A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Centro de Química e Meio Ambiente Plano Diretor 2012 06/03/2012 Maria Aparecida F. Pires Marycel Elena.B.Cotrim Ademar Benévolo Lugão Gerência CQMA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Centro de Química e Meio Ambiente Plano Diretor 2012 06/03/2012 Maria Aparecida F. Pires Marycel Elena.B.Cotrim Ademar Benévolo Lugão Gerência CQMA."— Transcrição da apresentação:

1 Centro de Química e Meio Ambiente Plano Diretor /03/2012 Maria Aparecida F. Pires Marycel Elena.B.Cotrim Ademar Benévolo Lugão Gerência CQMA

2 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2012 Recursos Humanos Doutor dedic. 100%29 Doutor dedic. < 100%0 Mestre dedic. 100%9 Mestre dedic. < 100%0 Superior c/s especialização6 Médio c/s especialização18 Bolsista Pós-Doutorado3 Bolsista Doutorado21 Bolsista Mestrado14 Bolsista IC18 Outras Inst. e Voluntários33 Recursos Financeiros Orçamentário / Prov R$ ,00 Ag. FomentoR$ ,20 US$0,00 €65.000,00 Outros Rec.R$0,00 US$0,00 € Faturamento - comercial R$0,00 Faturamento - colaboração R$0,00 Fonte: SIGEPI Total: 152 Servidores 63 Alunos/estagiários: 89 alunos ( 56 bolsistas)

3 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2012 Função P&D&E Periódico Internacional Periódico Nacional5 - 7 T. Completo Evento Inter T. Completo Evento Nac Livro0 Capítulo de Livro3 - 1 Relatório Técnico7 - 4 Dep. Patente Internacional0 Dep. Patente Nacional5 1 Produto Tecnológico - total Função Ensino Disciplinas Graduação1 Pós-Graduação5 Orientações Pos-Doutorado concluído5 Pos-Doutorado andamento5 Doutorado concluído4 Doutorado andamento31 Mestrado concluído11 Mestrado andamento32 IC concluída21 IC andamento40 Fonte: SIGEPI

4 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2012 Função Produtos e Serviços  Programa de Monitoramento Ambiental compostos estáveis do IPEN – 2012  Monitoramento água subterrânea e efluente líquido do IPEN  Março Relatório – 2012  Programa de gerenciamento de resíduos químicos não radioativos (PGR-C) – 2012 Destinação final adequada de 6000 Kg  Atendimento ao TAC IBAMA

5 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2012 Função Produtos e Serviços (principais produtos e serviços controlados pela área técnica) unidade 1. análise - IPEN946amostra 1. análise de elemento combustível313amostra 1. análise externa672amostra 1. análise outro (monitoramento ambiental)614amostra 1. análise outro0 1. análise químico, físico-químico, biológico e estabilidade0amostra 1. caracterização de elemento combustível0amostra 1. ensaio biodistribuição0outro Fonte: SIGEPI 1. total2552

6 Área Nuclear CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2011 Principais Realizações Maria A. F. Pires, Alder S. A. Pereira, Cleide M. da Silva, Cristina Sisti, Elaine A. J. Martins, Elias S. Silveira, Elizabeth S. k. Dantas Hélio A. Furusawa, João C. Ulrich, Jorge E. S. Sarkis, Jose Oscar W. Bustillos, Marta Maekawa, Marycel E. B. Cotrim, Mauricio H. Kakazu, Neuza C. S. Diniz, Sabine N. Guilhen, Sergio C. Moura Venina M. do N. Souza, Vera Lucia R. Salvador

7 Projetos aprovados e em andamento Formação de RH / P&D / S Nuclear ( P&D e S)  CNPq Universal – Caracterização Material  CAPES – PD – 1 Bolsista  PCI – CNEN – Caracterização química combustível – Projeto Mo  PCI 2012 – para caracterização química  Davies & Gray – análise U em matriz de urânio e efluentes  Impurezas em U 3 Si 2 – metodologia redução de reagentes e rejeitos - massa amostra  Impurezas U-Al /U-Mo – adequação metodologia  U, Al e Mo – U-Al e U-Mo  Busca certificação ISO Caracterização Desenvolvimento U-Mo Desenvolvimento U-Mo Adequação metodologia U 3 Si 2 Desenvolvimento U-Al Desenvolvimento U-Al RMB - alvos

8 Esquema do mecanismo de funcionamento das nanopartículas magnéticas para remoção de contaminantes. [Imagem: Ruth Luqueze Camilo]Imagem Nanotecnologia brasileira para remover poluentes radioativos recebe patente Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/01/2013 Data do Depósito : 26/06/2003 Data da Publicação do Pedido : 11/10/2005 Título : NANOMATERIAL SUPERPARAMAGNÉTICO E PROCESSO PARA OBTENÇÃO Titular : Comissão Nacional de Energia Nuclear. Inventores : Mitiko Yamaura, IPEN; Ruth Luqueze Camilo, IPEN; Luiz Carlos Sampaio Lima, CBPF, RJ. Carta Patente no. PI Expedida em : 18 de Setembro de 2012

9 Participantes: Christina Aparecida L. G. de Oliveira (coordenadora) Ruth L. Camilo Marcos Oliveira Damasceno Ana C. Mindrizs Izilda da Cruz de Araújo (bolsista PCI) Jacinete L. dos Santos (bolsista PCI) Adeniane Aparecida N. de Morais (bolsista PCI) Mitiko Yamaura (colaboradora) Edson Takeshi Osaka (técnico mecânico) João Batista de Andrade (técnico mecânico) Helber Holland (mestrando) RMB- Produção de Mo-99 Principais Realizações

10 Os participantes estão divididos em dois grupos denominados Grupo da Dissolução e Grupo da Separação/Purificação. 1.Em 04/2012 finalizou-se o Projeto PCI intitulado “Desenvolvimento de processos de obtenção de 99 Mo a partir de alvos LEU de UAl x e de urânio metálico” iniciando-se em 05/2012 um novo projeto PCI intitulado “Desenvolvimento de processos de dissolução e purificação de alvos LEU para a produção de Mo-99”. Grupo da Dissolução, por sugestão do Dr. Perrotta, não apresentou nenhum trabalho no ano passado, pois se acredita que os estudos desenvolvidos possam ser patenteados. Grupo de separação/purificação • Efeito do pH e concentração na adsorção de Mo nas Aluminas, EBA Recife PE • Síntese de nano partículas de magnetita via irradiação de micro-ondas com adição de surfactante e caracterização. CBECIMAT 2012 Joinville SC Projeto Mo99

11 Tecnologias limpas Projetos em Parcerias com CENPES- PETROBRAS/RJ inovação Principais Realizações

12 LEVANTAMENTO EXTENSIVO DA LITERATURA ABERTA E DE PATENTES – ESTADO DA ARTE ( ) Dez/2003 – Jun/2004 (fase 1) PROJETO E MONTAGEM DE SISTEMA DE MICRO-ONDAS APLICADO A REATORES CATALÍTICOS PARA PROCESSAMENTO DE PETRÓLEOS PESADOS Fev/2005 – Jun/2007 (fase 2) R$ ,00 (fase1 + fase2) ASSISTÊNCIA OPERACIONAL PARA A AVALIAÇÃO DE PROCESSO DE HIDRODESSULFURIZAÇÃO ASSISTIDO POR MICRO-ONDAS Nov/2010-Mar/2011 – valor: R$ ,00 (Emergencial - decorrente de atraso na renovação/ prorrogação de convênio com o IPEN) Projetos Finalizados em Parcerias com CENPES-PETROBRAS/RJ Principais Realizações

13 Projeto Reacional - APLICAÇÃO DE MICRO-ONDAS EM REAÇÕES DE HDT E HCC: ESTUDOS EM BATELADA E CONSTRUÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA OPERAÇÃO EM REGIME CONTÍNUO Jun/ 2007 – nov/2013- valor: R$ ,00 Projeto Infra - RECUPERAÇÃO DO ANTIGO LABORATÓRIO DE PREPARO DE ZIRCÔNIA DO IPEN – REFORMA PREDIAL PARA ATENDER PROJETOS DE INTERESSE DA PETROBRAS NA ÁREA DO REFINO DO FUTURO Set/2007 – maio/2013- valor: R$ ,00 Projetos em Andamento em Parcerias com CENPES-PETROBRAS/RJ Projetos aguardando parecer da CNEN para assinatura com CENPES-PETROBRAS/RJ O USO DA TECNOLOGIA DE MICRO-ONDAS NO MELHORAMENTO DE PETRÓLEO E DE DESTILADOS MÉDIOS (desde Jun/2010 ) - valor: R$ ,00

14 inauguração Laboratório de tecnologia alternativas de refino. • Gerador (irradiador) de micro-ondas laboratorial de grande porte operando em batelada e contínuo(2 kW continuo e 8 kW pulsado) para fins de pesquisa. • Linhas de pesquisa potencias: Irradiação de biomassa para fins de gasificação Modificação térmica de polímeros Purificação de materiais Carbonização de fibras para a produção de fibra de carbono Outras Inauguração dia 22/03 as 10:00hs, aberto a todos * Importante a força de vocês pois há somente um funcionário do IPEN, Dra. Sumair, no projeto.

15 SISTEMA REACIONAL DE BATELADA com micro-ondas, projetado, fabricado e montado pelo IPEN CONTROLE COM CLP E SUPERVISÓRIO Realização de 280 testes com diversas cargas de Diesel, com e sem micro-ondas, para redução de S e N – desde 2008: -Tempo de reação: de 3,5h a 56h - T: 275°C a 375°C; -PH2: 50bar a 150bar Melhor resultado obtido até o momento: 98% de redução de teor de S Montagem parcial do sistema reacional contínuo pelo IPEN, para operação com micro-ondas

16 Tecnologias limpas - Decomposição de resíduos orgânicos perigosos Principais Realizações

17 Projeto CNPQ / CONSTRUÇÃO DE UM NOVO PROTÓTIPO DE EQUIPAMENTO PARA DECOMPOSIÇÃO TÉRMICA POR OXIDAÇÃO EM SAIS FUNDIDOS E TESTES COM HEXACLOROCICLOHEXANO - Coord. Paulo Lainetti Eficácia já comprovada de decomposição dos pesticidas organohalogenados: • BHC – Hexaclorociclohexano – C 6 H 6 Cl 6 (organoclorado) • Heptacloro - C 10 H 5 Cl 7 (organoclorado) • DDVP (diclorvos) - C 4 H 7 Cl 2 O 4 P (organoclorofosforado) • Fenil Pirazol - C 12 H 4 Cl 2 F 6 N 4 OS (organofluorclorado) Problema: organoclorados apresentam, frequentemente, alta resistência à degradação química e biológica e alta solubilidade em lipídios, com efeito bioacumulativo

18 Grupo de Polímeros Principais Realizações

19 Premiação PREMIO Melhor trabalho Cientifico do IRAP 2012, patrocinado pela International Irradiation Association (iia)) (participação com tudo pago no IMRP de Pequim em 2013 ≈ US$ ) 2012 – Premio 2012 inventor PETROBRAS Heloisa Zen, Geise Ribeiro, Adriana Napoleão Geraldes, Pedro Villalobos (Petrobras), Duclerc F. Parra, Ademar B. Lugão º CIOSP – Congresso internacional de Odontologia de São Paulo TRABALHOS VENCEDORES - Premio ADA-APCD - 2 ° lugar (1º lugar em 2009)

20 Principais realizações • Parceria com a Universidade de Quilmes para o encapsulamento de papaína e reticulação de proteínas; • Pedido de patente – Reticulação de Enzimas com manutenção de atividade e isenta de contaminantes químicos • Estruturação do laboratório e da equipe tendo em vista a liberação de recursos do FINEP para o desenvolvimento de borrachas especiais para o PRE-SAL. • Em 2012 o grupo conseguiu 23 publicações internacionais com texto completo, 17 em periódicos para 3 doutores

21 Grupo de Nanotecnologia Inovação na área de MARCADORES LUMINESCENTES 1) 1-MARCADORES LUMINESCENTES DE TR 3+ APLICAÇÕES BIOLÓGICAS; 2) 2- APLICAÇÕES NA ÁREA DE SEGURANÇA – MATERIAIS COM LUMINESCÊNCIA PERSISTENTE Liderado pela Dra. Maria Cláudia Felinto Principais Realizações

22 1) MARCADORES LUMINESCENTES DE TR 3+ APLICAÇÕES BIOLÓGICAS Cardiopatologia LDL Eu nm Projetos em Andamento- Grupo de Nanotecnologia No âmbito dos marcadores biológicos a instituição e seus parceiros tem desenvolvido tecnologia para marcação de antígeno específico da próstata, colesterol de baixa densidade, Chagas, anemia falciforme e Leishimania. Os principais marcadores são emissores no verde e vermelho e a inovação com marcadores no Infravermelho. Uma patente com numero de deposito PI

23 2) APLICAÇÕES NA ÁREA DE SEGURANÇA – MATERIAIS COM LUMINESCÊNCIA PERSISTENTE 10s 20s 30s 40s 50s Zn 1500°C Li 1500°C Aluminato de bário dopado com TR- (brilham escuro- persistência Luminescente) Participação projeto : Convênios Bilaterais / Edital MCT/CNPq nº 41/ Academia da Finlândia (Profs H. Brito –J. Hölsa) / – visita técnica J. Solid State Chem. 183 (2010) ;Optical Materials, 31, (2009) ; Optical Materials, Volume 31, (2008) ; Optical Materials, Volume 29, (2007) PI (2008). Projetos em Andamento- Grupo de Nanotecnologia

24 Projetos Bilaterais • Self-Assembly of photoluminescent colloids in - Metal Organic Frameworks • Atual – Participação como pesquisador Descrição: CNPq (Processo No / ) Edital/Chamada: Bélgica - CNPq/FWO. Convênio Bilateral de Cooperação Internacional com a Bélgica. • NOMSEC -Novel Optical Materials for Solar Energy Conversion and Storage • Atual -Participação como pesquisador Descrição: CNPq (Processo No /2012-0) Edital/Chamada: Finlândia - CNPq/AKA. Convênio Bilateral de Cooperação Internacional com a Finlândia

25 Química Ambiental Água & Solos & Adsorvedores Principais Realizações

26 Formação de RH e P&D Parceria : SABESP ; SEMASA; SANEATINS PROCAD  Formação RH – gestão qualidade água visando preservação recursos hídricos TO  Parceria UFT FAPESP - TEMÁTICO  Represa Guarapiranga - mananciais da RMSP - gerenciamento do abastecimento  Parceria SMA e Inst. Botânica Desenvolvimento e validação de metodologia para 17 compostos orgânicos ( Estrógenos, hormônios, fármacos e esteróis...) Projetos aprovados e em Andamento- Química Ambiental Principais Realizações

27 Parceria com a Sabesp – Paraíba do Sul SEMASA – Sto. André - Fapesp temático ( ) Reconstrução da Represa Guarapiranga e diagnóstico da qualidade atual da água e dos sedimentos de mananciais da RMSP com vistas ao gerenciamento do abastecimento

28 Química Atmosférica Medidas de Gases de Efeito Estufa na Amazônia e Costa Brasileira Principais Realizações Objetivos principais: 1- Determinar o Fluxo de Emissão/absorção dos Gases de Efeito Estufa 2- Construir a Rede Brasileira de Monitoramento Gases de Efeito Estufa Somente Dra. Luciana Vanni Gatti

29 Principais Realizações Consolidação de medidas de Gases de Efeito Estufa na Amazônia e Costa Brasileira (desde janeiro de 2010 com financiamento ate 2014) Projetos: – AMAZONICA (“Amazon Integrated Carbon Analysis”): A Multidisciplinary Consortium to Determine Greenhouse Gas Balances of the Amazon - Financiamento NERC para o LQA/CQMA/IPEN – £ (~R$ 1,5 Milhões) Carbon tracking and Water routing: controls of climate changes and variability – Tematico FAPESP – Financ. para o LQA/CQMA/IPEN – R$ 500 mil GEOCARBON - Operational Global Carbon Observing System – 7FP Com. Europeia, Financ. para o LQA/CQMA/IPEN – € (~R$ 380 mil) 4.Participação no Sistema Brasileiro de Observações das Mudanças Climáticas do MCTI – orçamento 2013 de R$ 333 mil FAPESP/NERC- UK/Brazil Research Network for Investigating the Amazonian carbon budget from space - R$ 364 mil

30 Construindo o Sistema de Observações de Mudanças Climáticas – Medidas de GEE Monitorar os Gases CO 2, CH 4, N 2 O, CO e SF 6 Laboratóro Referencia Regional da WMO - Participação na Rede Mundial de Monitoramento de Gás de Efeito Estufa da Organização Mundial de Meteorologia com duas estações brasileiras. Equipe: Dra. Luciana V. Gatti (func. IPEN) 3 Mestrandos 2 Doutorandos 1 Pós Doc 3 técnicos contratados de projeto

31 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2012 Principais dificuldades Aquisições – complexidade, demora, autorização de procurador, etc. RH: Pessoal para manter e ampliar atuação centro. Concurso publico não atendeu todas expectativas. (contratação da Sabine) Necessidade de Infra-estrutura física: manutenção e ampliação Apoio à Inovação tecnológica em empresas....

32 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2011 Principais dificuldades Apoio à Inovação tecnológica em empresas 1.Falta de recursos por parte das agencias de fomento para a promoção de parcerias 2.Excessiva demora para a aprovação e liberação dos recursos. (FINEP) 3.Bolsas tecnológicas com valores baixos e prazos pequenos em um mercado aquecido 4.marco regulatório na CNEN para desenvolver parcerias e inovação tecnológica com as empresas ainda sendo testado para verificação de sua efetividade. • Dificuldade para elaboração de acordos de cooperação • Dificuldade para o repasse de recursos • Dificuldade com o compartilhamento de instalações • Dificuldade em premiar os inovadores 5.Agilidade para a realização de acordos de cooperação 6.Fortalecimento do NIT do IPEN (muito boa-sorte à Dra. Adriana BVB Magalhães)

33 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2012 Principais Objetivos para MCT - Sistema de Observações de Mudanças Climáticas 2.NERC – FAPESP Projeto já aprovado no lado do Reino Unido 3.Previsão Aumento de publicações em revistas de alto impacto cientifico 4.Previsão aumento Defesas de Mestrados e Doutorado. 5.Participar do SisNANO 6.Projeto RMB: Projeto PCI que dará continuidade aos estudos de produção de Mo-99: Desenvolvimento de processos de dissolução e purificação de alvos LEU para a produção de Mo-99. Três bolsas: DA, DB e DF

34 7.Estruturação e Resultados do projeto de borrachas fluorados para o PRE-SAL 8.Desenvolvimento de parcerias com empresas na área de nanotecnologia – aprofundamento da Parceria com a Orbys 9.Desenvolvimento de parcerias em nanotecnologia para a encapsulação de radiofármacos 10.Inicio da parceria com o IPT para a gaseificação de biomassa (participação em projeto temático) 11.Manter e Ampliar escopo Certificação ensaios Uranio por Davies&Gray na NBR ISO área nuclear 12.Dar continuidade as ações: Licenciamento instalações e TAC Ibama

35 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2012 Principais Indicadores a doutores no total 13 orientadores >3 publicações/orientador

36 CQMA - Centro de Química e Meio Ambiente - Ano Base : 2011 Agradecimentos • Prefeitura • Compras • Setor de Almoxarifado • Grupo de Proteção radiológica • Ensino - GEN • NIT • Serviço médico • DAD – RH • Equipe de informática • Setor de importação

37 Nanotecnologia brasileira para remover poluentes radioativos recebe patente Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/01/2013 Paramagnetismo A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) obteve uma patente pela invenção de um nanomaterial superparamagnético. O nanomaterial pode ser usado para remover poluentes metálicos e tóxicos, incluindo os radioativos, presentes nos efluentes industriais. O paramagnetismo é a propriedade de determinados materiais, inicialmente desmagnetizados, de adquirir uma forte magnetização a partir da aplicação de um campo magnético externo.adquirir Composto de partículas de magnetita em escala nanométrica, o material patenteado representa uma alternativa mais barata e mais eficiente do que os métodos existentes para tratamento de efluentes.mais eficiente O invento foi desenvolvido pelas pesquisadoras Mitiko Yamamura e Ruth Luqueze Camilo, do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), e pelo pesquisador Luiz Carlos Sampaio Lima, do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF).desenvolvido

38 Patent application title: MAGNETIC COLLOID PETROLEUM OIL SPILL CLEAN-UP OF OCEAN SURFACE, DEPTH, AND SHORE REGIONS Inventors: Markus Zahn (Cambridge, MA, US) T. Alan Hatton (Sudbury, MA, US) Shahriar Rohinton Khushrushahi (Cambridge, MA, US) Assignees: Massachusetts Institute of Technology Patent application number: Markus ZahnT. Alan HattonMassachusetts Institute of Technology How to clean up oil spills MIT researchers devise a surprisingly simple but effective method for magnetically separating oil and water. Larry Hardesty, MIT News Office September 11, 2012 MIT researchers have developed a new technique for magnetically separating oil and water that could be used to clean up oil spills. They believe that, with their technique, the oil could be recovered for use, offsetting much of the cost of cleanup. The team has also filed two patents on its work. In the MIT researchers’ scheme, water-repellent ferrous nanoparticles would be mixed with the oil, which could then be separated from the water using magnets. The researchers envision that the process would take place aboard an oil-recovery vessel, to prevent the nanoparticles from contaminating the environment. Afterward, the nanoparticles could be magnetically removed from the oil and reused.

39 Video: Cleaning up oil spills with magnets at MIT


Carregar ppt "Centro de Química e Meio Ambiente Plano Diretor 2012 06/03/2012 Maria Aparecida F. Pires Marycel Elena.B.Cotrim Ademar Benévolo Lugão Gerência CQMA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google