A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

(Ezequiel 16:60) - Contudo eu me lembrarei da minha aliança, que fiz contigo nos dias da tua mocidade; e estabelecerei contigo uma aliança eterna. Renovação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "(Ezequiel 16:60) - Contudo eu me lembrarei da minha aliança, que fiz contigo nos dias da tua mocidade; e estabelecerei contigo uma aliança eterna. Renovação."— Transcrição da apresentação:

1 (Ezequiel 16:60) - Contudo eu me lembrarei da minha aliança, que fiz contigo nos dias da tua mocidade; e estabelecerei contigo uma aliança eterna. Renovação da Aliança, que marca nossa geração. Pr. Normando Luís Monteiro Fernandes

2 Princípio para existência de uma aliança. (Aceitação Mútua). Eu serei o vosso Deus, e vós sereis meu povo. Na aliança há uma aceitação mútua: Deus aceita Israel e Israel aceita Deus. É o encontro de duas liberdades. Deus na sua liberdade, aceita o que Israel lhe dá, e Israel aceita o que Deus lhe dá.

3 Compromisso Bilateral – Aliança de Deus com Israel Dt Hoje aderistes á declaração do Senhor. Ele declarou que Ele seria o teu Deus e que tu tens de andar nos seus caminhos, observando as suas leis, os seus preceitos e os seus mandamentos, e tens de escutar a sua voz. Hoje o Senhor aderiu á tua declaração. Tu declaraste que serás o seu povo particular, como Ele prometeu, que observarás todos os mandamentos... que serias um povo consagrado ao Senhor, teu Deus, como Ele tinha dito. A Familiaridade que Israel vem a assumir com o seu Deus, pelo pacto da aliança, exprime-se, através da liturgia, depois do povo ter se comprometido a viver ás Palavras, pelo rito da aspersão do sangue do cap. 24 do êxodo. Para os Judeus, o sangue é o símbolo da vida que pertence unicamente a Deus. O sangue é derramado no altar, representando Deus, e no povo (V8),Moisés, tomou o sangue e aspergiu com ele o povo dizendo: Eis o sangue da aliança que o Senhor concluiu convosco, mediante todas estas palavras.

4 Quebra da aliança (Infidelidade de Jerusalém) Ez ; Porque assim diz o Senhor Deus: Eu farei a ti como fizeste, pois desprezaste o juramento, invalidando a aliança. (V 59) Por consequência, a tragédia do exilio babilônico, a humilhação dos Judeus, a sua pobreza, a destruição do templo, o distanciamento de Deus. Israel estava definitivamente consciente de ter quebrado o pacto da aliança com Deus, através de sua infidelidade para com Ele, e as suas idolatrias. Israel viu as maldições, das quais Deus os alertou, se procedessem de maneira errada diante dEle, caírem sobre sí. Daí a necessidade de uma restauração. Mas eu me lembrarei da aliança que fiz contigo nos dias da tua mocidade e estabelecerei contigo uma aliança eterna (V 60)

5 Compromisso Unilateral – Aliança com Abraão. Gn A aliança delineada com Abraão é eterna. ( Pois Deus não retira aquilo que dá nem a escolha que faz. Dt É uma aliança feita, e que não depende da atitude do povo. É uma aliança baseada unicamente na lealdade inquestionável de um Deus salvador e no seu amor por Israel e o fato de desejá-lo para si. Gen Estabelecerei a minha aliança contigo e com a tua posteridade de geração a geração; será uma aliança perpétua... Dar-te-ei a ti e a tua descendência o país em que resides como estrangeiro, toda terra de Canaã, em possessão perpétua. O edito de Ciro, um acontecimento inesperado que permitiu a Israel a regressar á Palestina e reconstruir o templo, é visto como desejo do Senhor Deus de restabelecer o pacto e dar uma nova oportunidade a Israel.

6 Restauração da Aliança profetizada. Deus assevera através do profeta Ezequiel, profeta na Babilônia entre os exilados: Derramarei sobre vós uma água pura e sereis purificados... Dar-vos-ei um coração novo e introduzirei em vós um espírito novo: arrancarei do vosso peito o coração de Pedra e vos darei um coração de carne. Dentro de vós porei o meu espírito. (Ez ). Agora é o espírito de Deus que realiza a transformação interior necessária para manter Israel fiel ao pacto. Jesus de Nazaré viverá esta nova aliança, repleto do Espírito Santo, dando assim uma dimensão escatológica a Aliança de Israel. Jesus é a nova Aliança através do sangue.(I Cor.11.25) Ele entregou-se a vontade de Deus Pai (Mt ). Ele foi desfigurado pela dor. (Is ). Passou da morte para a vida. ( Rm ). Com sua morte e ressurreição, Justificou a muitos.(Rm. 5.1).

7 Mateus nos cap. 26,27 e marcos nos cap. 14,24, ao usar a expressão: Este é o meu sangue da Aliança de Deus, ligam a morte Jesus na Cruz á cerimônia da Aliança do cap. 24 do Êxodo, onde o sangue espalhado no altar e sobre o povo, tornava-os família de Deus. Na verdade, o Cálice da nova Aliança em Cristo Jesus, nos torna filhos de Deus e familiares e irmãos de Jesus.

8 Como viver a renovação da Aliança, que marca minha geração. 1 – Renovando a Santidade. Deus assevera em sua palavra: Lv Porque Eu Sou o Senhor, vosso Deus, deveis santificar-vos, e permanecer santos, porque Eu Sou Santo! Lv Eu Sou o Senhor que vos santifica, que vos fez sair da terra do Egito, para ser vosso Deus. Eu Sou o Senhor. Ex Diz: Vós sereis para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa.

9 2 – Renovando a Obediência. Levando cativo todo pensamento a obediência de Cristo. 2 Cor , (contra toda especulação intelectual, Paulo mostra a revelação divina que torna o homem submisso a Deus pela obediência.) Fomos eleitos para a obediência e a aspersão do sangue de Jesus Cristo. 1 Pe (O propósito de sermos de Cristo é vivermos a obediência da vontade divina, através da purificação, do Selo da Aliança, e consagração ao serviço sacerdotal.) Obedecer é melhor do que sacrificar. 1 Sm (O profeta Samuel mostra que para Deus vale mais a obediência do que sacrifícios vazios.)

10 3 – Renovando a mente. Não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente. Rm (Paulo assevera que em contraste com esta era de um século que jaz no maligno e que será consumado com a vinda de Cristo, mesmo morando neste mundo, devemos viver como cidadãos do Reino Eterno de Cristo). Não vos amoldeis ás paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância. 1 Pe ( Pedro exorta aos cristãos que não vivam mais em concordância e sob o domínio do pecado que vivíamos na ignorância e na falta do conhecimento da palavra de Deus). Não ameis o mundo nem as coisas que no mundo há... 1 Jo ( João exorta a que os cristãos não devem amar a sociedade incrédula e rebelde sob a orientação do diabo. Mas amemos o pecador.)

11 Pr. Normando Luís Monteiro Fernandes Blog: mepbvalentina2.wordpress.com MEPB – VALENTINA II


Carregar ppt "(Ezequiel 16:60) - Contudo eu me lembrarei da minha aliança, que fiz contigo nos dias da tua mocidade; e estabelecerei contigo uma aliança eterna. Renovação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google