórico de Incubadoras O conceito surgiu naturalmente, como conseqüência da criação dos Parques e Pólos tecnológicos nos EUA, no final da década de 40, em Palo Alto - CA. A primeira incubadora de empresas brasileira surgiu em São Carlos-SP, em Nos últimos anos, o número de incubadoras de empresas cresceu rapidamente em todo mundo. Nos EUA, atualmente existem mais de 1000 incubadoras de empresas. (Europa: mais de 1200; Mundo: mais de 4000) No Brasil, o estudo mais recente divulgado pela ANPROTEC, indica a existência de mais de 400 incubadoras de empresas no país.

5 © Histórico de Incubadoras De acordo com MEEDER (1993) três razões guiaram o desenvolvimento das incubadoras de empresas americanas a partir dos anos 70: –Motivação para encontrar novas utilidades para prédios antigos e abandonados em áreas retiradas; –Fundos provenientes da National Science Foundation (Fundação Nacional da Ciência, nos EUA) de apoio ao empreendedorismo e inovação nas maiores universidades americanas, e –Iniciativas de vários empreendedores e grupos de investidores para transferir suas experiências a novas empresas em um ambiente propício à inovação tecnológica e comercialização de produtos de tecnologia.

6 © –São destinadas a amparar o estágio inicial de empresas nascentes que se enquadram em determinadas áreas de negócios. –...É um ambiente flexível e encorajador onde são oferecidas facilidades para o surgimento e crescimento de novos empreendimentos (ANPROTEC, 1998). –É um ambiente de trabalho controlado, projetado para auxiliar no crescimento de novas empresas emergentes... (LALKAKA & BISHOP, 1996). –Catalisam o processo de início e desenvolvimento de um novo negócio, provendo os empreendedores com toda a expertise necessária para gerenciar suas empresas, estabelecendo redes de contatos e ferramentas que farão seus empreendimentos atingirem o sucesso (NBIA, 2000). Definições

7 © Histórico

8 ©

9

10 Fatores críticos de sucesso SMILLOR & GILL (1986) Programa demetas comprocedimentos e políticasclaras Vínculocom Universidades e/ou centros depesquisa Processo deseleção dos incubados Percepção doSucesso Acesso a financiamentos e investimentos SuporteFinanceiro e assessoriafinanceira Suporteda comunidade Redeestabelecida de empreendedorismo Expertise local em administração de negócios Ensino de empreendedorismo Incubadora deEmpresas

11 © Objetivos Segundo a NBIA, uma incubadora de empresas deve oferecer, pelo menos, os seguintes serviços (RICE, 1992): 1.Possibilitar ao empreendedor o desenvolvimento de uma rede de contatos, sempre encorajado pelo gerente da incubadora. 2. Prover assistência técnica e gerencial aos incubados através de especialistas que trabalhem na própria incubadora ou via profissionais capacitados da comunidade. 3. Auxiliar o empreendedor a conseguir financiamento para seu empreendimento, desde a elaboração do plano de negócios até a negociação com os investidores. 4. Oferecer uma série de serviços aos incubados e também àquelas empresas filiadas à incubadora, mas não residentes.

12 © Incubadora não é… … apenas um galpão com espaços para instalação de empresas … apenas um conglomerado de empresas … um artifício para geração de empregos … uma solução definitiva para o desenvolvimento local e regional … o único pilar para o desenvolvimento do empreendedorismo … um distrito industrial onde empresas ficam instaladas sem prazo de saída … um local onde apenas idéias ficam sendo testadas

13 © Impactos das incubadoras Geram novas oportunidades de inovação em vários setores Criam empresas de sucesso Reduzem a mortalidade de empresas nascentes Reduzem os riscos dos investimentos Contribuem para equilibrar o desenvolvimento regional Criam postos de trabalho qualificados e geram emprego e renda

14 © Principal finalidade Oferecer condições para a criação de empresas bem sucedidas

15 © Panorama das incubadoras brasileiras (até 2006)

16 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec)

17 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec)

18 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec)

19 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec)

20 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec)

21 © Vínculos das incubadoras de empresas Fonte: ANPROTEC

22 ©

23

24 Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec)

25 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec) Existência de Programas de Pré-incubação

26 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec) Custo Operacional Anual

27 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec) Custo Operacional Anual - Cobertura

28 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec) –Incubadoras: 339 –Empresas incubadas: 2327 –Empresas graduadas:1678 –Empresas associadas:1613 –TOTAL: 5618

29 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec) –Postos de trabalhos: –Empresas incubadas: –Empresas graduadas:12270 –Empresas associadas:3784

30 © Incubadoras de Empresas (Fonte: Anprotec) Critérios de Seleção

31 © Parques Tecnológicos (Fonte: Anprotec)

32 © Parques Tecnológicos (Fonte: Anprotec) Áreas de Atuação

33 © Parques Tecnológicos (Fonte: Anprotec) –Vínculo formal com Universidades: 83%

34 © Parques Tecnológicos (Fonte: Anprotec) –Empresas instaladas (Industriais: 42%; Serviços: 54%)

35 © Parques Tecnológicos (Fonte: Anprotec) –Critérios de Seleção

36 © Parques Tecnológicos (Fonte: Anprotec) –Estágio das empresas que ingressam no parque

37 © Tendências Diversificação do conceito e dos tipos de incubadoras Anos 80 –Tecnológica Anos 90 –Tradicional –Mista Ano 2000 em diante –Agroindustrial –Cultural –Artes –Cooperativa

38 © Tendências Incubadoras Descentralização regional Cidades com menos de 200 mil habitantes Parques Concentração em grandes centros industriais e pólos regionais

39 © Sites Anprotec: NBIA: INFODEV: Rede Incubar: Asian Association of Business Incubation AABI: Japan Association for New Business Incubation (JANBO): Korean Business Incubation Association (KOBIA): China Business Incubator Association Business incubator development programme: Business e-Coach for Asia-Pacific SMEs: Best practice in business incubator management:


Carregar ppt "© www.josedornelas.com INCUBADORAS DE EMPRESAS José Dornelas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google