A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LINHA DE AÇÃO 1: PREVENÇÃO DIRETRIZ: Prova Tuberculínica ObjetivosEstratégiasAções/atividades Ampliar o acesso à realização da Prova Tuberculínica em.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LINHA DE AÇÃO 1: PREVENÇÃO DIRETRIZ: Prova Tuberculínica ObjetivosEstratégiasAções/atividades Ampliar o acesso à realização da Prova Tuberculínica em."— Transcrição da apresentação:

1

2 LINHA DE AÇÃO 1: PREVENÇÃO DIRETRIZ: Prova Tuberculínica ObjetivosEstratégiasAções/atividades Ampliar o acesso à realização da Prova Tuberculínica em todas as regiões do Estado, visando fortalecimento da avaliação de contatos dos casos de TB e proteção das populações vulneráveis. Ampliar o número de pessoas capacitadas Capacitação dos serviços que atendem à população vulnerável (indígenas, PPL PVHA e PSR) PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA

3 LINHA DE AÇÃO 2: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DIRETRIZ: Portal da SUVISA e Blog ObjetivosEstratégiasAções/atividades Tornar as informações sobre o controle da TB acessíveis à comunidade em geral Atualização do portal da SUVISA Enviar informes mensalmente ou na ocorrência de eventos

4 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA DIRETRIZ: Banco de Dados SR e Estrutura dos PCT’s ObjetivosEstratégiasAções/atividades Consolidar alimentação dos novos bancos de dados criados em 2013 Banco SR : Monitorar regularidade dos municípios na entrada mensal de dados; Banco Estrutura do PMCT: Monitorar a atualização anual dos dados Avaliação dos bancos e análise dos dados LINHA DE AÇÃO 2: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

5 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA LINHA DE AÇÃO 3: ASSISTÊNCIA DIRETRIZ: Capacitações ObjetivosEstratégiasAções/atividades Ampliar elenco de profissionais de nível superior habilitados na atenção à TB Convidar profissional médico da região para colaborar na capacitação Capacitação em manejo clínico TB e ILTB para profissionais da Atenção Básica e SAE

6 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA LINHA DE AÇÃO 4 : Mobilização social DIRETRIZ: Dia Mundial ObjetivosEstratégiasAções/atividades Informar amplamente a situação da TB na Bahia aproveitando o Dia Mundial de Luta contra a TB (24 de março) Divulgar release para imprensa local. Mobilização das equipes de saúde dos municípios sede de DIRES e municípios prioritários

7 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA DIRETRIZ: Comitê ObjetivosEstratégiasAções/atividades Envolver a organizações da sociedade civil nas questões relativas à TB Incentivar e acompanhar a implantação de Comitê nos municípios prioritários do estado

8 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA DIRETRIZ: Comitê ObjetivosEstratégiasAções/atividades Envolver a organizações da sociedade civil nas questões relativas à TB Incentivar e acompanhar a implantação de Comitê nos municípios prioritários do estado

9 LINHA DE AÇÃO 5 : Avaliação e Monitoramento do PCT DIRETRIZ: Monitoramento de indicadores ObjetivosEstratégiasAções/atividades Assegurar regularidade no acompanhamento das metas do PCT e indicadores da TB Acompanhamento e monitoramento em parceria com o LACEN, DIRES, DAB, DGC, DSEI e SEAP (unidade prisional) Acompanhamento e monitoramento da implantação das referências secundárias Articulação com os municípios prioritários ou sede de DIRES ou de Região para implantação de referência secundária em TB Avaliação dos principais indicadores nos municípios PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA

10 LINHA DE AÇÃO 6 : Sistemas de Informação DIRETRIZ: SINAN Objetivos EstratégiasAções/atividades Qualificar as informações obtidas através de dados do SINAN Realizar rotinas de limpeza do banco com análise de duplicidades e transferências Resolução de duplicidades nas DIRES Monitorar transferências Acompanhar resolução das pendências enviadas pela DIVEP

11 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA DIRETRIZ: SI-ILTB ObjetivosEstratégiasAções/atividades Consolidar o sistema implantado em 2013 Acompanhar processo de descentralização do SI- ILTB Entrar em contato com municípios que ainda não aderiram ao SI-ILTB (sem termo de responsabilidade) Entrar em contato com municípios silenciosos LINHA DE AÇÃO 6 : Sistemas de Informação

12 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA DIRETRIZ: SI- ÓBITOS ObjetivosEstratégiasAções/atividades Aprimorar informação sobre incidência e mortalidade por TB no estado Identificar no SIM os óbitos por TB não notificados no SINAN Cruzamento dos dados SIM-SINAN Implantar investigação do óbito por TB Acompanhar implantação da Ficha de Investigação do óbito por TB Qualificar dados sobre óbito dos pacientes coinfectados TB- HIV/Aids Contato com o responsável pela codificação do SIM na DIRES LINHA DE AÇÃO 6 : Sistemas de Informação

13 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA LINHA DE AÇÃO 7 : POPULAÇÕES ESPECIAIS DIRETRIZ: Indígenas ObjetivosEstratégiasAções/atividades Promover o controle da TB nas áreas indígenas Incremento das ações de prevenção e atenção Promover o diagnóstico precoce da TB entre indígenas apoiando ações que viabilizem acesso à baciloscopia e R-X Monitorar o controle de contatos dos casos de TB em indígenas Monitorar os municípios com áreas indígenas quanto à realização/encaminhamento de baciloscopia, cultura e R-X Ampliar acesso da população indígena ao teste tuberculínico Acompanhar ampliação do nº de técnicos habilitados em aplicação/leitura do teste tuberculínico em todas as áreas indígenas do estado Aprimorar informação sobre incidência de TB entre indígenas Solicitar acesso aos dados do SISAI para comparação com SINAN

14 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA DIRETRIZ: Sistema Prisional ObjetivosEstratégiasAções/atividades Promover o controle da TB no Sistema Prisional Profissionais do sistema prisional capacitados em ações de controle da TB Acompanhar o repasse das capacitações em Manejo Clínico da TB e Prova Tuberculínica para outros profissionais do sistema Monitorar ocorrência de TB no sistema prisional Realizar análise dos instrumentos de registro de TB implantados nas unidades prisionais Acompanhar processo de implantação da investigação de TB na porta de entrada ao Sistema Prisional (realização de R-X, baciloscopia/cultura e HIV) Manter articulação com parceiross e conselho da Comunidadee para implementação das ações de controle da TB nas unidades prisionais Acompanhar execução do Projeto de Salvador voltado para o Complexo Prisional de Mata Escura.

15 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA DIRETRIZ: Pessoas vivendo com HIV ObjetivosEstratégiasAções/atividades Promover o controle da coinfecção TB/HIV Apoiar os municípios na implantação do PCT nos SAEs Apoiar a implantação de posto de coleta de baciloscopia nos SAEs Implantar PT nos SAEs Disponibilização dos tuberculostáticos nas UDMs municipais Implantar ações de prevenção das DST/Aids nas unidades de tuberculose Implantar teste rápido p HIV nas unidades de TB Monitoramento dos indicadores TB/HIV

16 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA DIRETRIZ: População em Situação de Rua Objetivos EstratégiasAções/atividades Conhecer a situação epidemiológica da TB na População em Situação de Rua (PSR) Diagnostico da situação da TB entre a População em Situação de Rua nos municpios Promover o Controle da TB na População em Situação de Rua Identificação e capacitação de profissionais da rede de atendimento a PSR em controle da TB (detecção, diagnostico, tratamento,) Mapeamento e identificação da rede de atendimento a PSR nos municipios prioritários (CRAS, CREAS, Centros POP, Abrigamento, Bahia Acolhe, ONGs, Igrejas,) ARTICULAÇÃO COM ENTIDADES VINCULADAS A ESTA POPULAÇÃO (SEDES, SECR DIREITOS HUMANOS, CRDH, MOV.PSR, CETAD, DGC, CAPS, SAMU, UPA, EMERGENCIAS E URGENCIAS, CEDAP E SAE's) 1.reunião com entidades da rede de atendimento identificadas para apresentação de proposta de controle da tb (3 Centros POP nos municpios prioritários (Salvador, Vitoria da Conquista e Feira de Santana). 2.Incorporar os profissionais de saúde das ESF, SAMU, Urgências e Emergências, hospitais de referencia, dos centros POP, de instituições de abrigamento, casas de passgem, albergues, igrejas e consultório de/na rua nas atividades de controle da TB, incluindo-os nas capacitações (detecção, diagnóstico e tratamento).

17 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA LINHA DE AÇÃO 11: LABORATÓRIO DIRETRIZ: Diagnóstico e acompanhamento ObjetivosEstratégiasAções/atividades Contribuir para a organização da rede hierarquizada de laboratórios vinculados ao controle da TB Melhorar a qualidade dos exames de baciloscopia (diagnostico e acompanhamento) Acompanhar junto aos municípios o envio de lâminas ao LACEN para o controle de qualidade das baciloscopias. Apoio à descentralização dos testes de cultura para os municípios Apoiar a implantação do método Ogawa-Kudoh em Laboratórios Locais nos municípios Implantar sistema de vigilancia laboratorial Promoção e apoio a implantacao do GAL nos municpios

18 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA Meta/prazoIndicadoresResponsável

19 PLANO DE TRABALHO PCT– BAHIA

20


Carregar ppt "LINHA DE AÇÃO 1: PREVENÇÃO DIRETRIZ: Prova Tuberculínica ObjetivosEstratégiasAções/atividades Ampliar o acesso à realização da Prova Tuberculínica em."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google