A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INVESTIGAÇÃO HISTÓRICA E COOPERAÇÃO A CONSTRUÇÃO DO PRESENTE E DO FUTURO COM O RECURSO AO CONHECIMENTO DO PASSADO Victor Luís Gaspar Rodrigues e Maria.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INVESTIGAÇÃO HISTÓRICA E COOPERAÇÃO A CONSTRUÇÃO DO PRESENTE E DO FUTURO COM O RECURSO AO CONHECIMENTO DO PASSADO Victor Luís Gaspar Rodrigues e Maria."— Transcrição da apresentação:

1 INVESTIGAÇÃO HISTÓRICA E COOPERAÇÃO A CONSTRUÇÃO DO PRESENTE E DO FUTURO COM O RECURSO AO CONHECIMENTO DO PASSADO Victor Luís Gaspar Rodrigues e Maria Manuel Ferraz Torrão Os Dias do Desenvolvimento, IPAD, 6 de Maio de 2011 OBJECTIVO : O objectivo central desta linha de investigação tem consistido em proceder à identificação, descrição e contextualização do espólio cartográfico da Comissão de Cartografia sobre os antigos territórios ultramarinos portugueses. Encontrando-se muitos desses mapas dispersos pelas várias unidades orgânicas do IICT, bem como por outras instituições nacionais – BNL e Sociedade de Geografia por exemplo, tornava-se imperioso proceder à sua inventariação, digitalização e inserção numa base de dados, de forma a ficarem disponíveis para todos os investigadores e, em particular, para os dos Palop’s. Esse fundo serviria ainda para a elaboração de estudos e outros trabalhos no âmbito da História de África, permitindo assim, um melhor conhecimento das suas realidades geográficas, históricas e antropológicas, como sucedeu com a realização na cidade da Praia, em Cabo Verde, da Exposição Ilhas, Portos e Cidades. Cartografia de Cabo Verde (séculos XVIII-XX). UTILIDADE DO PROJECTO : A existência de uma base de dados cartográfica contendo um tão elevado e diferenciado número de cartas relativas aos Palop’s, para além da garantia da preservação da informação e da sua importância em termos de conservação dos documentos originais, representa uma enorme mais-valia para todos os investigadores que pretendam trabalhar sobre esta temática, em especial aqueles que se encontrem impossibilitados de acederem presencialmente a este fundo. A exposição de cartografia, elaborada com o apoio da Universidade de Cabo Verde e de Comissão para as Comemorações dos 550 anos da Descoberta de Cabo Verde e do 35º Aniversário da Independência Nacional, encontra-se actualmente em digressão pelas escolas e centros culturais do arquipélago caboverdiano, de forma a divulgar estes conteúdos a um público mais alargado que, de outra forma, não teria acesso a este tipo de informação. METODOLOGIA:. Após uma primeira fase de pesquisa tendente a recriar o corpo documental cartográfico produzido pela Comissão de Cartografia, procedeu- se à sua digitalização e posterior inserção em base de dados. Cada um dos mapas foi sujeito a uma descrição bibliográfica de forma a permitir a sua consulta por parte dos investigadores interessados, metodologia que foi igualmente adoptada para a Exposição Ilhas, Portos e Cidades. Cartografia de Cabo Verde (séculos XVIII-XX), que beneficiou do trabalho anteriormente realizado e da experiência entretanto adquirida. RESULTADOS: Criação de uma base de dados onde se encontram digitalizadas e descritas as 1400 cartas existentes na Cartoteca do Centro de História do IICT, bem como parte das que se encontravam insertas no “Arquivo de Fronteiras”, fundo documental existente no Centro de Geoinformação para o Desenvolvimento do IICT. Foi ainda digitalizada e inserida na base de dados do projecto a documentação e material fotográfico que fazia parte deste Arquivo. Participação dos elementos do projecto na IV Reunião Internacional de História de África, que teve lugar em Maputo, na Universidade Eduardo Mondlane, em Setembro de Organização de Mesas Redondas e um Colóquio Internacional – Cartografar África em Tempo Colonial ( ), que decorreu em Lisboa, em Novembro de 2006, em que participaram vários investigadores oriundos dos Palop’s. Concepção e realização da Exposição Ilhas, Portos e Cidades. Cartografia de Cabo Verde (séculos XVIII-XX), inaugurada na cidade da Praia, em 1 de Junho de 2010, por ocasião das Comemorações dos 550 anos da Descoberta de Cabo Verde e do 35º Aniversário da Independência Nacional. Uma versão digital desta exposição será em breve disponibilizada através dos sites do IICT e da Universidade de Cabo Verde encontrando-se ainda a ser preparada a edição de um CD-rom.www.iict.ptwww.unicv.edu.cv EQUIPA: O projecto inicial foi coordenado por Maria Emília Madeira Santos e João Carlos Garcia, integrando uma equipa multidisciplinar formada por geógrafos, historiadores, engenheiros-geógrafos, arquivistas e bibliotecários, originários de diferentes instituições nacionais e pertencentes a várias unidades orgânicas do IICT. A execução da Exposição ficou a cargo de uma equipa também ela interdisciplinar e oriunda de vários organismos nacionais, constituída por elementos que haviam participado naquele primeiro projecto, assessorados por elementos oriundos de outros Centros de Actividades do IICT e apoiados por colegas do Departamento de História da Universidade de Cabo Verde. IICT – Cooperação e Colecções Históricas e Científicas 2. Do projecto “Cartografia, Política e Territórios Coloniais. Comissão de Cartografia ( )” à realização da Exposição Ilhas, Portos e Cidades. Cartografia de Cabo Verde (séc.s XVIII a XX) ENQUADRAMENTO: A cartografia portuguesa posterior ao século XVIII era, à data do início do projecto, uma área pouco conhecida e ainda menos estudada e divulgada, como o confirma a bibliografia internacional produzida sobre esta temática, onde a informação sobre Portugal e os seus antigos territórios ultramarinos era praticamente inexistente em virtude de o trabalho de identificação e descrição dessas fontes cartográficas se encontrar ainda por realizar. Imagem parcial da Exposição de Cartografia inaugurada na Assembleia Nacional da República de Cabo Verde, Cidade da Praia. Painel representando a globalidade das ilhas de Cabo Verde. Aspecto parcial do interior do Convento de São Francisco na Cidade Velha – Cabo Verde, onde esteve patente a Exposição de Cartografia. Carta do Enclave de Cabinda, Angola, Carta do reconhecimento da Baía e Rio Conducia, Moçambique, 1897.


Carregar ppt "INVESTIGAÇÃO HISTÓRICA E COOPERAÇÃO A CONSTRUÇÃO DO PRESENTE E DO FUTURO COM O RECURSO AO CONHECIMENTO DO PASSADO Victor Luís Gaspar Rodrigues e Maria."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google