A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudo PREVIH em Homens que têm Sexo com Homens (HSH) e Trabalhadores do Sexo (TS) Sónia Dias 1 & Luis Mendão 2 Ricardo Fernandes 2, Ana Gama 1, 2, Gabriela.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudo PREVIH em Homens que têm Sexo com Homens (HSH) e Trabalhadores do Sexo (TS) Sónia Dias 1 & Luis Mendão 2 Ricardo Fernandes 2, Ana Gama 1, 2, Gabriela."— Transcrição da apresentação:

1 Estudo PREVIH em Homens que têm Sexo com Homens (HSH) e Trabalhadores do Sexo (TS) Sónia Dias 1 & Luis Mendão 2 Ricardo Fernandes 2, Ana Gama 1, 2, Gabriela Cohen 2, Inês Rego 2, Ricardo Fuertes 2, Sara Trindade 2 1 Instituto de Higiene e Medicina Tropical/Universidade Nova de Lisboa 2 GAT – Grupo Português de Activistas Sobre Tratamentos de VIH/Sida Pedro Santos

2 • A informação sobre a prevalência da infeção e os factores comportamentais e sociais associados à infeção nos HSH e nos TS em Portugal é praticamente inexistente. • Necessidade de aumento de conhecimento nesta área de forma a ser utilizado na elaboração de políticas e no desenvolvimento de intervenções específicas ao nível da informação, prevenção, diagnóstico e referenciação hospitalar. Contribuir para a redução da transmissão do VIH nos HSH e TS Contexto do Projeto PREVIH

3 Principais componentes do PREVIH 1.Estudos de linha de base que pretenderam caraterizar os conhecimentos, atitudes e práticas relacionadas com o VIH nas populações de HSH e TS, identificar fatores comportamentais e sociais associados à infeção e estimar a prevalência da infeção nestas populações. 2.Implementação de intervenções ao nível da prevenção e acesso aos serviços de saúde com as populações HSH e TS Infecção VIH/sida nos grupos de Homens que têm Sexo com Homens e Trabalhadores Sexuais:

4 Infecção VIH/sida nos grupos de Homens que têm Sexo com Homens e Trabalhadores Sexuais Abordagem participativa • Sociedade civil, elementos das comunidades HSH e TS e organizações governamentais participaram activamente em todas as fases do projeto • Para validação e monitorização do projeto foram constituídos: -Conselho Consultivo da Sociedade Civil e das Comunidades HSH -Conselho Consultivo da Sociedade Civil e das Comunidades TS -Comissão Científica

5 Infecção VIH/sida nos grupos de Homens que têm Sexo com Homens e Trabalhadores Sexuais Parcerias ARS Lisboa e Vale do Tejo; ARS Algarve; Auto- Estima (Matosinhos); Acompanha – Cooperativa de Solidariedade Social (Peniche); Associação Existências (Coimbra); Associação Novo Olhar (Figueira da Foz, Leiria, Marinha Grande); Associação Norte Vida (Porto); Associação Novos Rostos Novos Desafios – (Lisboa); APDES - “Porto G” (Porto); Associação Positivo – “Red Light“ (Lisboa); APF Algarve “Amar, Amar, há ir e voltar”; APF Norte “Espaço Pessoa” (Porto); Associação Sentidos e Sensações (Lisboa); CAD Lapa; CAD Faro; CAD Porto; Cooperativa P´lo Sonho é que Vamos (Almada); Fundação Filos – “ARRIMO” (Porto); MAPS (Faro); Médicos pela Escolha; mica ME (Porto); Não te Prives (Coimbra e Porto); Portugal Gay (Porto); Norte Vida (Porto); rede ex aequo; S.A.O.M. (Porto); SOS Racismo Porto; Outros diversos elementos da sociedade civil.

6 Métodos • Estudos transversais. • Aplicação de questionário nas regiões da Grande Lisboa, do Grande Porto, na Zona Norte, no Centro e no Algarve. • Amostragem por bola de neve, através das estruturas de proximidade, ONGs, associações comunitárias e redes sociais. • Critérios de inclusão: • ter 18 ou mais anos de idade; • ter realizado trabalho sexual / ter tido relações sexuais com homens; • aceitar livremente participar no estudo. Estudos sobre conhecimentos, atitudes e práticas relacionados com VIH/Sida de HSH e TS

7 Questionários • Baseados nos indicadores desenvolvidos pela UNGASS, WHO e ECDC. • Caraterísticas sociodemográficas, conhecimentos e atitudes face ao VIH/Sida, práticas sexuais, consumo de substâncias, teste do VIH, acesso e utilização de serviços de saúde relacionados com VIH/Sida. Recolha de dados • Questionários aplicados por entrevistadores treinados. • Participação anónima e obtenção de consentimento oral informado. • Após aplicação do questionário: proposta de realização do teste rápido do VIH. Estudos sobre conhecimentos, atitudes e práticas relacionados com VIH/Sida de HSH e TS

8 Principais resultados do Estudo com HSH

9 n% Classe etária (n=1045) 18 – ,0 26 – ,5 36 – ,7 ≥ ,8 Nacionalidade (n=1032) Portuguesa93290,3 Estrangeira1009,7 Nível educacional (n=1035) Até ao 3º Ciclo21821,1 Ensino Secundário40739,3 Ensino superior41039,6 Situação profissional (n=1024) Empregado73171,4 Não empregado29328,6 Caraterísticas sociodemográficas Um total de 1046 HSH responderam ao questionário.

10 Indicador UNGASS: Percentagem de HSH que identificam correctamente as formas de prevenção da transmissão sexual do VIH e que rejeitam concepções erradas Modos de transmissão do VIH Total % Sangue infetado (n=1045)99,8 Partilha de seringas e outro material de injeção (n=1042)99,2 Relações sexuais sem preservativo (n=1044) 98,9 Partilha de objectos cortantes (n=1040)95,2 Fluidos sexuais (n=1037)93,8 Sexo oral sem preservativo (n=1031)74,2 Picada de insecto (n=1028)13,7 Beijo (n=1034) 8,7 Tosse e espirros (n=1032) 6,5 Formas de prevenção Total % Uso do preservativo em todas as relações sexuais (n=1043)97,4 Abstinência sexual (n=1027)57,5 Ter relações sexuais com um parceiro que seja fiel (n=1022)50,5 Redução do número de parceiros (n=1025)38,2 Vacinação (n=1031) 7,4 Prática do coito interrompido (n=1035) 6,6

11 Número de parceiros sexuais no último ano Total (n=932) % 122,5 2 – 428,5 5 – 1225,3 ≥ 1323,7 Indicador UNGASS: Percentagem de HSH com idades entre 18 e 49 anos que tiveram mais de um parceiro nos últimos 12 meses 77,5% teve mais de um parceiro no último ano. 76,2% dos HSH reportaram ter usado preservativo na última relação sexual anal Indicador UNGASS: Percentagem de HSH que referem o uso de preservativo na última relação sexual com parceiro masculino

12 Recebeu preservativos gratuitos no último ano % Total (n=1043)82,6 Foi abrangido por campanhas de prevenção no último ano % Total (n=1020)38,6 Percentagem de HSH abrangida por programas de prevenção Indicador UNGASS: Percentagem de HSH testados para VIH nos últimos 12 meses e que conhecem o seu resultado Fez o teste do VIH no último ano e conhece o seu resultado Total (n=925)68,2%

13 Indicador UNGASS: Percentagem de HSH infectados pelo VIH Teste rápido (n=76) Total n% Reativo 7 9,2 Não reativo 6990,8 Estatuto serológico reportado (n=912) Total n% Positivo 9410,3 Negativo75282,5 Desconhecido 66 7,2 Todos reportaram ser seropositivos Sabe que é seropositivo há... (n=94)n% < 12 meses 7 7,7 1-5 anos3134,1 > 5 anos5358,2 Missings = 3 Em tratamento7382,0

14 Principais resultados do Estudo com TS

15 Um total de 1040 TS responderam ao questionário: • 853 (82%) género feminino • 106 (10,2%) género masculino • 81 (7,8%) transgénero Estudos sobre conhecimentos, atitudes e práticas relacionados com VIH/Sida de TS

16 Caraterísticas sociodemográficas TotalFemininoMasculinoTransgénero n%n%n%n% Classe etária (n=1040) ,715217,83634,01721, ,931536,95450,93644, ,320423,91211,31619,8 ≥ ,118221,4 4 3,81214,8 Nacionalidade (n=1038) Portuguesa58756,547956,35350,05567,9 Estrangeira45143,537243,75350,02632,1 Nível educacional (n=1029) Até 2º Ciclo48547,142049,84139,02429,6 3º Ciclo24924,220324,12523,82125,9 Secundário25224,518822,33028,63442,0 Superior 43 4,2 32 3,8 9 8,6 2 2,5 Trabalho sexual (n=968) Rua52153,846057,43136,03037,5 Interior38740,030137,54855,83847,5 Ambos606,2415,178,11215,0

17 Indicador UNGASS: Percentagem de TS que identificam correctamente as formas de prevenção da transmissão sexual do VIH e que rejeitam concepções erradas Modos de transmissão do VIH TotalFemininoMasculinoTransgénero %% Relações sexuais sem preservativo (n=1038) 97,9 98,097,197,5 Partilha de seringas e outro material de injeção (n=1035) 97,6 97,398,1100 Partilha de objetos cortantes (n=1026) 94,5 95,386,397,5 Sangue infetado (n=1039) 95,7 95,198,198,8 Fluidos sexuais (n=1024) 87,3 86,592,090,0 Sexo oral sem preservativo (n=1036) 78,3 79,271,277,8 Picada de insecto (n=1023) 25,8 28,513,312,7 Beijo (n=1028) 25,5 26,927,0 8,9 Tosse e espirros (n=1020) 20,5 22,214,0 11,1 Formas de prevenção TotalFemininoMasculinoTransgénero %% Uso do preservativo em todas as relações sexuais (n=1029) 96,7 94,1100 Abstinência sexual (n=1021) 60,461,655,654,3 Ter relações sexuais com um parceiro que seja fiel (n=1027) 44,243,155,442,0 Redução do número de parceiros (n=1025) 42,141,448,542.0 Prática do coito interrompido (n=1015) Vacinação (n=1017) Espermicidas (n=1013)

18 Uso de preservativo na última relação sexual com cliente % Total (n=1020)96.9 Feminino (n=837)98.3 Masculino (n=103)82.5 Transgénero (n=80)100 Frequência do uso do preservativo com clientes nos últimos 30 dias Feminino (n=833)Masculino (n=102)Transgénero (n=81) %% Sempre Algumas vezes Raramente/nunca Indicador UNGASS: Percentagem de TS que referem o uso de preservativo na última relação sexual com cliente

19 Recebeu preservativos gratuitos no último ano % Total (n=1022)91.1 Feminino (n=842)91.4 Masculino (n=99)86.9 Transgénero (n=81)92.6 Foi abrangido por campanhas de prevenção no último ano % Total (n=1003)42,3 Feminino (n=826)41,6 Masculino (n=97)41,2 Transgénero (n=80)50,0 Percentagem de TS abrangida por programas de prevenção

20 Indicador UNGASS: Percentagem de TS testados para VIH nos últimos 12 meses e que conhecem o seu resultado Fez o teste do VIH no último ano e conhece o seu resultado Total (n=943) Feminino (n=773) Masculino (n=91) Transgénero (n=79) 67,967,569,269,6

21 Indicador UNGASS: Percentagem de TS infectados pelo VIH Estatuto serológico reportado (n=921) TotalFemininoMasculinoTransgénero n%n%n%n% Positivo 66 7,2 50 6,6 4 4,81215,4 Negativo76282, ,07690,55671,8 Desconhecido 9310,1 7910,4 4 4,81012,8 Sabe que é seropositivo há... (n=66)n%n%n%n% < 12 meses 711,3 612,8125,000,0 1-5 anos2438,71634,0250,0654,5 > 5 anos3150,02553,2125,0545,5 Missings = 4 Em tratamento4162,13158,5250,0888,9 Teste rápido (n=213) TotalFemininoMasculinoTransgénero n%n%n%n% Reativo 19 8,9 14 8,0 310,7222,2 Não reativo19491,116292,02589,3777,8 Estatuto serológico reportado: 4 - seronegativo 10 - desconhecido 3 - seropositivo 2 - não resposta

22 Em forma de conclusão…. Contributo e desafios para a elaboração de políticas e de intervenções específicas ao nível da prevenção e controlo da infeção VIH/sida em grupos mais vulneráveis OBRIGADA


Carregar ppt "Estudo PREVIH em Homens que têm Sexo com Homens (HSH) e Trabalhadores do Sexo (TS) Sónia Dias 1 & Luis Mendão 2 Ricardo Fernandes 2, Ana Gama 1, 2, Gabriela."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google