A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. INFLUÊNCIA DA EFICIÊNCIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. INFLUÊNCIA DA EFICIÊNCIA."— Transcrição da apresentação:

1 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. INFLUÊNCIA DA EFICIÊNCIA DE FERMENTAÇÃO NA EFICIÊNCIA INDUSTRIAL

2 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. EFICIÊNCIA INDUSTRIAL É a porcentagem de ART recuperado em produtos finais ( ÁLCOOL,AÇÚCAR ) em relação à quantidade de ART entrado na cana contabilizado pelo LABORATÓRIO DE SACAROSE.

3 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. Kg de ART recuperado EFICIÊNCIA DE ART = ______________________X 100 Kg de ART entrado

4 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. Álcool Produzido na Fermentação EFICIÊNCIA DE FERMENTAÇÃO = ______________________ X 100 Álcool teórico pelo ART do mosto

5 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

6 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

7 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

8 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

9 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. Padronização de métodos de calcular a Eficiência Industrial:  O ART entrado através da cana na usina pelo ATR transformando em ART ( divide por 0,905);  ART entrado na cana amostrando caldo do laboratório de sacarose, refrigerando e titulando pelo REDUTEC; Aí transforma em SACAROSE multiplicando por 0,95;  ART entrado na cana pela formula ( PC x 1,05+ AR )x10

10 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

11 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. 100% CANA MOIDA PARA ÁLCOOL AUMENTANDO A EFICIÊNCIA DE FERMENTAÇÃO EM 2% PCC14 AR0,60 Extração de Moendas0,95 Eficiência de Fermentação0,920,90 Eficiência de Destilação0,99 Rendimento Provável (Lt/TC)85,2183,35 Litros de Álcool a mais poTC1,85 Cana moida projetada 2.000.000 Álcool Produzido 170.411.154 166.706.564 Eficiência em ART86,0184,14 Diferença POSITIVA em Eficiência em ART1,87 Valor do álcool em reais1,200 Álcool a mais 3.704.590 Lucro pela maximização da E. Fermentação R$ 4.445.508

12 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. 50% MOENDO PARA AÇÚCAR AUMENTANDO A EFICIÊNCIA DE FERMENTAÇÃO EM 2% PCC14 AR0,60 Extração de Moendas0,95 Eficiência de Fermentação0,920,90 Eficiência de Destilação0,99 Rend. Provável ÁLCOOL (Lt/TC)85,2183,35 Rend. Provável AÇÚCAR (Sc/TC)112,00 Litros de Álcool a mais poTC1,85 Kg de melaço por TC45,00 Mel consumido p produção de álcool (T) 45.000 ART melaço55,00 Rend. Provável Melaço310,26303,20 Efic.de Fermentação do melaço0,880,86 Cana moida projetada açúcar 1.000.000 Cana moida projetada álcool 1.000.000 Cana Total ( toneladas) 2.000.000 % cana moida para açúcar50% Álcool Produzido de melaço 13.961.525 13.644.217 Álcool Produzido de cana 85.205.577 83.353.282 Álcool Produzido Total 99.167.102 96.997.499 Açúcar Produzido 2.240.000 Eficiência em ART88,5587,46 Diferença POSITIVA em Eficiência em ART1,10 Valor do álcool em reais1,200 Álcool a mais 2.169.603 Lucro pela maximização da E. Fermentação R$ 2.603.523,04

13 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. 91,5% MOENDO PARA AÇÚCAR AUMENTANDO A EFICIÊNCIA DE FERMENTAÇÃO EM 2% PCC14 AR0,60 Extração de Moendas0,95 Eficiência de Fermentação0,920,90 Eficiência de Destilação0,99 Rend. Provável ÁLCOOL (Lt/TC)85,2183,35 Rend. Provável AÇÚCAR (Sc/TC)112,00 Litros de Álcool a mais poTC1,85 Kg de melaço por TC45,00 Mel consumido p produção de álcool (T) 82.350 ART melaço55,00 Rend. Provável Melaço310,26303,20 Efic.de Fermentação do melaço0,880,86 Cana moida projetada açúcar 1.830.000 Cana moida projetada álcool 170.000 Cana Total ( toneladas) 2.000.000 % cana moida para açúcar91,5% Álcool Produzido de melaço 25.549.590 24.968.917 Álcool Produzido de cana 14.484.948 14.170.058 Álcool Produzido Total 40.034.538 39.138.975 Açúcar Produzido 4.099.200 Eficiência em ART90,6790,22 Diferença POSITIVA em Eficiência em ART0,45 Valor do álcool em reais1,200 Álcool a mais 895.563 Lucro pela maximização da E. Fermentação R$ 1.074.675,21

14 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

15 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

16 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

17 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. 2% A MAIS NO RENDIMENTO FERMENTATIVO % Cana Moída para açúcar % de Aumento na Ef. Industrial Álcool a mais produzido Preço do Álcool dia 07/07/2011Valor total 0% 1,87%3.704.5901,2R$ 4.445.508 50% 1,10%2.169.6031,2R$ 2.603.524 91,50% 0,45%895.5631,2R$ 1.074.676 4% A MAIS NO RENDIMENTO FERMENTATIVO 0% 3,74%7.409.1811,2R$ 8.891.017 50% 2,03%4.021.8981,2R$ 4.826.278 91,50% 0,61%1.210.4531,2R$ 1.452.544

18 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

19 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

20 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

21 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. PRODUÇÃO DE DEMERARA 7.855.546 POL DO DEMERARA99,3 PROCESSO DE AÇÚCAR HOJE PROCESSO DE AÇÚCAR ONTEM PRODUÇÃO DE CRISTAL 537.273 POL DO CRISTAL99,9 PRODUÇÃO DE ANIDRO PRODUÇÃO DE HIDRATADO 109.409.972 PEOCESSO DE ÁLCOOL HOJE PROCESSO DE ÁLCOOL ONTEM PRODUÇÃO DE MELAÇO212652 CONSUMO DE MELAÇO208444,2 ART DO MELAÇO56 CANA ESMAGADA 4.428.686,610 ATR DIA141,413 KG DE ART RECUPERADO135,754 ART ENTRADO156,257 EFICIÊNCIA EM ART86,879 CANA MOIDA PARA AÇÚCAR 4.050.990,87 CANA MOIDA PARA ÁLCOOL 377.695,74 % CANA MOIDA AÇÚCAR91,47 PRODUÇÃO DE DEMERARA 7.855.546 POL DO DEMERARA99,3 PROCESSO DE AÇÚCAR HOJE PROCESSO DE AÇÚCAR ONTEM PRODUÇÃO DE CRISTAL 537.273 POL DO CRISTAL99,9 PRODUÇÃO DE ANIDRO PRODUÇÃO DE HIDRATADO 111.598.171 PEOCESSO DE ÁLCOOL HOJE PROCESSO DE ÁLCOOL ONTEM PRODUÇÃO DE MELAÇO212652 CONSUMO DE MELAÇO208444,2 ART DO MELAÇO56 CANA ESMAGADA 4.428.686,610 ATR DIA141,413 KG DE ART RECUPERADO136,487 ART ENTRADO156,257 EFICIÊNCIA EM ART87,347 CANA MOIDA PARA AÇÚCAR 4.050.990,87 CANA MOIDA PARA ÁLCOOL 377.695,74 % CANA MOIDA AÇÚCAR91,47

22 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

23 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

24 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

25 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

26 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

27 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

28 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

29 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

30 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

31 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

32 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

33 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

34 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

35 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

36 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

37 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

38 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

39 HAVIA ESTOQUE NA CASA DE CANA SEM ESTOQUE LAVAGEM DE CANA PICADA SÓ LAVA QUANDO FAZ AÇÚCAR ORGÂNICO ESCOLHEMOS A MELHOR CEPA DE LEVEDURA DA PRÓPRIA USINA PARA A FERMENTAÇÃO UTILIZAVA LEVEDURA DE UMA OUTRA REGIÃO PUREZA DE CRISTALIZAÇÃO ACIMA DE 77 % PUREZA DE CRISTALIZAÇÃO DE 75%, ATRAVÉS DE RECIRCULAÇÃO DE MEIS TREINAMENTOS DE PROCESSO E LABORATÓRIO MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

40 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

41 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

42 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

43 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

44 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. Perdas difíceis de enxergar!

45 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

46 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

47 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. Perdas na Fermentação: 1- Leveduras “GABRIELAS”

48 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

49 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

50 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. Perdas Gerais: 1- Falta de assepsia 2- Vazamentos diversos 3- Perdas microscópicas

51 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

52 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

53 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

54 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

55 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

56 MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. A CEPA DE LEVEDURA ESCOLHIDA DO PRÓPRIO PROCESSO CONSEGUE PREDOMINAR SOBRE 15 TONELADAS DE UM FERMENTO NÃO ORIGINADO DA PRÓPRIA USINA!

57 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. MAIOR TOLERÂNCIA AO ETANOL MAIOR TEOR ALCOÓLICO MAIOR TAXA DE CRESCIMENTO

58 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

59 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

60 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

61 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. CONTROLE DOS PARÂMETROS FERMENTATIVOS

62 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

63 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

64 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

65 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.

66 MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA.


Carregar ppt "MICROSERV Teresa Cristina Vieira Possas MICROSERV Teresa Cristina Vieira ASSESSORIA E SERVIÇOS EM MICROBIOLOGIA INDUS TRIAL LTDA. INFLUÊNCIA DA EFICIÊNCIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google