A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PERCURSO INVESTIGATIVO ESC0LA SECUNDÁRIA DE ROCHA PEIXOTO ALMEIDA, Mª DA CONCEIÇÃO; LOMBA, ÂNGELA; MACHADO, ISE; SAMPAIO, ISILDA. ESC0LA SECUNDÁRIA DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PERCURSO INVESTIGATIVO ESC0LA SECUNDÁRIA DE ROCHA PEIXOTO ALMEIDA, Mª DA CONCEIÇÃO; LOMBA, ÂNGELA; MACHADO, ISE; SAMPAIO, ISILDA. ESC0LA SECUNDÁRIA DE."— Transcrição da apresentação:

1

2 PERCURSO INVESTIGATIVO ESC0LA SECUNDÁRIA DE ROCHA PEIXOTO ALMEIDA, Mª DA CONCEIÇÃO; LOMBA, ÂNGELA; MACHADO, ISE; SAMPAIO, ISILDA. ESC0LA SECUNDÁRIA DE ROCHA PEIXOTO ALMEIDA, Mª DA CONCEIÇÃO; LOMBA, ÂNGELA; MACHADO, ISE; SAMPAIO, ISILDA.

3 TEMA: Enzimologia PROFESSORES ENVOLVIDOS: ABREU, ISABEL. ALMEIDA, Mª DA CONCEIÇÃO. LOMBA, ÂNGELA. MACHADO, ISE. SAMPAIO, ISILDA. TERROSO, INÊS. 2001

4 PROBLEMA Que factores influenciam a Actividade Enzimática?

5 FACTORES SUGERIDOS PELOS ALUNOS

6 SUB-PROBLEMA: DE QUE MODO A TEMPERATURA INFLUENCIA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA? SUB-PROBLEMA: DE QUE MODO A TEMPERATURA INFLUENCIA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA?

7 SUB-PROBLEMA: DE QUE MODO O pH INFLUENCIA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA? SUB-PROBLEMA: DE QUE MODO O pH INFLUENCIA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA?

8 SUB-PROBLEMA: DE QUE FORMA A CONCENTRAÇÃO DE ENZIMA AFECTA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA? SUB-PROBLEMA: DE QUE FORMA A CONCENTRAÇÃO DE ENZIMA AFECTA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA?

9 SUB-PROBLEMA: DE QUE FORMA A CONCENTRAÇÃO DO SUBSTRATO AFECTA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA? SUB-PROBLEMA: DE QUE FORMA A CONCENTRAÇÃO DO SUBSTRATO AFECTA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA?

10 SUB-PROBLEMA: DE QUE FORMA A LUZ AFECTA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA? SUB-PROBLEMA: DE QUE FORMA A LUZ AFECTA A ACTIVIDADE ENZIMÁTICA?

11 AVALIAÇÃO DO PERCURSO ASPECTOS POSITIVOS Incremento do espírito de grupo e de cooperação entre os alunos, Fomento da discussão aluno-aluno, Acréscimo da autonomia dos alunos, quer laboratorial quer na resolução de problemas, Incremento das competências de pesquisa bibliográfica e de selecção de informação, Desenvolvimento do espírito crítico, Promoção de uma aprendizagem mais significativa, Melhoria da discussão professor – aluno.

12 AVALIAÇÃO DO PERCURSO DIFICULDADES SENTIDAS PELOS ALUNOS Resistência a novos métodos de ensino aprendizagem, Desorientação inicial nas várias fases do percurso, Dificuldades na aplicação de conhecimentos previamente adquiridos a novas situações,

13 CONCLUSÃO Apesar de se terem sentido algumas dificuldades, por parte dos alunos, na fase inicial do percurso, resultado de uma habituação aos métodos de ensino tradicionais, no desenvolvimento deste verificou-se uma progressiva adesão à metodologia proposta, com empenho e aprendizagens significativas, podendo como balanço final concluir-se que o saldo foi muito positivo.

14


Carregar ppt "PERCURSO INVESTIGATIVO ESC0LA SECUNDÁRIA DE ROCHA PEIXOTO ALMEIDA, Mª DA CONCEIÇÃO; LOMBA, ÂNGELA; MACHADO, ISE; SAMPAIO, ISILDA. ESC0LA SECUNDÁRIA DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google