A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Comitê Temático APLs de Base Mineral e RedeAPLmineral: ações conjuntas em prol do desenvolvimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Comitê Temático APLs de Base Mineral e RedeAPLmineral: ações conjuntas em prol do desenvolvimento."— Transcrição da apresentação:

1 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Comitê Temático APLs de Base Mineral e RedeAPLmineral: ações conjuntas em prol do desenvolvimento dos APLs

2 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS RedeAPLmineral É uma rede social/virtual de abrangência nacional – sem fins lucrativos – constituída por agentes econômicos, políticos e sociais, públicos e privados, envolvidos com o desenvolvimento sustentável dos Arranjos Produtivos Locais (APLs) de Base Mineral. Objetivos 1.Promover a sistematização, disponibilização e disseminação de informações e das diversas formas de conhecimento vinculadas às cadeias produtivas do setor mineral organizadas em APLs de Base Mineral. 2.Difundir e popularizar as boas práticas de gestão, governança, inserção e desenvolvimento tecnológico, capacitação de RH, sustentabilidade, comercialização, formalização, segurança e saúde do trabalho, organização da produção (associativismo, cooperativismo, economia solidária), crédito e financiamento, etc. 3.Fornecer insumos para subsidiar a elaboração de políticas públicas para o desenvolvimento dos APLs de Base Mineral.

3 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Comitê Temático APLs de Base Mineral Instância de articulação, deliberação e consultiva do GTP APL de formulação e implementação de políticas públicas para o desenvolvimento sustentável dos APLs de Base Mineral do país. Coordenado de forma conjunta pela sua Secretaria Executiva e a Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTI. Histórico Agosto 2010 (IX Reunião do Comitê Executivo da RedeAPLmineral) – PROPOSTA de criação de um Subgrupo TP APL de BM. Agosto/Novembro 2010 (VII SNAPLBM e IV Encontro) - MME e MCTI - pedido de criação e implantação do CT APL de BM, ao GTP APL. Dezembro de 2010 (MME) - Lançamento do Comitê Temático APLs de Base Mineral. Agosto 2011 (Oficina de Trabalho da RedeAPLmineral ) - início da implementação do CT APL de BM. Objetivos 1. Aprimorar a formulação e difusão de políticas públicas voltadas à consolidação e desenvolvimento de APLs de Base Mineral, em todo o território nacional. 2. Fortalecer a integração, o associativismo e a governança dos APLs, por meio da participação voluntária, em rede, dos Núcleos Estaduais e das entidades afins com as cadeias produtivas do setor mineral integrantes do GTP APL MDIC.

4 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Incluir a mais atualizada. JM (pos oficina) ESTRUTURA ORGANIZACIONAL Identificação e Caracterização Avaliação, Desenv. e Acompanhamento Desenv. Tecnológico e Inovação Estruturação, Gestão e Desenvolvimento da Rede Cerâmica de Revestimento Comitê Temático APLs de Base Mineral

5 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS MDIC MME MCTI MI CETEM USP UFPR IBRAM DNPM CPRM SEBRAE SENAI-DN CNI ABRACAL APDC ABPC ABEMIN NE-PR NE-SP NE-CE MAPA OCB MMA MDIC MME MCTI MI CETEM IPT IBRAM DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI ANICER ABEMIN NE-GO NE-BA NE-RJ NE-SE NE-MG NE-RN NE-CE NE-SP NE-PR NE-PI NE-AM NE-AP NE-AC NE- TO NE-PB OCB MMA MDIC MME MCTI MI CETEM CETEC CDTN UFES UFOP IBRAM DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI IBGM ABEMIN? NE-MG NE-RJ NE-RS NE-BA NE-PI NE-SP NE-GO NE-PA NE-DF OCB APEX MMA MDIC MME MCTI MI CETEM IPT-SP UFCG CETEC DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI UFRJ ABIROCHAS SINDIROCHAS SIMAGRANRIO ABEMIN? NE-ES NE-CE NE-BA NE-GO NE-RJ NE- MG NE- PB APEX OCB MMA FIRJAN MDIC MME MCTI MI CETEM IPT CBC-SP IBRAM DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI ANFACER ABEMIN NE-SC NE-SP OCB MMA Cerâmica Vermelha Cerâmica de Revestimento Gemas, Joias e Afins Cal e Calcário Gesso Rochas Ornamentais Rochas e Minerais em Pegmatitos MDIC MME MCTI MI CETEM IFRN UFCG UFRN DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI ABEMIN NE-RN NE-PB NE-MG OCB MMA MDIC MME MCTI MI CETEM IFRN UFCG UFRN DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI ABEMIN NE-RN NE-PB NE-MG OCB MMA MDIC MME MCTI MI CETEM ITEP-PE UFPE IBRAM DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI SINDUS- GESSO ABEMIN NE-PE NE-MA OCB MMA Água Mineral MDIC MME MCTI MTUR DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI ABINAM ABEMIN? NE-RN NE-MT MMA SUGESTÃO DE COMPOSIÇÃO DOS GRUPOS DE TRABALHOS SETORIAIS DO CTAPLmineral E RedeAPLmineral Agregados para Construção Civil MDIC MME MCTI CETEM UFRJ IPT-SP CETEC DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI SINDIROC HAS ABEMIN? ANEPAC NE-RJ OCB MMA FIRJAN Agrominerais MDIC MME MCT CETEM EMBRAPA UnB DNPM CPRM SEBRAE SENAI DN CNI NE-DF NE-GO NE-MG NE-TO OCB MMA

6 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Inclusão de metas e iniciativas no Plano Mais Brasil (PPA ) relativas à consolidação, organização e desenvolvimento de APLs de base mineral apoiados pela RedeAPLmineral; Ações em Prol do Desenvolvimento dos APLs de Base Mineral Total: 56 APLs

7 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Total: 42 APLs Fonte: PROGRAMA: Gestão Estratégica da Geologia, da Mineração e da Transformação Mineral Disponível em Acessado em 07/11/2011http://www.planejamento.gov.br/secretarias/upload/Arquivos/spi/PPA/2012/Anexo_I.pdf

8 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Realização de eventos para a promoção de debates e disseminação das temáticas transversais dos APLs : seminários e encontros nacionais anuais, oficinas de trabalho e reuniões do Comitê Executivo; Cooperação com o GTP APL/MDIC para desenvolvimento do Observatório Brasileiro de APLs, constituindo-se como projeto piloto; O Observatório será o núcleo de inteligência para os APLs. O CT APL de Base Mineral e a RedeAPLmineral utilizarão as ferramentas: Escritório Virtual, Rede Social dos APLs, Banco de APLs, Dados Estatísticos etc. Cartilha passo a passo para implementação de um APL de base mineral; Cartilha de Segurança do Trabalho (CETEM); Elaboração e publicação do catálogo dos Telecentros Minerais; Ações em Prol do Desenvolvimento dos APLs de Base Mineral

9 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Ações em Prol do Desenvolvimento dos APLs de Base Mineral Instituição do Prêmio Melhores Práticas – lançamento em 2010 e primeira edição em 2011; Práticas premiadas: 1° Lugar - Implantação de uma Unidade de Inovação Tecnológica no Setor de Gemas e Joias – Experiências da Unidade de Inovação Tecnológica no Setor de Gemas e Joias do APL de Teófilo Otoni – MG; 2° Lugar – O Caso da Formalização da Atividade Produtiva no APL de Rochas Ornamentais de Santo Antônio de Pádua – Um Esforço Coletivo; 3° Lugar - Central de Tratamento de Resíduos – AAMOL – APL de Rochas Ornamentais de Cachoeiro de Itapemirim ES; Para ter acesso às práticas:

10 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS

11 Para Fazer Parte do Comitê Temático APLs de Base Mineral e da RedeAPLmineral Comitê Temático APLs de Base Mineral Entrar em contato com : José Marcos F. de Oliveira - Coordenador do CT APLs de Base Mineral Tel.: Margarete Gandini – Coordenadora Geral de Arranjos Produtivos Locais RedeAPLmineral Acessar Renata M. Rodrigues – Secretária Executiva da RedeAPLmineral Tel.:

12 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS IX S eminário N acional de APLs de Base Mineral VI E ncontro da RedeAPLmineral 09 a 11 de outubro de 2012 SALVADOR BAHIA AGENDAR PARTICIPAÇÃO

13 5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Obrigada!!! Renata Monteiro Rodrigues Secretária Executiva da RedeAPLmineral Correio eletrônico: Telefone:


Carregar ppt "5ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Comitê Temático APLs de Base Mineral e RedeAPLmineral: ações conjuntas em prol do desenvolvimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google