A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IRB anuncia fase de implementação mundial das Variações Experimentais às Leis (VEL), entrando em vigor a partir do dia 1 de Agosto de 2008. DTA / C.A.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IRB anuncia fase de implementação mundial das Variações Experimentais às Leis (VEL), entrando em vigor a partir do dia 1 de Agosto de 2008. DTA / C.A."— Transcrição da apresentação:

1 IRB anuncia fase de implementação mundial das Variações Experimentais às Leis (VEL), entrando em vigor a partir do dia 1 de Agosto de DTA / C.A.

2 O IRB aprovou Quinta-feira dia 1 de Maio, a adopção pelo hemisfério norte de uma parte das leis experimentais que estavam a vigorar no hemisfério sul. Esta fase experimental terá início em 01 de Agosto e vigorará por um período de 1 ano, podendo então ser ou não adoptada com carácter definitivo. Das 23 Variações Experimentais às Leis (VEL) em vigor no hemisfério sul, apenas 13 serão aplicadas nos países do hemisfério norte. As restantes VEL continuarão a ser testadas no Hemisfério Norte numa competição de elite ainda a definir. As competições do Hemisfério Sul continuarão a ser disputados de acordo com os programas de VEL já em fase de experimentação naqueles países desde Janeiro, evitando assim uma alteração das regras do jogo a meio das competições (Super 14). Em Novembro 2009 o Conselho do IRB irá rever todas as VEL que estão a ser aplicadas nas diversas competições, decidindo nessa altura quais as VEL que passarão a incorporar as leis de jogo. Introdução

3 1. Árbitros Auxiliares Árbitros Auxiliares podem auxiliar o árbitro em qualquer das suas funções, desde que para isso tenham sido nomeados pela Federação ou Entidade Organizadora do evento. (Passa a haver uma distinção entre o papel do juiz de linha – um elemento de cada equipa – e que apenas indica bola fora e o resultado de pontapés aos postes; ao contrário de um árbitro auxiliar – árbitro nomeado oficialmente – que poderá passar a ajudar o árbitro noutras funções.) Variações Experimentais às Leis

4 2. Bandeirolas de canto As bandeirolas de canto já não pertencem à linha lateral de meta, excepto quando um jogador portador ou não da bola, tocar na bola que está simultaneamente em contacto com a haste da bandeirola de canto e o solo.

5 3. Alinhamento e lançamento da bola -Local do alinhamento e lançamento Se uma equipa defensora colocar a bola dentro da sua área de 22M e depois a pontapear directamente para fora não ganha terreno com o pontapé. (Neste caso, o alinhamento será no ponto onde os pés do pontapeador se encontravam no momento do pontapé – como se a bola tivesse saído directamente num pontapé dado fora dos 22M.) - Video 1.Video 1. Se uma equipa defensora colocar a bola dentro da sua área de 22M, e se de seguida se disputar um ruck ou maul, ou se houver uma placagem, e a seguir a essa nova fase de jogo, pontapear a bola directamente para fora, essa equipa ganhará terreno com o pontapé - Video 2.Video 2. Numa touche rápida, a bola pode ser lançada a direito ou em direcção à linha de meta da equipa introdutora (para trás) - Video 3.Video 3. (no vídeo 3, a equipa Branca beneficia de um P.L., daí ser permitido à equipa Encarnada introduzir a bola no alinhamento.) Variações Experimentais às Leis

6 -Jogadores no alinhamento Não existe restrição no número máximo de jogadores de qualquer das equipas a participar no alinhamento, sendo que o número mínimo é de dois jogadores de cada equipa. (Ou seja, deixa de ser a equipa introdutora a definir o número máximo de jogadores a participar no alinhamento.) O receptor (médio de formação) deve estar colocado a 2M do alinhamento. Caso contrário: PL a 15M. O opositor directo do lançador da bola no alinhamento (talonador adversário) tem que estar colocado na área compreendida entre a linha de 5M e a linha lateral, mas deve estar 2M afastado do alinhamento. Os jogadores participantes no alinhamento podem fazer o pre-gripping antes da bola ser lançada. (Ou seja, passa a ser permitido agarrar o saltador para o levantar antes da bola ser lançada.) É permitido levantar os jogadores participantes no alinhamento. (Já não é obrigatório o saltador iniciar o salto antes de poder ser apoiado/levantado no seu salto.) Variações Experimentais às Leis

7 4. Maul Os jogadores podem defender/ contrariar o maul se estiverem incorporados no maul e o trouxerem para o solo. (Não é permitido a um jogador derrubar o maul atirando-se ou placando os jogadores do maul abaixo da cintura. O gesto deve ser parecido com o golpe de Judo, agarrando o jogador do maul entre os ombros e a cintura, derrubando-o.) -Videos 4 e 5Videos 4 5 (estas acções passarão a ser permitidas!) Eliminar todas as referências nesta Lei onde está mencionado que a cabeça e os ombros dos jogadores não devem estar mais baixos que as ancas. Variações Experimentais às Leis

8 5. Formação ordenada Passa a existir uma linha de fora de jogo 5M atrás dos últimos pés dos jogadores incorporados na F.O. - PP na linha de fora de jogo (5M atrás dos últimos pés da FO) - Video 6.Video 6. Os médios de formação devem estar perto (até 1M) da F.O. ou então recuar 5M. -Se o médio de formação se afastar lateralmente da FO, será penalizado com PP a 1M da FO. (Deixa de ser permitido ao médio de formação afastar-se lateralmente da F.O. antes desta terminar, quer a defender Video 7, quer a atacar Video 8.)Video 7Video 8 Variações Experimentais às Leis


Carregar ppt "IRB anuncia fase de implementação mundial das Variações Experimentais às Leis (VEL), entrando em vigor a partir do dia 1 de Agosto de 2008. DTA / C.A."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google