A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SEMINÁRIO DE PRÁTICAS EJA/OPEJA OSASCO 1º SEMESTRE 2011 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SEMINÁRIO DE PRÁTICAS EJA/OPEJA OSASCO 1º SEMESTRE 2011 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza."— Transcrição da apresentação:

1 SEMINÁRIO DE PRÁTICAS EJA/OPEJA OSASCO 1º SEMESTRE 2011 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza

2 Apresentação: EMEF Prof. Manoel Barbosa de Sousa Jd. Bonança – Zona Norte – Osasco EJA 4ª série - OPEJA Alimentação Gestoras Valdirene e Silvana Profª. Valdete Inacio Instrut. Profiss. Agnaldo Garcia

3 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Currículo Integrado: Nosso trabalho é totalmente voltado a atender aquilo que nos sugere o currículo integrado. Apresentando os conceitos /conteúdos de forma a serem aprendidos, observando-se suas relações dentro de uma totalidade.

4 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia Solidária Visita dos educandos da EJA ao evento de Graduação das Cooperativas da Economia Solidária do Município de Osasco

5 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia Popular Nossas aulas integradas foram pensadas, levando-se em conta, a possibilidade real dos conhecimentos adquiridos proporcionarem ao educando a obtenção de ganhos financeiros.

6 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia popular Antes de entrarmos de fato nas receitas que possibilitem ganhos, iniciamos trazendo e trocando informações sobre higiene pessoal, higienização do meio ambiente e dos alimentos, bem como Saúde e Segurança Ocupacional.

7 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia Popular Primeira aula na cozinha: Pavê Trouxemos a receita da sobremesa Pavê e “deixamos” os educandos “soltos” para a execução do prato, visando a ambientação à matéria.

8 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Interdisciplinaridade Nas aulas que se seguiram foram trabalhados conteúdos como: Matemática (quantidade dos ingredientes) Português (produção de texto, relato “Saborosas lembranças”)

9 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia Popular 2ª aula na cozinha: Baião de Dois A receita nordestina foi escolhida para que resgatássemos ali parte da cultura dos educandos deixada no passado.

10 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza

11 Interdisciplinaridade Após a aula do “Baião”, pudemos trabalhar com roda de conversa, geografia (região norte e nordeste principalmente), matemática (proporções), português (interpretação de textos), artes com a música “Baião de dois” de Luís Gonzaga.

12 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia Popular 3 ª aula na cozinha: Espetinhos Primeira aula de fato do tema Economia Popular. Foram produzidos espetinhos de forma criteriosa a servir o propósito de venda. Na aula teórica que antecedeu a prática, ensinamos o passo a passo para a pessoa iniciar e se manter ganhando dinheiro no negócio do churrasquinho.

13 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza

14 Interdisciplinaridade Aula em que pudemos trabalhar um grande número de conteúdos: contabilidade, legislação, matemática, português, saúde pública, segurança do trabalho, marketing, relações pessoais, pesquisas foram alguns dos temas abordados no “gancho” da aula prática. Rendendo inclusive a elaboração de um “Guia passo a passo” do negócio de espetinhos.

15 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia Popular 4ª aula na cozinha: Yakissoba Prato da culinária japonesa, vendido nas ruas de São Paulo de fácil preparo, muito saboroso e com possibilidade de excelentes ganhos.

16 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza

17 Interdisciplinaridade Falamos sobre o Japão, país ao qual se credita a origem do prato Yakissoba. Abordamos, geografia (localização do Japão, terremotos, tsunami), matemática (proporções, preços, ingredientes), conhecimentos gerais, história, português.

18 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia Popular 5ª aula na cozinha: Ovos de Páscoa Semana que antecedeu a Páscoa, vimos a possibilidade de vendas e partimos para a aula de Ovos de Páscoa caseiros, receita simples porém trabalhosa de se fazer, com aceitação ampla dos envolvidos.

19 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza

20 Interdisciplinaridade Trouxemos informações sobre a origem da Páscoa, em suas várias versões como a Judaica, a Cristã, a comercial. Falamos da relação dos ovos e do coelho com a data. E também as matérias já citadas nas outras aulas práticas.

21 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Economia Popular 6ª aula na cozinha: Panificação Nesta aula promovemos a união entre as salas de EJA e Pro Jovem, trazendo a eles as informações básicas sobre a fabricação de pães e gerando interessante intercâmbio de modalidades.

22 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza

23 Interdisciplinaridade O contato e interação com o Pro Jovem trouxe discussões interessantes acerca de métodos e práticas, como por exemplo o formato da aula em que os educandos não realizam a formulação mas sim acompanham a mesma sendo realizada pelos técnicos.

24 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Exibição de resumo das aulas práticas e filmes sobre Saúde e Segurança Ocupacional

25 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Atividades envolvendo todas as séries da EJA: Exibição do Filme “Acorda Raimundo, acorda!” Em referência ao Dia Internacional da Mulher

26 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Atividades envolvendo todas as séries da EJA: Construção de painel homenageando as Mulheres

27 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Informática Definimos um dia específico da semana para as aulas de informática. Iniciamos com o básico e atualmente já simulamos ambiente de trabalho onde os educandos trocam s’s com pedidos de informações e encaminhamento de questões e anexos.

28 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Informática

29 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza Interdisciplinaridade Nos próximos “Slides”, imagens de produções dos educandos.

30 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza

31 A RAPOSA E A CEGONHA UM DIA A RAPOSA CONVIDOU A CEGONHA PARA JANTAR. QUERENDO PREGAR UMA PEÇA NA OUTRA, SERVIU SOPA NUM PRATO RASO. CLARO QUE A RAPOSA TOMOU TODA A SUA SOPA SEM O MENOR PROBLEMA, MAS A POBRE DA CEGONHA COM SEU BICO COMPRIDO MAS PODE TOMAR UMA GOTA. O RESULTADO FOI QUE A CEGONHA VOLTOU PARA CASA MORRENDO DE FOME. A RAPOSA FINGIU QUE ESTAVA PREOCUPADA, PERGUNTOU SE A SOPA NÃO ESTAVA DO GOSTO DA CEGONHA, MAS A CEGONHA NÃO DISSE NADA. QUANDO FOI EMBORA, AGRADECEU MUITO A GENTILEZA DA RAPOSA E DISSE QUE FAZIA QUESTÃO DE RETRIBUIR O JANTAR NO DIA SEGUINTE. ASSIM QUE CHEGOU, A RAPOSA SE SENTOU LAMBENDO OS BEIÇOS DE FOME, CURIOSA PARA VER AS DELÍCIAS QUE A OUTRA IA SERVIR. O JANTAR VEIO PARA A MESA NUMA JARRA ALTA, DE GARGALO ESTREITO, ONDE A CEGONHA PODIA BEBER SEM O MENOR PROBLEMA. A RAPOSA, AMOLADÍSSIMA, SÓ TEVE UMA SAÍDA: LAMBER AS GOTINHAS DE SOPA QUE ESCORRIAM PELO LADO DE FORA DA JARRA. ELA APRENDEU MUITO BEM A LIÇÃO. ENQUANTO IA ANDANDO PARA CASA, FAMINTA, PENSAVA: "NÃO POSSO RECLAMAR DA CEGONHA. ELA ME TRATOU MAL, MAS FUI GROSSEIRA COM ELA PRIMEIRO". MORAL: TRATE OS OUTROS TAL COMO DESEJA SER TRATADO RESPONDA QUAL O TÍTULO DESTA FÁBULA? QUAL A MORAL DESTA FÁBULA? QUE LIÇÃO PODEMOS TIRAR DESSA FÁBULA? POR QUE A RAPOSA FEZ ISSO COM A CEGONHA? Proposta de Atividade:Leia atentamente a fábula, em seguida digite as questões e responda-as enviando para o From: celia de Barros cavalcanti dos santos Date: 2011/4/27 Subject: Re: aula de informática 27/04 To: Valdete inácio 2011/4/27 celia de Barros cavalcanti dos santos 1. RESPONDA A) QUAL O TÍTULO DESTA FÁBULA?A raposa e a cegonha B) QUAL A MORAL DESTA FÁBULA?Trate os outros como deseja ser tratado C) QUE LIÇÃO PODEMOS TIRAR DESSA FÁBULA?A cegonha aprendeu a lição D) POR QUE A RAPOSA FEZ ISSO COM A CEGONHA? Querendo pregar uma peça

32 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza

33 “Agradecemos à secretaria de Educação de Osasco e ao CEEP pelas formações continuadas que nos capacita às aulas, e as Gestoras do “Manoel Barbosa” pelo acompanhamento e envolvimento que muito enriquece o nosso trabalho.” Valdete e Agnaldo Osasco 2011


Carregar ppt "SEMINÁRIO DE PRÁTICAS EJA/OPEJA OSASCO 1º SEMESTRE 2011 EMEF Prof. Manoel Barbosa de Souza."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google