A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NEAPL/RO. REGIÃO DE ABRANGÊNCIA DO APL CARACTERÍSTICAS DO APL MADEIRA MÓVEIS O Setor de Base Florestal da região está organizado em: SIMA - Sindicato.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NEAPL/RO. REGIÃO DE ABRANGÊNCIA DO APL CARACTERÍSTICAS DO APL MADEIRA MÓVEIS O Setor de Base Florestal da região está organizado em: SIMA - Sindicato."— Transcrição da apresentação:

1 NEAPL/RO

2 REGIÃO DE ABRANGÊNCIA DO APL

3 CARACTERÍSTICAS DO APL MADEIRA MÓVEIS O Setor de Base Florestal da região está organizado em: SIMA - Sindicato da Indústria Madeireira de Ariquemes AMA - Associação dos Moveleiros de Ariquemes COOMARIM - Cooperativa dos Moveleiros de Ariquemes Estas organizações lideram os Setores de Madeira e Móveis. Suas deliberações ocorrem em REUNIÕES PERIÓDICAS. PÚBLICO ALVO / GOVERNABILIDADE

4 OPERACIONALIDADE DO APL PARTICIPAÇÃO, INTERAÇÃO E COOPERAÇÃO ENTRE AS EMPRESAS PARTICIPAÇÃO, INTERAÇÃO E COOPERAÇÃO ENTRE AS EMPRESAS 15 Empresas/M participam no Projeto coordenado pelo SEBRAE (2006/2008) Pequeno Grupo de Afiadores de uso comum (cooperados da cooperativa) Baixa utilização integrada do show-room Baixa utilização integrada do show-room pelas empresas do aglomerado Poucos empresáriosvisitam Feiras e outras empresas Poucos empresários visitam Feiras e outras empresas Poucos participamde reuniões ( informalidade ) Poucos participam de reuniões ( informalidade ) Pequena participação conjunta dos Moveleiros na produção e vendas para lojas, empresas e órgãos públicos (Prefeituras, Governos Estadual/Federal) Pequena participação conjunta dos Moveleiros na produção e vendas para lojas, empresas e órgãos públicos (Prefeituras, Governos Estadual/Federal). Poucas visitas conjuntasa órgãos governamentais visando vendas Poucas visitas conjuntas a órgãos governamentais visando vendas Reduzido desenvolvimento conjunto de produtos inovadorespara feiras Reduzido desenvolvimento conjunto de produtos inovadores para feiras Compra conjunta de insumos e acessórios Compra conjunta de insumos e acessórios (restrita a um pequeno grupo)

5 DIFICULDADES ENCONTADAS  Baixas integração e cooperação entre as empresas do Setor falta cultura associativista e cooperativista (falta cultura associativista e cooperativista);  Deficiência em Gestão Empresarial  Deficiência em Gestão Empresarial ; controles gerenciais rudimentares (controles gerenciais rudimentares)  Ausência de visão à médio e longo prazos  Ausência de visão à médio e longo prazos ;  Carência de empreendedorismo (ausência de incentivos  Carência de empreendedorismo (ausência de incentivos);  Descapitalização das Empresas dificuldade de acesso a crédito)  Descapitalização das Empresas ; (dificuldade de acesso a crédito)  Deficiência Tecnológica  Deficiência Tecnológica ;  Dificuldades de acesso à Máquinas, Equipamentos, Insumos, Assessórios e Softwers Modernos (Obsoletos)  Dificuldades de acesso à Máquinas, Equipamentos, Insumos, Assessórios e Softwers Modernos (Obsoletos);

6 CONSEQUÊNCIAS DAS DIFICULDADES  Ausência de uma Política Florestal ( produção madeira/móveis )  Inexistência de Assistência Técnica e Fomento  Carência de Mão-de-Obra qualificada  Instalações precárias das empresas  Equipamentos ultrapassados  Dificuldade na obtenção de madeiras para móveis Produção de móveis de baixa qualidade Falta de foco em outros marcados diversificados) Falta de foco em outros marcados ( diversificados)

7 Tabela 1 – Nº de empreendimentos Setor MadeireiroSetor Moveleiro Tipo do Empreendimento Quantidade Tipo do Empreendimento Quantidade Extração e Coleta de Madeira 26 Marcenaria25 Serraria 62 Movelaria15 Serraria com Laminadora 10 Carpintaria05 Laminadora03 Produtores de Artefatos 05 Secagem de madeiras 05 Casas pré-fabricadas 01 Beneficiamento/Industrialização 26 Produção de mudas03 Total 135 Total Total51 Empregos Diretos Gerados 378 286

8 Tabela 2 – Tipos de Produtos Produzidos Setor Madeireiro Setor Moveleiro Compensado, chapas, contraplacados, madeira aglomerada, com e sem revestimento Camas, mesas para escritórios e para salas de visita/jantar, cadeiras, poltronas, sofás Tábua; Perna manca; Aproveitamento de madeira, Cômoda, estante, sapateira, guarda roupa Toras; Toretes; Bloco; Viga; VigotaBalcão, vitrines, divisórias, esquadrias Pranchão; Prancha; Ripão, Ripa Urnas mortuárias, carrinho de churrasco Madeira serrada, aplainada, destopadaArtefatos /Pequenos Objetos de madeira Assoalho, rodapé, lambril, forro, deckCasas pré-fabricadas, Quiosques Painéis de madeira p/ assoalhoCesto de roupa, armários, Madeiras perfiladas em geralCabos de Ferramentas Produção de mudas florestais Balcões, Vitrines, Cozinhas

9 EXPERIÊNCIAS POSITIVAS DO APL MADEIRA MÓVEIS 1 ª - ESTRUTURAÇÃO DO PÓLO MOVELEIRO Dispõe de umGalpão com 2.000m 2  infra-estrutura necessária para instalação das unidades produtivas: Serraria; Movelarias, Marcenarias, Carpintarias.... Dispõe de um Galpão com 2.000m 2  infra-estrutura necessária para instalação das unidades produtivas: Serraria; Movelarias, Marcenarias, Carpintarias.... ( secadores de madeira, forno incinerador, show-room, escritório para administração, com logística de comunicação, restaurante e creche ) 2ª - PROJETO MADEIRA MÓVEIS / SEBRAE 15 micro e pequenas empresas, associadas da Cooperativa/Moveleiros (fabricantes de móveis e artefatos de madeira) tiveram o apoio do (fabricantes de móveis e artefatos de madeira), tiveram o apoio do SEBRAE/RO, através de um Projeto ( 2006/2008 ), para modernização SEBRAE/RO, através de um Projeto ( 2006/2008 ), para modernização e melhoria da qualidade dos produtos e aumento da produtividade e melhoria da qualidade dos produtos e aumento da produtividade. Cursos Design; Administração de Custos; Gestão Empresarial; Associativismo, Cooperativismo... Cursos : Design; Administração de Custos; Gestão Empresarial; Associativismo, Cooperativismo... Objetivo: aumentar do faturamento das empresas

10 Propostas do PDP para Operacionalização do APL Mad. / Móv. Interação com Instituições Públicas e Privadas   Contatos com Faculdades visando convênios p/ C&T  Ampliar os Contatos com Governos visando convênios e contratos   Aumentar a interação com FIERO/ Conselho Temático Ambiental   Intensificar os Contatos com associação de moveleiros de Rolim de Moura, Vilhena e outros municípios visando intercâmbio de informações tecnológicas, gerenciais e comerciais. (Há baixa freqüência e timidez nestes contatos. Faltam recursos)   O PDP prevê intensificar estas práticas para uniformizar processos e linguagens, descobrir alternativas de melhorias de qualidade dos produtos, buscar a certificação, equalizar preços, diversificar produtos, ampliar mercados e abrir caminhos para resolver os problemas comuns das empresas do Setor.

11 Propostas do PDP para Operacionalização do APL Mad./Móv.  Assistência Técnica aos Industriais e aos Produtores Florestais  Assistência Técnica aos Industriais e aos Produtores Florestais;  Recursos a Fundo Delegado para modernização do parque industrial  Recursos a Fundo Delegado para modernização do parque industrial; Máquinas; Equipamentos; Ferramentas; Insumos/Assessórios; Softwers, Capacitação (Máquinas; Equipamentos; Ferramentas; Insumos/Assessórios; Softwers, Capacitação...);  Regularizar a situação documental das empresas  Regularizar a situação documental das empresas (Terrenos e Firmas);  Estabelecer sistema de produção em série  Estabelecer sistema de produção em série (Kamban  Just in Time);  Diversificar a base das matérias primas utilizadas na fabricação de móveis; Precisam diversificar (Madeira Sólida, madeira aglomerada, chapas/compensados, contra-placados, laminado, rádica, MDF etc). Precisam diversificar visando novos mercados;  Melhorar a base de aproveitamento  Melhorar a base de aproveitamento dos resíduos (serraria, carpintaria.. pom);  Crédito subsidiado para formação de Capital de Giro;  Capacitação  Capacitação Gerencial (Gestão) e Operacional (Chão-de-Fábrica);  Fomento Florestal  Fomento Florestal (Reflorestamento);  Instalar uma Central de Compras ;   Realizar exposições em Feiras de Móveis Regionais e Nacionais

12 R$ 1,003 anos Tabela 3 – Demanda de Recursos (R$ 1,00) – 3 anos EspecificaçõesS etor M oveleiro S etor M adeireiro Aquisição de máquinas, equipamentos, ferramentas, insumos, softwers.... 500.000,0018.000.000,00 Ampliar a produção – formação de estoques de matérias primas e insumos 200.000,002.500.000,00 Construção e adaptação das instalações 300.000,002.500.000,00 Capital de giro100.000,001.000,000,00 Recuperação das instalações físicas do Pólo Moveleiro50.000,00 Marketing50.000,00200.000,00 Capacitação550.000,00150.000,00 Fomento Florestal20.000.000,00 TOTAL1.750.000,0044.350.000,00

13 Resultados Esperados Constituição de uma rede de atores locais, até 2011 ; Constituição de uma rede de atores locais, até 2011 ; Aumentar a produção e a produtividade em 30 % e melhorar a qualidade dos produtos do APL, até 2011 Aumentar a produção e a produtividade em 30 % e melhorar a qualidade dos produtos do APL, até 2011; Consolidar o Show Room como alternativa de venda dos produtos produzidos pelo conglomerado, aumentando o Volume em 20% ; Consolidar o Show Room como alternativa de venda dos produtos produzidos pelo conglomerado, aumentando o Volume em 20% ; Aumentar o índice de vendas e o faturamento anual médio das empresas em 20 %, até 2011 ; Aumentar o índice de vendas e o faturamento anual médio das empresas em 20 %, até 2011 ; Aumentar a geração de empregos em 15% por ano, até 2011 ; Aumentar a geração de empregos em 15% por ano, até 2011 ; Promover a legalização plena das empresas do APL Promover a legalização plena das empresas do APL ; Garantir o fornecimento de matéria prima: em quantidade, qualidade e ciclos de explorações, definindo uma ou mais áreas para implantação de Planos de Manejo Florestal Sustentável, através da Concessão Florestal, em Fl. Naturais; Garantir o fornecimento de matéria prima: em quantidade, qualidade e ciclos de explorações, definindo uma ou mais áreas para implantação de Planos de Manejo Florestal Sustentável, através da Concessão Florestal, em Fl. Naturais; Madeireira Reflorestar, no mínimo, 1.000 hectares/ano para garantia futura de suprimento de matéria prima Madeireira do APL.


Carregar ppt "NEAPL/RO. REGIÃO DE ABRANGÊNCIA DO APL CARACTERÍSTICAS DO APL MADEIRA MÓVEIS O Setor de Base Florestal da região está organizado em: SIMA - Sindicato."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google