A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O cartaz. O cartaz é sem dúvida, um dos meios de comunicação visual mais utilizados, nos dias de hoje.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O cartaz. O cartaz é sem dúvida, um dos meios de comunicação visual mais utilizados, nos dias de hoje."— Transcrição da apresentação:

1 O cartaz

2 O cartaz é sem dúvida, um dos meios de comunicação visual mais utilizados, nos dias de hoje.

3 Muito antes da descoberta da imprensa usavam-se os cartazes manuscritos (por vezes feitos emmadeira), que eram normalmente pregados nas paredes. O grande desenvolvimento do cartaz impresso dá-se a partir do séc. XIX, como resultado de novos processos de impressão.

4 Exemplos de cartazes do séc. XIX e início do séc. XX Como definirias estes cartazes?

5 Sem dúvida, que se têm vindo a modificar, a simplificar-se, adaptando-se à vida actual… O que notas de diferente nestes cartazes, em relação aos anteriores?

6 Compara estes cartazes sobre os Jogos Olímpicos, ao longo dos tempos!

7 Para que serve um cartaz? O cartaz é um meio de comunicação muito poderoso na nossa sociedade que serve para divulgar uma mensagem

8 Cada vez é mais utilizado Cada vez tem maiores dimensões

9 É colocado nos locais menos habitados ou mais habitados, nos locais mais inesperados, como em paragens de autocarro, nos interiores de cabines telefónicas, etc.

10 A sua função, antigamente, foi sobretudo a de anunciar produtos comerciais e industriais. Passou depois a ser utilizado como meio de divulgação cultural ou de assuntos de carácter social e político.

11 Hoje em dia, o cartaz tem mais uma função informativa e apelativa (podendo estas coexistir ao mesmo tempo) Transmite informação: Cartaz comercial ou publicitário Cartaz informativo e didáctico Informa e apela à adesão e participação: Cartaz cultural Cartaz social Cartaz político

12 Vamos então observar melhor as diversas características e finalidades destes cartazes:

13 Cartaz comercial ou publicitário É o cartaz que anuncia e divulga produtos, serviços e actividades lucrativas (sumos, gelados, automóveis, bancos, viagens, etc.)

14 Cartaz informativo e didáctico É o cartaz que tem como função comunicar mensagens para ensinar algo (mapas de cidades, cartazes com indicações técnicas, cartazes para o ensino, etc.)

15 Cartaz cultural É o cartaz que anuncia e divulga eventos e espectáculos culturais (exposições, espectáculos, festivais, filmes, etc.)

16 Cartaz social É o cartaz que promove campanhas humanitárias ou informativas, denuncia questões que afectam a vida das pessoas (campanha para a dádiva de sangue, contra a droga, tabaco, poluição, etc.)

17 Cartaz político É o cartaz que promove campanhas e divulga ideias políticas (anuncia comícios, manifestações, eleições, etc.)

18 Assim, depois de conheceres um pouco mais sobre o cartaz, não chegas à conclusão de que é importante que se aprenda a realizá-lo de forma correcta?

19 Como fazer um

20 Fases da elaboração de um Cartaz: O local de afixação 1. O local de afixação 2. O formato 3. O tema 4. O texto – a letra 5. A imagem 6. A composição 7. A cor

21 Fases da elaboração de um Cartaz: O local de afixação 1. O local de afixação Onde é colocado? Dimensões do cartaz

22 Quando se pensa em realizar um cartaz, há que fazer primeiro duas perguntas importantes: Qual o público a que se destina? Onde será colocado?

23 Um cartaz que se destine a ser afixado no interior de um edifício deverá ser diferente do cartaz dos grandes espaços abertos. O cartaz que se destina a informar o grande público, deve ser colocado num local de passagem e conter uma mensagem forte e de leitura imediata.

24 Ao contrário do livro, da revista e do jornal, o cartaz destina-se a ser lido e visto por muitos observadores em simultâneo. É afixado (daí que em francês se diga affiche).

25 A leitura de um cartaz faz-se com as pessoas em andamento e, por isso, durante um tempo muito curto. Por isso, as suas dimensões são relativamente grandes. O seu destino é a parede, permitindo assim que seja visto por vários espectadores.

26 Em geral, o cartaz é feito sobre um suporte plano e de pouca duração, geralmente papel. Daí se dizer que tem um carácter efémero.

27 Fases da elaboração de um Cartaz: O formato 2. O formato

28 Existem porém várias formas de cartazes. Habitualmente, o cartaz é rectangular, uma vez que o formato do papel e cartolinas, que lhe servem de suporte é também rectangular.

29 Fases da elaboração de um Cartaz: O tema 3. O tema

30 O primeiro passo na criação de um cartaz é o da escolha do tema ou assunto a tratar. Atenção: Cada cartaz deverá ter um único tema. Um cartaz com vários temas torna-se confuso e de difícil leitura.

31 Fases da elaboração de um Cartaz: O texto 4. O texto

32 Segue-se a escolha da mensagem ou título a partir do registo de frases relacionadas com o tema. A mensagem deverá ser curta, sugestiva, clara, compreendida por todos e de fácil memorização, um verdadeiro slogan!

33 Deves começar por estabelecer uma ordem de importância para as frases do texto, para que possas dar a cada uma delas o destaque correspondente. O tamanho das letras deve portanto diminuir, consoante se trate de título, texto ou legendas. A cor das letras do título devem ser grossas, pintadas a cheio e de preferência da mesma cor.

34 Pensa na ordem de importância do texto e diz qual das duas hipóteses é a solução que te parece mais correcta?

35 O texto pode ser colocado em cima, em baixo ou ao lado da imagem, conforme a intenção da mensagem.

36 Vejamos então algumas indicações sobre a letra que podem ser úteis. A letra e a cor Com frequência, o desenho da letra, a sua forma e a cor são dos aspectos de maior dificuldade na elaboração do cartaz.

37 É necessário escolher letras simples e fáceis de serem lidas. O tipo de letra As letras podem ser feitas à mão, recortadas de jornais e revistas, com letras autocolantes ou decalcadas, com moldes de letras, etc.

38 Por vezes letras de fantasia, desde que devidamente estudadas, conseguem melhor do que quaisquer outras transmitir a mensagem pretendida.

39 Determinadas palavras ou mesmo determinadas frases podem ser destacadas se utilizarmos diferentes estilos, tamanhos e cores. Mas cuidado, não se deve nunca destacar uma letra dentro de uma palavra! Cores diferentes numa mesma palavra, ainda que possam produzir efeitos visuais agradáveis, dificultam a leitura. Também a cor das letras deve criar um grande contraste com a cor do fundo do cartaz. Tudo deve ser estudado de modo a tornar fácil a leitura do cartaz, pois depende da distância a que o cartaz irá ser lido e da importância do assunto. O tamanho, corpo e cor da letra

40 O desenho de letra deve merecer toda a nossa atenção. Devemos começar por estudar o espaço de que necessitamos. Para isso, teremos de contar as letras, os espaços entre elas, evitando que no final sobre ou falte espaço. O desenho da letra O traçado das letras torna-se muito mais fácil se o fizermos sobre uma quadrícula ou sobre linhas-guias – rectas ou curvas. Assim, com toda a facilidade, mantemos as larguras ou alturas pretendidas. As letras maiúsculas têm sempre a mesma altura, mas nem sempre têm a mesma largura. O I é a mais estreita e o M é a mais larga. Se utilizarmos as letras minúsculas, a altura já não é constante. As letras l, g, h… são mais altas.

41 Já pensaste nos espaços que existem entre as letras e as palavras? O espaçamento das letras Vê se consegues ler a mensagem seguinte, em que as letras e palavras foram colocadas ao acaso…

42 O sESp AÇoS ENt RE a Sle Tra Sd EVEMs ERcURt oSeS Em ElH AnT eS, EoES pAçOE NTrEP Al AvRAsD EVe Se Rm Ai oR.

43 Os espaços entre as letras devem ser curtos e semelhantes, e o espaço entre palavras deve ser maior. Não achas que é mais simples a leitura feita desta maneira?

44 Aprendeste então que os espaços entre as letras devem ser curtos e semelhantes e o espaço entre palavras deve ser maior. Depois de se decidir qual o tamanho das letras, como se calcula o espaço entre as palavras? Este espaço deve ser do tamanho da letra que ocupa maior área, a letra M. Atenção: Na mesma frase, o espaço entre palavras deve ter sempre o mesmo tamanho.

45 Normalmente, num bom cartaz, o espaço ocupado pelo texto é menor que o da imagem. Mas podemos projectar cartazes só com texto. Neste caso, o texto é estudado como um desenho. O texto torna-se assim na própria imagem do cartaz.

46 Fases da elaboração de um Cartaz: A imagem 5. A imagem

47 As imagens devem ser grandes, sugestivas, ocupar mais espaço que o texto e contrastar com a cor base da cartolina. Paralelamente à criação do texto, ou mesmo antes, deve surgir a selecção das imagens. A sua importância na transmissão da mensagem é enorme.

48 O texto é curto e compreensível Esta é a selecção de imagens para transmitir a mensagem O tema é uma Feira de mobiliário e iluminação OBSERVA ESTE CARTAZ:

49 Há imagens desenhadas, pintadas ou obtidas por colagem de fotografias ou recortes de revistas. O importante é que salte do papel, e traduza bem a ideia que se quer transmitir.

50 Vê a importância dada à imagem nestes cartazes da Levi s: são rostos de jovens realizados com colagens que lembram a tecnologia da marca.

51 Neste cartaz foi utilizada uma radiografia real, de maneira a criar uma imagem forte para captar a atenção do público.

52 A importância de uma boa imagem: logo à partida, entende-se que se trata de um cartaz sobre música, não achas?

53 Fases da elaboração de um Cartaz: A composição 6. A composição

54 A composição é a distribuição dos vários elementos que vão constituir o cartaz na folha de papel (título, imagem e demais texto). A colocação destes elementos neste espaço pode ser feita de diversos modos, dependendo da mensagem que se quer transmitir. Em primeiro lugar, devemos estabelecer com cuidado qual dos elementos deve ocupar o espaço mais dominante (texto ou imagem?). Ao mesmo tempo, não devemos esquecer que os espaços vazios também têm importância. Esta é uma fase fundamental.

55 O que achas que nestes cartazes tem mais importância: - O texto? - A- A- A- A imagem? - O- O- O- Ou ambos?

56 Antes de começares a fazer o cartaz, deves fazer uma margem, dentro da qual se distribuem todos os elementos que vão constituir o cartaz. Fora desta margem, não se aconselha colocar quaisquer elementos, salvo em situações devidamente estudadas.

57 Só em casos muito especiais e bem estudados é que se preenche a margem.

58 Depois de teres colocado uma margem como foi dito atrás, podes dividir o espaço útil em 3 zonas horizontais ou 3 zonas verticais – é a lei dos terços ou da composição. Pensa depois como podes colocar os diferentes elementos (título, imagem e demais texto) neste espaço visual e qual será a maneira que melhor serve para a tua mensagem.

59 Não te esqueças também de que estas formas (título, imagem e demais texto) se podem organizar segundo determinadas linhas e que, com elas, conseguimos comunicar determinadas ideias ou sensações: as linhas horizontais e verticais transmitem a ideia de estabilidade, enquanto que as linhas oblíquas ou curvas facilitam a ilusão de movimento.

60 A simplicidade na organização destes elementos é um aspecto importante a considerar. Um bom cartaz é aquele que transmite correctamente a mensagem pretendida, não é uma composição complicada. Tudo que é supérfluo e possa desviar a atenção do observador deve ser eliminado.

61 Devido à grande quantidade de imagens, este cartaz torna-se confuso. Formas e cores não contrastam o suficiente. Um bom cartaz é aquele que transmite correctamente a mensagem pretendida.

62 Um outro ponto importante a considerar, na elaboração do cartaz, é a criação de um ponto que desperte a atenção imediata de quem o vê (chamado centro óptico). Numa superfície rectangular, como a folha de papel, há linhas invisíveis que atraem mais o nosso olhar: são as medianas e as diagonais. O centro óptico situa-se um pouco acima do centro geométrico do rectângulo. O centro óptico ou o foco do cartaz, deverá ter também uma cor que se destaque do resto da composição.

63 Cartazes com a imagem principal no centro óptico.

64 Cartaz para a comemoração dos 61 anos da Coca-Cola no Brasil Observa este cartaz e analisa a sua composição: extrema simplicidade de elementos uma só cor (intensa cor vermelha que é a cor da marca) traçado sinuoso (linha curva que lembra o mar) desenho de uma caravela (símbolo do descobrimento do Brasil)

65 Fases da elaboração de um Cartaz: A cor 7. A cor

66 As cores do cartaz devem ser escolhidas em função da mensagem que se quer transmitir. A cor das letras e da própria imagem é escolhida tendo em atenção a cor do fundo para proporcionar uma boa leitura.

67 Geralmente, no fundo do cartaz utilizam-se cores frias, reservando as cores quentes para os pontos mais importantes, como a ilustração central e o título. Para se criar um efeito fortemente apelativo deve-se fazer a exploração dos contrastes. É preciso ter em atenção que demasiadas cores, num cartaz prejudicam a leitura da mensagem.

68 LEITURA Neste exemplo existe contraste Contraste errado entre a letra e o fundo: o título não se lê bem As cores das letras do título têm de sobressair em relação à cor do fundo do cartaz:

69 Exemplo de cartaz pouco estudado: A má organização das formas, a escolha de cores pouco contrastantes ou o tipo de letra dificultam a leitura do cartaz.

70 Vamos observar e analisar alguns cartazes

71 Ao analisares estes 2 cartazes, para que tipo de público é que achas que são dirigidos? Porquê?

72 Ao analisares este cartaz, já verificaste que: não tem muito texto a marca do produto mal se vê No entanto, a imagem é muito apelativa e consegue transmitir a sua mensagem. Sabes qual é?

73 Se observares este cartaz sobre a Sida, vês como imagem o símbolo feminino Se inverteres o cartaz, vês como imagem um cemitério

74 Cartaz comemorativo dos 200 Anos dos Direitos Humanos: observa a simplicidade e a força da imagem

75 Cartaz publicitário: Traduz a ideia de que até um cão consegue distinguir os camiões

76 Campanha contra o tabaco: observa como estes cartazes transmitem a mesma mensagem

77 Estudo para um

78 Trata-se de realizar um cartaz para anunciar um espectáculo de Ópera As diferentes fases do estudo deste cartaz que vamos ver, mantêm sempre 3 elementos base: o título, a rosa e a máscara do fantasma Como imagens para este cartaz foram escolhidas uma rosa e a máscara do fantasma Vamos analisar de seguida, como estes elementos se relacionam entre si e qual a sua melhor posição.

79 1 23 As diferenças entre cada um destes estudos baseiam-se na relação e posição dos 3 elementos do cartaz. A partir do estudo 3 escolheu-se a orientação vertical do cartaz.

80 45 A partir destes estudos ficou decidido a posição entre a rosa e a máscara: Rosa canto superior esquerdo) Máscara canto inferior direito

81 67 Na proposta final, optou-se pela exclusão da mão e pela ampliação da máscara. Observaste os vários estudos das letras?

82 Em resumo, para elaborar um cartaz, deves fazer o seguinte: Recolha de dados TextoImagem Letra existente ou criadaDesenho, foto ou ambos Esboços de conjunto Estudos de cor Maqueta Cartaz

83 Não te esqueças então que para fazeres um bom cartaz, necessitas sempre de fazer vários estudos, como podes observar nestes exemplos.

84 Esperamos que tenhas entendido a importância do cartaz na época que vivemos, em que é fundamental a informação e comunicação. Com este trabalho, procuramos ajudar e orientar-te na elaboração do próximo cartaz que pensares realizar.

85 Créditos: PowerPoint elaborado pelo grupo de Educação Visual da Escola EB 2/3 Fernando Pessoa Santa Maria da Feira


Carregar ppt "O cartaz. O cartaz é sem dúvida, um dos meios de comunicação visual mais utilizados, nos dias de hoje."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google