A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mensagem 001 As Doze Cidades do Sol Cidades do Sol Brasília – DF, 10 de Maio de 2010 Tecle para avançar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mensagem 001 As Doze Cidades do Sol Cidades do Sol Brasília – DF, 10 de Maio de 2010 Tecle para avançar."— Transcrição da apresentação:

1

2 Mensagem 001 As Doze Cidades do Sol Cidades do Sol Brasília – DF, 10 de Maio de 2010 Tecle para avançar

3 Mensagem 001 As Doze Cidades do Sol Cidades do Sol Brasília – DF, 10 de Maio de 2010 Tecle para avançar 

4 Cidades do Sol Estas mensagens visam contribuir para o necessário, urgente e vital despertar coletivo da condição Solar da Humanidade e do que teremos de fazer para cumprir o propósito de nossa exis- tência, como indivíduos e civiliza- ção na Terra. Nascer como ser hu- mano é um imenso privilégio cós- mico. Só temos de aceitar esta verdade. Imagem:http://sollk.multiply.com – Tela de Gian Fardo

5 Cidades do Sol O Futuro da Humanidade está condicionado à formação de ba- ses científicas, tecnológicas, eco- nômicas, sociais, políticas e es- pirituais que permitam o alcance de uma Civilização Solar, a única alternativa que poderá gerar, ainda no Século XXI, uma era de Paz e Esperança na Terra. Imagem:http://sollk.multiply.com – Tela de Gian Fardo

6 Cidades do Sol Sabemos que o despertar coletivo da Humanidade é uma tarefa imensa. Mesmo diante de tamanho desafio, aceitamos a parte que nos cabe, ainda que ela represente o mesmo que uma gota d’água no oceano. Cumprir a missão pessoal é um direito e dever... Imagem:http://sollk.multiply.com – Tela de Gian Fardo

7 Imagem:www.carlossaraiva.com – Saudades doFuturo A Humanidade, neste início de século, atravessa momentos difíceis e carre- gados de incertezas quanto ao seu futuro próximo. Na verdade, são momentos que podem decidir o destino de todas as formas de vida neste planeta. Imagem: Família ao Sol

8 Imagem:www.carlossaraiva.com – Saudades doFuturo No plano histórico, encontramo-nos numa encruzilhada, na qual existem somente duas opções: Imagem: Família ao Sol

9 Imagem:www.carlossaraiva.com – Saudades doFuturo...ou aceitamos as conse- quências da atual trajetória, repleta de erros gerados pelas nossas ações e omis- sões, ou procuramos alter- nativas que nos conduzam a um mundo diferente e melhor. Imagem: Mandala Choro de Gaia

10 Imagem:www.carlossaraiva.com – Saudades doFuturo É, pois, um momento para muitas decisões sérias e bem planejadas. Não te- mos quaisquer outras possi- bilidades e nem podemos mais pensar em paliativos ou pequenas soluções, que seriam meras reações dian- te dos múltiplos problemas que já ocorrem, acelerada e cumulativamente. Imagem: Fonte original não identificada

11 Imagem:Cloud computing -The Economist Os cenários futuros, desenvolvidos por grandes instituições de pesquisa, em nenhum momento apontam para uma Humanidade livre de problemas. Muito pelo contrário, enfrentaremos de- safios ainda inimagináveis nos dias atuais. Imagem:http://upload.wikimedia.org/wikipedia Rafting em Brotas/SP

12 Imagem:Cloud computing -The Economist É inegável que devemos de tomar sérias e urgentes providências, se desejarmos garantir um futuro digno e viável para as próximas ge- rações, com as quais temos um grande compromisso. Imagem:www.portaldoastronomo.org

13 Imagem:Cloud computing -The Economist Não temos o direito de destruir as chances e negar o direito ao futuro àqueles que virão depois de nós. Imagem:http://www.senado.gov.br/

14 Se não formos sérios e responsáveis em relação ao planeta, COMO poderá ele continuar nos acolhendo, uma espécie que o agride a cada momento? Imagem:http://sertaocalango.blogspot.com Imagem: Demeter – Deusa da Agricultura

15 As gerações futuras estão seriamente ameaçadas e de- pendentes das decisões que tomarmos hoje, bem como dos prazos em que forem implementadas. O destino da Terra e da Humanidade estão em nossas mãos. Imagem: Jonas B Tucci Imagem: Fonte original não identificada

16 Imagem:http://troll-urbano.weblog.com.pt Pois o “tempo” da Terra, estabelecido pelos grandes ciclos naturais, não consegue harmonizar-se com a prática de uma Economia que glori- fica o TER, enquanto nulifi- ca o SER,.... Imagem:

17 Imagem:http://jornale.com.br... a qual, na busca do incessante lucro, agride a Vida sob todas as suas for- mas e mostra ausência de fundamentos éticos e mo- rais. O equilíbrio do planeta encontra-se ameaçado por essa falta de sintonia. Imagem:

18 Imagem:http://centrodeestudosambientais.files.wordpress.com - ambiente-almagnus.jpg Questões ambientais, cujas origens estão na ação da própria Humanidade, re- sultado direto das escolhas - sociais, políticas e econô- micas - que fizemos como ci- vilização, poderão abalar, em futuro próximo, toda a nossa estrutura mundial. cujas origens estão na ação da própria Humanidade, re- sultado direto das escolhas - sociais, políticas e econô- micas - que fizemos como ci- vilização, poderão abalar, em futuro próximo, toda a nossa estrutura mundial. Imagem:www.marketspacetrading.com

19 Imagem:http://centrodeestudosambientais.files.wordpress.com - ambiente-almagnus.jpg Na verdade, estamos à mercê de um grande co- lapso da civilização. Vivemos uma crise permanente, sem que consigamos enxergar a luz no fim do túnel! Imagem:www.marketspacetrading.com

20 Imagem:http://centrodeestudosambientais.files.wordpress.com - ambiente-almagnus.jpg É claro que não podemos classificar todas as ações passadas, que hoje re- percutem tão negativamente no mundo, como intrinseca- mente más. Tão somente re- fletiram o conhecimento podemos classificar todas as ações passadas, que hoje re- percutem tão negativamente no mundo, como intrinseca- mente más. Tão somente re- fletiram o conhecimento da época. Imagem:www.marketspacetrading.com

21 Imagem:http://centrodeestudosambientais.files.wordpress.com - ambiente-almagnus.jpg Apenas não soubemos identificar o momento de seu esgotamento, quando deve- riam ter sido abandonadas. Deveríamos ter compreendi- do que nada é eterno e que há ciclos naturais que não podem ser desrespeitados em hipótese alguma... Imagem:http://sermulherhoje.wordpress.com

22 Imagem:http://centrodeestudosambientais.files.wordpress.com - ambiente-almagnus.jpg Acima de tudo, preci- samos enxergar o mundo sob novos prismas e desco- brir a beleza e sacralidade que existem nos menores detalhes. Imagem:www.ecoenigma.com.br

23 Todos os conceitos que se aplicavam a uma popu- lação mundial em torno de um bilhão de pessoas não são mais válidos no presen- te, quando já temos quase sete bilhões de seres huma- nos habitando um planeta que permanece fisicamen- te o mesmo. Imagem:http://osverdestapes.blogspot.com Imagem: Superpopulação

24 Os grandes problemas aumentarão de forma pro- porcional ao número de ha- bitantes existentes. Imagem:http://osverdestapes.blogspot.com Imagem: Superpopulação

25 Contudo, em relação ao estado geral do planeta, não existe uma culpa individual ou mesmo coletiva, mas, is- to sim, responsabilidade co- letiva, o que é muito diferen- te. A culpa apenas oprime, leva todos à letargia e esta- belece laços sólidos com o passado, a nada conduzindo. Imagem:http://osverdestapes.blogspot.com Imagem: Superpopulação

26 A responsabilidade, de maneira oposta, nos con- duz à ação e abre as portas para as possibilidades in- finitas de um Universo em evolução. Imagem: Imagem:

27 É um chamamento para o futuro, um voto de solidarie- dade, compaixão e esperan- ça para com todos aqueles que estão sofrendo devido aos erros acumulados ao longo de séculos e que, ago- ra, estão vindo à tona, de forma radical, brusca e im- previsível. Imagem: Imagem: Fonte original não identificada

28 As mudanças climáticas não podem mais ser nega- das. O planeta, o lar dos nossos lares, está mudan- do e, com isso, a nossa ma- neira de viver. Imagem: El Niño Imagem: Fonte original não identificada

29 Temos de nos adequar, com urgência, aos novos tempos, às no- vas condições da Terra, pois esta não esperará, pacientemente, por nos- sas providências. Imagem: El Niño Imagem: Fonte original não identificada

30 No entanto, mesmo assim estamos postergando medidas inevitáveis, fazen- do de conta que elas não nos dizem respeito e que, para todos os problemas, serão encontradas – atra- vés da ciência e tecno- logia – respostas adequadas e na ocasião oportuna. Imagem: El Niño Imagem: Fonte original não identificada

31 E assim prosseguimos, como se tivéssemos todo o tempo do mundo à nossa disposição e o futuro fosse cartesianamente previsível e seguro. Não é mais assim. No íntimo, todos já sabe- mos da verdade... Imagem: El Niño Imagem: Fonte original não identificada

32 As pessoas só reagem quando o infortúnio bate às suas portas. Antes disso, salvo raras exceções, sem- pre imaginam estar intei- ramente a salvo. Que tais acontecimentos jamais as atingirão. Imagem: Bebê de Marzipan Imagem: Fonte original não identificada

33 A realidade está mos- trando exatamente o con- trário: somos frágeis e vul- neráveis em altíssimo grau. Não podemos evitar uma ex- pressão que já foi muito citada: “Há pressa. Muita Pressa!” Imagem: Bebê de Marzipan Imagem: Fonte original não identificada

34 Vivemos em um mundo onde tudo deve ser repensa- do e reavaliado. Um mundo que já dá mostras de que a hospitalidade planetária tem os seus limites e regras cla- ras e definidas, as quais vio- lamos constantemente. Imagem:www.blogflaviopereira.com.br poder da mente Imagem: Nasa

35 Desse “repensar e rea- valiar” terá de surgir uma ação responsável, rápida, ética, clara e lúcida. Imagem:www.blogflaviopereira.com.br poder da mente Imagem: Nasa

36 Mas uma pergunta se impõe: o que nós, seres hu- manos, queremos desta vi- da? A resposta tem a ver com o que somos hoje e nortear o que desejamos ou espera- mos ser no futuro. Imagem:www.blogflaviopereira.com.br poder da mente Imagem: Nasa

37 No plano histórico, nada se explica sem o coletivo. Mes- mo os grandes líderes que mudaram o seu tempo foram resultado de um processo co- letivo. Pelo mesmo processo, chegamos ao aqui e agora, aos riscos e incertezas do Século XXI. Imagem:www.blogflaviopereira.com.br poder da mente Imagem: Nasa

38 Como parte dessa responsabilidade coletiva, desejamos prestar a nossa contribuição para um fu- turo melhor. ☼

39 Estamos propondo uma série de mensagens que abor- dam a construção das “Do- ze Cidades do Sol”, um em- preendimento coletivo e vital que permita a milhões de brasileiros uma vida melhor, digna e plena de confiança quanto ao futuro. Plena de esperança... ☼

40 Em nosso país, os danos materiais e humanos, causa- dos nos últimos cinco anos por uma Natureza imprevisí- vel, talvez sejam equivalen- tes àqueles causados pelo fu- racão Katrina. ☼

41 Em princípio, esta missão é de divulgação e alerta, um apontar de cami- nhos alternativos em face da dinâmica acelerada dos eventos naturais. ☼

42 Entendendo a gravidade do momento, que beira a emer- gência, não percebida por uns e negada por outros, es- tamos formando um grupo de trabalho que objetiva atuar em tais questões e de- monstrar a possibilidade e necessidade de construção das “Doze Cidades do Sol”. ☼

43 Em muitos aspectos, as “Doze Cidades do Sol” leva- rão ao prosseguimento da histórica “marcha para o oeste”, iniciada pelos primei- ros bandeirantes; porém,des- ta vez, planejada e ordenada, pois sabemos para onde ir e o que temos de fazer. ☼

44 A proposta de construção das “Doze Cidades do Sol”, em pleno Planalto Central do Brasil, é uma opção pelo futuro, bem-estar e segu- rança de milhões de brasi- leiros. Mas uma opção que poderá servir de exemplo pa- ra toda a Humanidade. ☼

45 As “Cidades do Sol” acolherão aquelas pessoas que desejam, em nome de uma vida mais digna e hu- mana, um distanciamento das grandes e caóticas áreas urbanas. Assim, tais cidades serão verdadeiros núcleos de RENOVAÇÃO SOCIAL. ☼

46 O Brasil dará um passo adiante em relação a todos os demais países, muitos de- les com questões semelhantes a serem resolvidas e talvez até mais urgentes. ☼

47 Trata-se, então, de assumir que todos temos obrigações perante a Vida. Além disso, cada um de nós tem o direito e o dever de es- crever a sua própria história, de deixar uma marca posi- tiva no mundo. ☼

48 As “Doze Cidades do Sol” formarão uma imensa egré- gora, um símbolo poderoso, no coração do Brasil. ☼

49 A proposta de construção das “Doze Cidades do Sol”, todas situadas em torno de Brasília, visa alertar, prepa- rar e sugerir algumas provi- dências que são necessá- rias, no Brasil,... ☼ Brasília

50 ... para fazer frente às mudanças climáticas inevi- táveis e avassaladoras, cujos primeiros efeitos já estamos sentindo. Esta, dentre um le- que de prioridades, é a mais urgente. ☼ Brasília

51 Partimos, inicialmente, de um ponto: Brasília. Tan- to na Geometria quanto na Geografia Sagrada precisa- mos de um ponto, irradiador para as quatro direções. Imagem: Brasão de Brasília

52 O Brasão Oficial de Brasília mostra claramente o simbolismo das “quatro direções”. Imagem: Brasão de Brasília

53 Com isso, as portas para o futuro, para as suas imensas possibilidades, ficaram aber- tas. “Venturi Ventis”, ou se- ja, “Aos Ventos que Virão”, significa que a obra não foi encerrada... Imagem: Brasão de Brasília

54 A partir do ponto central e das quatro direções, Norte, Sul, Leste e Oeste, forma- mos uma Grande Cruz em pleno Planalto Central do Brasil, simbolizando a “Ter- ra de Santa Cruz”. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg

55 Cada braço da “Grande Cruz”, o “Cruzeiro do Pla- nalto Central”, terá aproxi- madamente 576 quilôme- tros. Serão 1152 quilômetros de uma ponta à outra. No eixo central, Palmas ficará ao Norte e Ribeirão Preto, ao Sul. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg Palmas/TO Ribeirão Preto/SP

56 A extremidade do braço direito, Leste, da “Grande Cruz” ficará entre as cida- des de Indaiabira e Taio- beiras/MG. O braço esquer- do, a Oeste, ficará sobre a mística e misteriosa região da Serra do Roncador/MT. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg Palmas/TO Ribeirão Preto/SP Indaiabira/MG Roncador/MT Taiobeiras/MG

57 Ao redor de cada ponto, deverá ser delimitada uma circunferência com um raio de 50 quilômetros, na qual a “Cidade do Sol” poderá ser construída. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg Palmas/TO Ribeirão Preto/SP Indaiabira/MG Roncador/MT Taiobeiras/MG  

58 A partir do eixo Palmas, Brasília e Ribeirão Preto, podemos montar a “Grande Estrela” do Planalto Cen- tral Brasileiro. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg Ribeirão Preto/SP Palmas/TO

59 As três cidades do eixo vertical já estão prontas. Ne- las, tudo se resumirá ao des- pertar coletivo da Consciên- cia Solar. Nos demais pon- tos, tudo está por fazer. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg Ribeirão Preto/SP Palmas/TO

60 Ao redor da “Grande Es- trela” surgirá uma área de influência: o perímetro So- lar. Experiências indivi- duais e coletivas poderão nela ocorrer, todas parti- cipando do mesmo impul- so central e criador. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg

61 Alguns pontos poderão recair em locais inapro- priados para a construção de uma cidade. O impor- tante é que o ponto esteja corretamente determinado, pois integrará um desenho geométrico Sagrado. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg

62 Palmas/TO é uma cidade planejada que nasceu com uma vocação Solar. Tem tu- do para assumir sua con- dição de Capital do Sol na- quele Estado. Embora liga- da a Brasília, uma segunda “Estrela” poderia surgir ao redor de Palmas. Imagem:www.dharmanet.com.br mandala/kalachakra.jpg

63 Quando o Palácio do Go- verno Estadual de Tocan- tins foi construído, sua fa- chada ostentava duas Asas Divinas, uma clara simbo- logia Solar, as quais fo- ram retiradas mais tarde. Imgem: Palácio do Governo do Estado de Tocantins

64 Dentro do perímetro Solar, outra área importan- te é o sul de Minas Gerais. Da mesma forma, a região do Roncador poderá rece- ber muitas “comunidades Solares”. Imagem: Templo da Sociedade Brasileira de Eubiose – São Lourenço

65 Em plena Esplanada dos Poderes, em Brasília/DF, es- tá uma misteriosa chave, o ponto central, para as “Doze Cidades do Sol”. Imagem:http://www.sxc.hu

66 A Cruz da Catedral de Brasília, como se sinalizasse algo para o futuro, está vol- tada para o Norte. Seus quatro braços e oito raios somam doze. Imagem:http://www.sxc.hu

67 Seria uma mensagem velada de que a “Terra de Santa Cruz” precisa renascer no coração de cada brasileiro? Imagem:http://www.sxc.hu

68 As “Doze Cidades do Sol”, serão ligadas ao futuro e à nova consciência coleti- va que será preponderante em nosso planeta,... Imagem:Ayruman

69 ...uma consciência que aspira, urgentemente e no mundo inteiro, ao di- reito de ser ouvida quanto ao destino da Humanidade. Ao destino de cada um de nós... Imagem:Ayruman

70 No Planalto Central do Brasil poderá acontecer a tão aguardada união entre os princípios espirituais do Ocidente e Oriente. Ou seja, entre a “Cruz” e a “Luz”. Imagem: Templo do Sol – Rio de Janeiro

71 As “Doze Cidades do Sol”, ecléticas por natureza, serão um exemplo de inte- gração e tolerância religio- sa. Hoje já se sabe que a in- tolerância religiosa é uma das mais sérias ameaças à Paz mundial. Imagem:

72 Entre os Kardecistas bra- sileiros não há qualquer dú- vida quanto à existência da cidade espiritual conhecida como “Nosso Lar”, que pai- raria sobre o Brasil nos pla- nos etéreos. Alguma coinci- dência com as “Doze Cida- des do Sol”?... Imagem:

73 Quando as Cidades do Sol tornarem-se realidade, ou até mesmo antes disso, o mundo inteiro voltará os olhos para o Planalto Cen- tral do Brasil. Imagem:Fonte original não identificada

74 É impossível, neste mo- mento, não lembrarmos de Dom Bosco e suas profecias quanto ao surgimento de uma grande civilização no centro da América do Sul. Imagem: Dom Bosco Imagem: Cruzeiro do Sul

75 Portanto, a idéia das “Doze Cidades do Sol” é voltada à preservação e continuidade da vida humana e da Vida sob todas as suas formas, ameaçadas que estão pela probabilidade de profundas alterações climáticas em to- do o planeta. Imagem: Maciel de Amorin Imagem:http://cristianecampos.arteblog.com.br – MENINA E BEIJA-FLOR

76 Uma das vertentes das novas cidades poderia ser o fortalecimento das rela- ções não apenas entre os homens, mas fundamen- talmente, entre o Homem e a Natureza. Imagem: Maciel de Amorin Imagem:http://cristianecampos.arteblog.com.br – MENINA E BEIJA-FLOR

77 As novas cidades devem garantir espaços adequados para a valorização da Vida e sugerir novos ritmos, pa- ra uma existência mais harmoniosa, saudável, inte- ligente e feliz. Imagem: Maciel de Amorin Imagem:http://cristianecampos.arteblog.com.br – MENINA E BEIJA-FLOR

78 Imagem: Holosgenesis Serão necessários enge- nheiros, urbanistas, arqui- tetos, especialistas em desen- volvimento sustentável e de projetos de grande enverga- dura, sociólogos, geógrafos e geólogos, administradores e advogados, dentre muitos outros profissionais. Imagem: Fonte original não identificada

79 Imagem: Mas, fundamentalmente, serão necessários EDU- CADORES que resgatem ou reinventem os valores para uma nova fase de nossa civilização. Imagem: Fonte original não identificada

80 Imagem: Salvador Dali Enfim, serão necessárias pessoas que estejam dispos- tas a lutar por um mundo melhor, que aspirem a uma vida melhor e que não re- nunciem aos seus mais preciosos sonhos. Imagem: Fonte original não identificada

81 Imagem: Salvador Dali E que também estejam dispostas a contribuir para o futuro da Humanidade. Imagem: Fonte original não identificada

82 Os Valores que orientam a idéia das “Doze Cidades do Sol” são similares àqueles observados por nossa estrela-mãe, o Sol: sustentação da Vida; trabalho inces- sante em prol da evolução indiscriminada, energia pura e regida por uma metacon- cepção existencial o Sol: sustentação da Vida; trabalho inces- sante em prol da evolução indiscriminada, energia pura e regida por uma metacon- cepção existencial. Imagem: Fonte original não identificada

83 Criamos nosso labirinto de fantasias individualistas. Cabe-nos agora a ousadia de retroceder sobre o próprio passo, adubando o terreno para a manifestação de uma nova Consciência, mais expressivamente afinada com a realidade Una da Vida, redescobrindo a verdadeira vocação que rege o nosso caminho comum: a de que somos co-artífices da perene evolução. Imagem: Fonte original não identificada

84 Será um trabalho longo. Mas está esgotado o tempo de postergação. Ao “aqui e agora”, respondamos SIM. Imagem: Fonte original não identificada

85 Agradecemos a todos os que acessaram este trabalho. A Comissão Provisória das “Doze Cidades do Sol” Imagem: Fonte original não identificada

86 Contatos: Paulo R. C. Medeiros (org.) Imagens: Internet Música: ENYA - ONE BY ONE Pedimos a todos que evitem o uso comercial destas apresentações. Estas mensagens refletem a nossa esperança em um mundo melhor e não a perspectiva de ganhos financeiros. Quem julgar- se prejudicado pelo uso das imagens e músicas, embora devidamente referenciadas, poderá soli- citar a exclusão das mesmas. Imagem: Fonte original não identificada


Carregar ppt "Mensagem 001 As Doze Cidades do Sol Cidades do Sol Brasília – DF, 10 de Maio de 2010 Tecle para avançar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google