A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Roteiro fotográfico Avenida Guaíba: a constituição da intriga na relação entre o público e o privado Maria Cristina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Roteiro fotográfico Avenida Guaíba: a constituição da intriga na relação entre o público e o privado Maria Cristina."— Transcrição da apresentação:

1 Roteiro fotográfico Avenida Guaíba: a constituição da intriga na relação entre o público e o privado Maria Cristina

2 Base teórica O roteiro proposto segue os fundamentos sugeridos por Syd Field – Manual do Roteiro – e por Paul Ricoeur – Tempo e Narrativa e o Si-mesmo como o outro - a narrativa como tempo humano percebível.

3 A proposta em Syd Field Avenida Guaíba Ato I Apresentação CONTEXTO PONTO de VIRADA: Recortes de jornais Ato II Confrontação AÇÃO DRAMÁTICA As diferentes apropriações PONTO de VIRADA: Pelotão do DMLU Ato III Resolução SOLUÇÃO A rotatividade de moradores da orla

4 A proposta em Ricoeur A narrativa: Processo de agendamento dos fatos que resultará em uma ação criadora Mimese I Tempo pré-configurado: ações com traços estruturais, simbólicos e temporais = ação a ser narrada Mimese II Tempo da configuração da ação: Conjunto de ações práticas em que o autor ordena essas ações atribuindo-lhes um sentido pessoal. Mimese III Re-configuração da narrativa: Processo de interpretação do texto, apreensão do que a obra comunica e o que ela projeta.

5 Relações entre Field e Ricoeur Segundo Field, o roteiro é uma história contada em imagens, diálogos e descrições, localizada no contexto da estrutura dramática (p.2) Pra Ricoeur, o texto, a escrita, a narrativa são lugares onde se realiza a compreensão de si, do mundo e dos outros através da desconstrução, da perda do eu, e de sua reconstrução em um outro nível de maturação e aprimoramento da identidade de si. Por sua vez, a intriga é responsável por efetuar a síntese do heterogêneo, das dialéticas entre os elementos de ipseidade (manutenção de si) e mesmidade (caráter)

6 Roteiro fotográfico Ato I e Mimese I: 3 imagens fotográficas * Fotos verticais em dias claros. Imagem 1: Plano panorâmico da praia de Ipanema (de dentro do rio). Imagem 2: Plano geral: vista da Av. captada de cima do morro do Guarujá. Imagem 3: Plano geral: extensão da rua – calçada com moradias e calçadão.

7 Ponto de Virada Foto 4: Enquadramento do assunto no centro da foto, em P&B. Imagens dos jornais do bairro (2) e as denúncias recorrentes sobre a invasão de motoristas de carros com equipamentos de som de alta potência, circulação de vendedores ambulantes, desrespeito ao horário de descanso, a ausência de cuidado com a limpeza local e depredação de lixeiras, bancos, etc.

8 Ato II (confrontação) e Mimese II (configuração da ação): As diferentes apropriações do espaço Fotos verticais e horizontais com a luminosidade do dia. O ritual afro- brasileiro ocorre, em geral, à noite – evitação ao uso de flash. Foto 5: Plano de conjunto de pessoas praticando caminhadas / corridas. Foto 6: Plano detalhe: carros com equipamentos de som Foto 7: Plano inteiro: crianças e brinquedos. Foto 8: Plano geral: footing de prostitutas Foto 9 e 10: Plano geral: esportes aquáticos: jetski, windsurf e kitesurf. Foto 11: Plano detalhe: passeio com cães e recolhimento de fezes. Foto 12: Plano inteiro: Leitura / idosos. Foto 13: Plano de conjunto: ritual de religiões afro-brasileiras junto à imagem de Oxum.

9 Ponto de Virada Foto 14: Plano detalhe: Final de domingo a sujeira da Avenida. Imagem em P&B

10 Ato II (Resolução) e Mimese III (re-configuração) Foto 15: Plano geral:Foto de conjunto: Mutirão de limpeza (DMLU) da Avenida às segundas-feiras. Foto 16: Plano americano: trabalhadores DMLU – trabalho colaborativo Foto 17: Casas com anúncios de venda


Carregar ppt "Roteiro fotográfico Avenida Guaíba: a constituição da intriga na relação entre o público e o privado Maria Cristina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google