A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rômulo Carlos Dantas da Cruz; Karine da Silva Carvalho; Sandra Lúcia da Cunha e Silva; Simone Andrade Gualberto (NÚCLEO DE PESQUISA EM QUÍMICA APLICADA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rômulo Carlos Dantas da Cruz; Karine da Silva Carvalho; Sandra Lúcia da Cunha e Silva; Simone Andrade Gualberto (NÚCLEO DE PESQUISA EM QUÍMICA APLICADA."— Transcrição da apresentação:

1 Rômulo Carlos Dantas da Cruz; Karine da Silva Carvalho; Sandra Lúcia da Cunha e Silva; Simone Andrade Gualberto (NÚCLEO DE PESQUISA EM QUÍMICA APLICADA – NUPESQ) AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE LARVICIDA DO ÓLEO ESSENCIAL OBTIDO DAS FOLHAS SECAS DE Croton sp. (EUPHORBIACEAE) SOBRE Aedes aegypti (DIPTERA: CULICIDAE)

2 O relato dos estudos ligados às plantas medicinais confunde-se com a própria história dos antepassados humanos; As plantas representam fonte de compostos bioativos; Busca por inseticidas de origem botânica, que atuem no controle de vetores, a exemplo do Aedes aegypti. INTRODUÇÃO

3 Avaliar a atividade larvicida do óleo essencial obtido das folhas secas de Croton sp., sobre larvas de terceiro estágio de Ae. aegypti. OBJETIVO

4 As folhas foram secas em estufas de circulação de ar a 40°C, durante 12 h; MATERIAL E MÉTODOS Fonte: Cruz, R. C. D. 2014.

5 O óleo essencial foi extraído por hidrodestilação em um aparelho do tipo Clevenger modificado; Fonte: Carvalho, K. S. 2014.

6  Ensaio larvicida: Para solubilização do óleo essencial utilizou-se Tween 80 e água deionizada(10%); Concentrações- 1,0, 0,7, 0,5, 0,3 e 0,2 mg mL -1 ; Teste de Tukey, ao nível de 5% de probabilidade.

7 Larvas de terceiro estágio; Fonte: Cruz, R. C. D. 2014.

8 Quatro repetições por tratamento As observações de mortalidade das larvas foram realizadas em um período de 24 horas; Fonte: Cruz, R. C. D. 2014.

9 RESULTADOS E DISCUSSÃO CONCENTRAÇÕES (mg/mL) MORTALIDADE (24 h) (%) 1,0100 a 0,7100 a 0,598,3 a 0,30,0 b 0,20,0 b Controle 0,0 b Percentual de mortalidade de larvas de Ae. aegypti, em relação às diferentes concentrações (mg/mL -1 ), do óleo essencial, das folhas secas de Croton sp.

10 Morais et al (2006), relataram que C. argyrophyloides apresentou uma CL 50 de 0,10 mg/mL, sobre larvas de Ae. aegypti; C. sonderianus apresentou compostos bioativos como α-pineno, β-felandreno e transcariofileno (Morais et al 2006); Lima (2006), após utilizar hidrolatos de caules e folhas de C. nepetaefolius e C. zehntneri, tiveram resultados de 100% de mortalidade de larvas de Ae. aegypti.

11 O óleo essencial obtido a partir das folhas secas de Croton sp., apresenta-se eficaz como larvicida, podendo ser útil para o controle integrado do Ae. Aegypti. CONCLUSÃO

12 ALEXANDER, I. C.; PASCOE, K. O.; MANCHARD, P.; WILLIAMS, L. A. D. An insecticidal diterpene from Croton linearis. Phytochemistry, Jamaica, v. 30, n. 6, p. 1801–1803, 2001. LIMA, M. G. A.; MAIA, I. C. C.; SOUSA, B. D.; MORAIS, S. M.; FREITAS, S. M. Effect of stalk and leaf extracts from Euphorbiaceae species on Aedes aegypti (Diptera, Culicidae) larvae. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, São Paulo, v. 48, n. 4, p. 211-214, 2006. MORAIS, S. M.; CAVALCANTI, E. S.; BERTINI, L. M.; OLIVEIRA, C. L.; RODRIGUES, J. R.; CARDOSO, J. H. Larvicidal activity of essential oils from Brazilian Croton species against Aedes aegypti L. Journal of the American Mosquito Control Association, Fortaleza, v. 22, n. 1, p. 161-164, 2006. SIMAS, K. N. Produtos naturais para o controle da transmissão da Dengue. Química Nova, São Paulo, Brasil, v. 27, n. 1, p. 46-49, 2004. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

13 A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia- (UESB); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB). AGRADECIMENTOS

14 E-mail para contato: romulo.carlos@hotmail.com


Carregar ppt "Rômulo Carlos Dantas da Cruz; Karine da Silva Carvalho; Sandra Lúcia da Cunha e Silva; Simone Andrade Gualberto (NÚCLEO DE PESQUISA EM QUÍMICA APLICADA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google