A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caso Clínico Karin Mueller Storrer Pós-graduanda do grupo de interstício UNIFESP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caso Clínico Karin Mueller Storrer Pós-graduanda do grupo de interstício UNIFESP."— Transcrição da apresentação:

1 Caso Clínico Karin Mueller Storrer Pós-graduanda do grupo de interstício UNIFESP

2  AASS, masculino, 42 anos;  Procurou hematologista em 2008 para investigação de linfonodos cervicais, axilares, retroperitoneais e mediastinais, dispnéia, febre e sudorese noturna;  Realizou biópsias dos linfonodos, fígado e MO;  Ainda em 2008 realizou esplenectomia;

3  Encaminhado ao serviço de pneumologia em 2010 com as mesmas queixas, sem diagnóstico;  Refere tosse produtiva eventual, às vezes com necessidade de antibióticos;  Nega outras queixas;  Nega tabagismo;  Nega exposições ocupacionais, nega contato com aves;  Trabalhou como cozinheiro há 6 anos e atualmente é manobrista.

4  Exame físico:  linfonodos cervicais e inguinais;  ausculta cardio-pulmonar sem alteração;  dessaturava ao teste degrau: 96 → 92%.

5 Prova de Função Pulmonar 03/09/10Pré BDPós BD CV4,10 (90%)4,05 (89%) CVF4,06 (89%) VEF 1 3,45 (92%)3,51 (93%) VEF 1 /CVF8586 DCO19,29 (54%)

6 Biópsia Hepática – cunha B08-30778

7 Biópsia Hepática – cunha B08-30778

8 Baço B08-30777

9 Baço B08-30777

10 TC Tórax 2010

11 09.10.10

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44 Diagnóstico?

45 Biópsia cirúrgica de pulmão B08-16221

46 Biópsia cirúrgica de pulmão B08-16221

47 Biópsia cirúrgica de pulmão B08-16221

48 Hiperplasia linfóide reacional

49  Imunohistoquímica (linfonodo e pulmão):  LCA: positivo  PanT (CD45RO): positivo  PanB (CD20): positivo  CD138: negativo  Kappa: negativo  Lambda: negativo  CD10: positivo em centros germinativos  Ki-67: positivo em centros germinativos  Perfil policlonal afasta possibilidade de linfoma

50 Diagnóstico?

51 Exames laboratoriais Data09/05/0813/01/0909/06/0918/11/0914/09/1007/10/1111/01/13 Hb151016,816,217,216,416,3 Leucócitos5.62013.20015.60019.00022.10018.40025.100 Meta Miel0000000 Bastão56 (1%)0156 (1%)0002.008 (8%) Linfócitos2.136 (38%) 5.188 (39%) 9.360 (60%) 11.020 (58%) 12.936 (56%) 12.733 (69,2%) 11.295 (45%) Linf Atíp225 (4%)000693 (3%)02.761 (11%) Plaquetas140.000740.000363.000420.000294.000220.000176.000

52 Exames Laboratoriais

53 Doença linfogranulomatosa Hiperplasia pulmonar linfóide Imunodeficiência comum e variável

54 IDCV Clinical Radiology 2012 (67) 587-595 Lesão Pulmonar Infecção Doença de via aérea Doença intersticial Malignidade Infecções Bactérias encapsuladas e vírus Doença de via aérea Bronquiectasias Bronquiolite Doença intersticial Lesão granulomatosa Pneumonia intersticial linfocítica (PIL) Pneumonia intersticial não específica (PINE) BOOP Malignidade Linfoma CA gástrico Timoma Lesões linfoproliferativas benignas

55 Outras Apresentações

56 Caso 1  MST, 37 anos, feminino;  Tosse, chiado e cansaço;  Anemia hemolítica.

57 Caso 2  JR, masculino, 22 anos;  Assintomático;  DM e hipotireoidismo;  PTI;  9 episódios de pneumonia.


Carregar ppt "Caso Clínico Karin Mueller Storrer Pós-graduanda do grupo de interstício UNIFESP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google