A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 1 Instrumentos de planejamento e utilização de mapas de saúde Josep Fusté Rio de Janeiro, março.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 1 Instrumentos de planejamento e utilização de mapas de saúde Josep Fusté Rio de Janeiro, março."— Transcrição da apresentação:

1 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 1 Instrumentos de planejamento e utilização de mapas de saúde Josep Fusté Rio de Janeiro, março de 2012

2 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 2 O que temos? Resultados em saúde Problemas e oportunidades Dados, predições e incerteza Conhecimento sobre efetividade e custo Discussão sobre adequação Visão dos atores Cenários econômicos …  NECESSIDADE DE TOMAR DECISSÕES

3 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 3 Evolução da taxa estandardizada de mortalidade por câncer de mama. Catalunha, 2006 Evolução da proporção de mulheres de 50 a 69 anos que fazem periodicamente una mamografia, por região sanitária. Catalunha, Câncer de mama Entre 1994 e 2006, a porcentagem de mulheres entre 50 e 69 anos que fizeram uma mamografia preventiva passou de 26,8% a 85,45%. Melhor equidade territorial Diminuição da mortalidade Uma diminuição das desigualdades sociais nas práticas preventivas. Resultados em saúde

4 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 4 Utilização de recursos segundo morbidade Font: 21% da população não consome recursos sanitários. 1% da população que mais consome supõe 19,5% da despesa total. A utilização e o custo aumenta em função da comorbidade em condições crônicas e complicações.

5 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 5 Fonte: Departamento de Saúde. Central de Resultados. Segundo relatório. Dezembro de _2011.pdf _2011.pdf Variações na prática clínica

6 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 6 Fonte: Departamento de Saúde. Central de Resultados. Segundo relatório. Dezembro de _2011.pdf _2011.pdf Variações na prática clínica

7 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 7 Fonte: Departamento de Saúde. Central de Resultados. Segundo relatório. Dezembro de _2011.pdf _2011.pdf Variações na prática clínica

8 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 8 Mais é melhor?

9 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 9 Somando pontos de vista CIDADÃOS PROFISSIONAIS GESTORES ENFOQUE TÉCNICO-POLÍTICO

10 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 10 A planificação sanitária. Contexto e enfoques: Exemplo de Catalunha (I) Constituição e desenvolvimento autonômico Criação Sistema Nacional de Saúde Estratégia OMS Saúde Para Todos 2000 Eqüidade, efetividade e qualidade Crescimento econômico e demográfico Eficiência e gestão clínica Rescisão, crise finanças Transferências sanitárias Reforma Atenção Primária e Rede hospitalar Criação Serviço Catalão da Saúde Contratação de serviços – separação de funções Iniciativas de integração assistencial Descentralização e participação territorial Agencia de Saúde Pública Acreditação centros Lei ordenança sanitária POLÍTICA SANITÁRIA Sustentabilidade e progresso Decreto Reforma AP Lei de saúde pública

11 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 11 A planificação sanitária. Contexto e enfoques: Exemplo de Catalunha (II) Constituição e desenvolvimento autonômico Criação Sistema Nacional de Saúde Estratégia OMS Saúde Para Todos 2000 Eqüidade, efetividade e qualidade Crescimento econômico e demográfico Eficiência e gestão clínica Rescisão, crise finanças Modernização estruturas Reformas de sistema Objetivos de saúde, intervenções efetivas e avaliação...e serviços adequados Saúde e qualidade + modelo assistencial + adaptação organizativa ENFOQUE PLANIFICAÇÃO SERVIÇOS SAÚDE

12 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 12 Análise das necessidades da população em termos epidemiológicos, de demanda de atenção e de disponibilidade de recursos. Revisão do conhecimento científico sobre o custo-efetividade das intervenções. Incorporação da visão da cidadania. Priorização das intervenções segundo a importância dos problemas de saúde, a eficácia das intervenções e a factibilidade de levá-las a cabo. Interconexão entre o planejamento de saúde e o planejamento dos serviços. Translação das prioridades e incorporação das especificidades territoriais através da combinação do planejamento a nível central e a nível regional. Compromisso institucional e participação de profissionais e organizações. Operacionalização das atuações através dos instrumentos de contratação de serviços. Avaliação periódica de resultados e seguimento continuado de processos. Características planejamento sanitário em Catalunha

13 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 13 Em quais decisões utilizamos a planificação? Na discussão de cenários econômicos (priorizando as linhas de serviços no quadro orçamental, fixando objetivos vinculados à execução orçamental). Na priorização de intervenções em saúde. Na valoração de novas infra-estruturas. Na determinação de novas ações (p.ex. contratação de serviços de centro de dia de saúde mental, hospital de dia sócio-sanitário…). Na análise de planos de empresa (que a previsão de atividade se ajuste às tendências da demanda adequada). Na revisão das unidades territoriais sanitárias. Na interação com os processos de planejamento de outros departamentos e instituições (p.ex. plano de pressões, planos de desenvolvimento territoriais, planos de transporte…).

14 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 14 Metodologia 1.Marco teórico e referências. 2.Contexto e enfoque. 3.Modelo sanitário e linhas estratégicas. 4.Análise da situação. 5.Objetivos de saúde e prioridades. 6.Definição de critérios de planejamento. 7.Cenários territoriais. 8.Do planejamento à ação... e avaliação 9.Adaptabilidade: instrumentos dinâmicos

15 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 15 Algumas referências metodológicas Experiências de outros países (Inglaterra, Escócia, Canadá, Suécia...). European Observatory (capacitiy planning...). Evidências em avaliação de serviços e variabilidade (Wennberg, Fisher, Ortún, Atlas VPM...). Revisão de critérios de planejamento e tendências (por âmbitos temáticos). Enfoque Integração assistencial (Shortell, Muir, Kodner, Ibern...). Rand Corporation...

16 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 16 Elementos de referência para o planejamento Enfoque de acordo com os marcos institucional, legislativo e regulador dos sistemas de saúde (contexto). Encontrar o ponto de vinculação entre o planejamento de saúde e de serviços. Basear no conhecimento científico sobre o custo-efetividade das intervenções. Distribuição entre planejamento estratégico e operativo e o grau de descentralização está condicionada pelo grau de autonomia das diferentes instâncias territoriais. Integração da visão territorial (crescente) não é excludente da dinâmica de translação de diretrizes (descendente) para levar em conta a referência de prioridades e objetivos comuns para o conjunto do território. O planejamento, ainda que seja de grande qualidade técnica, só tem utilidade caso se aplique à tomada de decisões em combinação com os outros instrumentos de direção e gestão do sistema (contratação, programação, sistema de informação, avaliação...). Revisão de experiências internacionais

17 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 17 Prioridades de saúde Demanda de atenção Modelo assistencial Ponto de partida 7,5 milhões de habitantes com cartão sanitário. Território organizado: 365 ABS; 37 GTS; 7 regiões. Capilaridade: 1500 pontos de atenção. Acessibilidade geográfica. 66 milhões de contatos anuais profissionais. 129 milhões de receitas de farmácia. Mais de milhões de euros de orçamento. Desafios Mudanças sociodemográficas, de necessidades de saúde e de padrões de utilização. Pressão assistencial e utilização de serviços elevada. Acessibilidade-tempo (lista de espera). Capacidade assistencial (déficits em determinados lugares). Continuidade assistencial. Profissionais. População satisfeita, mas crítica. Um exemplo: a experiência da Catalunha

18 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 18 Governança e participação Acessibilidade, qualidade e eficiência TIC Atenção integral e continuidade assistencial Política de saúde e política de serviços Colaboração entre profissionais Avaliação Interação profissionais e pacientes Desenvolvimento profissional Cidadãos protagonistas Linhas estratégicas

19 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 19 Tipos de serviço Âmbitos de prioridade Integração assistencial Critérios de planificação

20 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 20 Âmbitos de prioridade Atenção materno-infantil Atenção de pediatria em AP Atenção especializada ambulatória Atenção nefrológica… Planos de estruturação de serviços Critérios de planificação Planos diretores Oncologia Enfermidades do aparelho circulatório Saúde mental e dependências Enfermidades neurodegenerativas Problemas osteoarticulares

21 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 21 Plano diretor de oncologia 10 sessões de trabalho por tipos de câncer (aprox. 200 profissionais) Identificação de intervenções efetivas e serviços adequados Rumo a um modelo de atenção compartilhada, acessível, de qualidade e sustentável Agência de Saúde Pública Atenção primária Atenção especializada ambulatória Hospitais gerais básicos Hospitais de referência Serviços de alta especialização Serviços sócio-sanitários Outros Definição de quem pode fazer o que Comitês de tumores Colaboração inter-centros Sistema de informação Avaliação Formação Investigação Guias clínicas Instrumentos para a melhora da qualidade Continuidade assistencial Diagnóstico rápido Apoio psicossocial Objetivos comuns Comissão de terceirização Cirurgia de alta complexidade, oncopediatria, radioterapia super-especializada, conselho genético...

22 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 22 Plano diretor de Saúde mental e dependências Grupo de trabalho sobre mapa plano diretor saúde mental e dependências Identificação de intervenções efetivas e serviços adequados  Capacidade de resolução AP  Suporte rede especializada  Atenção à comunidade  Atenção de longa permanência Integração funcional das redes de saúde mental e dependência química Colaboração com os serviços de atenção social e à dependência Centros de saúde mental e recursos humanos Centros de Atenção e Seguimento à Dependência química e recursos humanos Standards de vagas de hospital de dia Padrões de leitos de agudos, subagudos, internamento em a comunidade, reabilitação intensiva Serviços de reabilitação comunitária Serviços sociais ( residências, apartamentos, clubes sociais). Critérios quantitativos de planificação Diferenças em utilização de serviços segundo condições socioeconômicas e demográficas Dispersão territorial Diferentes graus de especialização/ polivalência Complementaridade redes assistenciais Elementos qualitativos de adaptação no território Ação Social e Cidadania

23 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 23 Atenção primária de saúde Atenção especializada de agudos Serviços de saúde mental e vícios Serviços sócio-sanitários Atenção urgente Atenção em domicílio Serviços de alta especialização Serviços de saúde pública Inter-relação com serviços sociais Tipos de serviço Critérios de planificação

24 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 24 Critérios de planificação: tendências propostas (I) Atenção primária  Capacidade de resolução.  Cobertura (> 75%), contenção freqüentação ao médico e aumento atividade enfermagem).  Número de profissionais.  Papel enfermagem (gestão de casos, 1r contato visita espontânea...).  Tecnologia (capacidade diagnóstica e terapêutica, tele-medicina).  Especialidades de apoio à atenção primária (saúde mental, consultoria...).  Atenção comunitária, familiar, de grupo, domiciliar.  Desenvolvimento do sistema de informação. Atenção especializada Manter taxa hospitalização de agudos ajustada por idade (contenção ∆ e  variabilidade).  Alternativas ao internamento (CMA, Hospital de dia). Ambulatorização.  Novos dispositivos (hospital “leve”).  Trabalho em rede, equipes de profissionais compartilhados.  Reordenação atenção especializada ambulatória.

25 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 25 Atenção urgente  Capacidade atenção imediata à demanda na atenção primária e horários amplos de abertura dos centros de saúde. =  Freqüentação urgências hospitalarias. Reordenar dispositivos específicos segundo o volume de população. Adaptação organização a diferentes realidades territoriais. Sistemas de classificação por nível de urgência e coordenação (061). Sistemas de informação compartilhados. Atenção domiciliaria  Atenção domiciliaria. Coordenação diferentes linhas e serviços sociais. Gestores de casos (enfermeira). Critérios de planificação: tendências propostas (II)

26 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 26 Serviços de alta especialização e concentração Angioplastia coronária terapêuticaUnidades: > 300 casos/ano Cirurgia cardíacaUnidades: > casos/ano Transplante renal de adultosUnidades: > 50 casos/ ano Cirurgia pulmão intenção curativaUnidades: > 60 casos/ano Cirurgia esôfago intenção curativaUnidades: > 8 casos/ ano Cirurgia pâncreas intenção curativaUnidades: > 12 casos/ ano Cirurgia metástases hepáticas intenção curativaUnidades: > 20 casos/ ano OncopediatriaUnidades: > 50 casos/ ano Politraumatismo de grande complexidadeUnidades: > 100 casos/ ano

27 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 27 Cenários por territórios (diferentes escalas – níveis)

28 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 28 Cenários por territórios (I)

29 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 29 Centros de Atenção Primária Consultórios Locais Hospitais de Agudos Centros sócio-sanitários Centros de Atenção Saúde Mental Centros de Atenção à dependência química Áreas Básicas de Saúde Projeções demográficas 2015: – hab População: habitantes Cenários por territórios (II)

30 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 30 Investigação Tecido econômico e social Saúde pública Atuações interdepartamentais Atenção Sanitária Cenários por territórios (III) Desdobrar a ABS e continuar aumentando o número de profissionais AP para adaptar ao crescimento demográfico. Manter a cobertura da atenção primária, mas controlar a adequação da frequência de visitas ao médico de família. Manter estável a taxa de hospitalização. Novo hospital de Reus será suficiente para absorver o crescimento demográfico. Aumento importante das áreas sem ingresso. Organização atenção urgente: EAP-CUAP- Hospitais. Adaptar os serviços ao incremento de demanda estacional na zona do litoral turístico. Adaptar os recursos de saúde mental e vícios no âmbito comunitário ao novo modelo (AP-CSM-CAS, centros de dia) e despregar serviços de hospital de dia. Capacidade de internamento de saúde mental suficiente e de referência regional.

31 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 31 Fluxos de referência Equipes de profissionais em colaboração Código IAM Código Ictus Oncologia … Cenários por territórios (IV)

32 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 32 Cirurgia cardíaca Oncologia pediátrica Cirurgia ontológica de alta complexidade Angioplastia primária (24 h) … Serviços de alta especialização Cenários por territórios (V)

33 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 33 Novo Plano de Saúde Integrado de Catalunha 1. Objetivos e programas de saúde 2. Orientação aos enfermos crônicos 3.Resolução desde os primeiros níveis 4. Qualidade na alta especialização 5. Enfoque centrado no paciente e nas famílias 6. Novo modelo de contratação 7. Conhecimento profissional e clínico 8. Governo e participação 9. Informação, transparência e avaliação Fonte: Pla de salut v.1.0 Mais saúde e qualidade de vida Transformação modelo assistencial Adaptação modelo organizativo

34 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 34 Os cenários econômicos As estratégias de desenvolvimento de organizações e profissionais A perspectiva da planificação O contexto territorial: instituições locais e cidadania Planificação sanitária e tomada de decisões Tomada de decisões

35 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 35 Modelo planejamento - gestão: experiência Catalunha Planejamento de Saúde e Serviços. Adaptação ao contexto e visão dinâmica. Transladar objetivos e compromissos do planejamento à contratação de serviços. Refletir a carteira de serviços na contratação. Compromissos refletidos no orçamento. Gestão da mudança de aplicação territorial. Profissionalização da gestão. Avaliação vinculada ao planejamento e à contratação.

36 Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 36 Muito obrigado!


Carregar ppt "Título general da apresentação - CHC Consultoria e Gestão 1 Instrumentos de planejamento e utilização de mapas de saúde Josep Fusté Rio de Janeiro, março."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google