A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Atuação do Sebrae na Cadeia Produtiva da Construção Civil Brasília - DF 16 de março de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Atuação do Sebrae na Cadeia Produtiva da Construção Civil Brasília - DF 16 de março de 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Atuação do Sebrae na Cadeia Produtiva da Construção Civil Brasília - DF 16 de março de 2012

2 Missão do Sebrae Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas e fomentar o empreendedorismo.

3 Formas de Atendimento Individual Empresas e Empreendedores Coletivo Grupos de Empresas Associações, Cooperativas, Consórcios Núcleos Setoriais Redes Horizontais Encadeamentos entre Grandes e Pequenas Arranjos Produtivos Locais Redes de APL

4 Grupo de Empresas Não especializa -do Compartilh a-mento pontual de objetivo Algumas ações conjuntas pontuais Núcleos Setoriais Especializa -do Comparti- lhamento de objetivos Ações conjuntas Visão de futuro Encadeamento GR/MPE Hierarquia Uso do poder de compra Desenv. de fornecedores Desenv. distribuidores Desenv. de clientes estratégicos Integração agro- industrial Rede de Empresas Horizontal Marca comum Ações conjuntas Atendimen -to a padrões de qualidade Arranjos Produtivos Locais Concentra- ção de empresas especializa -das Interação e cooperação Aprendiza- gem coletiva Presença de múltiplos atores Troca de experiências Complemen -taridades Cooperação técnica Fortaleci- mento dos elos da cadeia produtiva Rede de APL Cadeias Produtivas Território Abordagens Coletivas Franquias Especializada Hierarquia Licenciam. de Marca Padrão de gestão, produtos e processos Promoção conjunta Compartilha -mento de objetivos Visão de futuro

5 Arranjos Produtivos Locais são aglomerações de empresas, localizadas em um mesmo território, que apresentam especialização produtiva e mantém vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem, entre si e com outros atores locais, tais como: governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa. Definição de APL

6 Segmentos: Construção civil: prestadores de serviços, fornecedores de materiais de construção e pequenas construtoras Oleiro cerâmico: produtores de cerâmica vermelha (ex. produtores de tijolos, lajotas e telhas) Pedras e rochas ornamentais: marmorarias e produtores de pegmatitos (PB e RN)

7 Segmentos: Construção civil Projetos: 32 Oleiro cerâmico Projetos: 14 Pedras e Rochas Ornamentais Projetos: 5

8 Instrumentos e Programas

9 Acesso a Inovação e Tecnología Mobilização Organização Representação das MPE Acesso a Mercados Acesso a Serviços Financeiros Educação Emprendedora e Cultura da Cooperação Orientação Empresarial Atendimento Individual Atendimento Coletivo Ações Integradas de Apoio às MPE

10 Normas Técnicas. Divulgação da importância de normas técnicas Apoio à aquisição de normas técnicas. Apoio ao desenvolvimento de normas técnicas Apoio à implementação de normas técnicas

11

12 SEBRAEtec Subsidia os custos de serviços tecnológicos prestados por instituições especializadas em tecnologia e inovação.

13 SEBRAEtec inovar em produtos, processos, marketing e gestão organizacional melhorar a qualidade de produtos e processos aumentar a produtividade e a competitividade corrigir padrões de trabalho eliminar desperdícios e reduzir custos de produção aumentar a eficiência energética

14 SEBRAEtec aumentar a eficiência energética incentivar a calibração de equipamentos de produção promover a ampliação de mercado e geração de empregos aumentar o faturamento e a lucratividade

15 Empreendedor Individual Pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Faturar no máximo até R$ ,00 por ano Não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

16 Empreendedor Individual Registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) Enquadrado no Simples Nacional e ficará isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Valor fixo mensal de R$ 28,25 (comércio ou indústria) ou R$ 33,25 (prestação de serviços), que será destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS.

17

18 SEI – Púbico-alvo O SEI é direcionado para capacitação de Empreendedores Individuais formalizados, clientes do atendimento individual e de projetos coletivos

19 SEI - Produtos 1.SEI Vender 2.SEI Comprar 3.SEI Controlar Meu Dinheiro 4.SEI Planejar 5.SEI Administrar 6.SEI Empreender 7.SEI Unir Forças para Melhorar

20 Gestão Estratégica Orientada para Resultados

21 Gestão Estratégica Orientada para Resultados - GEOR PILARES: Direcionamento para clientes Foco em resultados finalísticos Adensamento da visão estratégica Intensidade, prontidão e proximidade da ação gerencial

22 Sistema de Gestão de Projetos

23 Projetos do Segmento Construção Civil

24 Projeto Cadeia da Construção Civil Centro-Sul Paraná

25

26

27

28 Projetos do Segmento Oleiro Cerâmico

29 Projeto: Indústria Cerâmica na Zona da Mata Alagoana

30

31

32

33

34 Parceria SEBRAE ANICER Projeto “Conheça seu Produto pela Avaliação da Conformidade” Objetivo: desenvolver e consolidar a cultura de avaliação da conformidade dos produtos de cerâmica vermelha, com vistas à qualificação de produtos e ampliação de mercado. Meta: prevista em 36 meses 400 ensaios laboratoriais 120 consultorias

35 Obrigado!


Carregar ppt "Atuação do Sebrae na Cadeia Produtiva da Construção Civil Brasília - DF 16 de março de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google