A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Uma supernova é uma explosão estelar que produz objetos muito brilhosos na esfera celeste, dai que se lhes chama-se inicialmente Estrela nova o simplesmente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Uma supernova é uma explosão estelar que produz objetos muito brilhosos na esfera celeste, dai que se lhes chama-se inicialmente Estrela nova o simplesmente."— Transcrição da apresentação:

1 Uma supernova é uma explosão estelar que produz objetos muito brilhosos na esfera celeste, dai que se lhes chama-se inicialmente Estrela nova o simplesmente Nova, devido a que muitas vezes apareciam onde antes não se observaba nada. Posteriormente se acrescentou o prefixo "super" para distingui-las de outro fenômeno de características similares, mas menos brilhoso, as novas. As supernovas originam clarões de luz muito intensos que podem durar semanas e até meses. Caracterizam-se por um rápido aumento de intensidade até um pico, para depois diminuir seu brilho de forma mais ou menos suave até apagar. Originam-se, fundamentalmente, a partir de estrelas massivas que já não podem mais fusionar seu esgotado núcleo e incapaz de se manter, também não, pela pressão de degeneração dos elétrons, o que as leva a se contrair repentinamente e gerar, no processo, uma grande emissão de energia (~10 40 J).

2 Analise do Discurso Analise de discurso Discurso Tem como objeto de estudo ao Demanda um Lingüística, Marxismo e Psicanálise Afilia-se teoricamente à(ao) Dispositivo de interpretação Conjuntura intelectual que problematiza a leitura Aparece em uma Sujeito do inconsciente Sintaxe e enunciação Ideologia Reúne em articulações contraditórias teorias da(o) Construindo um mapa conceitual de AD. Algumas considerações iniciais...

3 Dispositivo de interpretação Formado por um Dispositivo Analítico Dispositivo Teórico O interdiscurso (as palavras não são só nossas) Condições de produção Esquecimento Ideologia Inconsciente Língua Historia Posibi -litam Esquecimento Tipo 2 Esquecimento Tipo 1 Desdobra-se em Permite que se constituam os Visando a discursividade, determina o que é relevante nas Sentidos Sujeito no Pulsiona ao Opõem-se ao funcionamento das evidencias devidas ao Interpela ao E não há sujeito sem ideologia Para interpretar ou produzir o real do(s) Dispositivo de interpretação Discurso Constituem Materialmente ligados pela língua Não há discurso sem sujeito Para interpretar ou produzir o real do(s),

4 Condições de produção Polissemia Condições de produção Sujeito Sentidos Constituem Formação Social Formação Discursiva* implicam O mecanismo de funcionamento imaginário na o que é institucional na o que é material na Antecipação, entre interlocutores Relaciones de sentido, entre discursos Relaciones de Força, entre lugares Tem como mecanismo de funcionamento Formações Imaginarias (Projeções de Posições a Lugares) Metáfora* Implicam uma transferência de Estabiliza sentidos pela Desloca sentidos pela Repousa em Forma-sujeito histórica Repousam na opacidade da língua e sua historicidade Paráfrase *Todo enunciado é sempre suscetível de ser/tornar-se outro (Orlandi, 2003) *Aquilo que numa formação ideológica dada (ou seja, a partir de uma posição dada em uma conjuntura sócio-histórica dada) determina o que pode e deve ser dito (Orlandi, 2003)


Carregar ppt "Uma supernova é uma explosão estelar que produz objetos muito brilhosos na esfera celeste, dai que se lhes chama-se inicialmente Estrela nova o simplesmente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google