A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho de ciências. Anelídeos, moluscos e artrópodes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho de ciências. Anelídeos, moluscos e artrópodes."— Transcrição da apresentação:

1 Trabalho de ciências. Anelídeos, moluscos e artrópodes.

2 Características dos anelídeos. A forma de reprodução dos anelídeos varia de espécie para espécie, podendo ser tanto assexuada como sexuada. Embora as minhocas sejam animais hermafroditas, são necessárias duas minhocas para a reprodução. Elas se unem de forma a ficarem com os poros masculinos de uma encostado nos receptáculos seminais da outra, possibilitando, assim, a troca de gametas masculinos entre os parentes. No clitelo, anel mais largo e de cor diferenciada na reprodução e onde se localiza o poro genital feminino, ocorre a produção de muco que vai dar origem a um casulo. Neste casulo são eliminados os gametas feminino e por contrações musculares, o referido casulo é impulsionado para frete do corpo até os receptáculos seminais masculinos. Neste momento a minhoca libera o semen que recebeu da outra minhoca com quem pareou. Estes espermatozóides irão se unir aos óvulos do animal que produziu o casulo. Dentro de cada casulo podem se formar de 1 até 9 minhocas, dependendo da espécie.

3 Anelídeos Características dos animais anelídeos, classes, oligoquetas, poliquetas e hirudíneos, respiração, corpo Minhoca: um dos anelídeos mais conhecidos Introdução Os anelídeos são animais invertebrados de corpo alongado, segmentado e mole. O corpo dos anelídeos é composto por uma cabeça numa das extremidades e uma calda em outra extremidade.

4

5

6 Características dos moluscos. Os moluscos (do latim molluscus, mole) constituem um grande filo de animais invertebrados, marinhos, de água doce ou terrestres, que compreende seres vivos como os caramujos, as ostras e as lulas.filo caramujosostraslulas Tais animais têm um corpo mole e não- segmentado, muitas vezes dividido em cabeça (com os órgãos dos sentidos), um pé muscular e um manto que protege uma parte do corpo e que muitas vezes secreta uma concha. A maior parte dos moluscos são aquáticos, mas existem muitas formas terrestres como os caracóis.não- segmentadocabeçaórgãossentidospémantoconchacaracóis

7 A biologia dos moluscos é estudada pela malacologia, mas as conchas - ainda do ponto de vista biológico, não do ponto de vista dos coleccionadores - são estudadas pelos concologistas.biologia malacologia concologistas O filo Mollusca é o segundo filo com a maior diversidade de espécies, depois dos Artrópodes (cerca de espécies viventes confirmadas[1] e até espécies viventes estimadas[2], e espécies fósseis[3]) e inclui uma variedade de animais muito familiares. Essa popularidade deve-se, em grande parte, às conchas desses animais que servem como peças para coleccionadores. O filo abrange formas tais como as ostras, as lulas, os polvos e os caramujos.espécies Artrópodes[1][2]fósseis[3]ostraslulas polvoscaramujos

8 Os moluscos são variados e diversos, incluindo várias criaturas familiares conhecidas pelas suas conchas decorativas ou como marisco. Variam desde os pequenos caracóis e amêijoas até ao polvo e à lula (que são considerados os invertebrados mais inteligentes). A lula-gigante é possivelmente o maior invertebrado, e, exceptuando as suas larvas e, para além de alguns espécimes jovens recentemente capturados, nunca foi observada viva. A lula-colossal poderá ser ainda maior.Uma lula-colossal foi encontrada congelada por pescadores.O comprimento da lula chegou a aproximadamente quatorze metros e pesando cerca de 450 kilos.mariscoamêijoaspolvolulainvertebrados lula-gigantelarvaslula-colossal

9 Imagem.

10 Características dos artrópodes 1

11 Os Artrópodes (do grego arthros: articulado e podos: pés, patas, apêndices) são animais invertebrados caracterizados por possuírem membros rígidos e articulados. São o maior grupo de animais existentes, representados pelos gafanhotos (insetos), aranhas (arachnida), caranguejos (crustáceos), centopéias (quilópodes) e embuás (diplópodes), somam mais de um milhão de espécies descritas (apenas mais de segundo outros autores). Mais de 4/5 das espécies existentes são Artrópodes que vão desde as formas microscópicas de plâncton com menos de 1/4 de milímetro, até crustáceos com mais de 3 metros de espessura[1].animaisinvertebradosinsetosarachnidacrustáceosquilópodesdiplópodesespécies[1] Os artrópodes habitam praticamente todo o tipo de ambiente: aquático e terrestre e representam os únicos invertebrados voadores. Existem representantes parasitas e simbióticos. Há registros fósseis de artrópodes desde o período Cambriano. ambiente parasitassimbióticosfósseisperíodoCambriano

12 Os artrópodes têm (1) apêndices articulados e (2) o corpo segmentado, envolvido num (3) exoesqueleto de quitina (números da imagem acima). Os apêndices estão especializados para a alimentação, para a percepção sensorial, para defesa e para a locomoção. São estas "patas articuladas" que dão o nome ao filo e que o separam dos filos mais próximos, os Onychophora e os Tardigrada[1].apêndicesarticulados corposegmentadoexoesqueleto quitinaalimentação percepção sensorialdefesalocomoção OnychophoraTardigrada[1] Eles são animais metamerizados, isto é, têm corpo segmentado, mas sua metameria não é tão evidente como a dos anelídeos; isso porque sua metameria heteronôma: os metâmeros (segmentos) diferenciam-se durante o desenvolvimento, alguns deles fundindo-se para a formação de tagmas que são tipicamente:anelídeostagmas

13 Nomes: Stenio Ferreira Martins, João Paulo. N º 26 e anoº b. Prof º Marcelo Gomes.


Carregar ppt "Trabalho de ciências. Anelídeos, moluscos e artrópodes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google