A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Evangelho Espiritismo Palestra 08/2009 - 24/03/2009 SEGUNDO O O Tema: Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo Cap. 4, itens 14 a 26.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Evangelho Espiritismo Palestra 08/2009 - 24/03/2009 SEGUNDO O O Tema: Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo Cap. 4, itens 14 a 26."— Transcrição da apresentação:

1

2 Evangelho Espiritismo Palestra 08/ /03/2009 SEGUNDO O O Tema: Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo Cap. 4, itens 14 a 26

3 Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará

4 1.ReencarnaçãoReencarnação 2.Laços de FamíliaLaços de Família 3.Limites da EncarnaçãoLimites da Encarnação 4.Nascer de NovoNascer de Novo Agenda do 8º encontro

5 Reencarnação

6 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um notável entre os judeus. À noite ele veio encontrar Jesus e lhe disse: Rabi, sabemos que vens da parte de Deus como um mestre, pois ninguém pode fazer os sinais que fazes, se Deus não estiver com ele". Jesus lhe respondeu: -Em verdade te digo: quem não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos: - Como pode um homem nascer, sendo já velho? Poderá entrar uma segunda vez no seio de sua mãe e nascer? Como pode isto acontecer? Respondeu-lhe Jesus: - És o mestre de Israel e ignoras essas coisas? (João, cap. 3, v.1-4; 9-10)

7 EGO e a sabedoria de si mesmo

8 Mas, quando o homem há morrido uma vez, quando seu corpo, separado de seu espírito, foi consumido, que é feito dele? – Tendo morrido uma vez, poderia o homem reviver de novo? Nesta guerra em que me acho todos os dias da minha vida, espero que chegue a minha maturação. (JOB, cap. XIV, v.10,14). Evangelho Segundo Espiritismo Cap. IV item 14

9 Mas, quando o homem há morrido uma vez, quando seu corpo, separado de seu espírito, foi consumido, que é feito dele? Conceito da imortalidade da alma. Tendo morrido uma vez, poderia o homem reviver de novo? Conceito da pluralidade das existências.

10 Nesta guerra em que me acho todos os dias da minha vida, espero que chegue a minha maturação. Da imortalidade Pluralidade das existências Ser consciente Leis físicas, morais e naturais

11 O que é na verdade REENCARNAÇÃO? Reencarnar é educar-se Ou melhor qual seu objetivo?

12 Do ponto de vista do Espírito quais os conceitos básicos da Reencarnação? 1.Todos somos imperfeitos; 2.Todos somos diferentes; 3.Temos a mesma destinação; 4.Melhoramento continuo; 5.Conhecimento; 6.Não há limites para a reencarnação ;

13 Mande notícias do mundo de lá Diz quem fica Me dê um abraço, venha me apertar Tô chegando Coisa que gosto é poder partir Sem ter planos Melhor ainda é poder voltar Quando quero Todos os dias é um vai-e-vem A vida se repete na estação Tem gente que chega pra ficar Tem gente que vai pra nunca mais Tem gente que vem e quer voltar Tem gente que vai e quer ficar Tem gente que veio só olhar Tem gente a sorrir e a chorar E assim, chegar e partir São só dois lados Da mesma viagem O trem que chega É o mesmo trem da partida A hora do encontro É também de despedida A plataforma dessa estação É a vida desse meu lugar É a vida desse meu lugar É a vida Encontros e despedidas Voltar

14 Laços de Família

15 A família é um laboratório de experiências reparadoras Definição da família Felipe Purita Da obra Grupo de Pais e Mães A família, seja ela qual for, é um instituto de aprimoramento espiritual.

16 CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo A família é a célula mãe da sociedade onde aprendemos a amar e podemos sentir de mais perto o amor e proteção das pessoas. Sentido da família

17 É através da engrenagem familiar que cada filho de Deus, matriculado no educandário do renascimento, vai se preparando para aprender a conviver, a conhecer e a respeitar a humanidade. Allan Kardec Evangelho S. Espiritismo Item 18

18 Família é um centro de formação para a vida. Família é um posto de reabastecimento emocional. Sentido da família

19 Joanna de Angelis Da obra SOS família Por Divaldo Pereira Franco Evoluímos todos juntos, um ajudando ao outro, respeitando e nos perdoando uns aos outros, para podermos nos reajustar. "Para esse desiderato, são fixados compromissos de união antes do berço, estabelecendo-se diretrizes para a família,cujos membros se voltam a se reunir com finalidades especificas de recuperação espiritual e de crescimento intelecto-moral, no rumo da perfeição relativa que todos alcançarão Sentido da família

20 Qual seria, para a sociedade, o resultado do relaxamento dos laços de família? Allan Kardec Da obra O Livro dos Espíritos Questão 775 Um agravamento do egoísmo

21 No espaço, os Espíritos formam famílias entrelaçados pela afeição, pela simpatia e pela semelhança das inclinações. Ditosos por se encontrarem juntos. Esses espíritos se buscam uns aos outros. Allan Kardec Evangelho S. Espiritismo Item 18 Voltar

22 Limites da Encarnação

23 É limitado o número das existências corporais, ou o Espírito reencarna perpetuamente? Allan Kardec O Livro dos Espíritos Questão 168 A cada nova existência, o Espírito dá uma passo para diante na senda do progresso. Desde que se ache limpo de todas as não tem mais necessidade das provas da vida corpórea.

24 É um castigo a encarnação e somente os Espíritos culpados estão sujeitos a sofrê-la? Allan Kardec O Livro dos Espíritos Questão 168 A passagem dos Espíritos pela vida corporal é necessária para que eles possam cumprir, por meio de uma ação material, os desígnios cuja execução Deus lhes confia. Voltar

25 Nascer de Novo

26 O homem é uma esperança realizável. A perfeição lhe é uma fatalidade. Nada pode afastá-lo de sua sublime destinação. Quanto mais for, mais será... Será sempre o embrião de si mesmo, até que, em definitivo, venha à luz. A cada dia, amplia-se-lhe a própria capacidade. A cada instante, algo se acrescenta. Nunca vê a mesma coisa duas vezes com os mesmos olhos... E a mesma coisa nunca se lhe apresenta aos olhos duas vezes da mesma maneira. É natural o dinamismo de seu pensamento... A renovação de suas idéias e opiniões. Inevitável, pois, que, intelectualmente, se desaloje... Que, de si mesmo, renasça todos os dias... Irmão José da obra Passo a Passo psicografia de Carlos A. Baccelli

27 Não poderemos ser autênticos se não formos corajosos. Não poderemos ser originais se não lançarmos mão do destemor. Não poderemos amar se não corrermos riscos. Não poderemos pesquisar ou perceber a realidade se não fizermos uso da ousadia. Hammed da obra Os Prazeres da Alma psicografia de Francisco do E. S. Neto

28 O autoconhecimento é a capacidade inata que nos permite perceber, de forma gradativa, tudo que necessitamos transformar. Ao mesmo tempo, amplia a consciência sobre nossos potenciais adormecidos, a fim de que possamos vir a ser aquilo que somos em essência. Hammed da obra Os Prazeres da Alma psicografia de Francisco do E. S. Neto

29 Tornar consciente o inconsciente é realizar seu mundo interior de forma harmônica e equilibrada... Resolver seus problemas íntimos, oriundos desta e, principalmente, de outras encarnações, significa crescer espiritualmente, renovar- se, isto é, nascer de novo. Adenáuer Marcos Ferraz de Novaes da obra Psicologia do Evangelho

30 O nascer de novo representa a disposição constante em confessar-se, em tentar eliminar as culpas inconscientes que trazemos de outras vidas. Adenáuer Marcos Ferraz de Novaes da obra Psicologia do Evangelho

31 Aliviar-se psicologicamente de algo que se agiganta dentro de nós impedindo-nos de sermos verdadeiros. Adenáuer Marcos Ferraz de Novaes da obra Psicologia do Evangelho

32 Libertar-se também das prisões que erguemos em torno de nosso passado por vergonha em expô-lo, alicerçando uma culpa que se avoluma a cada encarnação. Adenáuer Marcos Ferraz de Novaes da obra Psicologia do Evangelho

33 1.Coragem 2.Ousadia 3.Disposição Em busca da felicidade 1.Alivio 2.Liberdade 3.Paz A felicidade para quem busca a renovação interior deixa de ser um desejo futuro para se tornar um meio de se alcançar a harmonia e a paz.

34 Podemos modelar nosso caráter e nosso futuro por meio de nossos pensamentos, palavras e atos. A transformação pessoal requer a substituição de velhos hábitos por novos. W.A. Peterson

35 Que bom que você veio! Volte sempre e vá com Jesus de Nazaré!!! Evangelho Espiritismo SEGUNDO O O


Carregar ppt "Evangelho Espiritismo Palestra 08/2009 - 24/03/2009 SEGUNDO O O Tema: Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo Cap. 4, itens 14 a 26."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google