A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cia da Matemática Logarítmos Decimais A criação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cia da Matemática Logarítmos Decimais A criação."— Transcrição da apresentação:

1

2 Cia da Matemática Logarítmos Decimais

3 A criação

4 A necessidade faz a descoberta Durante os estudos de equações exponenciais precisávamos colocar ambos os membros na mesma base ou não conseguíamos resolver o problema.

5 Relembrar também é viver... Lembre: 2 x = 8 2 x = 2 3 x = 3 Assim, S={3}

6 Imagine calcular: 2 x = 5 Desta vez não conseguimos colocar na mesma base e portanto o problema ficaria sem solução ??? ??? ???

7 Histórico

8 A invenção dos logarítmos Quando surgiu? –Final da idade Média –Séculos XIV a XVI Onde Surgiu? –Europa Ocidental

9 O mundo da época Está saindo da Idade Média O feudalismo está acabando

10 Transformações mundiais Políticas Sociais Econômicas Culturais Artísticas Científicas

11 Esta série de transformações culturais ocorridas no mundo, ficou conhecida como... Renascimento

12 Época das grandes navegações Mitos colocados abaixo Desenvolvimento da navegação Desenvolvimento da Astronomia Os cálculos matemáticos começaram a ficar longos e trabalhosos...

13 Renascimento O verdadeiro renascentista humanista tem o dever do conhecer múltiplo –Música –Geometria –Astronomia –Artes –Arítmética Collegium Poetarum et Mathematicorum

14 Literatura

15 Os Lusíadas As armas e os barões assinalados, Que da ocidental praia Lusitana, Por mares nunca dantes navegados Passaram além da Taprobana, Em perigos e guerras esforçados, Mais do que prometia a força humana, E entre gente remota edificaram, Novo reino, que tanto sublimaram.

16 Renascimento e Navegação O cálculo do posicionamento das naves do século XVI através dos estudos de trigonometria, auxiliou as grandes navegações. Um dos grandes avanços foi a utilização de velas triangulares nas caravelas.

17 Artes, ciências, engenharia... Nomes famosos como: –Leonardo Da Vinci –Michelângelo –Maquiavel –Giotto –Shakespeare

18 Leonardo Da Vinci O ideal renascentista do polímata

19 Leonardo Da Vinci Artista Contador de anedotas Músico Cientista Matemático Engenheiro

20 Leonardo Da Vinci Um homem de muitos talentos, com uma insaciável curiosidade e sede de conhecimento. Nasceu em Anchiano, vilarejo da cidade de Vinci em 15 de abril de 1452 Viveu principalmente em Florença, Milão

21 Leonardo Da Vinci Não se dizia pintor, mas sim engenheiro: –Sistemas de aquecimento –Dreno de pântanos –Confecção de mapas –Sistema de canais –etc

22 Leonardo Da Vinci A Virgem e o Menino com SantAna

23 A Mona Lisa Obra mais famosa Foi pintada na época de maior produção Concluída em 1508 Obedece rigorosamente a padrões matemáticos.

24 Leonardo Da Vinci Trabalhou ainda com o Rei da França Foi para Roma a convite do Papa Leão X. Instalou-se no Belvedere do Vaticano, mas não gostava da agitação dos artistas do país, inclusive da incontestável posição de Michelângelo em Roma, resultante do seu trabalho na Capela Sistina Morreu em 2 de maio de 1519, em Cloux

25 Michelângelo Renascentista humanista

26 Michelângelo Outro grande renascentista Como todo renascentista também atuava em outras áreas.

27 Capela Sistina

28 A Criação

29 Forçando a descoberta A esta altura dos acontecimentos, os matemáticos necessitavam criar operações que simplificassem os cálculos. Lembre-se que: –Não haviam computadores ou calculadoras

30 Os inventores Primeiros a solucionarem os problemas –Joost Bürgi –John Neper Criaram uma tabela que facilitava os cálculos Tal tabela ficou conhecida como: TÁBUA DE LOGARÍTMOS DECIMAIS

31 Comparação de Sucessões de Bürgi Aritmética Geométricaa 0 a 1 a 2 a 3... Na base 10 Aritmética Geométrica Resultado

32 Utilização dos logarítmos

33 log x música

34 Escala musical A escala musical possui intervalos de semitons em escala logarítmica. Isto é fácil de ser observado pela própria curvatura existente nos instrumentos de corda Verifica-se também quando mede-se as distâncias dos trastes de um violão.

35 Teoria

36 Característica log 1 log 10 log 100 log 1000 = 0 = 1 = 2 = 3 É esperado que log de 5 seja um número compreendido entre 0 e 1 É esperado que log de 50 seja um número compreendido entre 1 e 2

37 Característica Se log 10 = 1 Se log 100 = 2 Então log 50 = 1,????

38 Característica A este número, facilmente encontrado, chamamos de característica. Assim, a característicca do log 5000 é 3.

39 Aplicação 01 Qual a característica dos seguintes logarítmos: log 3 log 20 log 785 log

40 Característica log 100 log 10 log 1 log 0,1 log 0,01 = 2 = 1 = 0 = -1 = -2 É esperado que a característica do log 0,3 seja -1 Espera-se também que seja um número compreendido no intervalo [ -1, 0 ]

41 Característica Quando a base de um logarítmo está compreendida entre 0 e 1 0 < x < 1 A característica é igual ao número de zeros que o número apresenta antes do primeiro algarismo não nulo

42 Aplicação 02 Calcule a característica de cada um dos logarítmos abaixo log 0,8 log 0,0045 log 0,0103

43 Característica e mantissa Observemos o que uma calculadora fornece sobre: log 50 = 1, –CARACTERÍSTICA MANTISSA

44 Mantissa A mantissa de um logarítmo pode ser fornecido por calculadoras ou tábuas.

45 Tábua de logarítmos n

46 Mantissa Alguns detalhes não podem passar despercebidos: –log 5 = 0,6989 –log 50 = 1,6989 –log 500 = 2,6989 –log 5000 = 3,6989 Note que a mantissa permaneceu a mesma enquanto a característica foi modificada

47 Característica e Mantissa Log 300 pode ser escrito como: log = = log log 3 = = 2 + 0,4771 = = 2,4771 Característica 2 e mantissa 0,4771

48 Característica e mantissa Chega-se à conclusão que: O log de um número pode ser dado por Característica + Mantissa C + M

49 Observe o que acontece Log 0,005 C = -3M = 0,6989 C + M = -3+0,6989 = -2,3011

50 Forma preparada ou mista Quando calculamos log 0,005 = -2,3011, perde-se a mantissa. Esta forma é chamada de forma negativa. Utilizando a forma mista, pode-se escrever: log 0,005 = 3,6989

51 Aplicação 03 Se log 21=1.3222, calcule log 0,021 Resolução: M = 3222 C = -2 Forma mista: 2,3222 Forma negativa-2 + 0,3222 = -1,6778

52 Aplicação 04 Passe para a forma preparada ou mista, log 0,07 = -1,1549 Resolução: Característica -2 Mantissa: 1- 0,1549=0,8451 Daí: 2,8451

53 Logarítmos neperianos Nome em homenagem ao seu criador Tudo o que foi visto continua válido A base deixa de ser 10 e passa a ser e Pode-se simplificar a escrita utilizando-se a nomenclatura: ln

54 Aplicação 05 Calcule x em 2 x =5. Resolução: Passando para a forma logarítmica log 2 5 Mudando para base log 5 / log 2 = = 0,6989 / 0,3010 = = 2,3219

55 Aplicação 06 Ao nível do mar, a pressão atmosférica é de 760mm Hg. Essa pressão varia com a altura, de acordo com a fórmula h=18400.log(750/P) h em metros P em mm Hg Considere log 3=0,5. A que altura do nível do mar a pressão é de 250 mm Hg?

56 Aplicação 06 Resolução: P = 250 mm Hg. Substituindo... h = log 750/P h = log 750/250 h = log 3 h = ,5 h = 9200m

57 Resumo

58 Logarítmos decimais log x = C + M se x >1, C é dado pelo n de dígitos -1 se 0

59 Fontes de Consulta Fotos e pesquisas internet –Sites: Vaticano Nasa Memorial Ayrton Senna Museu do Louvre Leonardo Da Vinci

60 Fontes de Consulta Revista Superinteressante Revista Nova Escola Matemática e Vida Fundamentos da Matemática Elementar Os Fundamentos da Física - Ramalho Enciclopédia Barsa Enciclopédia Conhecer Descobrindo a Trigonometria - Ática - CD


Carregar ppt "Cia da Matemática Logarítmos Decimais A criação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google