A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ONDE ESTÁ ESCRITA A HISTÓRIA DA TERRA? A HISTÓRIA DO NOSSO PLANETA ESTÁ “ESCRITA” NAS ROCHAS, SENDO DE PARTICULAR IMPORTÂNCIA AS ROCHAS SEDIMENTARES,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ONDE ESTÁ ESCRITA A HISTÓRIA DA TERRA? A HISTÓRIA DO NOSSO PLANETA ESTÁ “ESCRITA” NAS ROCHAS, SENDO DE PARTICULAR IMPORTÂNCIA AS ROCHAS SEDIMENTARES,"— Transcrição da apresentação:

1

2 ONDE ESTÁ ESCRITA A HISTÓRIA DA TERRA? A HISTÓRIA DO NOSSO PLANETA ESTÁ “ESCRITA” NAS ROCHAS, SENDO DE PARTICULAR IMPORTÂNCIA AS ROCHAS SEDIMENTARES, QUE COBREM CERCA DE ¾ DA SUPERFÍCIE DOS CONTINENTES. MUITAS DELAS CONTÉM FÓSSEIS QUE SÃO….

3 O QUE SÃO FÓSSEIS? OS FÓSSEIS SÃO RESTOS OU VESTÍGIOS DE SERES VIVOS QUE HABITARAM A TERRA HÁ MILHARES OU MILHÕES DE ANOS. SÃO EXEMPLOS DE RESTOS DE SERES VIVOS: OSSOS DENTES CONCHAS TRONCOS SÃO EXEMPLOS DE VESTÍGIOS:VESTÍGIOS PEGADAS TOCAS EXCREMENTOS

4 Com base na forma das patas, deduz-se se o animal era corredor ou nadador. O modo como os ossos se articulam permite ter uma ideia quanto à postura. Saliências ou reentrâncias nesses ossos assinalam onde se inseriam os músculos. Depois da reconstituição do esqueleto, é simulada a cobertura de músculos, pele com escamas, pêlos ou penas. O aspecto mais complicado é a cor. voltar

5 Gastrópode – 150 M.a. (milhões de anos) Trilobites – 500 M.a. voltar

6 VESTÍGIOS – EXCREMENTOS (COPRÓLITOS), RASTOS OU PEGADAS COPRÓLITOSCOPRÓLITOS PISTASPISTAS

7 1 - Morte do ser vivo sedimentos 2 – Deposição de sedimentos sobre os seus restos mortais (como consequência estes deixam de estar em contacto com os agentes atmosféricos e com o oxigénio, decompondo-se por isso mais lentamente) 4 – Após milhões de anos, e através do desgaste das rochas, o fóssil fica exposto novamente à superfície.Após milhões de anos, e através do desgaste das rochas, o fóssil fica exposto novamente à superfície. matéria orgânica matéria mineral 3 – Substituição da matéria orgânica (existente nos restos mortais) por matéria mineral

8 Existência de partes duras (ossos, dentes, carapaças) na constituição dos seres vivos – as partes moles são rapidamente decompostas; Habitat (a fossilização ocorre mais frequentemente em ambientes aquáticos) – há maior protecção contra os agentes atmosféricos; Condições ambientais: temperaturas e humidade baixas dificultam a decomposição; Rapidez no soterramento dos restos mortais por sedimentos; Tipo de sedimentos que cobrem os restos mortais (devem ser finos e impermeáveis)

9

10 1 - Mumificação ou conservação total Todo ou quase todo o ser vivo fica conservado, mesmo as suas partes moles. Após a morte, o ser vivo é envolvido por uma substância (como por exemplo, o gelo) que permite a sua conservação. Exemplos de mumificação:  Insectos conservados em âmbar.  Mamutes conservados no gelo.

11 Flor do Miocénico excepcionalmente preservada em sedimentos finos (Florissant, Colorado, EUA) Mosquito preservado em âmbar. O âmbar isola o organismo do contacto com o exterior. Mamute preservado em gelo descoberto na Sibéria. O gelo interrompe a actividade dos microrganismos decompositores e retarda a decomposição físico- química. Garra de ave (Moa) com partes moles preservadas. A preservação ocorreu no interior de uma gruta com atmosfera seca e estéril.

12 2 - Moldagem Não se conservam quaisquer partes do organismo, ficando apenas uma reprodução ou molde das suas partes duras. Reprodução da estrutura interna  Molde interno. Reprodução da estrutura externa  Molde externo.

13 Moldagem Molde Externo Molde Interno Molde Interno

14 O interior do organismo enche-se de sedimentos que reproduzem os detalhes da sua estrutura interna O organismo, ao morrer, cai sobre os sedimentos, deixando impressas as suas características estruturais externas

15 3 - Mineralização Os sedimentos que envolvem o ser vivo sofrem compressão devido ao peso dos depósitos que estão por cima. A matéria que constitui o ser vivo (matéria orgânica) é substituída gradualmente por minerais, como a calcite e a sílica, ficando o ser vivo transformado em “pedra”.

16 Mineralização Trilobite Amonite Cabeça de dinossauro mineralizada

17 Mineralização Troncos petrificados

18 Constituem o tipo de fossilização mais abundante. São vestígios da actividade dos seres vivos, impressos nas rochas. Fornecem informações importantes sobre o modo de vida dos seres vivos. Podem ser:  Pegadas de dinossauros  Fezes fossilizadas  Ovos fossilizados Marcas de actividade

19 Pegadas de dinossauros

20 Ovos fossilizados

21 Fezes fossilizadas - Coprólitos Tartaruga do período Miocénico Dinossauro herbívoro do período Jurássico


Carregar ppt "ONDE ESTÁ ESCRITA A HISTÓRIA DA TERRA? A HISTÓRIA DO NOSSO PLANETA ESTÁ “ESCRITA” NAS ROCHAS, SENDO DE PARTICULAR IMPORTÂNCIA AS ROCHAS SEDIMENTARES,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google