A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Determinação de cloroacetaldeído em plasma por HPLC com detecção por fluorescência PVC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Determinação de cloroacetaldeído em plasma por HPLC com detecção por fluorescência PVC."— Transcrição da apresentação:

1 Determinação de cloroacetaldeído em plasma por HPLC com detecção por fluorescência PVC

2 Angiosarcoma hepático O cloreto de vinila é um importante precursor químico usado na indústria de plástico PVC (embalagens, tubulações, cartões de crédito, interior de automóveis, etc.)

3 Guengerich, F.P. (1992) Chem. Res. Toxicol., 5, 2-5. dR= 2-desoxirribose

4 Carcinógenos Cloreto de vinila Carbamato de etila (uretano) P450 Carbamato de vinila dR= 2-desoxirribose

5 Pandya, G.A. e Moriya, M (1996) Biochemistry, 35, ; Moriya, M. et al. (1994) Biochemistry, 91, – dR= 2-desoxirribose G Transição Transversão T e C T Transição Transversão A

6 Singer, B. et al. (1987) Carcinogenesis, 8, ; Cheng e, K.C. et al. (1991) Proc. Natl. Acad. Sci. USA, 88, Langouët, S. et al. (1997), Biochemistry, 36, 6069 – 6079 e. (1998), Biochemistry, 37, dR= 2-desoxirribose A Transição A Transversão T

7 Bartsch, H. et al. (1994) Drug Metabol. Rev., 26, Ativação do protooncogene Ki-ras por substituições: GC AT na base 2 do codon 13 ou GC TA na base 2 do codon 12 Angiosarcoma hepático Humano Cloreto de vinila +

8 Análises Toxicológicas Necessidade de uso de ferramentas da Química Analítica (métodos específicos, precisos e suficientemente sensíveis) para a avaliação qualitativa e/ou quantitativa do toxicante. Detecção de algum parâmetro relacionado à exposição ao toxicante em substratos tais como fluidos e/ou tecidos orgânicos com o objetivo de diagnosticar as intoxicações. Detecção de algum parâmetro relacionado à exposição ao toxicante em substratos tais como fluidos e/ou tecidos orgânicos com o objetivo de diagnosticar as intoxicações.

9 Desafios em Toxicologia Analítica Substância de interesse é conhecida ? Substância de interesse é conhecida ?

10 Amostra a ser analisada : matriz complexa na qual a substância de interesse pode estar presente. Amostra a ser analisada : matriz complexa na qual a substância de interesse pode estar presente. Métodos que permitam a separação entre a substância de interesse e a matriz na qual ela se encontra dissolvida precisam ser utilizados. Desafios em Toxicologia Analítica

11 Métodos de Preparo da Amostra Aquecimento da amostra - Headspace Aquecimento da amostra - Headspace Técnicas de digestão Técnicas de digestão Extração líquido - líquido Extração líquido - líquido Extração de fase - sólida Extração de fase - sólida Microextração de fase - sólida Microextração de fase - sólida Derivatização Derivatização

12 Métodos de Análise Permitem a detecção, identificação e, na maioria das vezes, a quantificação da substância de interesse. Permitem a detecção, identificação e, na maioria das vezes, a quantificação da substância de interesse.

13 Métodos de Análise Espectrofotometria ( UV/VIS ) Espectrofotometria ( UV/VIS ) Espectrometria de Absorção Atômica Espectrometria de Absorção Atômica Cromatografia em Camada Delgada Cromatografia em Camada Delgada Cromatografia Gasosa - FID, ECD, MS Cromatografia Gasosa - FID, ECD, MS HPLC - UV/VIS, Fluorescência, MS HPLC - UV/VIS, Fluorescência, MS Cromatografia em fluido supercrítico Cromatografia em fluido supercrítico Eletroforese Capilar Eletroforese Capilar

14 Substâncias Orgânicas Pouco ou Não Voláteis b b Cromatografia em camada delgada ou HPLC é é Homogeneização, diluição, desproteinização. é é Extração líquido-líquido ou extração de fase sólida. é é Análise por cromatografia em camada delgada e/ou HPLC acoplado a um detector UV, de fluorescência e/ou um espectrômetro de massa (ionização por electrospray).

15 Cromatografia Líquida de Alta Eficiência


Carregar ppt "Determinação de cloroacetaldeído em plasma por HPLC com detecção por fluorescência PVC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google