A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como escrever um artigo Laboratório Natalnet LMGG.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como escrever um artigo Laboratório Natalnet LMGG."— Transcrição da apresentação:

1 Como escrever um artigo Laboratório Natalnet LMGG

2 Componentes de um artigo Título (Title). Autor e filiação (Author and affiliation). Resumo (Abstract). Palavras-chave (Keywords). 1. Introdução (Introduction). 2. Embasamento teórico (Theoretical Background) 3. Estado da arte (State of Art) 4. O Problema (The Problem). 5. Solução computacional/Implementações (Implementations). 6. Experimentos e resultados (Experiments and results). 7. Conclusões (Conclusions). Agradecimentos (Acknowledgments). Referências (References).

3 Título Deve descrever, de forma lógica, rigorosa, breve e gramaticalmente correta, a essência do artigo. Pode-se optar por títulos com duas partes –Exemplo: Towards new computer programs: a framework for image writing. Geralmente a última coisa a ser feita

4 Autor e afiliação Indicação do nome do autor (ou autores) e da instituição a que pertence(m). Endereço da Instituição. Deve-se geralmente colocar também o endereço de .

5 Resumo Geralmente, não deve exceder 200 palavras e deve especificar de forma concisa: –O que foi realizado pelo autor. –Como foi realizado (palhinha da metodologia). –Principais resultados alcançados (se tiver números, melhor). –Importância e alcance dos resultados. –Aplicações da metodologia ou técnica desenvolvida.

6 Observações Resumo não é uma introdução ao artigo, mas sim uma descrição sumária da sua totalidade, na qual se procura realçar os aspectos mencionados. Deve ser discursivo, e não apenas uma lista dos tópicos que o artigo cobre. Deve-se entrar na essência do resumo logo na primeira frase, sem rodeios introdutórios nem recorrendo à fórmula estafada Neste artigo.... Algo como Propomos um novo modelo para…

7 Observações Não citar referências bibliográficas no resumo. Um resumo pode vir a ser posteriormente reproduzido em publicações que listam resumos (de grande utilidade para o leitor decidir se está ou não interessado em obter e ler a totalidade do artigo).

8 Palavras-chave Normalmente utilizadas para permitir que o artigo seja posteriormente encontrado em sistemas de pesquisa na Web. Deve-se escolher palavras-chave tão gerais e comuns quanto possível. Um bom critério é selecionar as que seriam usadas para procurar na Web um artigo semelhante ao seu.

9 Introdução Deve dar ao leitor o posicionamento do artigo e a motivação suficiente para a leitura do artigo, esclarecendo: –a natureza do problema cuja resolução se descreve no artigo (uma palhinha do problema); –indicação dos métodos usados para atacar o problema; –as contribuições do trabalho e sua relevância para fazer progredir o estado da arte. –forma como o artigo está estruturado.

10 Embasamento teórico Deve descrever as técnicas e metodologias existentes e desenvolvimentos anteriores que sejam essenciais ao entendimento do trabalho; Sempre citando referencial teórico para cada técnica abordada; Geralmente vêm aqui as ferramentas matemáticas, mesmo que já conhecidas, podem ser revisitadas, com citações, claro. Lembre-se: o trabalho deve ser self-contained

11 Estado da Arte Deve conter a essência do estado da arte no domínio abordado (com referências bibliográficas); Não citações específicas e particulares para trabalhos anteriores (seus e de outros), mas sim, algo mais genérico: –classificar os trabalhos segundo as técnicas –posicionar o seu trabalho dentro desses; –dizer no que o seu trabalho melhora os anteriores Lembre-se: seja educado, sempre, nunca desmereça os trabalhos dos outros.

12 O Problema Aqui voce deve especificar o seu problema (de forma muito formal). –Coloque a matemática (ou descreva a problemática) do problema. –Use e abuse de Definições, Teoremas, Proposições, Provas. Descreva a solução encontrada para o problema em questão –Como voce resolve o problema –Pode ser descritivo, mas provando que funciona, matemáticamente (ou formalmente).

13 Implementações Coloque aqui a parte sistêmica da solução do problema –Coloque um diagrama de blocos –Descreva cada caixinha do diagrama –Diga qual a linguagem, máquina e outras informações técnicas Coloque os algoritmos ou técnicas implementadas que resolveram o problema especificado formalmente na seção anterior

14 Experimentos e resultados Especifique o ferramental usado para a experimentação empírica da solução implementada Descreva cada experimento realizado de forma bem explicativa (planeje os experimentos). Veja o que experimentar, o que são resultados (erros, métricas usadas para medi-los, medidas estatísticas). Use e abuse de gráficos, tabelas e figuras mostrando resultados visuais. Não apenas descreva os experimentos, mas também discuta os resultados. Compare (principalmente) os resultados do seu trabalho com outros encontrados na literatura (e citados nos trabalhos relacionados).

15 Conclusões Escreva novamente (com outras palavras) o que foi realizado e como foi realizado. O que o trabalho descrito no artigo conseguiu melhorar e qual a sua relevância. Quais são as vantagens e limitações das propostas que o artigo apresenta. Eventuais aplicações dos resultados obtidos (ou da metodologia) Idéias de trabalhos futuro que possam melhorar o seu.

16 Referências Procure usar e seguir o template fornecido geralmente pelo veículo de publicação. Siga rigorosamente as regras para citar outros trabalhos Lembre-se: cada tipo de trabalho pode ter um padrão de citação diferente (artigo, livro, proceedings)

17 Conclusões (do seminário ) Não se prenda ao formalismo que eu passei. Mas use sempre o Latex. Comece o seu trabalho (seja de mestrado, seja de doutorado) esboçando o artigo da sua dissertação ou tese. E trabalhe neste artigo até conseguir publicá-lo Procure publicar em journals

18 Conclusões (do seminário ) Procure descobrir qual é o problema que voce está trabalhando ou quer trabalhar –Pergunte-se: eu tenho um problema?; se a resposta for sim, então tente especificar o problema de maneira formal. Se existe uma técnica na literatura que resolva o seu problema, então ele não é original

19 Conclusões (do seminário ) Quanto mais formalismo (matemática) tiver um artigo, mais chances de publicação –Explique cada variável de cada fórmula; –Defina sempre o que for ser usado subsequentemente (palavras, termos, variáveis) Originalidade é algo essencial –Então, procure fazer, primeiro, um levantamento do estado da arte no tema que voce quer trabalhar –Os próprios trabalhos que voce encontrar dão dicas de trabalhos futuros que ainda não foram realizados –Claro, corre o risco de alguém ter lido os trabalhos também e estarem trabalhando na mesma coisa

20 Conclusões (do seminário ) Tente não usar conectores repetitivos tais como Assim,…, Então, …, Desse modo, …… Nunca use etc, é óbvio. Nunca coloque talvez, conjecturamos Use texto formal, não seja informal. Nunca use gírias ou palavas não existentes na língua inglesa.

21 Conclusões (do seminário ) Tente escrever de modo agradável à leitura, de fácil entendimento. –use o inglês correto; lembre-se que a frase é composta de sujeito e predicado, então coloque complemento só se for essencialmente necessário; –tente não rebuscar as suas frases, não usar palavreado difícil; seja sucinto, objetivo. –Pelo amor de Deus, nunca use um tradutor da Internet (tipo o Yahoo Translations). –tente não usar parentesis para explicar algo (faça duas frases que é melhor, ou use vírgulas). –não use aposto, só se for inevitável;

22 Aposto Primeiramente, vejamos o que é aposto. Observe a frase a seguir: Manoel, português casado com minha prima, é um ótimo engenheiro. Veja que o trecho português casado com minha prima está explicando quem é o sujeito da oração Manoel. Esse trecho é o aposto da oração. Observe a próxima: Foram eles, os meninos, que jogaram a bola no seu quintal ontem. Mais uma vez temos um trecho (aposto) os meninos explicando um termo anterior: Foram eles... Eles quem? Os meninos. Podemos concluir que o aposto é uma palavra ou expressão que explica ou que se relaciona com um termo anterior com a finalidade de esclarecer, explicar ou detalhar melhor esse termo.palavra

23 Vocativo Observe as orações: 1. Amigos, vamos ao cinema hoje? 2. Lindos, nada de bagunça no refeitório! Os termos amigos e lindos são vocativos, usados para se dirigir a quem escuta de formas ou intenções diferentes, como nos períodos anteriores: a utilização de um substantivo na primeira frase e de um adjetivo na segunda. Podemos concluir que: Vocativo: é a palavra, termo, expressão utilizada pelo falante para se dirigir ao interlocutor por meio do próprio nome, de um substantivo, adjetivo (característica) ou apelido.


Carregar ppt "Como escrever um artigo Laboratório Natalnet LMGG."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google