A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

10 AGOSTO- 2011 FACILITADORA: ROSANA CARDOSO. NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "10 AGOSTO- 2011 FACILITADORA: ROSANA CARDOSO. NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO."— Transcrição da apresentação:

1 10 AGOSTO FACILITADORA: ROSANA CARDOSO

2 NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO

3

4

5 Renascer em que sentido? Como entender este renascimento? Jesus falou em reencarnação? Importa renascer

6 RESSURREIÇÃO Retorno à vida do corpo que morreu REENCARNAÇÃO Retorno do Espírito à vida corporal em um novo corpo “A reencarnação fazia parte dos dogmas judáicos sob o nome de ressurreição, mas a idéia dos judeus não estava claramente definida, porque não tinham senão noções vagas e incompletas sobre a alma e sua ligação com o corpo.” O Evangelho seg. O Espiritismo- cap. IV- 4

7 A reencarnação se baseia nos princípios da misericórdia e da justiça de Deus. Jesus falou várias vezes sobre a reencarnação.

8 Os discípulos o interrogam dizendo: “Por que, pois, os escribas dizem que é preciso que Elias venha antes?” Jesus respondeu: “É verdade que Elias deve vir e restabelecer todas as coisas, mas eu vos declaro que Elias já veio, e não o conheceram, mas o trataram como lhes aprouve. É assim que eles farão sofrer o filho do homem.” Ele estava falando que João Batista era Elias, que havia reencarnado. Após a transfiguração

9 “Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um notável entre os judeus.” Jesus e Nicodemos

10 À noite ele veio encontrar Jesus e lhe disse: “Rabi, sabemos que vens da parte de Deus como um mestre, pois ninguém pode fazer os sinais que fazes, se Deus não estiver com ele". Jesus lhe respondeu: -Em verdade te digo: quem não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus.

11 “Disse-lhe Nicodemos: - Como pode um homem nascer, sendo já velho? Poderá entrar uma segunda vez no seio de sua mãe e nascer? Como pode isto acontecer? Respondeu-lhe Jesus: - És o mestre de Israel e ignoras essas coisas?”

12 “Mas, quando o homem há morrido uma vez, quando seu corpo, separado de seu Espírito, foi consumido, que é feito dele? – Tendo morrido uma vez, poderia o homem reviver de novo? Nesta guerra em que me acho todos os dias da minha vida, espero que chegue a minha maturação.” (JOB, cap. XIV, v.10,14). Evangelho Segundo Espiritismo Cap. IV item 14

13 “Mas, quando o homem há morrido uma vez, quando seu corpo, separado de seu Espírito, foi consumido, que é feito dele?” Conceito de imortalidade da alma “Tendo morrido uma vez, poderia o homem reviver de novo?” Conceito da pluralidade das existências “Nesta guerra em que me acho todos os dias da minha vida, espero que chegue a minha maturação.” Ser consciente: Da imortalidade Pluralidade das existências Leis físicas e morais

14 “É através da engrenagem familiar que cada filho de Deus, matriculado no educandário do renascimento, vai se preparando para aprender a conviver, a conhecer e a respeitar a humanidade.” Allan Kardec

15 “Os laços de família não são destruídos pela reencarnação, como pensam certas pessoas; ao contrário, eles são fortalecidos e se estreitam; é o princípio oposto que os destrói.” O Evangelho- cap.IV- 18

16 “No espaço, os Espíritos formam famílias entrelaçados pela afeição, pela simpatia e pela semelhança das inclinações. Ditosos por se encontrarem juntos. Esses Espíritos se buscam uns aos outros.” O Evangelho- cap.IV-18

17 Evoluírmos todos juntos, um ajudando ao outro, respeitando e nos perdoando uns aos outros, para podermos nos reajustar Joanna de Angelis SOS família "Para esse desiderato, são fixados compromissos de união antes do berço, estabelecendo-se diretrizes para a família,cujos membros se voltam a se reunir com finalidades especificas de recuperação espiritual e de crescimento intelecto-moral, no rumo da perfeição relativa que todos alcançarão”

18 Futuro de além- túmulo O nada Doutrina materialista Absorção no Todo universal Doutrina Panteísta Individualidade com destino definitivo Igreja Individualidade com progresso indefinido Doutrina Espírita MATERIALISMO E PANTEÍSMO – Os laços de família se rompem depois da morte e não há esperança de reencontro. IGREJA – Há chance de se rever se estiverem no mesmo meio; o Céu ou o Inferno. ESPIRITISMO – Certeza na continuidade das relações entre aqueles que se amam, é o que constitui a verdadeira família.

19

20 INSTRUÇÕES DOS ESPÍRITOS

21 É limitado o número das existências corporais, ou o Espírito reencarna perpetuamente? “A cada nova existência, o Espírito dá uma passo para diante na senda do progresso. Desde que se ache limpo de todas as não tem mais necessidade das provas da vida corpórea.” Allan Kardec O Livro dos Espíritos Questão 168

22 Limites da encarnação S. Luís: “Não tem limites nitidadamente traçados” Corpo físico Materialidade diminui à medida que Espírito se purifica “De grau em grau se desmaterializa e acaba por se confundir com o perispírito” Perispírito “Se eteriza até a depuração completa” “Espíritos puros se transportam por toda parte”

23 “Sob ponto de vista unicamente material, como ocorre sobre a Terra:” “Limitada aos mundos inferiores” “Depende do Espírito dela se livrar, trabalhando pela sua depuração” S. Luís: “No estado errante a situação do Espírito está em relação com a natureza do mundo ao qual se liga pelo seu grau de adiantamento, ele é mais ou menos feliz, livre e esclarecido segundo seja mais ou menos desmaterializado.” O Evang. Seg. O Espiritismo- cap: IV- 24

24 É um castigo a encarnação e somente os Espíritos culpados estão sujeitos a sofrê-la? “A passagem dos Espíritos pela vida corporal é necessária para que eles possam cumprir, por meio de uma ação material, os desígnios cuja execução Deus lhes confia” São Luís- Paris O Evangelho seg. O Espiritismo- cap. IV- 25

25 “Deus, sendo soberanamente justo,deve considerar igualmente a todos os seus filhos; é por isso que dá a todos o mesmo ponto de partida, mesmas aptidões, obrigações e liberdade de agir; todo privilégio seria uma preferência e toda preferência uma injustiça.” S. Luís

26 ENCARNAÇÃO Estado transitório Aqueles que cumprem a tarefa com zelo Vencem rapidamente Menos penosa Entrada na vida Primeira prova do uso do livre-arbítrio Aqueles que fazem mal uso Retardam seu adiantamento Torna-se um castigo

27 “Deus, cujas leis são soberanamente sábias, não faz nada de inútil. Pela reencarnação sobre o mesmo globo, quis que os mesmos Espíritos, encontrando-se de novo em contato possam assentar os laços de família sobre uma base espiritual, e apoiar sobre uma lei natural os princípios de solidariedade, de fraternidade e de igualdade.”

28 Renascimento Renovação interior Necessidade de renovação interior Eliminação de culpas que trazemos de outras vidas Desligar-se de relações escravizantes Disposição constante de acreditarmos em nós mesmos reconhecendo nossas potencialidades Eliminar medos inconscientes Exercício do perdão

29 Assista ao filme =youtu.be =youtu.be

30

31


Carregar ppt "10 AGOSTO- 2011 FACILITADORA: ROSANA CARDOSO. NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google