A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Linhas de Financiamento do BNDES para Exportação Porto Alegre 13.04.2005 Encontro BRDE/FEDERASUL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Linhas de Financiamento do BNDES para Exportação Porto Alegre 13.04.2005 Encontro BRDE/FEDERASUL."— Transcrição da apresentação:

1 Linhas de Financiamento do BNDES para Exportação Porto Alegre Encontro BRDE/FEDERASUL

2 SD-2 BNDES: Indicadores econômico- financeiros Ativos Totais Patrimônio Líquido Carteira de Financiamentos Lucro Líquido Impostos e Dividendos Nº de Funcionários Ativos Nº de Funcionários Ativos 163,9 14,1 127,2 1,5 0, R$ bilhões Posição em 31/12/2004

3 SD-3 BNDES: Desembolsos Anuais R$ bilhões

4 SD-4 BNDES: Linhas de Apoio Financeiro BNDESAutomáticoBNDES-exim FINEM Cartão BNDES FINAME Programasdiversos BNDES

5 PIS - PASEP – 13 % FAT – 42 % Outros – 17 % Recursos Externos – 20 % Recursos Externos – 20 % Recursos Próprios – 8 % Recursos Próprios – 8 % BNDES: Fontes de Recursos

6 Área de Comércio Exterior - AEX

7 SD : início das operações: Pré-Embarque (bens de capital) 1994: Pós (somente supplier credit) no âmbito do CCR 1997 (2ª fase): aumento do escopo setorial (bens de consumo) mudanças de prazos, taxas, participação do BNDES apoio às exportações de serviços Pós-Embarque buyer credit Pré-Embarque Especial 2000/2001: nova estrutura organizacional novos produtos mudanças na abordagem estratégica/institucional 1991: início das operações: Pré-Embarque (bens de capital) 1994: Pós (somente supplier credit) no âmbito do CCR 1997 (2ª fase): aumento do escopo setorial (bens de consumo) mudanças de prazos, taxas, participação do BNDES apoio às exportações de serviços Pós-Embarque buyer credit Pré-Embarque Especial 2000/2001: nova estrutura organizacional novos produtos mudanças na abordagem estratégica/institucional BNDES-exim: Visão Resprospectiva

8 SD-8 é 2002: Pré-Embarque de Curto Prazo é 2003: Ênfase nos projetos de integração da América Latina é 2004: Pré-Embarque Empresa Âncora é 2002: Pré-Embarque de Curto Prazo é 2003: Ênfase nos projetos de integração da América Latina é 2004: Pré-Embarque Empresa Âncora BNDES-exim: Visão Resprospectiva

9 Itens Financiáveis: Todos os bens de maior valor agregado que necessitem de maior prazo de fabricação e/ou comercialização Serviços associados aos bens exportados Índice de nacionalização igual ou superior a 60% do valor FOB Todos os bens de maior valor agregado que necessitem de maior prazo de fabricação e/ou comercialização Serviços associados aos bens exportados Índice de nacionalização igual ou superior a 60% do valor FOB Itens Não Financiáveis: Commodities básicos, tais como: minérios, celulose, açúcar e álcool, grãos, suco de laranja e petroquímicos. Elegibilidade

10 SD-10 Grupo I: bens de capital Máquinas, motores, equipamentos e calderaria, obras de ferro e aço, veículos terrestres, embarcações e aeronaves etc; Grupo II: bens de consumo Alimentos e bebidas, produtos de origem animal, vegetal, mineral, químico, farmaceutico, textil, vestuário, móveis, joias etc; Grupo III: bens específicos Automóveis de passeio, motocicletas, materiais inflamáveis, vitaminas, café verde etc; Grupo I: bens de capital Máquinas, motores, equipamentos e calderaria, obras de ferro e aço, veículos terrestres, embarcações e aeronaves etc; Grupo II: bens de consumo Alimentos e bebidas, produtos de origem animal, vegetal, mineral, químico, farmaceutico, textil, vestuário, móveis, joias etc; Grupo III: bens específicos Automóveis de passeio, motocicletas, materiais inflamáveis, vitaminas, café verde etc; BNDES: Relação de Produtos Financiáveis

11 SD US$ milhões Apoio às Exportações: Desembolsos Anuais

12 SD % 12.9% 19.1% 23.5% 4.1% 24.5% 31.5% 34.2% % 1997 Apoio às Exportações: Participações Relativa

13 SD-13 Em US$ Milhões Exportações Brasileiras Apoio do BNDES às Exportações Apoio às Exportações: Trajetória

14 SD-14 Em US$ Milhões Exportações Brasileiras de Bens de Capital Apoio do BNDES às Exportações de Bens de Capital Apoio a Bens de Capital: Trajetória

15 SD-15 Liberações por Região

16 SD-16 Liberações Região Sul

17 SD-17 Liberações por Setor - Região Sul

18 BNDES Agente Financeiro GarantidorExportador TJLP ou Libor + Spread Spread de Risco $ $ Estrutura Pré-embarque

19 Pré-embarque e Pré Especial: Capital de giro para produção de bens para a exportação Pós-embarque: Financiamento à comercialização no exterior de bens e serviços de origem brasileira, mediante desconto de títulos de crédito (supplier credit) ou através de financiamento ao importador (buyer credit). Pré-embarque e Pré Especial: Capital de giro para produção de bens para a exportação Pós-embarque: Financiamento à comercialização no exterior de bens e serviços de origem brasileira, mediante desconto de títulos de crédito (supplier credit) ou através de financiamento ao importador (buyer credit). Prazos e taxas competitivos a nível internacional Linhas de Financiamento

20 SD-20 Fluxograma: Prazo: 6 meses Produção e Embarque: até 6 meses, contados a partir da data da assinatura do contrato; 6º mês Liquidação: parcela única no 6º mês, (mesmo que a liquidação tenha ocorrido antes). Fluxograma: Prazo: 6 meses Produção e Embarque: até 6 meses, contados a partir da data da assinatura do contrato; 6º mês Liquidação: parcela única no 6º mês, (mesmo que a liquidação tenha ocorrido antes). Pré-embarque de Curto Prazo: Prazos Produção e Embarque Produção e Embarque Contrato meses 06 Liquidação

21 SD-21 Fluxograma: Prazo: 18 meses Financiamento: até 18 meses, a partir da data da assinatura do contrato entre Beneficiária e Agente Financeiro; 12 meses Embarque: até 12 meses, independente do ciclo de produção; 6 meses5 dias úteis Liquidação: até 6 meses após cada embarque, ou 5 dias úteis após a liquidação do câmbio, o que ocorrer primeiro. Fluxograma: Prazo: 18 meses Financiamento: até 18 meses, a partir da data da assinatura do contrato entre Beneficiária e Agente Financeiro; 12 meses Embarque: até 12 meses, independente do ciclo de produção; 6 meses5 dias úteis Liquidação: até 6 meses após cada embarque, ou 5 dias úteis após a liquidação do câmbio, o que ocorrer primeiro. Pré-embarque: Prazos Produção até 12 meses Produção até 12 meses Pagamento até 6 meses ou 5 dias úteis após cambio Pagamento até 6 meses ou 5 dias úteis após cambio Embarque Contrato meses Totalaté 18 meses Liquidação

22 Período Base Amortização (Bônus) Amortização (Bônus) Período de Incremento Período de Incremento meses $$$ $$$$$ $$ Verificação ALICE Pagament o Início Estrutura Pré-embarque Especial

23 SD-23 Risco: Risco: doméstico (não performance do fabricante ou do exportador) Assunção do Risco (Garantidores Possíveis): Assunção do Risco (Garantidores Possíveis): Agente Financeiro no Brasil; ou Agente Financeiro no Brasil e FGPC (p/ MPMEs) Risco: Risco: doméstico (não performance do fabricante ou do exportador) Assunção do Risco (Garantidores Possíveis): Assunção do Risco (Garantidores Possíveis): Agente Financeiro no Brasil; ou Agente Financeiro no Brasil e FGPC (p/ MPMEs) Riscos: Pré-embarque e Pré-emb. Especial

24 SD-24 (1) Quando a empresa for controlada por outra empresa ou pertencer a um grupo econômico, será considerada a receita operacional bruta (ROB) consolidada do grupo. Receita Operacional Bruta Anual 1 Micro até R$ mil Pequena até R$ mil Média até R$ mil BNDES: Porte de Empresa Porte

25 SD-25 Vantagens da modalidade: Financiamento indireto, de forma simples e rápida, a um grande número de MPME (benefícios de distribuição de renda e geração de emprego); Pulverização do crédito – problemas de garantias e capacidade de crédito das MPME é minimizado. Vantagens da modalidade: Financiamento indireto, de forma simples e rápida, a um grande número de MPME (benefícios de distribuição de renda e geração de emprego); Pulverização do crédito – problemas de garantias e capacidade de crédito das MPME é minimizado. Pré-Embarque Empresa Âncora

26 SD-26 Empresas exportadoras de qualquer porte que produzem a totalidade dos bens Empresas exportadoras de qualquer porte que produzem uma parcela dos bens Fornecedores de insumos Trading company ou Comerciais Exportadoras Empresas Integradoras / Montadoras Empresas exportadoras de qualquer porte que produzem a totalidade dos bens Empresas exportadoras de qualquer porte que produzem uma parcela dos bens Fornecedores de insumos Trading company ou Comerciais Exportadoras Empresas Integradoras / Montadoras Empresas habilitadas a operar a linha

27 SD-27 Âncora é fornecedora de insumos e exportadora dos produtos transformados (comprovação direta da NCM) Âncora é apenas fornecedora de insumos para as MPMEs, que são as exportadoras (comprovação indireta via Âncora) Âncora é exportadora do bem final (comprovação direta da NCM) Âncora é integradora/montadora Âncora é fornecedora de insumos e exportadora dos produtos transformados (comprovação direta da NCM) Âncora é apenas fornecedora de insumos para as MPMEs, que são as exportadoras (comprovação indireta via Âncora) Âncora é exportadora do bem final (comprovação direta da NCM) Âncora é integradora/montadora Modelos de Negócios

28 Prazos: F Embarque: até 12 meses, a contar da assinatura do contrato; F Liquidação: até 18 meses a contar da assinatura do contrato ou até 6 meses após cada embarque ou 5 dias úteis após a liquidação do câmbio, o que ocorrer primeiro.Prazos: F Embarque: até 12 meses, a contar da assinatura do contrato; F Liquidação: até 18 meses a contar da assinatura do contrato ou até 6 meses após cada embarque ou 5 dias úteis após a liquidação do câmbio, o que ocorrer primeiro. Produção das MPME até 12 meses Produção das MPME até 12 meses Liquidação até 6 meses ou 5 dias úteis Liquidação até 6 meses ou 5 dias úteis Embarque Contrato meses Total até 18 meses MPME Âncora Estrutura Pré-embarque Empresa Âncora

29 SD-29 Custo Total Custo Financeiro + Spread Básico + Spread de Risco TJLP Custo Financeiro US$ + Encargos da Cesta de Moedas US$ + Libor 1,0% aa – MPME Spread Básico 2,5% aa – Bens de Capital 3,5% aa – Grandes Empresas/Demais setores Spread de Risco de acordo com o Agente Financeiro Condições Gerais – Pré e Pré-emb. Especial

30 SD-30 CaracterísticasPré-embarquePré Especial Prazo Efetivoaté 18 mesesaté 30 meses Penalidadesmoderadaalta Previsibilidadeessencialdesejável Diversidade da carteiradesejávelessencial ComprovaçãoREALICE Vinculação das cambiaissimnão Linhas Semelhantessimnão bens de consumo ( preferencialmente) todos Setores Diferenças Pré-embarque x Pré-Especial

31 Importador Comissão até Comissão até 1% flat BancoMandatário Libor BNDES BNDES spread Garantias Exportador Estrutura Pós-embarque

32 SD-32 Risco: Risco: externo (riscos comerciais, políticos e extraordinários que podem gerar default do importador). Assunção do Risco (Garantidores Possíveis): Assunção do Risco (Garantidores Possíveis): Risco: Risco: externo (riscos comerciais, políticos e extraordinários que podem gerar default do importador). Assunção do Risco (Garantidores Possíveis): Assunção do Risco (Garantidores Possíveis): Bancos Estrangeiros Agente Financeiro no Brasil CCR Automático (prazo até 360 dias) SBCE (Seguro de Crédito) CCR / SBCE (prazos superiores a 360 dias) Bancos Estrangeiros Agente Financeiro no Brasil CCR Automático (prazo até 360 dias) SBCE (Seguro de Crédito) CCR / SBCE (prazos superiores a 360 dias) Riscos: Pós-embarque

33 SD-33 Custo Total Custo Financeiro + Spread Básico + Spread de Risco Custo FinanceiroUS$ + Libor (prazo do financiamento) Spread Básicaaté 2,0% aa Spread de Riscode acordo com as garantias EqualizaçãoNTN – Série I Prazos até 12 meses Condições Gerais - Pós-embarque

34 SD-34 Subscrito em agosto de 1982 Países Participantes: Subscrito em agosto de 1982 Países Participantes: Argentina Bolívia Brasil Colômbia Chile Equador México Paraguai Peru República Dominicana Uruguai Venezuela Convênio de Créditos Recíprocos - CCR

35 Fundo de Garantia à Exportação – FGE Percentual de Cobertura até 90%: riscos comerciais até 95%: riscos políticos e extraordinários pelo prazo da operação Fundo de Garantia à Exportação – FGE Percentual de Cobertura até 90%: riscos comerciais até 95%: riscos políticos e extraordinários pelo prazo da operação Seguro de Crédito à Exportação

36 Exemplo: Aeronaves A EMBRAER entrega o 900º jato da família ERJ 145 em março de 2005, dos quais o BNDES financiou 458.

37 Exemplo: Óleo & Gás No biênio , o BNDES deverá liberar até US$ 800 milhões para a construção das plataformas P-51, 52 e 54.

38 Exemplo: Ônibus e Caminhões No ano de 2004, o BNDES liberou US$ 843 milhões para a exportação de veículos automotores e autopeças.

39 Exemplo: Serviços de Engenharia O BNDES apoia o esforço de integração da América do Sul através das exportações de serviços de engenharia e construção, que totalizaram de US$ 228 milhões, em 2004.

40 Exemplo: Máquinas e Equipamentos O BNDES apoiou a exportação de máquinas e equipamentos no valor de US$ 197 milhões, em 2004, representando um crescimento de 63% em relação a 2003.

41 Exemplo: Alimentos Nos anos 2002, 2003 e 2004, o BNDES liberou US$ 1,2 bilhões para a exportação de alimentos.

42 Exemplo: Empresa Âncora A operação com a South Service Trading (RS), que originou a modalidade Pré-embarque Empresa Âncora, criada em 2004, vem beneficiando mais de 280 MPME.

43 SD-43 Portal do BNDES:

44 SD-44

45 SD-45 Links sobre exportação.gov.br

46 Apresentação preparada pela equipe da Área de Comércio Exterior do BNDES


Carregar ppt "Linhas de Financiamento do BNDES para Exportação Porto Alegre 13.04.2005 Encontro BRDE/FEDERASUL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google