A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA.4 - 2A – OS GREGOS I PERIODO HOMÉRICO www.nilson.pro.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA.4 - 2A – OS GREGOS I PERIODO HOMÉRICO www.nilson.pro.br."— Transcrição da apresentação:

1 AULA.4 - 2A – OS GREGOS I PERIODO HOMÉRICO

2 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I Os dórios, vindos do Norte e utilizando armas de ferro, destruíram a civilização micênica. Isto teria ocorri­do entre 1200 e 1100 a.C. Terminou a Idade do Bronze e iniciou a Idade do Ferro, na Grécia

3 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I •A partir do século XII a.C., a sociedade grega estava organizada em genos, uma espécie de família muito grande, encontravam-se unidos por laços de parentesco consangüíneo e/ou religioso.

4 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I A propriedade e consumo era coletiva. O trabalho também era coletivo e a propriedade não podia ser vendida ou repartida.

5 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I Fratrias deu origem às tribos e a dos vilarejos (cinesismo) deu origem à cidade- estado (pólis)

6 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I A pólis grega gozava da mais completa soberania. Umas eram democráticas, outras eram oligárquicas

7 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I •Esparta: Os espartanos chegaram a fundar colônias. Tarento foi uma delas. A partir da segunda metade do século VIII a.C., buscando ampliar seu território, os espartanos conquistaram a região vizinha.

8 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I Esparta Sociedade: Os espartanos ou esparciatas, descendentes dos antigos dórios, formavam a classe dominante. periecos, chamados os da periferia, compunham populações livres, porém sem direitos políticos. Eram camponeses, comerciantes e artesãos, podendo possuir terras e bens móveis. Os hilotas eram servos pertencentes ao Estado, os chamados “escravos públicos”, prováveis descendentes da população conquistada pelos dórios. Eram mantidos sob um regime de terror.

9 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I Política: Espartana Gerúsia (Conselho dos Anciãos), Éforos, em número de cinco, eleitos pelo povo para mandato de um ano. Poderes, podendo julgar até os reis. Ápela (Assembléia do Povo), formada pelos espartanos com mais de trinta anos. Não discutia as resoluções, porém tinha o direito de aprová-las ou recusá-las.

10 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I Atenas : Economia modo de produção escravista Azeite, figo, cerâmica, prata, etc.; importavam tecidos, tapetes, perfumes, etc. A moeda era a dracma, uma espécie de “dólar” da Antiguidade. Geomores e demiurgos: geomores, pequenos agricultores; demiurgos, comerciantes e artesãos formavam o povo, isto é, o demos ateniense. Metecos: estrangeiros e seus descendentes livres, mas sem direitos políticos. Escravos: em geral, os capturados na guerra ou adquiridos por compra

11 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I As jovens atenienses viviam confinadas nos gineceus (parte da habitação reservada ao sexo feminino, onde aprendiam com as mães a se tomarem boas esposas). Era o pai que escolhia o noivo (geralmente entre 14 e 16 anos).

12 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I Direitos políticos para todos os cidadãos (os metecos, escravos e mulheres não tinham direitos políticos); participação direta dos cidadãos no governo, através do comparecimento à Assembléia ou por sorteio, quando se tratava de escolher o ocupante de algum cargo.

13 AULA.4 – 2A – OS GREGOS I Os choques entre o expansionismo grego e persa na Asia Menor acabaram provocando as Guerras Greco Pérsicas, também chamadas Guerras Médicas (os gmegos chamavam os pensas de medos). Tratado de Susa ou Paz de Kalias, em 448 a.C., marcou o fim das Guerras Médicas: os pensas reconheciam a hegemonia dos gregos

14


Carregar ppt "AULA.4 - 2A – OS GREGOS I PERIODO HOMÉRICO www.nilson.pro.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google