A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Teontologia (2ª parte) Curso de Formação Ministerial Teologia da Igreja de Nova.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Teontologia (2ª parte) Curso de Formação Ministerial Teologia da Igreja de Nova."— Transcrição da apresentação:

1 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Teontologia (2ª parte) Curso de Formação Ministerial Teologia da Igreja de Nova Vida Prof. Martinho Lutero Semblano Aula 02

2 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Atributos incomunicáveis (imanentes, intransitivos, naturais) continuação

3 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 1º atributo incomunicável: Onipotência continuação

4 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Abrangência da onipotência divina

5 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 1ª Sobre a natureza

6 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Pois ele falou e fez levantar o vento tempestuoso, que elevou as ondas do mar... Fez cessar a tormenta, e as ondas se acalmaram” (Sl ,29). “Os céus por sua palavra se fizeram, e, pelo sopro de sua boca, o exército deles. Ele ajunta em montão as águas do mar; e em reservatório encerra as grandes vagas... Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir” (Sl ,9).

7 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 2ª Sobre a experiência humana

8 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Atendei, agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros. Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo” (Tg ).

9 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do Senhor; este, segundo o seu querer, o inclina” (Pv 21.1).

10 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 3ª Sobre os seres angelicais

11 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Segundo a sua vontade, ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes?” (Dn 4.35a). “Disse o SENHOR a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está em teu poder; somente contra ele não estendas a mão. E Satanás saiu da presença do SENHOR” (Jó 1.12).

12 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 4ª Sobre todas as coisas

13 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Teu, SENHOR, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu, SENHOR, é o reino, e tu te exaltaste por chefe sobre todos. Riquezas e glória vêm de ti, tu dominas sobre tudo, na tua mão há força e poder; contigo está o engrandecer e a tudo dar força” (1Cr 29.12).

14 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Parêntesis 1 Diferença das menções na bíblia de “SENHOR” e “Senhor” Diferença das menções na bíblia de “SENHOR” e “Senhor” “SENHOR” = YHWH ( יהוה ) “SENHOR” = YHWH ( יהוה ) “Senhor” = Adonai ( אֲדֹנָי, “meu senhor”: título de superioridade) “Senhor” = Adonai ( אֲדֹנָי, “meu senhor”: título de superioridade)

15 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Parêntesis 2 “Jeová”, “Javé” ou “Iavé”? “Jeová”, “Javé” ou “Iavé”?

16 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano YHWH ( יהוה ) + sinais vocálicos de Adonai (אֲדֹנָי) = YeHoWaH (“Jeová”) YHWH ( יהוה ) + sinais vocálicos de Adonai (אֲדֹנָי) = YeHoWaH (“Jeová”) YHWH ( יהוה ) + os dois sinais vocálicos de “Eu Sou” (אֶהְיֶה אֲשֶׁר אֶהְיֶה) = YaHWeH (“Javé” ou “Iavé”) YHWH ( יהוה ) + os dois sinais vocálicos de “Eu Sou” (אֶהְיֶה אֲשֶׁר אֶהְיֶה) = YaHWeH (“Javé” ou “Iavé”) Abreviatura mais usada para YHWH ( יהוה ) é “Yah” = YaHWH (“Javé” ou “Iavé”) Abreviatura mais usada para YHWH ( יהוה ) é “Yah” = YaHWH (“Javé” ou “Iavé”)

17 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 2º atributo incomunicável: Onipresença (resumo)

18 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Deus não é limitado a quaisquer espaços físicos Deus não é limitado a quaisquer espaços físicos

19 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Ainda que desçam ao mais profundo abismo, a minha mão os tirará de lá; se subirem ao céu, de lá os farei descer. Se se esconderem no cimo do Carmelo, de lá buscá-los-ei e de lá os tirarei; e, se dos meus olhos se ocultarem no fundo do mar, de lá darei ordem à serpente, e ela os morderá. Se forem para o cativeiro diante de seus inimigos, ali darei ordem à espada, e ela os matará; porei os olhos sobre eles, para o mal e não para o bem” (Am 9.2-4).

20 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face? Se subo aos céus, lá estás; se faço a minha cama no mais profundo abismo, lá estás também; se tomo as asas da alvorada e me detenho nos confins dos mares, ainda lá me haverá de guiar a tua mão, e a tua destra me susterá” (Sl ).

21 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Entretanto, não habita o Altíssimo em casas feitas por mãos humanas; como diz o profeta” (At 7.48)

22 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Diferença entre imensidade e onipresença Diferença entre imensidade e onipresença Imensidade > espaço Imensidade > espaço Onipresença > criatura Onipresença > criatura

23 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Manifestações de sua presença no espaço Presença imperial (trono, anjos) Presença imperial (trono, anjos) Presença interveniente (leis da natureza) Presença interveniente (leis da natureza) Presença providencial (humanidade) Presença providencial (humanidade) Presença paternal (filhos, ouvindo-os e agindo) Presença paternal (filhos, ouvindo-os e agindo) Presença judicial (juízo) Presença judicial (juízo) Presença humana (Jesus: “Deus conosco”) Presença humana (Jesus: “Deus conosco”) Presença eclesial (em seus obreiros) Presença eclesial (em seus obreiros)

24 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 3º atributo incomunicável: Onisciência (resumo)

25 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Pois, se o nosso coração nos acusar, certamente, Deus é maior do que o nosso coração e conhece todas as coisas” (1Jo 3.20).

26 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Deus tem conhecimento de tudo. Portanto, não precisa pesquisar nem buscar compreender, pois seu conhecimento é infinito Deus tem conhecimento de tudo. Portanto, não precisa pesquisar nem buscar compreender, pois seu conhecimento é infinito

27 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano O conhecimento infinito de Deus não somente abrange tudo, mas engloba passado, presente e futuro. Todos são entendidos com a mesma clareza que nós quanto ao presente que nos rodeia. Trata-se da presciência divina. O conhecimento infinito de Deus não somente abrange tudo, mas engloba passado, presente e futuro. Todos são entendidos com a mesma clareza que nós quanto ao presente que nos rodeia. Trata-se da presciência divina.

28 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Lembrai-vos das coisas passadas da antiguidade: que eu sou Deus, e não há outro, eu sou Deus, e não há outro semelhante a mim; que desde o princípio anuncio o que há de acontecer e desde a antiguidade, as coisas que ainda não sucederam; que digo: o meu conselho permanecerá de pé, farei toda a minha vontade; que chamo a ave de rapina desde o Oriente e de uma terra longínqua, o homem do meu conselho. Eu o disse, eu também o cumprirei; tomei este propósito, também o executarei” (Is ).

29 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações” (Jr 1.5).

30 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Além de englobar passado, presente e futuro, o conhecimento de Deus não é periférico ao olhar, percepção, experiência ou informações obtidas, mas é imanente aos pensamentos individuais. Além de englobar passado, presente e futuro, o conhecimento de Deus não é periférico ao olhar, percepção, experiência ou informações obtidas, mas é imanente aos pensamentos individuais.

31 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Caiu, pois, sobre mim o Espírito do SENHOR e disse-me: Fala: Assim diz o SENHOR: Assim tendes dito, ó casa de Israel; porque, quanto às coisas que vos surgem à mente, eu as conheço” (Ez 11.5).

32 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 4º atributo incomunicável: Eternidade (resumo)

33 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade, tu és Deus” (Sl 90.2).

34 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Se no atributo da onipresença percebemos que Deus não é limitado pelo espaço, no atributo da eternidade verificamos que ele não é limitado pelo tempo. Se no atributo da onipresença percebemos que Deus não é limitado pelo espaço, no atributo da eternidade verificamos que ele não é limitado pelo tempo.

35 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Muito mais do que infinito, Deus é eterno. Muito mais do que infinito, Deus é eterno.

36 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Por que a eternidade de Deus é um atributo incomunicável se viveremos eternamente? Por que a eternidade de Deus é um atributo incomunicável se viveremos eternamente?

37 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha ( ἔ χ ῃ, de ἔ χω) a vida eterna” (Jo 3.16).

38 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 5º atributo incomunicável: Soberania (resumo)

39 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Todos os moradores da terra são por ele reputados em nada; e, segundo a sua vontade, ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes?” (Dn 4.35)

40 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano A soberania de Deus aponta à realização de sua vontade sem a necessidade de aprovação ou supervisão de outrem. A soberania de Deus aponta à realização de sua vontade sem a necessidade de aprovação ou supervisão de outrem.

41 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Hermeneuticamente, o contexto irá determinar a interpretação de uma palavra. Por exemplo, “pai” pode ser biológico, de adoção, espiritual etc. Hermeneuticamente, o contexto irá determinar a interpretação de uma palavra. Por exemplo, “pai” pode ser biológico, de adoção, espiritual etc.

42 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano No caso da “vontade soberana” de Deus, esta pode ser observada sob as seguintes classificações: No caso da “vontade soberana” de Deus, esta pode ser observada sob as seguintes classificações:

43 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Vontade Decretória Vontade pré-estabelecida efetivada pela ação humana ou da natureza. Vontade pré-estabelecida efetivada pela ação humana ou da natureza.

44 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos” (Mt 5.45).

45 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR; este, segundo o seu querer, o inclina” (Pv 21.1).

46 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Varões israelitas, atendei a estas palavras: Jesus, o Nazareno, varão aprovado por Deus diante de vós com milagres, prodígios e sinais, os quais o próprio Deus realizou por intermédio dele entre vós, como vós mesmos sabeis; sendo este entregue pelo determinado desígnio e presciência de Deus, vós o matastes, crucificando-o por mãos de iníquos” (At ).

47 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Vontade Preceptiva Preceitos morais instituídos por Deus os quais podem ser desobedecidos pelo livre- arbítrio humano. Preceitos morais instituídos por Deus os quais podem ser desobedecidos pelo livre- arbítrio humano.

48 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Não roubarás” (Ex 20.15). “Não furtareis, nem mentireis, nem usareis de falsidade cada um com o seu próximo” (Lv 19.11).

49 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Vontade Permissiva A soberania de Deus não é afetada pelas escolhas humanas contrárias ao oferecimento de sua vontade A soberania de Deus não é afetada pelas escolhas humanas contrárias ao oferecimento de sua vontade

50 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Também vos destinarei à espada, e todos vos encurvareis à matança; porquanto chamei, e não respondestes, falei, e não atendestes; mas fizestes o que é mau perante mim e escolhestes aquilo em que eu não tinha prazer” (Is 65.12).

51 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano A origem desta possibilidade: “Cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte” (Tg ).

52 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Atributos comunicáveis (emanentes, transitivos) Resumo (apenas os tópicos)

53 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 1º atributo comunicável: Santidade (resumo)

54 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Santidade Positiva Excelência moral de Deus. Sua perfeição que emana em sua natureza e em seu caráter. Excelência moral de Deus. Sua perfeição que emana em sua natureza e em seu caráter. Ama o que é bom. Ama o que é bom.

55 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Tu és tão puro de olhos, que não podes ver o mal e a opressão não podes contemplar; por que, pois, toleras os que procedem perfidamente e te calas quando o perverso devora aquele que é mais justo do que ele?” (Hc 1.13).

56 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Santidade Negativa É inteiramente separado do mal, do erro, da transgressão, do pecado. É inteiramente separado do mal, do erro, da transgressão, do pecado. Abomina o mal. Abomina o mal.

57 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça” (Is ).

58 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Compreendendo o Kadosh (קָדוֺשׁ) e o Ráguios ( ἅ γιος). Compreendendo o Kadosh (קָדוֺשׁ) e o Ráguios ( ἅ γιος).

59 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Base da Doutrina da Santificação: Base da Doutrina da Santificação:

60 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Fala a toda a congregação dos filhos de Israel e dize-lhes: Santos sereis, porque eu, o SENHOR, vosso Deus, sou santo” (Lv 19.2).

61 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano “Segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento” (1Pe 1.15).

62 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 2º atributo comunicável: Amor (resumo)

63 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 3º atributo comunicável: Bondade (resumo)

64 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 4º atributo comunicável: Fidelidade (resumo)

65 CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano 5º atributo comunicável: Misericórdia (resumo)


Carregar ppt "CFM - Teologia da Igreja de Nova Vida - Prof. Martinho Lutero Semblano Teontologia (2ª parte) Curso de Formação Ministerial Teologia da Igreja de Nova."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google