A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Imunologia Clínica Ariane Baratta Masini de Andrade

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Imunologia Clínica Ariane Baratta Masini de Andrade"— Transcrição da apresentação:

1 Imunologia Clínica Ariane Baratta Masini de Andrade

2 Cronograma

3

4

5

6 Divisão das Atividades

7 Revisão da Imunologia Básica

8 A Resposta Imune Quando o homem entra em contato com determinados agentes estranhos, tais como vírus, bactérias, fungos e parasitos, desencadeia-se uma sucessão de eventos no sentido de eliminar esses agentes, o que é conhecido como RESPOSTA IMUNE. O mesmo tipo de resposta pode ser dirigida contra células tumorais ou ainda contra proteínas próprias normais, levando à autoimunidade.

9 Resposta Imune e Imunoensaios O desenvolvimento dos imunoensaios foi possível graças às interações específicas que ocorrem durante a resposta imune.

10 Células e Tecidos do Sistema Imune Células do Sistema Imune: Hemograma - Leucócitos (Global aumentada???) Granulócitos ou PMN: Neutrófilos (neutrofilia ????) Eosinófilos (eosinofilia ????) Basófilos - mastócitos (tecidos) EosinófilosNeutrófilos Basófilos

11 Mononucleares Monócitos - macrófagos (tecidos) Função: Fagocitose Linfócitos - principal célula da resposta imune adaptativa. Células e Tecidos do Sistema Imune Monócito Linfócito

12 Os linfócitos dividem-se em: LB: Secretar anticorpos. LT, se subdivide em: LTCD4 (auxiliar ou helper) - secreta citocinas. LTCD8 (citotóxico) - lisa células infectadas e tumorais. Células NK - linfócito ???? Células dendríticas - Tecido - “sentinela “. Células e Tecidos do Sistema Imune

13 Órgãos linfóides primários: Geração e amadurecimento dos linfócitos. Medula óssea: Hematopoiese - células tronco. Amadurecimento dos LB. Timo: Involui a partir da puberdade. Amadurecimento dos LT. Órgãos e Tecidos do Sistema Imune

14 Órgãos linfóides secundários: Local onde se inicia a resposta imune. Linfonodos Baço TLAM Linfócitos maduros e virgens (naive) Órgãos e Tecidos do Sistema Imune

15 Entrada do antígeno Via de acesso Sangue Mucosas Linfa Baço Local onde se inicia a resposta TLAM Linfonodos Onde se inicia a resposta imune???

16 Resposta Imune Inata Primeira linha de defesa. Barreiras físicas e químicas. Proteínas - PCR (proteína C reativa) citocinas e complemento (sinalização). Células circulantes: Neutrófilos Monócitos Células NK Infecção viral Infecção bacteriana

17 Resposta Imune Adaptativa ou Adquirida Segunda linha de defesa. Nessa resposta ocorrem vários eventos celulares e moleculares após o reconhecimento específico do antígeno. Constituída pelos Linfócitos T e B. Demorada (5 a 15 dias) – JANELA IMUNOLÓGICA. Apresenta 5 princípios: Especificidade, diversidade, memória, auto-limitada e discrimina self do nonself.

18 Características principais da resposta adaptativa: ESPECIFICIDADE - Receptores na superfície celular. A resposta imune é específica para antígenos distintos, e reconhece componentes estruturais de uma única molécula complexa (epitopos ou determinantes antigênicos). DIVERSIDADE Repertório de linfócitos a linfócitos com receptores distintos. Resposta Imune Adaptativa ou Adquirida

19 MEMÓRIA A exposição do sistema imune a um antígeno estranho, aumenta a sua habilidade de responder a este antígeno novamente. AUTO-LIMITADA Normalmente, após a eliminação do estímulo (ag), o sistema imune retorna a um estado basal - Homeostase. NÃO REATIVA AO PRÓPRIO Mecanismos de tolerância - central e periférico. A perda destes mecanismos leva ao desenvolvimento de doenças autoimunes. Resposta Imune Adaptativa ou Adquirida

20 Receptor: TCR - T cell receptor. Propriedades: Está presente apenas na superfície do LT, não é classificado em isotipos. Reconhece apenas pequenos peptídeos, associados ao MHC (complexo principal de histocompatibilidade). LTCD4 - MHC II LTCD8 - MHC I TCR – Receptor do LT

21

22 Interação TCR e MHC

23 Receptor: Imunoglobulina de superfície (IgD e/ou IgM). Propriedades: Pode estar na superfície do LB e também ser secretado. É classificado em isotipos (IgM, IgG, IgD, IgA e IgE). Reconhece todos os tipos de antígenos, tanto solúveis quanto presentes na superfície celular. Antígenos timo-independentes (não protéicos) - 100% se diferenciam em células efetoras. Antígenos timo-dependentes (proteínas) - 80% efetora e 20% memória. Imunoglobulina – Receptor do LB

24

25

26

27 IgD - não é secretado. Funciona apenas como receptor do LB. IgE - Aumentada nos indivíduos alérgicos e nas infecções por helmintos. IgA – Secreções (saliva, urina). Imunoglobulinas

28 IgM - Pentamérica. Anticorpo de fase aguda. Não atravessa a placenta. IgG - Produzido na fase aguda, pode permanecer para o resto da vida. Atravessa a placenta. Imunoglobulinas

29 A mudança da classe de Ig (switch) ocorre durante a resposta imune, seguindo uma ordem geneticamente determinada. IgM - 1 a a ser formada, sendo normalmente encontrada nos processos agudos ou recentes. (IgM residual) IgG - Está presente ainda na fase aguda, porém permanece durante longos períodos na circulação, como anticorpo de memória, estando, muitas vezes relacionado com proteção. Imunoglobulinas e o diagnóstico

30 Atualmente, em algumas infecções, como toxoplasmose e citomegalia, outras Ig, como IgE e IgA específicas, têm sido estudadas, pois o tempo de permanência na circulação após o início do processo infeccioso é menor do que o da IgM, fornecendo maior precisão da fase aguda da doença. Imunoglobulinas e o diagnóstico

31 Resposta imune primária e secundária

32 Resposta PrimáriaResposta Secundária Tempo para produção de Ig após a imunização Pico de resposta (Concentração de Acs) Afinidade dos anticorpos Normalmente 5 a 10 dias Normalmente 1 a 3 dias Pequeno Grande Baixa Alta - maturação da afinidade AVIDEZ DE IgG Resposta imune primária e secundária


Carregar ppt "Imunologia Clínica Ariane Baratta Masini de Andrade"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google