A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Carnaval terminou e quem ganhou... em SP ??? Desf. Mocidade Alegre 2:13 Tem gente que não gostou... Qual seria o limite para situações de desconforto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Carnaval terminou e quem ganhou... em SP ??? Desf. Mocidade Alegre 2:13 Tem gente que não gostou... Qual seria o limite para situações de desconforto."— Transcrição da apresentação:

1

2 O Carnaval terminou e quem ganhou... em SP ??? Desf. Mocidade Alegre 2:13 Tem gente que não gostou... Qual seria o limite para situações de desconforto ??? 5:15

3 (UnB ) Leia os textos abaixo: "Quanto ao povo, isto é, a camada social composta de pequenos comerciantes, artífices, empregados diversos, militares de patente inferior, gente enfim de algum rendimento, intermediários entre a casta senhorial e a população escrava, expandia-se também em divertimentos mais acessíveis, nos batuques, nas touradas, nas cavalhadas e - por que não? nas festividades religiosas. O carnaval, então como hoje, já constituiria a festa popular de sentido mais democrático, igualando ricos e pobres, humildes e poderosos. "A orgia está estritamente ligada à festa. Uma instituição em que se suprimem as regras da vida cotidiana e onde se realiza um estado de excitação coletiva. O todo, porém, com um início e um fim pré-organizados. Com um ritual de entrada e um ritual de saída. Também a orgia, de modo geral, se desenvolve dentro de uma festa.

4 Cont... Felicidade: "A felicidade do pobre parece A grande ilusão do carnaval A gente trabalha o ano inteiro Por um momento de sonho Pra fazer a fantasia De rei, ou de pirata ou jardineira E tudo se acabar na quarta-feira. Tristeza não tem fim Felicidade, sim. (Antonio Carlos Jobim / Vinícius de Morais) A seguir, redija um texto dissertativo com a extensão mínima de trinta e máxima de sessenta linhas, desenvolvendo o tema abaixo: Direito igual... só no carnaval?

5 Carnaval é a maior festa popular e cultural do Brasil... Quando os sociólogos falam de cultura, eles se remetem a um conjunto de crenças, regras, manifestações artísticas, técnicas, tradições, ensinamentos e costumes produzidos e transmitidos no interior de uma sociedade.

6 Carnaval é uma festa religiosa ???... 3:14 Datas e cálculos Gauss...

7 ... Carnaval depende do que Equinócio? O carnaval depende da data da Páscoa que ocorre no primeiro domingo de lua cheia após o Equinócio de Primavera do hemisfério Norte. Em 2012, o Equinócio de Primavera (N) ocorrerá em 20 de março.

8 Pelo calendário lunar, dia 8 de abril (Páscoa) será o primeiro Domingo de lua cheia depois do Equinócio (20 mar)...

9 Para saber o dia do Carnaval, é só contar 47 dias antes da Páscoa (conta-se do sábado, 7 abril, até 21 fevereiro= Carnaval).

10 Lembrando fases da lua...

11 Sol Ciclo dura +- 29,5 dias

12 Sol

13

14

15 Fases lua...

16 (ENEM ) Um grupo de pescadores pretende passar um final de semana do mês de setembro, embarcado, pescando em um rio. Uma das exigências do grupo é que, no final de semana a ser escolhido, as noites estejam iluminadas pela lua o maior tempo possível. A figura representa as fases da lua no período proposto.

17 Considerando-se as características de cada uma das fases da lua e o comportamento desta no período delimitado, pode-se afirmar que, dentre os fins de semana, o que melhor atenderia às exigências dos pescadores corresponde aos dias (A) 08 e 09 de setembro. (B) 15 e 16 de setembro. (C) 22 e 23 de setembro. (D) 29 e 30 de setembro. (E) 06 e 07 de outubro.

18

19 Voltando á tradição cultural... O carnaval é uma festa que teria sua origem entre hebreus, egípcios ou gregos em meados dos anos 600 a 520 a.C.. Através dessa festa os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção.

20 Posteriormente, os gregos e romanos inseriram bebidas e práticas sexuais na festa, tornando-a intolerável aos olhos da Igreja. Com o passar do tempo, o carnaval passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica, o que ocorreu de fato em 590 d.C. A partir da adoção do carnaval por parte da Igreja, a festa passou a ser comemorada através de cultos oficiais, banindo os atos pecaminosos.

21 A pintura Cena de Carnaval, de Jean Batiste Debret, retrata como eram os entrudos no Brasil durante o século 17. No Brasil, o Carnaval, trazido pelos portugueses, popularizou- se no século 17 com os entrudo. Uma bagunça, feita principalmente por escravos, com direito a guerras de água, farinha e limões de cheiro.

22 O carnaval como exemplo de efervescência cultural faz parte dos estudos de Émile Durkheim. Sua contribuição tornou-se ponto de partida do estudo de fenômenos sociológicos como a natureza das relações de trabalho, os aspectos sociais do suicídio e as religiões primitivas.

23 Em 1915, através do livro As formas elementares da vida religiosa buscou mostrar as origens sociais e cerimoniais, bem como as bases da religião, sobretudo do totemismo na Austrália. Afirmou que não existem religiões falsas, que todas são essencialmente sociais. Portanto... diferenças de costumes não constitui um critério válido para julgar as diferentes sociedades... (falsas x verdadeiras).

24 Enem 2002=58 - Michel Eyquem de Montaigne ( ) compara, nos trechos, as guerras das sociedades Tupinambá com as chamadas "guerras de religião" dos franceses que, na segunda metade do século XVI, opunham católicos e protestantes.

25 "(...) não vejo nada de bárbaro ou selvagem no que dizem daqueles povos; e, na verdade, cada qual considera bárbaro o que não se pratica em sua terra. (...) Não me parece excessivo julgar bárbaros tais atos de crueldade [o canibalismo], mas que o fato de condenar tais defeitos não nos leve à cegueira acerca dos nossos. Estimo que é mais bárbaro comer um homem vivo do que o comer depois de morto; e é pior esquartejar um homem entre suplícios e tormentos e o queimar aos poucos, ou entregá-lo a cães e porcos, a pretexto de devoção e fé, como não somente o lemos mas vimos ocorrer entre vizinhos nossos conterrâneos; e isso em verdade é bem mais grave do que assar e comer um homem previamente executado. (...) Podemos portanto qualificar esses povos como bárbaros em dando apenas ouvidos à inteligência, mas nunca se compararmos a nós mesmos, que os excedemos em toda sorte de barbaridades." (MONTAIGNE, Michel Eyquem de, Ensaios, São Paulo: Nova Cultural, 1984).

26 De acordo com o texto, pode-se afirmar que, para Montaigne, (A) a ideia de relativismo cultural baseia-se na hipótese da origem única do gênero humano e da sua religião. (B) a diferenças de costumes não constitui um critério válido para julgar as diferentes sociedades. (C) os indígenas são mais bárbaros do que os europeus, pois não conhecem a virtude cristã da piedade. (D) a barbárie é um comportamento social que pressupõe a ausência de uma cultura civilizada e racional. (E) a ingenuidade dos indígenas equivale à racionalidade dos europeus, o que explica que os seus costumes são similares.

27 A questão anterior retoma um assunto de grande importância... diferenças de costumes não constitui um critério válido para julgar as diferentes sociedades... Quem estaria certo/errado ???

28 Tal discussão será um dos temas envolvendo CF JN 0:31 Hino... Tema: "Fraternidade e saúde pública Lema: "Que a saúde se difunda sobre a terra!"

29 aborto-e-questao-de-saude-publica/ / Nova Ministra da secretaria das mulheres: Eleonora Menicucci...2:14 Entre as polêmicas a serem discutidas estará... Problema do aborto é quando começa o direito á vida ?

30 Problemas... O novo Código Civil (Lei nº /02), em seu art.5º, diminuiu a idade para aquisição da maioridade civil, de 21 para 18 anos. Pergunta: até os 18 anos os pais podem fazer o que quiserem com seus filhos ? Quando começaria o direito a vida ?

31 1ª> Definição genética = Adotada Igrejas Fertilização do óvulo pelo espermatozoide. 2ª.> Definição embriológica: 3ª. semana, quando o embrião não pode mais se dividir. 3ª.> Definição neurológica: 8ª. semana, surgimento do cérebro. 4ª.> Definição ecológica: 24ª. semana, formação dos pulmões.

32 Apesar do tema aborto não ter sido concluído e estar bastante desgastado... Surgem novos questionamentos... artificial-ainda-geram-polemica-sobre-o-tema/ / Manipulação de embriões vivos...2:53 menina-pode-ajudar-a-salvar-a-vida-da-irma/ / Bebê salva irmã...2:41

33

34 Fim

35 (ENEM d) Um grupo de pescadores pretende passar um final de semana do mês de setembro, embarcado, pescando em um rio. Uma das exigências do grupo é que, no final de semana a ser escolhido, as noites estejam iluminadas pela lua o maior tempo possível. A figura representa as fases da lua no período proposto. Considerando-se as características de cada uma das fases da lua e o comportamento desta no período delimitado, pode-se afirmar que, dentre os fins de semana, o que melhor atenderia às exigências dos pescadores corresponde aos dias (A) 08 e 09 de setembro. (B) 15 e 16 de setembro. (C) 22 e 23 de setembro. (D) 29 e 30 de setembro. (E) 06 e 07 de outubro.

36 Cont. Para Durkheim, as festas teriam surgido da necessidade de separar o tempo em dias sagrados e profanos. Referindo-se ao descanso religioso, lembra que o caráter distintivo dos dias de festa corresponde, em todas as religiões conhecidas, à pausa no trabalho, suspensão da vida pública e privada à medida que estas não apresentam objetivo religioso.

37 Tal exemplo de efervescência pode ser observado no Carnaval em SP c/ letra...12:00

38 Durkheim também salienta (452), a importância dos elementos recreativos e estéticos para a religião, comparando-os a representações dramáticas e mostrando (453), que às vezes é difícil assinalar com precisão as fronteiras entre rito religioso e divertimento público. Durkheim estabelece portanto, relações íntimas entre religião e festas, entre recreação e estética, mostrando o parentesco ou a proximidade entre o estado religioso e a efervescência, o delírio, os excessos ou exageros das festas.

39 CF 2011 Spot 0:31 As festas surgiram pela necessidade de separar no tempo, dias ou períodos determinados dos quais todas as ocupações profanas sejam eliminadas (373). A repetição do ciclo das festas constitui, para Durkheim, elemento essencial do culto religioso. Vídeo CNBB...1:28

40 12UEM2010=13-Considerando o debate sociológico acerca do conceito de cultura, assinale o que for correto. 01) Quando os sociólogos falam de cultura, eles se remetem a um conjunto de crenças, regras, manifestações artísticas, técnicas, tradições, ensinamentos e costumes produzidos e transmitidos no interior de uma sociedade. 02) Nas sociedades ocidentais, uma instituição social, como a escola, não tem grande peso no processo de transmissão cultural. 04) Não há sociedade sem cultura. As características culturais são possíveis de serem definidas pelo estilo ou modo de vida próprio de cada sociedade. 08) Os sociólogos são capazes de identificar a diversidade que caracteriza a humanidade por meio da observação dos padrões culturais. 16) A cultura de uma determinada sociedade constitui uma unidade estática, um núcleo organizado de padrões de comportamento que não sofrem influências culturais de outras sociedades.


Carregar ppt "O Carnaval terminou e quem ganhou... em SP ??? Desf. Mocidade Alegre 2:13 Tem gente que não gostou... Qual seria o limite para situações de desconforto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google