A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Proposta de Parceria AfroReggae e Odebrecht 2014/2015.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Proposta de Parceria AfroReggae e Odebrecht 2014/2015."— Transcrição da apresentação:

1 Proposta de Parceria AfroReggae e Odebrecht 2014/2015

2 Apresentação O Grupo Cultural AfroReggae (GCAR) – organização não governamental, criada em 1993 – tem como missão promover a inclusão e a justiça social, através da arte, da cultura afro-brasileira e da educação, construindo pontes que unam as diferenças e sejam alicerces para a sustentabilidade e para a cidadania. Nossas atividades preocupam-se com a promoção de uma relação positiva dos jovens com seus valores culturais e com sua capacidade de ação social, com a criação de empreendedores e com a geração de renda e de autoestima. Assim, somamos 49 projetos socioculturais no Brasil e no exterior e detemos uma tecnologia social eficiente em afastar jovens do tráfico, recuperar pessoas envolvidas com o crime e mediar conflitos.

3 AfroReggae e Odebrecht O AfroReggae reconhece a Odebrecht como uma instituição que valoriza o ser humano e está comprometida em contribuir para o desenvolvimento de comunidades. Princípios norteadores de ambas as instituições, por isso, a sinergia acontece de forma natural, gerando benefícios que alcançam – direta ou indiretamente – toda população. A manutenção das atividades socioculturais por parte da Odebrecht é fundamental, uma vez que amplia o campo de possibilidades dos milhares de jovens atendidos anualmente. Por isso a importância dessa parceria, contendo: Reforma e Atividades no Núcleo do Caju, Atividades Socioculturais e a Agência Segunda Chance, mantendo a relação das duas organizações na atuação social nas comunidades do Rio de Janeiro.

4 Fortalecimento e ampliação das ações da Agência Segunda Chance; Consolidação do Núcleo Comunitário no Complexo do Caju; Manutenção das Atividades Socioculturais realizadas pela Instituição. Objetivos

5 Segunda Chance O Projeto Segunda Chance do AfroReggae, antigo Empregabilidade, criado em 2008, tem sido uma esperança e, em muitas vezes, a única oportunidade de um novo caminho para quem viveu na criminalidade e quer escrever uma nova história. O principal objetivo é promover a inclusão de ex- detentos e de pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social através da inserção no mercado de trabalho formal, contribuindo assim para a construção de uma sociedade com justiça social. Até o momento, o projeto já conseguiu atender mais de pessoas, sendo encaminhadas para o mercado de trabalho e aproximadamente admitidas com carteira assinada. Entre todos os atendidos, 750 já estiveram ligados à criminalidade.

6 A equipe do projeto é composta por 12 pessoas, entre o coordenador, supervisores de campo, psicóloga e assistente social, tanto o coordenador quanto os supervisores foram ligados a grupos criminosos diferentes, e hoje mostram que o convívio entre ex-rivais é possível dentro de um contexto de paz social. A equipe é responsável pelo encaminhamento, acompanhamento de 6 meses e a realização de 2 encontros com até 20 egressos para orientação ao mercado de trabalho. Com mais de 53 empresas parceiras, é possível encaminhar diariamente os candidatos às oportunidades de vagas. Segundo Tânia Nahuys do Spoleto, uma das empresas parceiras do projeto e que recebem os candidatos, “no começo era mais difícil, tivemos que conscientizar a equipe que não podia desistir. Alguns saíram, até que um ficou. Aí virou case, virou manchete, e ficou mais fácil de acontecer”.

7 Como funciona Passo 1: Os interessados vão a Agência preencher a ficha cadastral (Segunda Chance Digital); Passo 2: Essas informações vão para o banco de dados da instituição; Passo 3 : O candidato passa por entrevista com profissionais técnicos sociais para a avaliação das necessidades dos candidatos para inserção no mercado de trabalho. Acompanhamento sistemático, se a equipe avaliar necessário; Passo 4: A equipe faz o cruzamento do perfil do candidato com as oportunidades, em seguida é feito o encaminhamento para a empresa, onde iniciará o processo seletivo. Se necessário, realizamos prévio contato com a empresa; Passo 5: Caso o candidato seja aprovado, é atualizado o status no nosso sistema e inicia o acompanhamento da equipe de supervisores (6 meses); Passo 6: A equipe do Segunda Chance atua no acompanhamento semanal dos contratados pelas empresas.

8 Complexo do Caju O AfroReggae iniciou suas atividades no Complexo do Caju, na comunidade de Boa Esperança, em dezembro de 2013, através do Projeto Mutirão AfroReggae. Este projeto visa realizar Busca Ativa em todas as residências da comunidade onde atuará, mapeando as privações sociais vividas pelas famílias construindo estratégias de intervenção e enfrentamento das privações e vulnerabilidades encontradas. Em julho de 2014, após visitar 4583 domicílios e encontrar 1215 domicílios em privação social, o Projeto Mutirão seguiu para realizar essas atividades em outra comunidade e hoje, o Caju conta com oficinas de Circo, Dança, Samba e Percussão e atendimentos técnico- sociais de acompanhamento das questões encontradas naquela comunidade.

9 Atividades Socioculturais 1.Oficinas Para as ações será utilizado como ferramenta de mobilização e formação oficinas específicas de música, dança – dança de salão, dança afro, balé clássico e dança livre –, teatro, oficinas corporais – circo, capoeira e tai chi chuan – e artes visuais. Além de atividades complementares como workshops, reuniões temáticas, seminários internos, palestras e intercâmbios, que venham a contribuir com a qualidade e a formação continuada dos próprios agentes educadores que são em suma oriundos das comunidades, realizando assim um círculo virtuoso em que o participante do projeto se torna aluno de uma das oficinas, se capacita tecnicamente e artisticamente, podendo vir a ser um integrante de um dos grupos artísticos do AfroReggae e/ou instrutor das oficinas.

10 2. Equipe Técnica Social O projeto oferece atendimento psicológico, pedagógico e de assistência social aos participantes e moradores das comunidades, incentivando assim o convívio entre crianças, adolescentes e seus familiares. A proposta tem como base um processo educativo diferenciado por meio de uma metodologia que articula arte, cultura e educação, potencializando a capacidade de articular linguagens e saberes que se traduzem na construção participativa dos métodos. Somado a isso, propomos uma atuação em rede fortalecendo a tríade, comunidade, escola e organização social. Os pais e familiares também são convidados a participar das atividades com seus filhos a fim de criar uma relação de proximidade com o projeto. Atendimentos familiares visa abranger na sua completude o trabalho de inclusão e formação dos indivíduos.

11 O acompanhamento social no Grupo Cultural AfroReggae se desenvolve por meio da Metodologia do Risco Social Familiar, criada e implementada pelo AfroReggae em 2012, que tem como objetivo diminuir as privações das famílias dos alunos. Tais privações são apontadas através da aplicação do questionário do IPM – Índice de Pobreza Multimensional –, instrumento criado pelo Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) com o objetivo de fazer um retrato mais amplo da pobreza. A parceria do projeto vai além da intervenção com a família. A ideia é aproximar integralmente comunidade, instituições sociais e educativas formando uma rede de atuação em prol da garantia de direitos. Nesse sentido, estão previstas ações que irão dialogar com as instituições sócio assistenciais e educativas e seus atores.

12 3. Grupos Artísticos O AfroReggae acredita que arte e cultura podem sim ser utilizadas para despertar o potencial dos jovens brasileiros. Essa filosofia é a base do nosso trabalho com grupos artísticos. Todos esses grupos foram formados através das diversas oficinas oferecidas nos núcleos do AfroReggae, eles são artistas de circo, da percussão, do samba, do reggae, do teatro, do Brasil. Desenvolvemos o potencial artístico de centenas de jovens que compõem os 09 Grupos Artístico do Grupo, que são: Afro Lata // Afro Samba // AR 21 Párvati // Makala Música & Dança // Afro Circo // Orquestra AfroReggae // Trupe de Teatro AfroReggae // Bloco AfroReggae

13 Proposta Duração da parceria de 12 (doze) meses de parceria para a manutenção da Agência Segunda Chance, Reforma do Núcleo do Caju e Atividades Socioculturais. Valor da Proposta: R$ ,00 (dois milhões de reais) pagos em 3 parcelas, sendo R$ 800 mil na celebração do patrocínio, R$ 600 mil após 30 dias da assinatura e R$ 600 mil 60 dias após a assinatura. 1) Segunda Chance: R$ ) Complexo do Caju: R$ ) Atividades Socioculturais no Cantagalo: R$ ) Atividades Socioculturais em Parada de Lucas: R$ ) Atividades Socioculturais no Complexo do Caju: R$ ) Atividades Socioculturais em Vigário Geral: R$ Comprovação da realização das atividades em relatórios entregues mensalmente.

14 Contrapartidas Em contrapartida propomos o seguinte: Inserção da marca da Odebrecht em todo material alusivo às atividades patrocinadas no núcleo de Vigário Geral, Cantagalo, Parada de Lucas e Caju; Inserção da marca em 04 banners (01 em cada núcleo) e em 400 camisas (distribuídas aos alunos). Inserção da marca nas camisas da equipe do Segunda Chance. Inserção da marca em banner do Projeto Segunda Chance. Realização de 02 Comandos na cidade do Rio de Janeiro. Realização de 02 Oficinas Artísticas na Cidade do Rio.


Carregar ppt "Proposta de Parceria AfroReggae e Odebrecht 2014/2015."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google