A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Investigação qualitativa em educação: Alguns apontamentos e provocações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Investigação qualitativa em educação: Alguns apontamentos e provocações."— Transcrição da apresentação:

1 Investigação qualitativa em educação: Alguns apontamentos e provocações

2 Alguns filmes/ docs O Som e fúria O Som e fúria (EUA 2000) – questão cultural/ olhar do investigador Som e fúria Som e fúria O O óleo de Lorenzo O O óleo de Lorenzo (EUA, 1992) - aproximações/ distanciamentos entre pesquisa quantitativa e qualitativa; questão do método sendo modificado/ redimensionado em função da mudança do problema, das novas questões O óleo de Lorenzo O óleo de Lorenzo O Narradores de Javé O Narradores de Javé (Brasil, 2003) – dificuldades do trabalho metodológico, em função da especificidade do objeto Narradores de Javé Narradores de Javé O Crianças invisíveis (2005) O Crianças invisíveis (2005) – questão cultural/ olhar do investigador Crianças invisíveis Crianças invisíveis O A invenção da infância (Brasil, 1996): O A invenção da infância (Brasil, 1996): idem A invenção da infância A invenção da infância

3 Literatura infantil O O catador de pensamentos (Feth e Boratynski – Brinque Book, 1996)

4 Cenários análise mais qualitativa O Método clínico de Piaget: [...] Se os desdobramentos, os cáculos estatísticos, as correlações ainda estão presentes, eles vão desaparecer em benefício de uma análise mais qualitativa (DOLLE, 2000, p.20). O [...] a qualidade dos resultados se dá em detrimento da quantidade (idem, p. 17) O Piaget queria conservar vantagens de um e outro método (idem)

5 O [...] Ele concebe pouco a pouco um método apropriado que experimenta e retifica por aproximações sucessivas, à medida que vai delimitando seu campo experimental (idem, p. 22) O Dificuldades: exemplos O Muda o problema/ redefine questões: altera/ adequa o método

6 Cenários O Perspectiva histórico-cultural: Cabe ao pesquisador o esforço analítico de ultrapassar essa aparência e ir em busca das determinações (históricas e sociais) (Aguiar, 2001) O Unidade de análise: palavra O Apreender o significado da fala (unidade do pensamento e da linguagem) O Análise do processo de construção da subjetividade: compreender sua gênese através da palavra

7 O Tendência afetivo/volitiva através de cada pensamento. Constituída a partir da realidade social/ histórica e da atividade do sujeito; O Conhecimento será a construção do pesquisador, a partir das falas do sujeito/ desvelo da realidade O Homem como síntese de múltiplas determinaçòes: pesquisador também O Sujeito revela o social

8 O Não é tarefa do pesquisador tentar isolar o fato a ser analisado O Questão dos núcleos de significação para análise: buscar depois articulação com a história do sujeito e de seu tempo (idem).dos núcleos de significação

9 desafios O A cultura no plural (Certeau) de fato: sensibilidade/ acuidade necessária para percebê-las ou patas de elefante (p. 57) O Olhar de estrangeiro do pesquisador (lembrar Malinowski)/ apreender o ponto de vista do nativo (p.25) O Papel e interpretação/ concepções do pesquisador diante do tratamento com os dados. Reflexão constante a este respeito.

10 O Retomar a origem da pesquisa qualitativa/ etnográfica ligada às minorias sem voz (caráter político, portanto) para compreender as características da investigação qualitativa (p. 47 – 51) O Objetivo: compreender os sujeitos com base nos seus pontos de vista (p. 54)/ como as pessoas percebem, explicam e descrevem a ordem no mundo que habitam(p. 60)


Carregar ppt "Investigação qualitativa em educação: Alguns apontamentos e provocações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google