A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mata Atlântica Alunos:Eduardo Rodrigo Josué. Clima Na Mata Atlântica o clima está inserida na faixa de transição entre o clima tropical e subtropical.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mata Atlântica Alunos:Eduardo Rodrigo Josué. Clima Na Mata Atlântica o clima está inserida na faixa de transição entre o clima tropical e subtropical."— Transcrição da apresentação:

1 Mata Atlântica Alunos:Eduardo Rodrigo Josué

2 Clima Na Mata Atlântica o clima está inserida na faixa de transição entre o clima tropical e subtropical. O clima local predominantemente quente e úmido, caracterizado por temperaturas altas, nebulosidade no alto das montanhas e umidade elevada. A distribuição das chuvas nesta parte do Brasil é bastante irregular, mas de um modo geral, o período mais frío e seco va de maio a agosto (inverno) e o mais quente e chuvoso, de novembro a março (verão)

3 Vegetação A Mata Atlântica é uma formação vegetal brasileira. As florestas atlânticas apresentam árvores com folhas largas perenes. Há grande diversidade de epífitas, como bromélias e orquídeas. Não deve ser confundida com a floresta Amazônica, ou selva Amazônica, em especial no Brasil. Foi a segunda maior floresta tropical em ocorrência e importância na América do Sul, em especial no Brasil.

4 Características - presença de árvores de médio e grande porte, formando uma floresta fechada e densa; - rica biodiversidade, com presença de diversas espécies animais e vegetais; - as árvores de grande porte formam um micro clima na mata, gerando sombra e umidade - fauna rica com presença de diversas espécies de mamíferos, anfíbios, aves, insetos, peixes e répteis. - na região da Serra do Mar, forma-se na Mata Atlântica uma constante neblina.

5 Biodiversidade A biodiversidade da Mata Atlântica é semelhante à biodiversidade da Amazônia. Há subdivisões do bioma da Mata Atlântica em diversos ecossistemas devido a variações de latitude e altitude. Há ainda formações pioneiras, seja por condições climáticas, seja por recuperação, zonas de campos de altitude e enclaves de tensão por contato. A interface com estas áreas cria condições particulares de fauna e flora. Da flora, 55% das espécies arbóreas e 40% das não-arbóreas são endêmicas ou seja só existem na Mata Atlântica. Das bromélias, 70% são endêmicas dessa formação vegetal, palmeiras, 64%. Estima-se que 8 mil espécies vegetais sejam endêmicas da Mata Atlântica.

6 Desmatamento Desmatamento contribui para o esgotamento das fontes de água natural prejudicando o abastecimento, deixa o solo sem proteção das raízes das árvores, impedindo a erosão. A terraplanagem arranca as árvores e plantas rasteiras e corta o solo. O desmatamento ocorre para o plantio, a criação de gado, para a comercialização da madeira, para moradias, etc. A devastação florestal preocupa brasileiros e ambientalistas do mundo todo, pois interfere na fauna, destrói espécies da flora, contribui para a poluição da água, do ar, das chuvas ácidas, do efeito estufa e a comercialização ilegal de madeiras nobres.

7 Atividades econômicas na mata atlântica Da população brasileira, 61% vive na área de domínio da Mata Atlântica, que mantém as nascentes e mananciais que abastecem as cidades e comunidades do interior, regula o clima (temperatura, umidade, chuvas) e abriga comunidades tradicionais, incluindo povos indígenas. Entre os povos indígenas que vivem no domínio da Mata Atlântica estão os Wassu, Pataxó, Tupiniquim, Gerén, Guarani, Krenak, Kaiowa, Nandeva, Terena, Kadiweu, Potiguara, Kaingang,guarani M'Bya e tangang. Entre os usos econômicos da mata estão as plantas medicinais, como espinheira-santa, caixeta, e o turismo ecológico.

8 FIM


Carregar ppt "Mata Atlântica Alunos:Eduardo Rodrigo Josué. Clima Na Mata Atlântica o clima está inserida na faixa de transição entre o clima tropical e subtropical."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google