A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Um novo Modelo Económico e de Desenvolvimento para Portugal Primeira Convenção Compromisso Portugal Convento do Beato Lisboa, 10 de Fevereiro de 2004 António.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Um novo Modelo Económico e de Desenvolvimento para Portugal Primeira Convenção Compromisso Portugal Convento do Beato Lisboa, 10 de Fevereiro de 2004 António."— Transcrição da apresentação:

1 Um novo Modelo Económico e de Desenvolvimento para Portugal Primeira Convenção Compromisso Portugal Convento do Beato Lisboa, 10 de Fevereiro de 2004 António Horta Osório

2 Your thoughts have the power to shape your life and you have the power to control your thoughts. You can think whatever thoughts you want, and they will take you wherever you want to go. Ralph Marston

3 1 2 Enquadramento do modelo económico numa visão estratégica A cultura e métodos de gestão necessários ao novo modelo económico Temas a abordar

4 Visão Histórica PorEspHolAleRUJapão PorEspHolAleRUEUAJapão Fonte: The World Economy, a millennial perspective Angus Maddison, No Século XVI, os portugueses – cerca de um milhão e meio – foram a potência dominadora na vasta região do Brasil ao Japão Lisboa tornou-se na mais fabulosa e rica cidade da Europa. Visitantes vinham da Inglaterra e outros países para contemplar a sua supremacia nas artes, ciências, ópera, medicina, arquitectura e joalharia (1) Este hospital português em Goa é o melhor do mundo. Fiquei surpreendido como em poucos anos os Portugueses se organizaram para construir tantos edifícios soberbos; igrejas, mosteiros, palácios, fortes; e também pela boa ordem, regulamentação e policiamento que eles estabeleceram e grande poder que adquiriram... Desde que as outras nações da Europa tomaram as mesmas rotas e comercio, eles tiveram grandes problemas, (...) devido aos holandeses venderem a preços mais baixos, e fazerem o seu negócio com muito maior despacho... (2) (1)Page, Martin; The first Global Village (2)Pyrard, François ed.1618 Evolução PIB/Capita (USD de 1990) 1

5 Visão Histórica - Evolução PIB/Capita Sec XX PorEspHolAleRUEUAJapão PorEspHolAleRUEUAJapão Fonte: The World Economy, a millennial perspective Angus Maddison, 2001 (USD de 1990) (Preços Correntes USD) Fonte: FMI, World Economic

6 Fonte: Eurostat EU15=100 : PPS (purchasing power parities) Evolução PIB/Capita 3

7 PIB Zona Euro - Portugal (valoresreais, 1986=100) Fonte: Thomson FinancialDatastream,September2002 Tendência Situação actual + - Crescimento do PIB Zona Euro Portugal Crescimentomédio Portugal: 3,2% ZonaEuro: 2,5% 4

8 Tx Juro Cred Hab/Cred Total Fonte: FMI, Banco de Portugal Crédito / PIB O contexto macro económico tem vindo a contribuir para maiores níveis de bem-estar das famílias e melhor planificação da actividade das empresas 5

9 1 2 Enquadramento do modelo económico numa visão estratégica A cultura e métodos de gestão necessários ao novo modelo económico Temas a abordar

10 Nova cultura e métodos de gestão n Foco, ambição e rigor n Planos e objectivos quantificados, anunciados publicamente, em todos os sectores, públicos e privados. n Resultados monitorados e apresentados regularmente à opinião pública e ao comentário dos analistas. Do lado das empresas, instituições e do Estado n Mudar mentalidades, fomentar uma cultura generalizada de maior exigência -do contribuinte, do cliente, do cidadão, do munícipe. n Exigir serviço. Exigir qualidade. Exigir resultados, transparência e responsabilidade. n Só uma sociedade civil muito exigente pode ser a verdadeira alavanca para um Portugal mais competitivo e mais desenvolvido económica e culturalmente Do lado da sociedade civil 6

11 Exemplo: Banca Na Banca n Definidos planos de médio prazo (normalmente trianuais) e anuais, com objectivos claros e quantificáveis em termos de rendibilidade, eficiência, qualidade dos activos, quota de mercado, etc. n Apresentação pública trimestral dos resultados e grau de concretização dos objectivos n Balanço global e final no término do plano 7

12 Cost to income (%) Os Bancos portugueses estão entre os mais eficientes e rentáveis do mundo Fonte: Banco Portugal Boletim económico Setembro 03 40% 45% 50% 55% 60% 65% 70% 75% 80% 85% 90% Alemanha PaisesBaixos Itália França Bélgica Grécia Espanha Reino Unido Portugal ROA (%) 0,0% 0,1% 0,2% 0,3% 0,4% 0,5% 0,6% 0,7% 0,8% 0,9% 1,0% Espanha Grécia Reino Unido Portugal Itália França PaisesBaixos Bélgica Alemanha 1S2002 1S2003 8

13 Exemplo: Investigação e Desenvolvimento Nº de publicações cientificas por milhão de habitantes (2001) Média de crescimento anual do nº de publicações cientificas: n Neste indicador estamos bastante abaixo da média europeia... n...mas nos últimos 6 anos somos o país europeu com maior crescimento no nº de publicações cientificas editadas Investigadores por 1000 empregados (1999 e 2000) Média de crescimento anual do nº de investigadores por 1000 empregados (1995 – 1999/00) n Neste indicador também estamos bastante abaixo da média europeia... n...mas estamos a recuperar Fonte: DG Research PortugalIrlandaEU 15 0% 2% 4% 6% 8% 10% 12% 14% 16% PortugalIrlandaEU PortugalIrlandaEU 15 0% 2% 4% 6% 8% 10% 12% PortugalIrlandaEU 15

14 Desafio: Exemplo: Investigação e Desenvolvimento Exportações High-tech (2001) % exportações manuf Portugal Espanha Itália Hungria Finlandia Holanda Irlanda Singapura n Objectivo: por ex., atingir uma percentagem de exportações high- tech de x% no prazo de y anos, alocando aos projectos um orçamento de z Fonte: IMD YC Yearbook n O esforço de investigação tem de subir de patamar na escala de valor e no enquadramento do alargamento da EU. 10 DIAGNÓSTICOS ESTÃO FEITOS HÁ QUE AGIR

15 A visão sem a acção é um sonho acordado. Provérbio Japonês


Carregar ppt "Um novo Modelo Económico e de Desenvolvimento para Portugal Primeira Convenção Compromisso Portugal Convento do Beato Lisboa, 10 de Fevereiro de 2004 António."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google