A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Crédito Rural Engª. Agrª. Bruna Obes Corrêa. O crédito rural financia o custeio da produção e da comercialização de produtos agropecuários, estimula os.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Crédito Rural Engª. Agrª. Bruna Obes Corrêa. O crédito rural financia o custeio da produção e da comercialização de produtos agropecuários, estimula os."— Transcrição da apresentação:

1 Crédito Rural Engª. Agrª. Bruna Obes Corrêa

2 O crédito rural financia o custeio da produção e da comercialização de produtos agropecuários, estimula os investimentos rurais, incluindo armazenamento, beneficiamento e industrialização dos produtos agrícolas. Além de fortalecer o setor rural, incentiva a introdução de métodos racionais no sistema de produção.

3 As instituições financeiras dispõem de várias modalidades de financiamento para o atendimento das necessidades correntes na produção agropecuária. Linhas de custeio: financiam as despesas do dia a dia durante a produção, permitindo recursos para utilização em qualquer período da atividade.

4 Linhas de investimento: permitem a aquisição dos bens indispensáveis à produção e modernização da agricultura brasileira, como por exemplo, máquinas e tratores. Comercialização da produção: as linhas de crédito disponíveis permitem melhor controle do fluxo de caixa. Com dinheiro no bolso, a negociação de melhores condições de comercialização de sua produção ficam facilitadas.

5 Quem pode solicitar crédito rural? ◦Produtores rurais (pessoa física ou jurídica) que se dediquem a atividades agropecuárias, associações de produtores rurais e cooperativas de produtores rurais. Os encargos financeiros (juros) e os prazos de vencimento das operações rurais são estabelecidos, em cada linha de crédito, de acordo com suas finalidades (custeio, comercialização e investimento), capacidade de pagamento do tomador do crédito e outras peculiaridades das atividades a serem financiadas.

6 Categorias de Produtores PRONAF: Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar. PRONAMP: Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor. AGRICULTURA EMPRESARIAL - DEMAIS PRODUTORES.

7 Dentro de cada categoria de produtores existem diversas modalidades de financiamento, como por exemplo custeio agrícola, pecuário, investimento, etc., sendo cada uma com características específicas da categoria.

8 PRONAF Enquadramento: renda bruta anual ≤ R$ 360 mil; DAP válida; área ≤ 4 módulos fiscais. Grupo A: produtores beneficiários da recuperação de assentamentos - investimentos; Grupo B: produtores com renda bruta de até 20 mil reais; Grupo C: produtores com renda bruta anual de até 360 mil reais; Grupo A/C: produtores egressos da categoria A, que já podem custear as atividades agropecuárias.

9 PRONAF – Linhas de Crédito Pronaf Mulher: investimento. Pronaf Jovem: investimento. Pronaf Agroindústria: investimento. Pronaf Floresta: investimento. Pronaf Agroecologia: investimento. Pronaf ECO – Sustentabilidade Ambiental: investimento. Pronaf Agrícola: custeio – categoria C. Pronaf Pecuário: custeio – categoria C.

10 PRONAF – Modalidades de Financiamento Nas categorias A, B e A/C é permitida apenas a modalidade Investimento; Na categoria C : investimento e custeio;

11 PRONAF Valor Financiável: até R$ 200 mil para custeio e até R$ 300 mil para investimento. Prazos Custeio agrícola: até 2 anos; Custeio pecuário: até 1 ano. Encargos Financeiros 1,5% a.a. - operações até R$ 10 mil; 3,0% a.a. - operações >R$ 10 mil e < R$ 30 mil; 3,50% a.a. – operações de R$ 30 até R$ 100 mil.

12 PRONAMP Enquadramento: produtor rural, que atenda cumulativamente aos seguintes requisitos: ◦Seja proprietário, posseiro, arrendatário ou parceiro; ◦Tenha, no mínimo, 80% de sua renda originária da atividade agropecuária ou extrativa vegetal; ◦Possua renda bruta anual de até 1 milhão e 600 mil, por participante envolvido no empreendimento.

13 PRONAMP Valor Financiável: até R$ 600 mil por beneficiário, por ano agrícola. Prazos Custeio agrícola: até 2 anos; Custeio pecuário: até 1 ano. Encargos Financeiros Juros de 4,50% ao ano.

14 Valor Financiável: até R$ 1 milhão por beneficiário, por ano agrícola. (pode ser elevado em 15% - plantio direto na palha e 15% a 30% - quesitos ambientais). Prazos Custeio agrícola: até 2 anos; Custeio pecuário: até 1 ano. Encargos Financeiros Juros de 5,50% ao ano. DEMAIS PRODUTORES

15 PROGRAMAS DE FINANCIAMENTO Programa ABC: Agricultura de Baixo Carbono, em como objetivo promover a redução das emissões de gases de efeito estufa oriundas das atividades agropecuárias; reduzir o desmatamento; aumentar a produção agropecuária em bases sustentáveis; adequar as propriedades rurais à legislação ambiental; ampliar a área de florestas cultivadas, estimular a recuperação de áreas degradadas. PCA: Construção e Ampliação de Armazéns, objetiva ampliar a capacidade de armazenamento agrícola do País, reduzir problemas logísticos de escoamento da produção em pico de safra e proporcionar ao produtor rural e suas cooperativas o melhor momento de escoamento e comercialização de seus produtos. (Armazéns, silos, silos secadores).

16 PROGRAMAS DE FINANCIAMENTO FINAME PSI: Programa de Sustentação do Investimento, financia a aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas novos, fabricados no País e credenciados pelo BNDES, incluídos tratores, colheitadeiras e implementos agrícolas e também a aquisição de caminhões novos, estes apenas para produtores rurais - pessoas físicas, residentes e domiciliados no Brasil, desde que o investimento seja destinado ao setor agropecuário. MODERFROTA: Aquisição de itens usados (tratores máx. de 8 anos; colheitadeiras máx. 10 anos; plantadeiras máx. 5 anos). MODERINFRA: sistemas de irrigação e armazenagem, inclusive reforma.

17 PLANO SAFRA 2014/2015 R$ 156,1 bilhões em créditos para o agronegócio.  Aumento de 14,7% em relação à safra anterior. Os recursos oferecidos dividem-se em:  Custeio e comercialização: R$ 112 bilhões  Investimento: R$ 44,1 bilhões Expectativa de produção 200 milhões de toneladas de grãos;  Aumento de 4,6% em relação à safra anterior.

18 Tabela Custeio

19 Tabela Investimento

20

21 Observações (1) Limite para plantio comercial de florestas: R$ 3 milhões/beneficiário (2) Produtores rurais com renda bruta anual até R$ 1,6 milhões (3) Produtores rurais com renda bruta anual acima de R$ 1,6 milhões (4) Limite para crédito coletivo: R$ 2,4 milhões (5) Limite para crédito coletivo: R$ 6 milhões (6) Limite para crédito coletivo: R$ 4 milhões (7) Produtores rurais com renda bruta anual até R$ 90 milhões (8) Produtores rurais com renda bruta anual acima de R$ 90 milhões

22 Projeções do Agronegócio BRASIL 2012/13 a 2022/23 Projeções de longo prazo arroz: pág.16. Projeções de longo prazo arroz: pág.16 Projeções de longo prazo complexo soja: pág. 28. Projeções de longo prazo complexo soja: pág. 28 Projeções de longo prazo carne: pág. 45. Projeções de longo prazo carne: pág. 45


Carregar ppt "Crédito Rural Engª. Agrª. Bruna Obes Corrêa. O crédito rural financia o custeio da produção e da comercialização de produtos agropecuários, estimula os."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google