A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TREINAMENTO COBRANÇA SICOOB Cooperativas Filiadas – 20 a 30/01.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TREINAMENTO COBRANÇA SICOOB Cooperativas Filiadas – 20 a 30/01."— Transcrição da apresentação:

1

2 TREINAMENTO COBRANÇA SICOOB Cooperativas Filiadas – 20 a 30/01

3 Objetivo •Buscar a adesão de novos associados ao serviço de cobrança, visando atingir a meta definida para o ano de •Firmar os conceitos e procedimentos do Serviço de Cobrança, visando dar segurança aos colaboradores na venda e pós-venda do serviço aos associados.

4 Agenda do Dia •Plano de Metas 2009; •Conceitos do Serviço Cobrança; •Carteiras e Modalidades do Serviço de Cobrança; •Procedimentos para o correto funcionamento do serviço; •Integração do serviço de cobrança com sistema de terceiros; •Módulo do Cedente; •Adequação do serviço de cobrança às necessidades dos associados; •Banco Correspondente;

5 Meta •Para o ano de 2009 foi definido a meta de títulos liquidados/mês. •Crescimento de 38,19% no ano;

6 Estratégias para bater a meta •Ter foco na meta; •Buscas atingir a meta desde o início do ano. •Definir visitas aos associados; •Não focar somente em grandes clientes/carteiras, os pequenos clientes tem necessidade do serviço ; •Propor ao associado as diversas formas de se utilizar o serviço, fornecendo a que lhe atenda; •Não se prender a empresas de um único ramo de atividade;

7 Antes de Começar!!!!!! •Desmistificando o CNAB: –O que é o CNAB ? •Layout definido pela FEBRABAN para troca de informações entre instituições financeiras e seus clientes. –No serviço de cobrança ele é utilizado para o quê? •Arquivo de Remessa: onde os dados dos boletos são encaminhados para registro no sistema da Cooperativa; •Arquivo de Retorno: onde a movimentação (baixa, liquidação) que ocorreu com os boletos é retornada para processamento do associado. –Quais os padrões de CNAB? •O Sicoob trabalha com os dois padrões CNAB400 e CNAB240 RemessaRetornoLayout REMLayout RET

8 Antes de Começar!!!!!! •Desmistificando o CNAB: –Quais informações constam nestes arquivos ? •Todas as informações necessárias para identificação dos títulos utilizados no serviço de cobrança. –Qual o melhor layout, CNAB400 ou CNAB240? •Para utilização do serviço de cobrança Sicoob damos preferência ao CNAB400, visto ser o mais simples de ser implementado.

9 Carteiras e Modalidades da Cobrança Sicoob Banco Correspondente Ainda não disponível

10 Formato da apresentação •Modalidade Sem Registro: •Público Alvo; •Formas de utilização; •Fluxo do processo; •Vantagens e Desvantagens; •Gerenciamento da Carteira; •Tarifas; •Cobrança com registro: •Público Alvo •Formas de utilização; •Fluxo do processo; •Vantagens e Desvantagens; •Gerenciamento da Carteira; •Tarifas;

11 Cobrança Sem Registro •Público Alvo: –Associados que necessitam de um serviço simples de cobrança, em que todo gerenciamento da carteira será feito por ele e que a Cooperativa não tenha necessidade de ter acesso ao volume financeiro da carteira.

12 Cobrança Sem Registro •Formas utilização: –Boleto Pré-Impresso: •Geralmente utilizado por cedentes que não possuem nenhuma solução tecnológica para gerenciamento da carteira. –Módulo do cedente: •Associado utiliza o módulo do cedente para realizar o gerenciamento de sua carteira de cobrança; –Sistema próprio: •Associado utiliza seu próprio sistema para emissão e gerenciamento de sua carteira de cobrança; •Para associados que utilizam sistema próprio é possível emitir títulos no formato carnê de pagamentos na modalidade Simples Sem Registro, Como assim?????

13 Cobrança Sem Registro Boleto Pré-Impresso •Fluxo do Processo: Arquivo de retorno é opcional

14 Cobrança Sem Registro Boleto Pré-Impresso •Vantagens e Desvantagens: –Vantagens para o associado; •Emissão rápida dos boletos, visto seu preenchimento ser manual; •Atende ao associado que possuem pouco tempo entre a emissão e o vencimento do documento; •Modalidade do serviço geralmente com custo menor. •Associado não paga tarifa de baixa por decurso de prazo, 90 dias –Vantagens para a Cooperativa: •Possibilita o fornecimento do serviço de cobrança para todos os tipos de associados; •Tipo de cobrança que gera pouco trabalho à Cooperativa;

15 Cobrança Sem Registro Boleto Pré-Impresso •Vantagens e Desvantagens: –Desvantagens para o associado; •Geralmente deverá existir um controle a parte para identificar os sacados dos títulos; •Nos relatórios de liquidação não é possível identificar os sacados que realizaram os pagamentos; •Deve possuir sempre “estoque” de formulários; –Desvantagens para a Cooperativa: •Não é possível ter acesso ao volume financeiro da carteira de cobrança do associado; •Associado pode se perder no seu controle paralelo e exigir que a Cooperativa identifique-os;

16 Cobrança Sem Registro Boleto Pré-Impresso •Gerenciamento da carteira pelo cedente: –Se possuir computador com internet: •Deve ser instalado o módulo cedente no associado para que ele emita o único relatório disponível para este tipo de cobrança, o relatório de liquidação: Consulta -> Títulos por Período

17 Cobrança Sem Registro Boleto Pré-Impresso •Gerenciamento da carteira pelo cedente: –Se não possuir computador com internet: •A Cooperativa terá que fornecer ao associado o relatório de liquidação de títulos por período: Relatórios -> Eventuais -> Liquidações no Período

18 Cobrança Sem Registro Boleto Pré-Impresso •Tarifas: –Solicitação de boleto pré-impresso – R$0,20 por boleto 05/01/ TARIFA COBRANÇA 40,00D –Liquidação dos boletos – R$2,00 por boleto 07/01/ TARIFA COBRANÇA 2,00D

19 Cobrança Sem Registro Módulo Cedente •Fluxo do Processo: - O que tem de diferente do pré-impresso?

20 Cobrança Sem Registro Módulo Cedente •Vantagens e Desvantagens: –Vantagens para o associado; •Emissão do boleto pode ser realizada na hora; •Possui todas os dados dos títulos no movimento de liquidação; •Possui diversos relatórios para gerenciamento de sua carteira; •Em caso de protesto a Cooperativa poderá prestar o serviço; –Vantagens para a Cooperativa: •Possibilita ter acesso às informações do contas a receber do associado; •Não há necessidade de interferência da Cooperativa no fluxo do serviço de cobrança;

21 Cobrança Sem Registro Módulo Cedente •Vantagens e Desvantagens: –Desvantagens para o associado; •Necessidade de se ter internet banda larga. •Ter um funcionário com conhecimentos mínimos de informática; –Desvantagens para a Cooperativa: •Alguém vê alguma desvantagem?????????

22 Cobrança Sem Registro Módulo Cedente •Gerenciamento da Carteira pelo Cedente: –Relatório de Movimento de Entradas; –Relatório de Títulos Vencidos; –Relatório de Título a Vencer; –Relatório de Prorrogações; –Relatório de Liquidações:

23 Cobrança Sem Registro Módulo Cedente •Gerenciamento da Carteira pelo Cedente: –Posição de Carteira; –Consulta de Títulos; –Risco sacado.

24 Cobrança Sem Registro Módulo Cedente •Troca de Arquivos com o Cedente: –Nesta modalidade de cobrança há troca de arquivos entre o Sicoob e o Cedente, devendo ser realizado diariamente pelo cedente: •Remessa: (CNAB240)

25 Cobrança Sem Registro Módulo Cedente •Troca de Arquivos com o Cedente: •Retorno: (CNAB240)

26 Cobrança Sem Registro Módulo Cedente •Tarifas: –Liquidação dos boletos – R$2,00 por boleto 07/01/ TARIFA COBRANÇA 2,00D

27 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Fluxo do Processo: Gera arquivo de retorno ao cedente

28 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Fluxo do Processo: (Novidade) Gera arquivo de retorno ao cedente Cedente pode gerar arquivo de remessa

29 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •O que há de vantagem nesta novidade????? –Vantagens para o associado: •Associado terá todas as informações no arquivo de retorno; •Os arquivos encaminhados pelo associado poderão ser impressos na Gráfica terceirizada; •Associado poderá definir contas correntes diferentes para crédito sem a necessidade da Cooperativa atribuir faixa de nosso número específica; •Associado poderá trabalhar com boletos no formato carnê, sendo da modalidade SEM REGISTRO; •Associado tem a liberdade de desenvolver em seu sistema todas as formas de gerenciamento da carteira que julgar necessário;

30 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •O que há de vantagem nesta novidade????? –Vantagens para a Cooperativa: •Terá acesso ao volume financeiro do contas à receber do associado; •Poderá ofertar um produto completo com cobrança de tarifa somente na liquidação dos títulos; •Argumento de vendas para cedentes que necessitam de carnê de pagamentos.

31 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Vantagens e Desvantagens: –Desvantagens para o associado; •Necessidade de desenvolver em seu sistema o processamento do arquivo de retorno. –Desvantagens para a Cooperativa: •Pode gerar insatisfação do associado, caso o fluxo de troca de arquivos não funcione muito bem;

32 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Gerenciamento da Carteira: –Associado poderá desenvolver em seu sistema todos os relatórios que julgar necessário, devendo relacionar o nosso número do título com os dados que possui em seu sistema; –Em caso de dúvidas, poderá utilizar o relatório de liquidação disponível no módulo do cedente.

33 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Troca de Arquivos: Cedente SISBR Envia arquivo de Remessa –CNAB400 (Opcional) Recebe Aquivo de Retorno –CNAB400 (Obrigatório) Emite os boletos Utiliza módulo cedente para envio cedente para envio e recepção dos arquivos

34 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Enviando arquivo no módulo cedente:

35 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Enviando arquivo no módulo cedente:

36 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Conferindo o processamento do arquivo:

37 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio •Troca de arquivos com o cedente: –Nesta modalidade de cobrança o cedente pode utilizar o arquivo de retorno para atualizar o seu sistema de cobrança, caso utilize; –A baixa do arquivo deve ser realizada através do módulo cedente:

38 Cobrança Sem Registro Sistema Próprio

39 •Tarifa: –Liquidação dos Boletos – R$2,00 07/01/ TARIFA COBRANÇA 2,00D

40 Cobrança Com Registro •Público Alvo: –Associados que necessitam de um serviço simples de cobrança, em que existe a possibilidade dos boletos serem impressos pela Cooperativa; –Necessidade de vincular os boletos à operações de crédito; –Possibilidade de que os seus títulos sejam protestados;

41 Cobrança Com Registro •Formas utilização: –Borderô de Documentos: •Utilizado eventualmente pelo associado que não possui nenhuma solução tecnológica para emissão de boletos; •Deve ser evitado pela Cooperativa, visto o trabalho gerado; –Módulo do cedente: •Associado utiliza o módulo do cedente para realizar o gerenciamento de sua carteira de cobrança; –Sistema própri0: •Associado utiliza seu próprio sistema para emissão e gerenciamento de sua carteira de cobrança;

42 Cobrança Com Registro Borderô de Documentos •Fluxo do Processo: Trabalho Manual da Cooperativa

43 Cobrança Com Registro Borderô de Documentos •Vantagens e Desvantagens: –Vantagens ao associado: •Possibilidade de cobrar eventualmente alguma venda realizada; –Vantagem para a Cooperativa: •Atender à necessidade dos associados; –Desvantagem ao associado: •Nenhum gerenciamento, necessita que a Cooperativa lhe fornecea aos informações; –Desvantagem para a Cooperativa: •Trabalho manual; •Cobrança eventual, nem sempre trás o retorno financeiro esperado.

44 Cobrança Com Registro Borderô de Documentos •Gerenciamento da Carteira: –Gerenciamento realizado pela Cooperativa, fornecendo ao associado os relatórios quando for solicitado. •Troca de Arquivos: –Não há, pois não é utilizada nenhuma solução tecnológica pelo cedente dos títulos. •Tarifas: –Registro de Entrada – R$2,50 07/01/ TARIFA COBRANÇA 2,50D

45 Cobrança Com Registro Módulo Cedente •Fluxo do Processo:

46 Cobrança Com Registro Módulo Cedente •Vantagens e Desvantagens: –Vantagens ao associado: •Todas da Cobrança Sem Registro; •Prestação do serviço de protesto; •Impressão e postagem podem ser realizadas na Cooperativa; –Vantagem para a Cooperativa: •Todas da Cobrança Sem Registro; •Tarifa é cobrada na entrada do título, independe se for liquidado ou não; –Desvantagem ao associado: •Associado paga tarifa no registro dos boletos;

47 Cobrança Com Registro Módulo Cedente •Gerenciamento da Carteira: –Gerenciamento realizado pelo associado, através dos relatórios disponíveis no módulo cedente •Troca de Arquivos: –Troca de arquivos realizada pelo módulo cedente, dependendo de intervenção do cedente para o correto funcionamento; •Tarifas: –Registro de Entrada – R$2,50 07/01/ TARIFA COBRANÇA 2,50D

48 Cobrança Com Registro Sistema Próprio •Fluxo do Processo: Processo obrigatório para funcionamento do serviço

49 Cobrança Com Registro Sistema Próprio •Vantagens e Desvantagens: –Vantagens ao Associado: •Agilidade no processo de cobrança; •Pode gerenciar sua carteira de cobrança em seu próprio sistema e da forma que desejar; –Vantagens para a Cooperativa: •Acesso ao volume da carteira de cobrança; •Processo de troca de arquivos automatizado através do módulo cedente;

50 Cobrança Com Registro Sistema Próprio •Vantagens e Desvantagens: –Desvantagens ao Associado: •Deve ser desenvolvido rotina em seu sistema para geração de arquivo de remessa; •Em caso de problemas no fluxo de informação, poderá ocorrer problemas no gerenciamento da carteira; –Desvantagens para a Cooperativa: •Em caso de problemas no fluxo de informação, a Cooperativa terá que realizar o processo manual de liquidação dos títulos;

51 Cobrança Com Registro Sistema Próprio •Troca de Arquivos: Cedente SISBR Envia arquivo de Remessa –CNAB400 (Obrigatório) Recebe Aquivo de Retorno –CNAB400 (Obrigatório) Emite os boletos Utiliza módulo cedente para envio cedente para envio e recepção dos arquivos

52 Cobrança Com Registro Módulo Cedente •Tarifas: –Registro de Entrada – R$2,50 07/01/ TARIFA COBRANÇA 2,50D

53 Cobrança Sicoob •Todas as Tarifas – Perfil Normal:

54 Cobrança Sicoob •Relatórios de Acompanhamento:

55 Nova Gráfica para impressão de boletos •O Sicoob Central fechou contrato com uma nova gráfica para impressão de boletos; •BPD – Processamento de dados; •Envio de arquivos através de sistema na internet (www.bpd.com.br)www.bpd.com.br •Mais liberdade para impressão de boletos (via do sacado) com imagens ou no formato solicitado pelo cedente; •Rotina para a Cooperativa continua sem alterações;

56 Nova Gráfica para impressão de boletos •Condições comerciais; •Contato: –Manfredo – BOLETO A4 – DUPLEX COM ACABAMENTO = Valor Unitário R$ 0,10 (dez centavos). FOLHA A4 – DUPLEX SEM ACABAMENTO = Valor Unitário R$ 0,09 (nove centavos). FOLHA A4 – SIMPLES SEM ACABAMENTO = Unitário R$ 0,07 (sete centavos). CARNÊ DE PAGAMENTOS Impressão a laser de parcelas de carnê, num total de 12 parcelas internas no formato 210 x 99 mm,, impressão de capa e contra capa no mesmo formato das parcelas internas em papel AP 120 gr, simplex, cor P&B, grampeados com lombada de cobertura para os grampos. Valor Unitário R$ 0,70 (setenta centavos).

57 Banco Correspondente •Conceito: –Banco contratado para efetuar as cobranças nas praças onde o Sicoob ES não atende e com a possibilidade de protesto automático.

58 Banco Correspondente •Condições Comerciais para o Sicoob: • REGISTRO ELETRÔNICO1,80 • ENVIO PARA PROTESTO3,00 • SUSTAÇÃO DE PROTESTO3,00 • BAIXA2,50 • MANUTENÇÃO TÍTULO VENCIDO2,90 • COMANDOS DIVERSOS2,50 –Tarifas cobradas diariamente dos associados, porém o Bancoob cobra mensalmente da Cooperativa.

59 Banco Correspondente •Emissão e postagem obrigatóriamente pelo banco correspondente; •Não é possível imprimir os boletos logo após o cadastramento; •Clientes que utilizam sistema próprio não conseguem emitir títulos via banco correspondente; •Protesto automático dos títulos;

60 Banco Correspondente •Regras para emissão de títulos pelo Banco Correspondente: 1.Opção de utiliza banco correspondente está marcado no cadastro do cedente 2.Município do sacado deve estar fora da lista de municípios atendidos pela Cooperativa; 3.Cobrança deve ser Simples Com Registro; 4.Vencimento deve ser de pelo menos 12 dias úteis após a emissão; 5.Deve ser marcada a opção local de impressão = Cooperativa;

61 Banco Correspondente •Regras para emissão de boleto via BB; –Primeira Regra •Opção de utiliza banco correspondente está marcado no cadastro do cedente;

62 Banco Correspondente •Segunda Regra:

63 Banco Correspondente •Demais Regras: 3 4 5

64 Banco Correspondente •Boleto do banco correspondente; - Somente são impressos: - Valor de juros; - Valor da multa; - Dias de protesto

65 Banco Correspondente •Rotina para o Cedente; –Cadastro do título •Cadastro -> Título Não muda nada no cadastramento de títulos

66 Banco Correspondente •Rotina do Cedente; –Confirmar o processamento do movimento de entrada; •No momento do cadastramento o cedente não tem a informação de que o título foi encaminhado via Banco Correspondente, devendo consultar o relatório de movimento de entradas no dia seguinte:

67 Banco Correspondente •Rotina para o Cedente; •Consultas → Títulos por período

68 Banco Correspondente •Rotina do Cedente; •Prorrogação de vencimento: –Cadastro -> Prorrogação de vencimento

69 Banco Correspondente •Rotina do Cedente; •Protestar e Sustar ordem de protesto: –Cadastro -> Instrução de Protesto Somente se o título ainda não tiver sido apontado Após o título ser apontado, mas antes da efetivação do protesto. Caso o título não tenha Instrução de protesto automático

70 Banco Correspondente •Rotina da Cooperativa; –Verificar diariamente as rejeições do movimento de entradas; •Consulta -> Banco Correspondente -> Títulos para B. Correspondente

71 Banco Correspondente •Rotina da Cooperativa; –Verificar diariamente as rejeições do movimento de entradas; •Consulta -> Banco Correspondente -> Títulos para B. Correspondente

72 Banco Correspondente •Rotina da Cooperativa; –Corrigindo dados dos boletos que foram rejeitados por CEP inválido; •Deve-se corrigir o CEP do sacado em seu cadastro –Apoio -> Sacados •Alterar dados do título, para emissão de novo boleto: –Cadastro -> Alterar dados de títulos

73 Banco Correspondente •Rotina da Cooperativa; •Alterar dados do título, para emissão de novo boleto: –Cadastro -> Alterar dados de títulos

74 Banco Correspondente •Rotina da Cooperativa; •Consultar títulos que foram apontados em cartório: –Consulta -> Banco correspondente -> Títulos banco correspondente

75 Banco Correspondente •Relatórios para a Cooperativa: –Eventuais -> Entradas no Período:

76 Banco Correspondente •Relatórios para a Cooperativa: –Diários -> COB021 – Títulos Bancos Agência Depos.:

77 Banco Correspondente •Impressão de 2ª Via de Boleto do BB: –Endereço: (http://www21.bb.com.br/appbb/portal/bcob/voce/index.jsp)http://www21.bb.com.br/appbb/portal/bcob/voce/index.jsp -Dados solicitados -CNPJ BANCOOB; -CNPJ/CPF do Sacado; -Nosso número BB.

78 Banco Correspondente •Impressão de 2ª Via de Boleto do BB:

79 Antes de utilizar o serviço é importante •Repassar ao associado todas as informações sobre o funcionamento do serviço de cobrança Sicoob; •Ter certeza de que a modalidade de cobrança oferecida ao associado irá lhe atender em todas as necessidades; •Definir o valor da tarifa que será cobrada e como se dará está cobrança;

80 •Verificar no SISBR se o perfil de tarifas definido para o cliente contempla o valor correto; –Atendimento → Cliente → Cadastro: Antes de utilizar o serviço é importante

81 •Se o associado for utilizar o módulo cedente, efetuar o cadastro no módulo de cobrança; –Cobrança → Cadastro → Cedente → Cadastrar Cliente: Antes de utilizar o serviço é importante

82 •Se o associado for utilizar sistema próprio, deverá ter realizado o processo de homologação dos arquivos e boletos: –Layout do boleto está no nosso padrão; –Os dados de código do cedente e cálculo do nosso número estão corretos; –Os dados da linha digitável e código de barras estão de acordo com o layout; –No arquivo de remessa estão sendo gerados os dados corretos e dentro do layout CNAB400 Antes de utilizar o serviço é importante

83 •Layout padrão de boleto impresso por sistema próprio: Antes de utilizar o serviço é importante

84 •Se o associado for utilizar sistema próprio, possui duas contas correntes e não irá gerar remessa à Cooperativa, deve ser definido as faixas de NN para cada conta: – Cobrança → Cadastro → Solicitar Bloquetos: Antes de utilizar o serviço é importante

85 •Se o associado for utilizar o banco correspondente, deve ser atentar para o cadastro dos dias de protesto automático: – Atendimento → Cliente → Cadastro: Antes de utilizar o serviço é importante

86 •Cobrança com registro:(Impressão e Postagem pela Coop.) – Confecção Bancoob = R$ 0,28 > BPD = R$ 0,10 –TIB = R$ 1,06 –Custo Compe = R$ 0,22 –Custo de Postagem = R$ 0,80 –Total Custo = R$ 2,18 –Preço de Tabela = R$ 2,50 –Diferença a ser negociada = R$0,32 Formação de Preço

87 •Cobrança com registro:(Impressão e Postagem pelo Ced.) –TIB = R$ 1,06 –Custo Compe = R$ 0,22 –Total Custo = R$ 1, 28 –Preço de Tabela = R$ 2,50 –Diferença a ser negociada = R$ 1,22

88 Formação de Preço • Cobrança sem registro: (Impressão e Postagem pelo Cedente) –TIB = R$ 1,06 –Custo Compe = R$ 0,22 –Total Custo = R$ 1,28 –Preço de Tabela = R$ 2,00 –Diferença a ser negociada = R$ 0,72

89 Formação de Preço •Cobrança via Banco Correspondente: –Registro Eletrônico = R$ 1,80 –Total Custo = R$ 1,80 –Preço de Tabela = R$ 2,50 –Diferença a ser negociada = R$ 0,70

90 Material de Apoio •Manual operacional Cobrança Sicoob: –Disponível no portal em Normativos → Manuais → Produtos e Serviços : Cobrança SicoobCobrança Sicoob •Cobrança Banco Correspondente; •Módulo do Cedente; •Manual VLB Cobrança; •Implantação de Cobrança em sistemas de Terceiros –Todos disponíveis no Manual Operacional Cobrança Sicoob •Condições operacionais básicas do BANCOOB –Disponibilizado mensalmente através do Portal, deve ser consultado afim de verificar alterações nos custo do serviço

91 TREINAMENTO COBRANÇA SICOOB Perguntas e Respostas

92 1.Quando é necessário cadastrar um Cartório no SISBR?; R. O cadastramento do cartório é necessário em casos que a Cooperativa prestar o serviço de protesto ao associado e queira automatizar um pouco processo de controle. (Ver manual) 2.Comentar sobre a utilidade dos anexos ao Manual (Relação de Títulos para Borderô de Cobrança, Solicitação de Protesto, etc); R. Borderô de documentos: Utilizado por associados que não possuem sistema de informática e necessitam de emitir boletos de cobrança, deve ser preenchido com os dados que o cedente deseja que sejam impressos no boleto. Apontamento de Título em Cartório: Alguns cartórios exigem algumas informações que são padrão para o processo de protesto, sustação e cancelamento, para isto foi desenvolvido este modelo que é aceito pela maioria dos cartórios.

93 Perguntas e Respostas 3. Prorrogação de vencimento de títulos via Módulo Cedente - emissão de novo boleto? R. A prorrogação de vencimento pode ser realizada pelo cedente no caminho Cadastro → Prorrogação de Vencimento, a impressão do título com a nova data de vencimento só poderá ser realizada no dia seguinte a solicitação, no caminho Consulta → Boleto/Carnês → Emissão de 2ª Via. 4.Seria possível inserir (solicitar ao BANCOOB) o nome do cedente no cabeçalho dos relatórios extraídos do Módulo Cedente, como o de liquidações no período por exemplo? Alguns administram várias empresas. R. Trata-se de implementação, portanto será demanda ao Sicoob Brasil

94 Perguntas e Respostas 5.Quais as possíveis causas das críticas nas liquidações dos boletos e como minimizá-las? R.

95 Perguntas e Respostas 6.Qual histórico deve ser utilizado para baixar um título de uma conta que já foi encerrada? R. A Cooperativa poderá selecionar dentre os históricos disponíveis um que não tenha a descrição de Liquidação. Ex. Baixa – A pedido para acerto Baixa – Para acerto 7. Como consultar se uma solicitação de protesto feita via Módulo Cedente foi atendida? R. Por enquanto somente a Cooperativa é, que tem possibilidade de consultar o movimento de protesto, para isto deve utilizar: Consultas → Banco Correspondente → Títulos Banco Correspondente

96 Perguntas e Respostas

97 7. Pelo módulo cedente é possível o controle geral sobre as cobranças enviadas ao Banco Correspondente, sendo: entrada, baixa, liquidações, vencidas e protestadas? R. Exceto o movimento de protesto, as demais consultas podem ser realizadas na opção Consulta → Títulos por período no módulo cedente. 8.As cobranças encaminhadas a protesto, caso o sacado receba o aviso de protesto e imediatamente entra em contato com o cedente para suspender o protesto, pois ira efetuar o deposito em conta corrente, é possível cancelar o protesto pelo modulo cedente? Caso não ocorra o deposito o cedente pode reencaminhar a solicitação de protesto? R. Sim, porém depende do prazo do cartório protestar, geralmente são 5 dias úteis. Sim, poderá emitir nova instrução de protesto. Importante: Serão cobradas as custas cartorárias e as tarifas de sustação e instrução de protesto.

98 Perguntas e Respostas 7 - Pelo modulo de cobrança é possível alterar o banco depositário para 756 caso seja interesse da cooperativa? Caso o cedente emita uma cobrança para um sacado do Paraná, onde não há atuação da Cooperativa de origem, é possível alterar este titulo para o banco depositário 001 e encaminhá-lo para protesto? Em caso positivo esta alteração pode ser acompanhado pelo modulo cedente? R. Após um título ser registrado como banco emissor 756, não é possível fazer esta alteração. A alteração teria que ser realizada antes do processo de fechamento do BANCOOB, porém esta rotina ocorre às 21:00hs. 8- A cobrança protestada pelo Banco Correspondente, como ocorrerá à baixa do protesto, sendo solicitado pelo candente? Documentação necessária para formalizar baixa? R. Quando um título vai à protesto, a baixa do protesto deverá ser realizada pelo sacado junto ao cartório para isto deverá levar o Instrumento de Protesto ou então a carta de anuência do cedente.

99 Perguntas e Respostas 9. O Banco Correspondente encaminha o instrumento de protesto para o cedente? R. Sim, o instrumento é entregue ao BANCOOB e posteriormente a Cooperativa do cedente. 10. A cobrança protestada pelo banco correspondente, quando efetuarmos consulta no relatório de títulos a vencer, este titulo continuará aparecendo como vencida ou protestada? R. A situação do título é alterada para baixada e o cedente também terá esta informação no relatório de liquidação e na consulta do título no módulo cedente.

100 Perguntas e Respostas 11 - Há possibilidade de utilizar o programa em rede? R. Não, o módulo do cedente não funciona em rede Há possibilidade de excluir títulos aleatórios (individualmente)? R- No módulo cedente existe a opção de baixa de títulos em lote, onde o sistema lista todos os títulos de acordo com o critério selecionado e o cedente pode selecionar os que deseja baixar. 13 -Processo de envio de arquivo remessa para cedentes que trabalham em sistema próprio na Modalidade Simples sem Registro: Se há a possibilidade de enviar o arquivo Remessa via Software Módulo Cedente, se positivo como se dá o processo? R- Foi demonstrado nas lâminas 16 e 35.

101 Perguntas e Respostas 14 - A questão do Float, se colocando dias padrão para a Liberação do Crédito na conta do associado se haveria a possibilidade da tarifa ser debitada somente na liberação do Crédito na conta, evitando alguns questionamentos e transtornos? R- Atualmente a tarifa é cobrada no dia da liquidação, como trata-se de implementação solicitarei ao Sicoob Brasil Atualmente os bloquetos impressos pelo módulo cedente são em duas vias na mesma página, sendo uma para o sacado e outra, com o código de barras, para a agência recebedora. É possível a impressão destes em três vias (uma para o emitente, outra para o sacado e a última (com cód. de barras) para a agência recebedora) na mesma página? R- Existe no módulo do cedente a opção de A4 sem envelopamento em 3 Vias, sendo impresso da seguinte forma.

102 Perguntas e Respostas

103 -16 - Segundo o treinamento realizado em outubro/2008, a principal diferença entre o registro de bloquetos SIMPLES e REGISTRADO, está no fato de, no primeiro caso, a cooperativa só tem acesso aos dados quando o bloqueto for liquidado, enquanto no segundo caso, a cooperativa tem esses dados quando o bloqueto é gerado. Um associado aqui da agência questionou o fato de, a partir do momento que a emissão é REGISTRADO, o bloqueto pode sim ser protestado, pois os dados deste está sendo passado para a cooperativa no momeno da geração, ficando o bloqueto de responsabilidade da cooperativa, tem fundamento este questionamento? R- As modalidades são SEM REGISTRO e COM REGISTRO, pelo relato o associado tem toda razão, pois na COM REGISTO já se pré-supõe a prestação de serviço de protesto.

104 Perguntas e Respostas 17. Cobrança Com Registro: Procedimentos e documentos necessários para efetivar o protesto e sustação; R. Através do Banco Correspondente o procedimento é eletrônico. Na cobrança Sicoob existe um modelo no manual operacional que deve ser utilizado.

105 OBRIGADO. Angelo E. G. Curbani Supervisor de Produtos e Serviços


Carregar ppt "TREINAMENTO COBRANÇA SICOOB Cooperativas Filiadas – 20 a 30/01."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google