A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DUREZA DA ÁGUA Origem e consequências. cálciomagnésio A dureza da água indica o teor global em iões alcalino - terrosos, essencialmente de cálcio e magnésio,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DUREZA DA ÁGUA Origem e consequências. cálciomagnésio A dureza da água indica o teor global em iões alcalino - terrosos, essencialmente de cálcio e magnésio,"— Transcrição da apresentação:

1 DUREZA DA ÁGUA Origem e consequências

2 cálciomagnésio A dureza da água indica o teor global em iões alcalino - terrosos, essencialmente de cálcio e magnésio, e que são responsáveis pela elevação do consumo de sabão e incrustações. Geralmente é expressa em mg/l de CaCO3 e em graus franceses (1º francês (ºF) = 10,00 mg/l de CaCO3). A ingestão muito prolongada de águas com dureza muito elevada parece estar relacionada com a maior ocorrência de doenças renais e a menor ocorrência de doenças cardiovasculares. As águas de dureza mediana não apresentam qualquer risco para a saúde pública. Dureza da água

3 Tipos de Dureza  Dureza em carbonatos ou temporária - causada pelos iões de cálcio e de magnésio, que se combinam com o bicarbonato e o carbonato, e que pode ser eliminada com a ebulição da água;  Dureza permanente ou não carbonatada - dureza que persiste após a ebulição da água, sendo produzida pelos iões de cálcio e de magnésio que se combinam com os iões de sulfato, cloreto, nitrato e outros;  Dureza total conteúdo de iões alcalino - terrosos, essencialmente de cálcio e magnésio, sendo igual à soma da dureza temporária e dureza permanente.

4 Classificação das águas quanto à dureza Muito dura - mais de 300 mg/L Água dura – de 150 a 300 mg/L Água moderadamente dura – de 75 a 300 mg/L Água macia – menos de 75 mg/L  As águas podem ser classificadas de acordo com a sua dureza, numa escala de muito macia a muito dura

5 Origem das águas duras e macias Solos calcários e dolomíticos apresentam elevadas concentrações de iões cálcio e magnésio Solos basálticos, areníticos e graníticos têm baixos teores de iões cálcio e magnésio

6 Dureza temporária Ca(HCO 3 ) 2 (aq) Ca 2+ (aq) + 2 HCO 3 - (aq) CaCO 3 (s) + H 2 O (l) + CO 2 (aq) Ca(HCO 3 ) 2 (aq) H 2 CO 3 Ácido carbónico Hidrogenocarbonato de cálcio

7 Efeitos da dureza da água Impede a formação de espuma e a acção detergente das soluções de sabão formando compostos insolúveis de sabão (escuma). Formação de incrustações calcárias Manchas na loiça lavada na máquina Estes efeitos são mais acentuados se a dureza for temporária

8 Acção de um sabão Os sabões são sais solúveis nos quais o catião sódio se liga a um anião de cadeia longa com uma extremidade hidrofílica e a outra hidrofóbica

9 Formação de escuma A escuma é o precipitado (sal pouco solúvel) formado por combinação entre os iões cálcio e magnésio e os aniões provenientes do sabão.

10 Actividade:

11 Redução da dureza Adição de substâncias que formam sais pouco solúveis de cálcio e magnésio, como carbonato de cálcio e hidróxido de cálcio; Adição de fosfatos em detergentes e ETAR; Complexação com EDTA; Utilização de filtros com uma mistura de polifosfatos; Por troca iónica usando resinas

12 Redução da dureza nas máquinas de lavar


Carregar ppt "DUREZA DA ÁGUA Origem e consequências. cálciomagnésio A dureza da água indica o teor global em iões alcalino - terrosos, essencialmente de cálcio e magnésio,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google