A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIAGNÓSTICO INSTITUCIONAL Área de Apoio. ÁREAS: Farmácia, Copa, Higienização/Serviços Gerais, Costura Salários baixos; Domingos remunerados; Agenda maior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIAGNÓSTICO INSTITUCIONAL Área de Apoio. ÁREAS: Farmácia, Copa, Higienização/Serviços Gerais, Costura Salários baixos; Domingos remunerados; Agenda maior."— Transcrição da apresentação:

1 DIAGNÓSTICO INSTITUCIONAL Área de Apoio

2 ÁREAS: Farmácia, Copa, Higienização/Serviços Gerais, Costura Salários baixos; Domingos remunerados; Agenda maior para entrega de vales-transporte; Retorno das férias e desconto de 6% do salário dos dias que completam o mês; Liberação para acompanhamento dos filhos em consulta; Atendimento da Policlínica; Exclusão do encaminhamento para atendimento na Policlínica; Trocas de plantões; Escolha do período de férias;

3 Demissões de aposentados; Avaliação dos critérios para o Processo de Seleção interna; Utilização de produtos como o hipoclorito para eliminação de bactérias; Material de limpeza escasso; Avaliação do grau de risco em algumas áreas como bloco cirúrgico; Manutenção preventiva de maquinários usados na limpeza e conservação do piso; Uso de EPI para ruídos de máquinas e produtos usados na limpeza.

4 A Direção da FAU e HE, conjuntamente a Administração Central da UFPel, realizaram avaliação de viabilidade econômica de reajuste salarial para algumas áreas que estão com o salário mais baixo do que as demais. Para as áreas de Farmácia, Copa, Higienização/Serviços Gerais, Costura, o salário será reajustado em 10%, fracionado em duas vezes. No mês de agosto, com vencimento em setembro, será concedido um reajuste de 6% ao salário base das categorias conforme tabela a seguir. A segunda parcela de 4% será paga no mês de fevereiro de 2014 com vencimento em março de Salários

5

6 Com relação ao trabalho dos domingos, informamos que a legislação prevê uma folga a cada 07 dias, sendo que a cada 05 semanas uma folga deverá coincidir com um domingo. Quanto a reivindicação do pagamento do domingo como extra, não temos recursos financeiros para contemplar os trabalhadores com este benefício, por motivo econômico de faturamento pelo SUS, que permanece com os mesmos valores. Domingos remunerados

7 Além dos dois dias tradicionais de retirada dos vales, para quem não conseguiu retirar os mesmos nos dias estabelecidos, serão acrescidos mais dois dias com horários estabelecidos. Havendo acordo entre o setor e as chefias, os vales de todos os trabalhadores do setor poderão ser retirados pelas próprias chefias, que ficarão responsáveis pelo controle e entrega dos vales. Com relação ao pedido de fracionamento do desconto dos vales em função de férias, não será possível, devido a legislação que prevê o desconto de 6% do salário base até o valor da passagem, independente do número de vales retirados pelo trabalhador, que deverá ser suficiente para o seu deslocamento nos dias de trabalho no mês. Vales-transporte

8 O planejamento das escalas de férias deverá ser efetivado e discutido pelas chefias e com a participação de todo o grupo, e encaminhado para o DP até o dia 05 de novembro do corrente ano para previsão orçamentária do ano seguinte, observando o período de janeiro a novembro. Isto é, as férias deverão ser avaliadas pelas chefias e trabalhadores observando o período aquisitivo das mesmas e combinadas com o grupo. Caso haja discordância, deverá ser realizado sorteio. A previsão de férias organizadas pelos setores deverá ser distribuída de maneira uniforme nos meses previstos, para que não haja aumento de quadro de pessoal/contratação de substituto no período de gozo do benefício. Férias

9 Atestados para consulta poderão ser de qualquer médico particular. Os atestados de afastamento deverão ser da Policlínica, exceto de especialidades que a empresa prestadora não possuir. Os trabalhadores que obtiverem atestados de afastamentos emitidos por profissionais que não estejam vinculados a Policlínica, deverão encaminhar-se a mesma, para registrar o afastamento e troca de atestados. Todos os trabalhadores que necessitarem afastar-se no horário de trabalho para consulta dos filhos até dois anos de idade, serão liberados no período, sem prejuízo de salário, desde que comprovem através de atestado médico e fotocópia de nascimento. Nas internações dos filhos menores de 10 anos, as trabalhadoras (mães) ficarão liberadas para acompanhamento dos filhos no decorrer desse período, desde que não ultrapasse os 15 dias de afastamento, mediante comprovação formal da internação. Atestados

10 O direção da FAU e do HE, discutirá com a gestora da Policlínica Pelotense para avaliar atendimentos/procedimentos com relação a atestados e exclusão do encaminhamento para realização de consulta do trabalhador. Policlínica Pelotense

11 Troca de plantão no turno diurno é possível em situações especiais com solicitação/aprovação da chefia imediata com no mínimo 72 horas de antecedência. Cada troca aprovada pela chefia será encaminhada para ciência do diretor-presidente da FAU. A troca de plantão somente poderá acontecer no mesmo dia, em turno inverso (manhã e tarde). No turno da noite não é possível a troca de plantão em função do acordo firmado com o sindicato que prevê uma jornada de 12 horas de trabalho por 36 de descanso. Obs.: Importante lembrar que o intervalo entre uma jornada e outra de trabalho deve ser, no mínimo, de 11 horas de descanso. Escala

12 A direção da Fundação fará um estudo para avaliar a possibilidade das solicitações de demissões, sempre considerando a condição financeira da Instituição. Demissões aposentados

13 Critérios: No Máximo 05 atrasos de 15 minutos no mês; Não possuir faltas não justificadas nos últimos 06 meses; Possuir no mínimo 01 ano na função contratada (funções de apoio); Possuir no mínimo 06 meses na função contratada (funções Administrativas e Técnicas). Seleção interna

14 Foi encaminhado para avaliação do Engenheiro de Saúde e Segurança do Trabalho: Avaliação das máquinas utilizadas para limpeza do piso (relato de problemas elétricos e excesso de ruídos); Avaliação da necessidade de máscara em função dos produtos usados no piso; Com relação a solicitação de avaliação do índice de exposição a agentes nocivos a saúde do trabalhador, em áreas como bloco cirúrgico e outras: O Engenheiro da Instituição emitiu PPRA - Plano de Prevenção de Riscos Ambientais de todas as áreas do hospital, onde o mesmo não referiu nas áreas citadas, inconformidade com a referida solicitação; Com relação ao uso de hipoclorito para limpeza geral da instituição, foi solicitado laudo técnico à CCIH. Insalubridade

15 A verificação da falta de material de limpeza é de responsabilidade da chefia do setor. A responsabilidade da compra do material é de responsabilidade da administração da Fundação. Cabe a ambos trabalhar em sintonia para que não falte o material. Falta material de limpeza

16 Projetos futuros A direção está se empenhando para melhoria das condições de trabalho de todos, bem como viabilidade de alguns projetos que agreguem benefícios para os trabalhadores. Queremos fazer uma instituição com participação de todos, onde as informações fluam em todos os níveis, que as pessoas trabalhem satisfeitas e felizes. Para nós, o maior ativo são os trabalhadores. Nesse sentido, estão incluído nos planos futuros: Distribuição de Cesta Básica conforme avaliação sócio-econômica; Fundação de uma Associação de funcionários da FAU.

17 Obrigado Direção da FAU/ Direção HE/ UFPel


Carregar ppt "DIAGNÓSTICO INSTITUCIONAL Área de Apoio. ÁREAS: Farmácia, Copa, Higienização/Serviços Gerais, Costura Salários baixos; Domingos remunerados; Agenda maior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google