A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS."— Transcrição da apresentação:

1 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS

2 APL do Pequi: Histórico 2008: Oficina do PNPPSB (Plano Nacional de Promoção de Produtos da Sociobiodiversidade) 2008: Criação do Núcleo Gestor da Cadeia Produtiva do Pequi e outros frutos do Cerrado 2010: Reconhecimento pelo Grupo Gestor de Apoio aos APLs do Estado de Minas Gerais

3 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS

4 Localização do APL-Pequi Municípios envolvidos: Montes Claros, Januária, Chapada Gaúcha, São João da Lagoa, Buritizeiro, Rio Pardo de Minas, Riacho dos Ma- Chados, Lontra, Japonvar

5 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Governança Núcleo Gestor da Cadeia Produtiva do Pequi e Outros Frutos do Cerrado O núcleo é composto pelas organização do APL e instituições de apoio; O Núcleo do Pequi tem por missão: A gestão do Arranjo Produtivo do pequi e outros frutos do cerrado, fortalecendo as iniciativas coletivas, representando politicamente as instituições participantes, promovendo a capacitação dos extrativistas, a comercialização do fruto e seus derivados, a articulação e a proposição de políticas públicas, respeitando e defendendo o meio ambiente.

6 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Associação Flores (Lontra) Asprovil (Lontra) Cerrado Mineiro (Lontra) Associação Roçadinho (Lontra) Coopsertão (Chapada Gaúcha) Cooperja p (Japonva r) Assoc. Mulheres (Rio Pardo) COOPAVE (R. Pardo) Assoc. Capão Celado (Buritizeiro) CEAFA (Buritizeir o) GRAAL (Buritizeir o) Chico Fulô (Buritizei ro) Assoc. Jatobá (Buritizeiro ) Grande Sertão (M. Claros) COOPESE (M.Claros) Grupo São João Lagoa (S.J.Lagoa) Grupo Água Boa II (Rio Pardo) CAA (M.Claros ) MAPA DE REDE - INTERAÇÃO ENTRE AS ORGANIZAÇÕES

7 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Importância Econômica do Pequi Japonvar: 240 caminhões Caixas ton. de pequi R$ ,00 (PGPM) IBGE(2009): em Minas Gerais ton. de pequi R$ ,00

8 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Produtos do APL

9 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Diferencial: Extrativismo (sazonalidade) Meio Ambiente Base comunitária( inclusão social e geração de renda para povos e comunidades tradicionais)

10 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Potencialidades Conhecimento Tradicional Capital Social Cultura Regional Demandas do mercado Potencial Produtivo da Região Persistência das cooperativas/associações Meio de inclusão social

11 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Oportunidades Políticas Públicas: PAA, PNAE, PGPM Apoio: Governo, ONGs e Universidades Calendário nacional de feiras e eventos Eventos mundiais (copa e Olimpíadas) Ativação do Conselho Pró-Pequi (Lei Pró- Pequi 13965/2001) Produto exclusivo

12 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Fraquezas e Ameaças Capital de Giro Mão-de-obra qualificada Estrutura adequada (Legislação Sanitária) Legislação Tributária Falta de apoio dos Governos Municipais Inatividade da Lei Pró-Pequi Dificuldade de logística na produção e comercialização

13 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Núcleo Gestor da Cadeia Produtiva do Pequi e outros frutos do Cerrado Contatos: Wdiléia (38) Sarah Mello (38) Adilson Gomes (38)


Carregar ppt "5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google