A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Concilio Vaticano II. Igreja no Pós-Guerra... A Igreja sai da tempestade com renovado prestigio: ela consegui manter uma distância respeitável dos diversos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Concilio Vaticano II. Igreja no Pós-Guerra... A Igreja sai da tempestade com renovado prestigio: ela consegui manter uma distância respeitável dos diversos."— Transcrição da apresentação:

1 O Concilio Vaticano II

2 Igreja no Pós-Guerra... A Igreja sai da tempestade com renovado prestigio: ela consegui manter uma distância respeitável dos diversos regimes, reafirmando sua missão no mundo. Nestes anos em que se buscava novos caminhos de esperança e renovada energia, anos esses, chamados de sarça ardente, novos problemas se apresentaram com urgência:

3 Novos Caminhos: –O fim da colonização: independência –O boom demográfico (China, Índia...) –1948 nasce o Estado de Israel –Na Europa: mudança de sistema econômico; agricultura para industrial; crescimento de operários e aumento da renda por pessoa. –Enquanto as pessoas mudava e o numero de participantes da Igreja diminuía, notava- se na Igreja forte aspiração a uma renovação: na Liturgia, na teologia, na pastoral, na figura e na atividade do sacerdote, na vida paroquial.

4 Neste período a Igreja enfrenta três situações difíceis: 1)Europa Oriental: Perseguição 2)Europa central e ocidental: A vida passou por mudanças em todos as áreas; evasão da população agrícola; surgimento da TV que mudou a rotina do povo; surgimento do automóveis que dinamizou a vida e criou stresse (engarrafamentos); Modelo familiar entra em crise; famílias reduzidas de 10 membros para 3 ou 4; valores clássicos abalados como: virgindade, fidelidade, honestidade (palavra), compromisso, roubo etc... 3)Diante de tudo a Igreja escolhe ficar Imóvel

5 Pio XII

6 Concílio Vaticano II Eleição do Cardeal Ângelo Roncalli: 28 de outubro de 1958 com um conclave de 4 dias. João XXIII

7 Três meses depois; 25 de janeiro de 1959, na Basílica de São Paulo; anúncio de um sínodo romano, um concílio ecumênico, a atualização de direito Canônico. O susto: um Papa de 77 anos, eleito para a transição soltar uma bomba. João XXIII apoiado pelo povo, sentiu a perplexidade das autoridades eclesiais Um Pontífice dinâmico

8 Reforma do código... No dia 28 de março de 1963 foi instituída a comissão, mais por forças opostas ao desejo de João XXIII, logo foi deixando esse entrave para o pós-Concílio. O código só foi promulgado por João Paulo II em 25 de janeiro de 1983

9 Abertura oficial do Concílio: 11 do outubro de 1962 Sessão inaugural: 2540 Padres Conciliares 1060 Bispos da Europa Italianos Franceses - 87 Espanhóis - 59 Poloneses - 29 Portugueses Bispos da Ásia Bispos da África Norte da América América central e do Sul - 74 Oceania religiosos

10 Vamos comparar... No Concílio de Trento, em dezembro de 1554 esteve presente 30 Bispos No Concílio Vaticano I, em dezembro de 1869 esteve presente 700 Bispos No Concílio Vaticano II, em outubro de 1962 esteve presente 2540 Bispos. Obs: Os Bispos do mundo, auxiliares e eméritos, nesta mesma época chegaram a Isso significa que com 2540, quase todas as dioceses do mundo estava representada neste concílio que mudou a vida da Igreja.

11 Os períodos do ConcÍlio Primeiro 1962 – 1963 No dia 03 de junho de 1963 depois de uma longa e serena agonia, morria João XXIII. No dia 21 de junho depois de um rápido Conclave, foi eleito o cardeal Montini – Papa Paulo VI No mesmo dia: 1.Confirmava o cargo de Cocognani como secretario de Estado do Vaticano. Cocognina tinha substituído Pelice após sua morte em No dia 22 de junho expressava a vontade de continuar o Concílio 3.No dia 27 de junho anunciava o reinicio dos trabalhos para 29 de setembro

12 João XXIII Cardeal Wojtyla e Paulo VIPaulo VI

13 Segundo período: Paulo VI abre o Concílio com uma calorosa alocução e defini: O tema principal desta nova parte seria a igreja, a sua relação com cristo, principio caminho, guia, esperança, termo; a sua reforma, ou seja, a sua renovada fidelidade a cristo; o seu diálogo com os irmãos separados, pelo perdão recíproco, pelo respeito das tradições orientais, numa longa e necessária espera; o seu diálogo com o mundo moderno, num tom otimista e realista, que não ignora as carências, as ansiedades, as angustias de nossa época.

14 Segundo período... Foi caracterizado pela aprovação da Sacrosantum Concilium Principais mudanças: Leituras, Música, Posição do Sacerdote, Comunhão, paramentos dos sacerdote...

15 Terceiro período Terceiro período... De14 de setembro à 21 de novembro de Caracteriza-se pela minoria que tenta manter a infalibilidade papal estabelecida no Vaticano I 1870

16 Quarto período... De 13 de setembro à 8 de dezembro Caracterizou-se por terminar os trabalhos, aprovando a Dei-Verbum e a Gaudium Et Spes. 2.Inicia-se uma nova aurora na Igreja, um pentecostes novo que abalaria as velhas estruturas para que.....

17 Principais documentos O concílio promulgou 4 constituição 1.Sacrosantum concilium (sobre a Liturgia) 2.Lumem Gentium (sobre a Igreja) 3.Dei Verbum (sobre a Revelação) 4.Gaudium et spes (sobre o mundo contemporâneo)

18 9 decretos 1.Sobre os meios de comunicação social 2.O ecumenismo 3.As Igrejas orientais católicas 4.O múnus pastoral dos bispos 5.A renovação da Vida Religiosa 6.A formação sacerdotal 7.O apostolado dos leigos 8.A atividade missionária 9.A vida sacerdotal

19 3 declarações Sobre a Educação cristã Sobre a liberdade religiosa Sobre as relações com as religiões não cristãs


Carregar ppt "O Concilio Vaticano II. Igreja no Pós-Guerra... A Igreja sai da tempestade com renovado prestigio: ela consegui manter uma distância respeitável dos diversos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google