A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller E EENOSSA SRA DA PENHAEENOSSA SRA DA PENHA 2 o Ano – 1 º Bimestre Assunto 1 A PRIMEIRA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller E EENOSSA SRA DA PENHAEENOSSA SRA DA PENHA 2 o Ano – 1 º Bimestre Assunto 1 A PRIMEIRA."— Transcrição da apresentação:

1 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller E EENOSSA SRA DA PENHAEENOSSA SRA DA PENHA 2 o Ano – 1 º Bimestre Assunto 1 A PRIMEIRA CÉLULA ARTIFICIAL Fonte: A síntese bem sucedida da primeira célula artificial com organelas funcionais foi comunicada ao mundo no início do ano de O professor Jan van Hest e seu grupo de pesquisa a obtiveram na universidade Holandesa:Radboud University Nijmegen. A célula artificial foi criada a partir de polímeros plásticos derivados do poliestireno e polibutadieno Fernanda Maria Policarpo Tonelli, Rodrigo R Resende Laboratório de Sinalização Celular e Nanobiotecnologia/Departamento de Bioquímica e Imunologia/ICB/UFMG

2 O microscópio 01 Robet Hooke ( ) atuou em vários campos da ciência como Física, Astronomia e Geometria desenvolveu seu próprio microscópio inicialmente com uma lente só de aumento, chamado microscópio simples e mais tarde com duas lentes de aumento associadas e unidas por um tubo chamado microscópio composto: uma lente voltada para o objeto (lente objetiva) e outra para o olho do observador. O nome célula foi dado por Hooke após observações no microscópio de cortes de cortiça onde ele analisava compreender as propriedades físicas de leveza, flutuabilidade e elasticidade de cortes de cortiça. BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller

3 Teoria Celular 02 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller

4 Tipos de Células 03 Célula EucarióticaAnimalVegetalProcariótica BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller

5 Célula Procariótica 04 Organismos unicelulares Única molécula de DNA circular Arqueas – A maioria desses organismos unicelulares habita aambientes extremos, com alta salinidade ou temperatura Responsável pela forma da célula BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller

6 Célula Eucariótica 05 Possuem núcleo e diversos tipos de organelas. Sustentação e movimentos celulares – citoesqueleto, cetríolos, cílios e flagelos. Síntese, armazenamento e transporte – ribossomos, retículo endoplasmático, complexo golgiense, lisossomos, peroxissomos e vacúolos. Metabolismo energético – citosol, cloroplastos e mitocôndrias. BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller

7 Componentes – Células Animais e Vegetais 06 Célula Eucariótica Envoltório membranar CitoplasmaCitosolCitoesqueletoOrganelasNúcleo BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller

8 BIOLOGIA – O que é vida? – Professora Lissandra M. A. Müller Citosol 07 É um fluido de aspecto gelatinoso e viscoso presente nas células. Envolver organelas citoplasmaticas, o núcleo e o citoesqueleto. Sendo importante também na movimentação de moléculas dentro da célula. É constituido de água, proteinas, lipidios, açucares, aminoácidos, bases nitrogenadas, sais, vitaminas e íons.

9 Citoesqueleto 08 Responsável pela forma e sustentação internada célula, movimentos citoplasmáticos, orientação deslocamento dos cromossomos na divisão celular. Microtúbulos – Formado pela proteína globular tubulina. Atua como centro organizador na região da célula Função – suporte estrutural, formação de fusos mitóticos e meióticos e fo~rmação de centriolos, cilios e flagelos. Microfilamentos – formados pela proteína globular actina. Concentrado na região do citoplasma próximo a membrana plasmática.. Filamentos intermediários – formado por várias proteínas fibrosas entre elas a queratina. Função – Resistência mecânica a células e junção entre células. BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Função – suporte para microvilosidades, movimentação dentro do citoplasma e separação das células na divisão celular. Actina + miosina = contração das células

10 Organelas 09 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Peroxissomos Cílios e flagelos Cloroplasto

11 Centríolos, cílios e flagelos 10 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Centrossomo = par de centríolos + material pericentriolar O material pericentriolar circunda os centríolos. O material pericentriolar, contém centenas de proteínas, denominadas tubulinas. As tubulinas são centros organizadores para o desenvolvimento do fuso mitótico, que desempenha um papel fundamnetal na divisão celular.

12 Centríolos, cílios e flagelos 11 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Estruturas filamentosas e móveis Flagelo Longos e em menor quantidade Cílios Curtos e em maior quantidade A principal função de ambos é o movimento da célula e,m meio líquidos. Ambos tem origem nos centríolos. A nossa traqueia é internamente revestida por células ciliadas, que “varrem” para fora o muco que lubrifica as vias respiratórias.

13 Centríolos, cílios e flagelos 12 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller A propulsão do espermatozoide humano é um exemplo de locomoção flagelar (MO). Uma penugem densa de cílios, batendo a uma velocidade de cerca de 40 a 60 remadas por segundo, cobre este Colpidium, um protozoário de água fresca (MEV).

14 Ribossomos 13 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Ambas subunidades são formadas no nucléolo do núcleo. Posteriormente, saem do núcleo e se reúnem no citoplasma, tornando-se funcionais. Ribossomos – (ribo = relativo a ribose); soma = corpo) são os sítios da síntese de proteínas. A síntese de qualquer proteína inicia- se em ribossomos livres no citosol. Aderidas a membrana do RE Não aderidas a membrana do RE Proteínas utilizadas na constituição das membranas Proteínas utilizadas pelo interior da célula

15 Peroxissomos 14 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller A principal função é a oxidação da presença de O 2 de certas substâncias orgânicas nas células, em especial o ácidos graxos. Desintoxicação do etanol – peroxissomos das células do fígado atuam como enzimas, quebrando as moléculas de etanol, formando moléculas menos tóxicas. Cerca de 25% do álcool ingerido é degradado pelos peroxissomos o restante é degradado pelo REL MET – Microscópio Eletrônico de Transmissão

16 Retículo endoplasmático 15 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Retículo endoplasmático – (reticulu = pequena rede; endo = para dentro; plasma = citoplasma) é uma rede de membranas dobradas. REL = Retículo endoplasmático Liso, participa principalmente da síntese de esteroides, fosfolipídios e outro lipídios. RER = Retículo endoplasmático Rugoso, participa na síntese de proteínas, este reticulo também é conhecido como ergastoplasma.

17 Complexo golgiense 16 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Nos espermatozoide, o complexo golgiense da origem a uma estrutura denominada acrossomo, que contém enzimas importantes para a penetração do espermatozoide no óvulo. Constituída de bolsas membranosas achatadas. Tem como função, empacotar, em forma de enzimas lisossômicas, as proteínas e lipídios originadas do RE. Também em células vegetais sintetiza açúcares para a parede celular.

18 Lisossomos 17 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Lisossomos – (lysis = dissolução; soma = corpo) são vesículas delimitadas por membranas que contém enzimas digestivas. Os lisossomos são responsáveis pela digestão de substâncias intracelulares. Atuam também na reciclagem de componentes celulares. Estão presentes apenas em células animais.

19 Lisossomos: Fagocitose 18 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Fagocitose – (phagein = comer; kitos = vaso. As amebas ou muitos outros protistas se alimentam englobando organismos pequenos ou outras patículas de alimentação.

20 Lisossomos: Autofagia 19 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Autofagia – (autós = por si próprio; phagos = comer). Uma célula hepática humana, por exemplo, recicla semanalmente cerca da metade do seu conteúdo.

21 Vacúolo 20 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Ocupam até 80% do citoplasma e armazenam substâncias tais como pigmentos, enzimas digestivas, água, íons e até algumas toxinas. Diversos microrganismos eucariontes de água doce têm em suas células vacúolos contráteis, cuja função é eliminar o excesso de água.

22 Cloroplastos 21 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Exclusivos de células de plantas e algas. Seu interior é preenchido por um líquido, chamado estroma, contêm enzimas, ribossomos e DNA próprio. Tem como função a produção de açúcares a partir de matéria inorgânica e luz solar. Sua coloração é verde devido a presença de clorofila em sua composição.

23 Mitocôndrias 22 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller Estes pequenos corpos no citoplasma, envoltos por uma camada dupla de membrana, captam oxigênio e utilizam a energia da oxidação das moléculas do alimento – como açúcares – para produzir a maior parte do ATP que fornece energia para as atividades da célula.

24 Problema 23 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller A célula artificial pode ser usada como um microrreator. As possibilidades advindas deste microrreator são inúmeras. O que poderia acabar com o problema de produção de energia em hidrelétricas e exploração de petróleo. Especificamente, de qual organela estamos falando? Explique.

25 Para saber mais! 24 BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller AMABIS, J. M. e MARTHO, G. R. Biologia em Contexto: volume 1. 1 a Edição. São Paulo: Moderna, BRÖCKELMANN, R. H. Conexões com a biologia: volume 1. 1 a Edição. São Paulo: Moderna, CAMPBELL, N. A.; REECE, J. B. Biologia. Tradução Anne D. Villela [et al]. 8 a Ed. Porto Alegre: Artmed, ALBERTS, B. et al. Biologia Molecular da Célula. 5 a Ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.


Carregar ppt "BIOLOGIA – Organização Celular – Professora Lissandra M. A. Müller E EENOSSA SRA DA PENHAEENOSSA SRA DA PENHA 2 o Ano – 1 º Bimestre Assunto 1 A PRIMEIRA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google