A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Óptica. O que é a luz? Forma de energia radiante que se propaga por meio de ondas eletromagnéticas. Agente físico responsável pela produção de sensação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Óptica. O que é a luz? Forma de energia radiante que se propaga por meio de ondas eletromagnéticas. Agente físico responsável pela produção de sensação."— Transcrição da apresentação:

1 Óptica

2 O que é a luz? Forma de energia radiante que se propaga por meio de ondas eletromagnéticas. Agente físico responsável pela produção de sensação visual.

3 Modelo Corpuscular A luz é constituída por pequenos grânulos, ou seja, por partículas. C:\Users\Fernando Peres\Desktop\applets\ondulatoria\color-vision_pt_BR.jnlp

4 Representação da luz Raio de luz Feixe de luz ParaleloConvergenteDivergente

5 Fontes de Luz Primária Secundária Emissão de LuzReflexão da Luz

6 Meios de Propagação da Luz Transparente Translúcido Opaco

7 Princípios da Óptica Geométrica Propagação Retilínea da Luz C:/Program%20Files%20(x86)/PhET/en/simulation/color-vision.html

8 Independência dos Raios de Luz Reversibilidade dos Raios de Luz

9 Fenômenos luminosos Reflexão Refração C:/Program%20Files%20(x86)/PhET/en/simulation/bending-light.html

10 Espelhos É uma superfície polida que reflete regularmente a luz e que pode nos dar uma imagem nítida e perfeita ou deformada. Leis da Reflexão 1ª Lei – O raio incidente, raio refletido e a linha normal ao espelho são coplanares, ou seja, estão no mesmo plano. 2ª Lei – O ângulo incidente é igual ao ângulo de reflexão.

11 Tipos de Espelhos

12 Espelho Plano Características da Imagem Virtual Direita Revertida Simétrica Formada pelo cruzamento dos prolongamentos dos raios refletidos. Os pontos do objetos estão na mesma posição vertical que os pontos da imagem. O lado esquerdo do objeto corresponde ao lado direito da imagem. A distância entre a imagem e o objeto do espelho são iguais. Tamanho O tamanho da imagem e do objeto são iguais.

13 Campo Visual 1º Passo – Projetar o ponto imagem. 2º Passo – Traço do ponto imagem passando pelas extremidades do espelho. 3º Passo – Toda região delimitada pelos traços acima do espelho é chamado campo visual. Como determinar o campo visual de um espelho ?

14 Movimento de Espelhos Planos Translação Rotação N = 360º - 1 ___ x

15 Espelhos Côncavos e Convexos Elementos Geométricos

16 Formação de Imagem do Espelho Côncavo

17 Formação de Imagem do Espelho Convexo

18 Equação dos Pontos Conjugados

19 Resolução de exercícios Prova 2000 – UFSC 08) Considere um espelho esférico côncavo com um objeto à sua frente, situado a uma distância do foco igual a duas vezes a distância focal, conforme está representado na figura abaixo. Em relação à imagem fornecida pelo espelho, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S): 01. Como não foi fornecida a distância focal, não podemos afirmar nada sobre a posição da imagem. 02. A distância da imagem ao foco é igual à metade da distância focal. 04. A imagem é real, invertida e seu tamanho é igual à metade do tamanho do objeto. objeto F foco

20 objeto F foco objeto F foco i = f o f - p Como p = 3f i = f o f – 3f i = f o – 2f i = 1 o – 2 (-2) i = o 08. A distância da imagem ao espelho é igual a uma vez e meia a distância focal. 16. A distância da imagem ao espelho é igual a duas vezes a distância focal. 32. A imagem é real, direita e seu tamanho é igual a um terço do tamanho do objeto. 64. A distância da imagem ao foco é igual à distância focal e a imagem é real e invertida

21 Prova 2005 Questão 06 Com relação a fenômenos óticos envolvendo a reflexão e a refração da luz, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01. Após ser refletida por um espelho plano, a luz comporta-se como se estivesse sendo emitida de um ponto situado atrás do espelho. 02. Uma garota possui 1,60 m de altura. Os seus olhos estão 10 cm abaixo do topo de sua cabeça. Ela irá enxergar todo o seu corpo refletido em um espelho de 0,8 m de altura, colocado verticalmente, com a borda inferior a 0,8 m acima de seus pés.

22 04. Os telescópios permitem observar estrelas e galáxias que não podem ser vistas a olho nu. Como estes corpos celestes estão muito afastados da Terra, os raios de luz que chegam a ela são praticamente paralelos e, portanto, quando refletidos pelo espelho côncavo de um telescópio, convergem para o seu foco, formando uma imagem real do astro observado. 08. Se um objeto for colocado entre o foco e o vértice de um espelho côncavo, a sua imagem será virtual, direta e maior que o objeto. 16. Em conseqüência da refração da luz na atmosfera, começamos a ver uma imagem do Sol antes que ele alcance a linha do horizonte e continuamos a ver a sua imagem após ele estar abaixo da linha do horizonte. Portanto, se não existisse atmosfera em torno da Terra, os dias seriam mais curtos e as noites mais longas. F objeto foco C centro

23 Prova 2009 Questão 06 A mãe zelosa de um candidato, preocupada com o nervosismo do filho antes do vestibular, prepara uma receita caseira de “água com açúcar” para acalmá-lo. Sem querer, a mãe faz o filho relembrar alguns conceitos relacionados à luz, quando o mesmo observa a colher no copo com água, como mostrado na figura abaixo. Sobre o fenômeno apresentado na figura acima, é CORRETO afirmar que: 01 - a luz tem um comportamento somente de partícula a velocidade da luz independe do meio em que se propaga a colher parece quebrada, pois a direção da propagação da luz muda ao se propagar do ar para a água a velocidade da luz na água e no ar é a mesma a luz é refratada ao se propagar do ar para a água.

24 Prova ) A figura abaixo mostra um lápis de comprimento AB, parcialmente imerso na água e sendo observado por um estudante. Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01. O estudante vê o lápis “quebrado” na interface ar-água, porque o índice de refração da água é maior do que o do ar. 02. O estudante vê o lápis “quebrado” na interface ar-água, sendo o fenômeno explicado pelas leis da reflexão. 04. O feixe luminoso proveniente do ponto B, ao passar da água para o ar se afasta da normal, sofrendo desvio. 08. O observador vê o lápis “quebrado” na interface ar-água porque a luz sofre dispersão ao passar do ar para a água. 16. O ponto B’, visto pelo observador, é uma imagem virtual.

25 Prova ) Leia com atenção os versos abaixo, de “Chão de Estrelas”, a mais importante criação poética de Orestes Barbosa que, com Sílvio Caldas, compôs uma das mais belas obras da música popular brasileira: A porta do barraco era sem trinco Mas a Lua, furando o nosso zinco, Salpicava de estrelas nosso chão... Tu pisavas nos astros distraída Sem saber que a ventura desta vida É a cabrocha, o luar e o violão... O cenário imaginado, descrito poeticamente, indica que o barraco era coberto de folhas de zinco, apresentando furos e, assim, a luz da Lua atingia o chão do barraco, projetando pontos ou pequenas porções iluminadas - as “estrelas” que a Lua “salpicava” no chão. Considerando o cenário descrito pelos versos, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S) que apresenta(m) explicação(ões) física(s) possível(is) para o fenômeno. 01. A Lua poderia ser, ao mesmo tempo, fonte luminosa e objeto cuja imagem seria projetada no chão do barraco. 02. O barraco, com o seu telhado de zinco furado, se estivesse na penumbra, ou completamente no escuro, poderia comportar-se como uma câmara escura múltipla, e através de cada furo produzir- se-ia uma imagem da Lua no chão. 04. A propagação retilínea da luz não explica as imagens luminosas no chão –– porque elas somente ocorreriam em conseqüência da difração da luz. 08. Os furos da cobertura de zinco deveriam ser muito grandes, permitindo que a luz da Lua iluminasse todo o chão do barraco. 16. Quanto menor fosse a largura dos furos no telhado, menor seria a difração da luz e maior a nitidez das imagens luminosas no chão do barraco. 32. Para que as imagens da Lua no chão fossem visíveis, o barraco deveria ser bem iluminado –– com lâmpadas, necessariamente.


Carregar ppt "Óptica. O que é a luz? Forma de energia radiante que se propaga por meio de ondas eletromagnéticas. Agente físico responsável pela produção de sensação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google