A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tuberculose no Brasil: Avanços e Perspectivas Programa Nacional de Controle da Tuberculose Porto Alegre, 10 de junho de 2010 Departamento de Vigilância.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tuberculose no Brasil: Avanços e Perspectivas Programa Nacional de Controle da Tuberculose Porto Alegre, 10 de junho de 2010 Departamento de Vigilância."— Transcrição da apresentação:

1 Tuberculose no Brasil: Avanços e Perspectivas Programa Nacional de Controle da Tuberculose Porto Alegre, 10 de junho de 2010 Departamento de Vigilância Epidemiológica

2 9,2 milhões de doentes/ano (700 mil HIV+) 1,7 milhões de mortes por ano (200 mil TB/HIV) Um terço da população está infectada; TB mata mais jovens e adultos que qualquer outra doença infecciosa; 500 mil casos de MDR/ano 80% dos casos em 22 países Fonte: OMS, 2008 Tuberculose no mundo

3 Tuberculose no Brasil 72 mil casos de TB notificados em º país em número de casos 108º país em incidência 4,7 mil mortes por ano 4ª causa de mortes por doenças infecciosas 1ª causa de mortes dos pacientes com aids

4 Metas do Milênio (até 2015) Sexto Objetivo de desenvolvimento do milênio: Reduzir, pela metade, o número de casos e mortes por tuberculose entre 1990 e 2015.

5 Plano Estratégico OPAS Uma America livre de tuberculose Objetivo 5 : Incorporar todos os setores provedores de saúde (públicos, não-governamentais e privados) ao controle da TB Estratégia STOP TB Contar com a participação das pessoas com tuberculose e das comunidades.

6 Política de ampliação das parcerias (fortalecimento da Parceria Brasileira contra a TB, criação dos comitês metropolitanos, fóruns de ONGs, etc.) Articulação com CONASS e CONASEMS e Conselhos de Saúde dos três níveis da administração pública Articulação com o Fundo Global, Depto de DST/Aids, DAB e outras instituições governamentais e não governamentais Articulação com organismos de cooperação nacionais e internacionais Envolver os setores públicos e privados e organismos de cooperação

7 Parceria Brasileira contra a Tuberculose STOP-TB/BRASIL

8 * KATIRÓ (Manaus/AM) GRUPAJUS (Ananindeua/PA) MUIRAQUITÃ (Belém/PA) * ACERD (Fortaleza/CE) RSP (Fortaleza/CE) * GAPA (Fortaleza/CE) * GESTOS (Recife/PE) * GTP+ (Recife/PE) * Projeto Esperança (Salvador/BA) * ABOK (Salvador/BA) * EXCOLA (Rio de Janeiro/RJ) * SABER VIVER (Rio de Janeiro/RJ) * GRUPO PELA VIDDA (Niterói/RJ) HIPUPIARA (São Vicente/SP) * É DE LEI (São Paulo/SP) * GAPA (São Paulo/SP) * BARONG (São Paulo/SP) * BEMFAM (São Luiz/MA) * MOV. LIVRE ORIENTAÇÃO SEXUAL (Alvorada/RS) * GAPA (Porto Alegre/RS) VIVHER (Belo Horizonte/MG) * SOLIDARIEDADE (Belo Horizonte/MG) ONG conveniadas (FG) para o controle da co- infecção TB/HIV. Brasil,

9 Promoção, comunicação e mobilização social Participação da comunidade na atenção aos doentes e na prevenção da transmissão Promoção dos direitos do paciente: assistência e tratamento de qualidade, informação, privacidade, confidencialidade, dignidade Empoderar as pessoas com TB e suas comunidades

10 Desafios Manter a priorização política da TB Expandir o TDO com qualidade Manter a descentralização, com ênfase na ESF Garantir o acesso ao dignóstico Expandir ações para o controle da transmissão da infecção TB/HIV Ampliar o acesso às populações mais vulneráveis Aumentar a cura de 72% para mais de 85% Reduzir o abandono de 8% para menos de 5% Controlar a co-infecção TB/HIV Manter sob controle a TB-MR

11

12


Carregar ppt "Tuberculose no Brasil: Avanços e Perspectivas Programa Nacional de Controle da Tuberculose Porto Alegre, 10 de junho de 2010 Departamento de Vigilância."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google