A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Europa - Conflitos Irlanda do Norte (ULSTER) Conflito entre católicos e protestantes Católicos identidade Nacional ligada a resistência religiosa Protestantes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Europa - Conflitos Irlanda do Norte (ULSTER) Conflito entre católicos e protestantes Católicos identidade Nacional ligada a resistência religiosa Protestantes."— Transcrição da apresentação:

1 Europa - Conflitos Irlanda do Norte (ULSTER) Conflito entre católicos e protestantes Católicos identidade Nacional ligada a resistência religiosa Protestantes identificados com a Inglaterra

2 Século XX Movimentos Nacionalistas 1922 Surge o Estado livre da Irlanda (EIRE) Irlanda do Norte (Ulster) continua fazendo parte do Reino Unido

3 Fim dos anos 60 hostilidades se agravam 1969 Governo Britânico ocupa militarmente a Ulster; Dissolvem o parlamento de Belfast

4 30 de janeiro de 1972 O domingo sangrento Mais de uma dezena de jovens católicos foram mortos Aconteceu na cidade de Londonderry

5 U2: Sunday, Bloody sunday Domingo sangrento domingo Não posso acreditar nas notícias de hoje Oh, não posso fechar os olhos e fazê-las desaparecer Quanto tempo... Quanto tempo teremos de cantar esta canção? Quanto tempo? quanto tempo... Porque esta noite...nos podemos vencer essa guerra Esta noite Garrafas quebradas sob os pés das crianças Corpos espalhados num beco sem saída Mas não vou atender ao clamor da batalha Ele me irrita, me encurrala, Domingo, sangrento domingo E a batalha apenas começou Muitos perderam, Mas me diga quem ganhou Trincheira cavadas dentro dos nossos corações E mães, crianças, irmãos, irmãs separados Quanto tempo... Quanto tempo teremos de cantar essa canção? Quanto tempo, quanto tempo? Porque hoje à noite podemos vencer essa guerra Hoje à noite Hoje à noite (4x) Enxugue suas lágrimas Enxugue suas lágrimas Enxugue seus olhos injetados Domingo, sangrento domingo E é verdade que somos imunes Quando o fato é ficção e a tv realidade E hoje milhões choram Nós comemos e bebemos enquanto amanhã eles morrem A verdadeira batalha começou Para reivindicar a vitória que jesus conquistou Domingo, sangrento domingo

6 Na década de 70 surgem iniciativas visando um acordo de paz Brecada pelo aumento do Terrorismo do IRA Principal organização católica armada Ao longo da década, o IRA realiza atentados tanto nas Irlandas, como também na Inglaterra 1976 Assassinato do embaixador inglês em Dublin

7 A resposta para o radicalismo é......na mesma moeda!!! A sucessão de atentados praticados pelo IRA, faz com que o protestantes da Força Voluntária do Ulster – Grupo paramilitar – responda com a mesma violência o radicalismo dos católicos

8 Primeiras tentativas de Paz 1991: rodada de negociações partidos do Ulster e do governo de Londres; O braço político do IRA – O Sinn Fein – não participou das negociações, distanciando a organização das tentativas de paz;

9 Abril de 1998 devolução dos poderes suprimidos em 1972, com eleição novamente de uma Assembléia (Parlamento); Acordo da Sexta Feira Santa Aprovado em referendo nas duas Irlandas Libertação de presos polìticos; Deposição de armas de grupos paramilitares. Junho de 1998 Eleição da Assembléia no Ulster

10 1999 Formado um executivo pluralista. O Sinn Fein Ocupa dois ministérios 2002 A violência volta a crescer e em Outubro britânicos voltam a administrar a Província Novembro de 2003 Novas eleições, com maioria da assembléia favorável a continuação da união ao Reino Unido Ao mesmo tempo, temos um crescimento do Sinn Fein, e o avanço de forças radicais põe em dúvida o futuro dos processos de paz. Em mais de 30 anos de conflitos, estima-se que morreram cerca de 3600 pessoas, sendo o IRA acusado de 1800 mortes.

11 Espanha – O país Basco 1959 Surge o grupo armado ETA (Euskadi ta Askatasuna) Luta por meio pacíficos por maior autonomia da região Luta contra o regime do ditador Franco

12 : O grupo inicia uma luta armada A primeira ação de maior relevância foi o assassinato do primeiro-ministro, Almirante Luiz Carrero Blanco em 1973 O ETA desde então, já matou mais de 30 políticos

13 Com a constituição de 1978, os Bascos conquistam grande grau de autonomia Criam-se partidos que buscam a separação, porém sem pegar em armas; Alguns mais radicais continuam com as ações do ETA.

14 Atentados do ETA O ano em que mais pessoas foram mortas pelo ETA na Espanha foi o de 1980, com cerca de 96 mortos; Com o Comando de Madrid, já mataram mais de 90 pessoas ao longo de suas atividades;

15 Centro Comercial Hipercor de Barcelona Explosão de carro- bomba, técnica preferida do ETA; 21 mortos 45 feridos

16 Fracassos do ETA Tentativa de assassinar o chefe de governo José Maria Aznar em Madrid Tentativa de assassinar o Rei Juan Carlos em Palma de Mallorca;

17 No ano 2000, 1 milhão de pessoas saem as ruas de Barcelona Para mostrar serviço, o governo Espanhol, prende nos dias seguintes ao protesto mais de 100 etarras; O repudio contra o ETA, cresce muito em toda a Espanha; nas eleições regionais o Batasuna, perde metade de seus deputados no país Basco.

18 Em agosto de 2002 suspensão por três anos do partido, que tem seus bens confiscados Setembro de 2002 preso um dos principais dirigentes militares da Organização, Juan Antônio Olarra; Maio de 2003 Governo anula 1,5 mil candidaturas em eleições regionais e municipais por suspeita de ligações com o ETA.

19 Curió... O clube Atlético de Bilbao, disputa seus jogos apenas com jogadores de seu próprio país, ou seja só do país Basco; Não se admitindo jogadores de outros países do mundo e de outras regiões da Espanha.

20 Mapa da Ex-iugoslávia

21 Conflitos na Antiga Iugoslávia Bósnia-Herzegovina Conflito étnico; Começa em 1992 e envolve Sérvios e Muçulmanos-Croatas; Os sérvios praticam a chamada Limpeza étnica, expulsando, chacinando civis ou os prendendo em campos de concentração; O país pede intervenção externa, mais a princípio, recebe apenas ajudas humanitárias.

22 1993 Croácia entra na Guerra e reivindica parte da Bósnia. Com o agravamento dos conflitos a ONU envia uma força de paz; Em 1993 os Sérvios dominam 70% do território Bósnio; 1995 OTAN intervém no conflito e bombardeia posições Sérvias. Sucessivas derrotas dos Sérvios levam ao fim da guerra em Novembro do mesmo ano.

23 Acordo de Dayton em dezembro de 1995 Divide o Estado em duas entidades semi- autônomas República Sérvia (49% do território) Federação da Bósnia Muçulmano-Croata (51% do território)

24 1996 Surge o tribunal penal internacional para a Ex-Iugoslávia Com o TPI, vários politicos e militares são acusados/indiciados; Radovan Karadzic, presidente da República Sérvia é acusado por genocídio a muçulmanos.

25 Outros também foram condenados Março de 2000, Comandante Tihomir Blaskic é condenado a 45 anos de prisão; Janeiro de 2001, a ex- presidente da Rep. Sérvia, Biljana Plavsic, acusada de genocídio se entrega ao TPI; Do lado Muçulmano-Croata também houveram prisões como a do Comandante Naser Oric em 2003, por crimes de guerra contra os Sérvios.

26 Guerra em Kosovo (Sérvia e Montenegro) Tensão provocada pelos separatistas cresce em 1998; É habitando por 90% de Albaneses Surgem aqui confrontos entre as forças Sérvias e guerrilheiros do Exército de libertação de Kosovo (ELK)

27 Com a pressão da OTAN, Slobodan Milosevic determina o cessar-fogo, mas os massacres a Albaneses continou Março de 1999 OTAN intervém na região, com a Operação Força Aliada (EUA); Junho Milosevic aceita a rendição Derrota nas urnas em setembro de 2000 Milosevic é vencido ns urnas por Vojislav Kostunica

28 Slobodan Milosevic É acusado pelo TPI por crimes contra a humanidade, cometidos durante a Guerra de Kosovo em 1999; Junho de 2001 É levado a julgamento em Haia, na Holanda

29 Geórgia – Conflitos separatistas dos anos Ossétia do Sul, de origem Persa e com maioria Cristã; Integrar-se a república muçulmana da Ossétia do Norte; Geórgia inicia no ano seguinte uma ofensiva militar; Morrem cerca de 1,4 mil pessoas; 1992 Russos intervém com uma força de paz.

30 Geórgia – Conflitos separatistas dos anos 90 Abkházia maioria muçulmana até 1930, quando Stalin povoa a região com Georgianos Ortodoxos; Abcazes tornam-se 17% da população; 1992 Tentativa de criação de uma rep. Idependente dá início ao conflito; 10 mil morrem e 270 mil Georgianos abandonam a região; Cessar-fogo alcançado em 1993 com o envio de tropas Russas do CEI, e de uma missão de paz da ONU em 1994.

31 Armênia X Azerbaidjão Disputam a região de Nagorno Karabakh; Embora encravado em território do Azerbaidjão (maioria muçulmanos), 80% de sua população é Armênia e cristã; Em 2002, a região se autoproclama idependente, chamando- se de República de Nagorno-Karabakh.

32 França/Córsega Um barril de pólvora Grupos paramilitares armados buscam a idependência Córsica da França; Não há um movimento unido, e sim vários movimentos clandestinos (alguns com apenas 50 militantes armados; O grupo mais importante é a FLNC Corsica Viva Armata Corsa Cuncolta ARC A grande maioria desse grupos surgem da organização das estruturas familiares tradicionais à séculos; Boa parte dos franceses já aceitam uma idependência, evitando maiores problemas, como no Ulster e na Espanha.

33 Convulsões sociais na França Causados principalmente pelo preconceito que filhos de imigrantes sofrem no país; Os nascidos em colônias Francesas também sofrem esse tipo de preconceito; marginalização destes;


Carregar ppt "Europa - Conflitos Irlanda do Norte (ULSTER) Conflito entre católicos e protestantes Católicos identidade Nacional ligada a resistência religiosa Protestantes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google