A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rômulo Carlos Dantas da Cruz; Karine da Silva Carvalho; Sandra Lúcia da Cunha e Silva; Simone Andrade Gualberto (NÚCLEO DE PESQUISA EM QUÍMICA APLICADA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rômulo Carlos Dantas da Cruz; Karine da Silva Carvalho; Sandra Lúcia da Cunha e Silva; Simone Andrade Gualberto (NÚCLEO DE PESQUISA EM QUÍMICA APLICADA."— Transcrição da apresentação:

1 Rômulo Carlos Dantas da Cruz; Karine da Silva Carvalho; Sandra Lúcia da Cunha e Silva; Simone Andrade Gualberto (NÚCLEO DE PESQUISA EM QUÍMICA APLICADA – NUPESQ) AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE LARVICIDA DO ÓLEO ESSENCIAL OBTIDO DAS FOLHAS SECAS DE Croton sp. (EUPHORBIACEAE) SOBRE Aedes aegypti (DIPTERA: CULICIDAE)

2 O relato dos estudos ligados às plantas medicinais confunde-se com a própria história dos antepassados humanos; As plantas representam fonte de compostos bioativos; Busca por inseticidas de origem botânica, que atuem no controle de vetores, a exemplo do Aedes aegypti. INTRODUÇÃO

3 Avaliar a atividade larvicida do óleo essencial obtido das folhas secas de Croton sp., sobre larvas de terceiro estágio de Ae. aegypti. OBJETIVO

4 As folhas foram secas em estufas de circulação de ar a 40°C, durante 12 h; MATERIAL E MÉTODOS Fonte: Cruz, R. C. D

5 O óleo essencial foi extraído por hidrodestilação em um aparelho do tipo Clevenger modificado; Fonte: Carvalho, K. S

6  Ensaio larvicida: Para solubilização do óleo essencial utilizou-se Tween 80 e água deionizada(10%); Concentrações- 1,0, 0,7, 0,5, 0,3 e 0,2 mg mL -1 ; Teste de Tukey, ao nível de 5% de probabilidade.

7 Larvas de terceiro estágio; Fonte: Cruz, R. C. D

8 Quatro repetições por tratamento As observações de mortalidade das larvas foram realizadas em um período de 24 horas; Fonte: Cruz, R. C. D

9 RESULTADOS E DISCUSSÃO CONCENTRAÇÕES (mg/mL) MORTALIDADE (24 h) (%) 1,0100 a 0,7100 a 0,598,3 a 0,30,0 b 0,20,0 b Controle 0,0 b Percentual de mortalidade de larvas de Ae. aegypti, em relação às diferentes concentrações (mg/mL -1 ), do óleo essencial, das folhas secas de Croton sp.

10 Morais et al (2006), relataram que C. argyrophyloides apresentou uma CL 50 de 0,10 mg/mL, sobre larvas de Ae. aegypti; C. sonderianus apresentou compostos bioativos como α-pineno, β-felandreno e transcariofileno (Morais et al 2006); Lima (2006), após utilizar hidrolatos de caules e folhas de C. nepetaefolius e C. zehntneri, tiveram resultados de 100% de mortalidade de larvas de Ae. aegypti.

11 O óleo essencial obtido a partir das folhas secas de Croton sp., apresenta-se eficaz como larvicida, podendo ser útil para o controle integrado do Ae. Aegypti. CONCLUSÃO

12 ALEXANDER, I. C.; PASCOE, K. O.; MANCHARD, P.; WILLIAMS, L. A. D. An insecticidal diterpene from Croton linearis. Phytochemistry, Jamaica, v. 30, n. 6, p. 1801–1803, LIMA, M. G. A.; MAIA, I. C. C.; SOUSA, B. D.; MORAIS, S. M.; FREITAS, S. M. Effect of stalk and leaf extracts from Euphorbiaceae species on Aedes aegypti (Diptera, Culicidae) larvae. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, São Paulo, v. 48, n. 4, p , MORAIS, S. M.; CAVALCANTI, E. S.; BERTINI, L. M.; OLIVEIRA, C. L.; RODRIGUES, J. R.; CARDOSO, J. H. Larvicidal activity of essential oils from Brazilian Croton species against Aedes aegypti L. Journal of the American Mosquito Control Association, Fortaleza, v. 22, n. 1, p , SIMAS, K. N. Produtos naturais para o controle da transmissão da Dengue. Química Nova, São Paulo, Brasil, v. 27, n. 1, p , REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

13 A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia- (UESB); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB). AGRADECIMENTOS

14 para contato:


Carregar ppt "Rômulo Carlos Dantas da Cruz; Karine da Silva Carvalho; Sandra Lúcia da Cunha e Silva; Simone Andrade Gualberto (NÚCLEO DE PESQUISA EM QUÍMICA APLICADA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google