A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oscar A. Perdomo BÁEZ (1), André R. Terra NASCIMENTO (1), Edwin Trujillo TRUJILLO (2), Bruno Guimarães UBIALI (3) 1. Programa de Pós-Graduação em Ecologia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oscar A. Perdomo BÁEZ (1), André R. Terra NASCIMENTO (1), Edwin Trujillo TRUJILLO (2), Bruno Guimarães UBIALI (3) 1. Programa de Pós-Graduação em Ecologia."— Transcrição da apresentação:

1 Oscar A. Perdomo BÁEZ (1), André R. Terra NASCIMENTO (1), Edwin Trujillo TRUJILLO (2), Bruno Guimarães UBIALI (3) 1. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais, Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Biologia, Laboratório de Ecologia, Uberlândia, Minas Gerais Programa de Ingeniería Agroecológica, Herbário HUAZ, Universidad de La Amazonia, Florencia, Caquetá, Colômbia. 3. Departamento de Recursos Naturais/Ciências Florestais - Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Botucatu, São Paulo.. A Floresta Tropical Montana Nublada (Floresta de Nuvens) (Figura 1) ocorre geralmente em elevações superiores a 1000 metros, sendo um ecossistema de alta biodiversidade ainda pouco conhecido que alberga 33% das mais de 200 espécies de palmeiras (Arecaceae) encontradas na Colômbia. As palmeiras provem múltiplos recursos para os camponeses que habitam dentro e perto das florestas, como são alimento, materiais para construção e artesanato dentre outros. No entanto, esse conhecimento tradicional do uso das palmeiras perde-se quando não é transmitido para as novas gerações as quais não valoram ele adequadamente. OBJETIVOS : Identificar a riqueza de espécies e o potencial de uso de palmeiras andinas pela comunidade camponesa “El Caraño”, e comparar esses usos com os reportados em artigos publicados recentemente. MÉTODOS : O levantamento das espécies de palmeiras andinas foi realizado em uma área de 1,7 ha de floresta no entorno da comunidade camponesa, “El Caraño”, Florencia, Caquetá, Colômbia. Foram feitas 27 entrevistas etnobotânicas abertas. Posteriormente esses dados sobre as espécies e seus respetivos usos foram comparados com sete artigos sobre o tema publicados nos últimos anos em florestas tropicais da Colômbia. Foram registradas 20 espécies da família Arecaceae, destacando os gêneros Geonoma e Wettinia que foram mais abundantes (Tabela1). Os camponeses relataram 12 utilidades para 8 espécies de palmeiras (40%). Já na literatura foram registrados 54 modos de utilização para um total de 16 espécies (80%) (Figura 2). O presente estudo indicou que 60% das espécies presentes na área não são aproveitadas, e que a comunidade camponesa está subutilizando os recursos oferecidos pelas palmeiras, plantas abundantes e acessíveis na região, o que pode estar refletindo uma perda do conhecimento sobre estas espécies e seus potenciais usos. Por outro lado, este cenário representa uma grande oportunidade para o desenvolvimento de atividades sustentáveis na Floresta de Nuvens, aproveitando os recursos oferecidos pelas diferentes espécies de palmeiras e seus potenciais usos em sistemas agroflorestais para produção e comercialização de sementes, palmito e óleo. Tabela 1. Lista de espécies de Palmeiras Andinas encontradas na Floresta de Nuvens em Florencia, Caquetá, Colômbia. Figura 3. A. D. lamarckianum B. G. triglochin, C. Frutos de W. praemorsa na Floresta de Nuvens de Florencia, Caquetá, Colômbia. Iriartea deltoidea Ruiz & Pav. Figura 2. Espécies de Palmeiras Andinas com o numero de usos reportados pelos camponeses e na literatura cientifica. Figura 1. Vista de parte da bacia do rio “El Caraño” e população de I. deltoidea na Floresta de Nuvens, Florencia, Caquetá, Colômbia.


Carregar ppt "Oscar A. Perdomo BÁEZ (1), André R. Terra NASCIMENTO (1), Edwin Trujillo TRUJILLO (2), Bruno Guimarães UBIALI (3) 1. Programa de Pós-Graduação em Ecologia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google