A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pr. João Antonio C. Campos. Batalha Espiritual a Nível oculto (Instituição) 1 – Introdução Existem três níveis de batalha espiritual ou guerra espiritual:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pr. João Antonio C. Campos. Batalha Espiritual a Nível oculto (Instituição) 1 – Introdução Existem três níveis de batalha espiritual ou guerra espiritual:"— Transcrição da apresentação:

1 Pr. João Antonio C. Campos

2 Batalha Espiritual a Nível oculto (Instituição) 1 – Introdução Existem três níveis de batalha espiritual ou guerra espiritual: - Nível 1: Batalha a nível de solo (pessoa a pessoa – Mateus 10:1 – Atos 8:7) -Nível 2: Batalha a nível de instituição (organização/organização – Atos 16:16-24 – Atos 19:32) -- Nível 3: Batalha a nível estratégico (tomada de cidades: Efésios 6:12 – Apocalipse 12:7). A batalha a nível de instituição é para enfraquecer o domínio demoníaco local.

3 "Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo." Efésios 6:11 Não é possível que alguém vá para a guerra sem se preparar, acreditando que não irá se ferir. Quem vai para uma guerra, por mais preparado que esteja, irá se prevenir com o que for necessário. Todo cuidado é pouco, porque ele sabe que se não morrer poderá ficar aleijado, doente, mutilado... O perigo de entrar numa guerra não é só morrer, é também não poder mais viver; fazer o que se gosta de fazer ou estar com quem se gosta de estar. Temos um inimigo não devemos nos esquecer disso,e a função dele e nos atacar sem misericórdia(João 10:10 - O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir;....) Temos que estar preparados e conhecer nosso inimigo.

4 Apocalipse 12:7 – Batalha Espiritual – Satanás é lançado a Terra e estabelece seu controle de Governo. Na Terra ele destrói a criação de Deus; GN 1: 1 e 2. Para seu plano dar resultado era preciso roubar a autoridade espiritual do homem. Para isso teria que fazé-lo pecar contra Deus.(GN 1:26 a 28)

5 Efésios 6:12 – Revela-nos uma estratégia onde se estabelece onde se estabelece uma hierarquia satânica para controlar o mundo espiritual Principados – Governo de Nações. Potestade – Governo de Estados. Dominadores – Governo de Cidades. Forças Espirituais do Mal – Governo de Bairros e ruas.

6 B- SEGUNDO: Nível oculto (instituição– trata com os poderes das trevas mais organizados (bruxaria, satanismo, nova era, maçonaria, budismo, etc.). – Éfeso, foi um centro de mágica. (Atos 19:1) - E SUCEDEU que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso; e achando ali alguns discípulos, (Atos 19:6) - E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas, e profetizavam. (Atos 19:7) - E estes eram, ao todo, uns doze homens. (Atos 19:8) - E, entrando na sinagoga, falou ousadamente por espaço de três meses, disputando e persuadindo-os acerca do reino de Deus. (Atos 19:9) - Mas, como alguns deles se endurecessem e não obedecessem, falando mal do Caminho perante a multidão, retirou-se deles, e separou os discípulos, disputando todos os dias na escola de um certo Tirano. (Atos 19:10) - E durou isto por espaço de dois anos; de tal maneira que todos os que habitavam na Ásia ouviram a palavra do Senhor Jesus, assim judeus como gregos. (Batalha e nível solo) (Atos 19:11) - E Deus pelas mãos de Paulo fazia maravilhas extraordinárias. (Atos 19:12) - De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saíam. (Batalha e nível solo e Institucional)

7 O segundo nível de batalha espiritual é o nível oculto. Isso significa tratar com os poderes das trevas que são mais coordenados e organizados que um ou outro demônio que esteja afligindo certa pessoa numa certa hora. Podemos pensar nisso como bruxaria ou satanismo, a adivinhação, xamanismo, Nova Era, Maçonaria, Budismo Tibetano, ou outras práticas de ocultismo. Éfeso, nos dias de Paulo, era um centro de magia. Conforme esta informação tirada do excelente livro de Clinton Arnold: Éfeso pode ser considerado o centro da magia no Império Romano. Teria atraído os mais famosos mágicos, bem como outros que queriam aprender deles. Paulo ministrava aos mágicos em Éfeso com resultados extraordinários. Para ganhar esses poderosos a Cristo, devia ter havido inúmeros encontros de poder demonstrando claramente que o poder de Deus era maior que qualquer poder sobrenatural das trevas que os mágicos possuíam. Lemos também que: também muitos dos que haviam praticado artes mágicas, reunindo os seus livros, os queimaram diante de todos. Calculados os seus preços, achou-se que montavam a cinqüenta mil denários. (At 19:19) Fazendo a pesquisa para meu comentário sobre Atos, Calcula-se a pilha de parafernália da magia queimada em cerca de quatro milhões de dólares.

8 (Atos 19:23) - E, naquele mesmo tempo, houve um não pequeno alvoroço acerca do Caminho. (Atos 19:24) - Porque um certo ourives da prata, por nome Demétrio, que fazia de prata nichos de Diana, dava não pouco lucro aos artífices, (Atos 19:25) - Aos quais, havendo-os ajuntado com os oficiais de obras semelhantes, disse: Senhores, vós bem sabeis que deste ofício temos a nossa prosperidade; (Atos 19:26) - E bem vedes e ouvis que não só em Éfeso, mas até quase em toda a Ásia, este Paulo tem convencido e afastado uma grande multidão, dizendo que não são deuses os que se fazem com as mãos. (Atos 19:27) - E não somente há o perigo de que a nossa profissão caia em descrédito, mas também de que o próprio templo da grande deusa Diana seja estimado em nada, vindo a ser destruída a majestade daquela que toda a Ásia e o mundo veneram. (Atos 19:28) - E, ouvindo-o, encheram-se de ira, e clamaram, dizendo: Grande é a Diana dos efésios. (Batalha a nível Institucional e estratégico) (Atos 19:29) - E encheu-se de confusão toda a cidade e, unânimes, correram ao teatro, arrebatando a Gaio e a Aristarco, macedônios, companheiros de Paulo na viagem. (Atos 19:30) - E, querendo Paulo apresentar-se ao povo, não lho permitiram os discípulos.

9 (Atos 19:13) - E alguns dos exorcistas judeus ambulantes tentavam invocar o nome do Senhor Jesus sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus a quem Paulo prega. (Atos 19:14) - E os que faziam isto eram sete filhos de Ceva, judeu, principal dos sacerdotes. (Atos 19:15) - Respondendo, porém, o espírito maligno, disse: Conheço a Jesus, e bem sei quem é Paulo; mas vós quem sois? (Atos 19:16) - E, saltando neles o homem que tinha o espírito maligno, e assenhoreando-se de todos, pôde mais do que eles; de tal maneira que, nus e feridos, fugiram daquela casa. (Atos 19:17) - E foi isto notório a todos os que habitavam em Éfeso, tanto judeus como gregos; e caiu temor sobre todos eles, e o nome do Senhor Jesus era engrandecido. (Atos 19:18) - E muitos dos que tinham crido vinham, confessando e publicando os seus feitos. (Atos 19:19) - Também muitos dos que seguiam artes mágicas trouxeram os seus livros, e os queimaram na presença de todos e, feita a conta do seu preço, acharam que montava a cinqüenta mil peças de prata. (Batalha a Nível Oculto) (Atos 19:20) - Assim a palavra do Senhor crescia poderosamente e prevalecia. (Atos 19:21) - E, cumpridas estas coisas, Paulo propôs, em espírito, ir a Jerusalém, passando pela Macedônia e pela Acaia, dizendo: Depois que houver estado ali, importa-me ver também Roma. (Atos 19:22) - E, enviando à Macedônia dois daqueles que o serviam, Timóteo e Erasto, ficou ele por algum tempo na Ásia.

10 Antes de Paulo chegar, Diana tinha o controle da região de Éfeso. Os demônios que estavam debaixo de sua autoridade foram expulsos com meros lenços molhados de suor. Que confusão! Os mágicos começaram a abandonar o ofício e entrando no Reino de Jesus. O exército de Diana entrou em caos e começou a perder a sua autoridade em Éfeso. O poder de Diana estava sendo neutralizado de tal maneira que as pessoas comuns começaram a notar. Pararam de adorá-la. Por quê? Pararam de sacrificar a ela e comprar suas imagens. Isto porque um só homem, por dois anos a confrontou. Os que começaram a ter prejuízos financeiros incentivaram uma rebelião, encheram o Templo de Diana e por duas horas gritaram – Grande é Diana dos Efésios! At

11 Antes dos plantadores de igrejas chegarem, Paulo enfraqueceu Diana. Não a arrancou de cena totalmente. Não a confrontou e nem entrou no seu templo em guerra espiritual. Diana perdeu muito do seu poder por causa da batalha espiritual agressiva de Paulo a nível solo e a nível oculto. O império das trevas é interligado e o que acontece em qualquer um desses três níveis afeta os outros níveis e toda a estrutura de satanás.

12 Outra passagem que temos exemplo de Batalha a nível Institucional :  (Atos 16:16) - E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao encontro uma jovem, que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores.  (Atos 16:17) - Esta, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo.  (Atos 16:18) - E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou- se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E na mesma hora saiu.  (Atos 16:19) - E, vendo seus senhores que a esperança do seu lucro estava perdida, prenderam Paulo e Silas, e os levaram à praça, à presença dos magistrados.  (Atos 16:20) - E, apresentando-os aos magistrados, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbaram a nossa cidade,  (Atos 16:21) - E nos expõem costumes que não nos é lícito receber nem praticar, visto que somos romanos.  (Atos 16:22) - E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas.  (Atos 16:23) - E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança.  (Atos 16:24) - O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco.

13 -PASSOS PARA A BATALHA 1- Amarrar o Valente. (Marcos 3:27) - Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não maniatar o valente; e então roubará a sua casa. 2- Fazer declaração do poderio de Jesus aos poderes do mundo invisível. Declarar a sabedoria de Deus ao diabo e aos principados que estejam na vizinhança. 3- Profetizar que o deus deste século não irá cegar as mentes das pessoas. Atenção: Este tipo de declaração de guerra trará reações negativas e retaliações das forças do mal. 4- Adoração, louvor, leitura da bíblia e brados de guerra devem sair noite após noite e coisas começarão a acontecer: Demônios serão expulsos, enfermos curados, e milhares de pessoas convertidas. Devemos revezar a direção de orações poderosas para exaltar ao Senhor e liberar a Sua bênção sobre os povos não alcançados no mundo. 5- A Igreja está passiva enquanto milhares morrem e vão para o inferno todos os dias. 6- Para fazer as coisas certas, nós precisamos do espírito de sabedoria e revelação.

14 ENTRANDO NA BATALHA (Diana A Rainha dos céus) 1- A Rainha dos céus é um espírito territorial. No Japão e na Turquia é conhecida com a deusa sol. No México como a Virgem de Guadalupe. No Nepal como Sagarmartha. Na cidade de Calcutá é conhecida como Cali, no Brasil Aparecida (Iemanjá) 2- Antes de fazermos batalha espiritual em qualquer nível, principalmente a nível estratégico, contra espíritos territoriais, é necessário REVELAÇÃO. 3- Jesus é superior a Diana, Iemanjá, Aparecida e a todos os espíritos territoriais, não importando o tempo de domínio deles sobre o território. Os exércitos de Deus, do mundo inteiro, estão sendo convocados a entrar nos mais altos níveis de guerra espiritual para instaurar o verdadeiro Governo que pertence ao Senhor de toda a Terra.

15 Fontes usadas para estudos: Bíblia Sagrada Livro Confrontando A Rainha dos Céus - C. Peter Wagner. Livro de Clinton Arnold. Missão Evangélica Shekinah. Vamos deixar para falar mais sobre a ação de Diana (Rainha dos céus) no estudo de batalha espiritual a nível estratégico.


Carregar ppt "Pr. João Antonio C. Campos. Batalha Espiritual a Nível oculto (Instituição) 1 – Introdução Existem três níveis de batalha espiritual ou guerra espiritual:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google