A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TIREÓIDE É controlada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) da adenohipófise É controlada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) da adenohipófise Origina-se.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TIREÓIDE É controlada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) da adenohipófise É controlada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) da adenohipófise Origina-se."— Transcrição da apresentação:

1 TIREÓIDE É controlada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) da adenohipófise É controlada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) da adenohipófise Origina-se de uma envaginação do assoalho da faringe Origina-se de uma envaginação do assoalho da faringe Situada na face anterior do pescoço, à frente da traquéia, entre a quinta e sétima vértebra cervical Situada na face anterior do pescoço, à frente da traquéia, entre a quinta e sétima vértebra cervical Peso varia de 20 a 30 gramas Peso varia de 20 a 30 gramas Tem a forma de um H Tem a forma de um H Consiste de 2 lobos (direito e esquerdo), ligados por um istmo Consiste de 2 lobos (direito e esquerdo), ligados por um istmo

2

3

4 TIREÓIDE Cada lobo é composto de grande número de lóbulos menores Cada lobo é composto de grande número de lóbulos menores Um lóbulo é constituído de 20 a 40 ácinos ou folículos Um lóbulo é constituído de 20 a 40 ácinos ou folículos

5

6 TIREÓIDE É uma glândula endócrina que contém hormônios É uma glândula endócrina que contém hormônios tireoideanos tireoideanos Ações principais dos hormônios tireoideanos Ações principais dos hormônios tireoideanos Aumentam a proporção de oxidação intra-celular Aumentam a proporção de oxidação intra-celular São essenciais para atingir a idade adulta São essenciais para atingir a idade adulta Influenciam o metabolismo eletrolítico, o protéico e o dos glicídios Influenciam o metabolismo eletrolítico, o protéico e o dos glicídios São essenciais para o desenvolvimento normal São essenciais para o desenvolvimento normal Controlam a irritabilidade do Sistema Nervoso Controlam a irritabilidade do Sistema Nervoso Aumentam a freqüência cardíaca Aumentam a freqüência cardíaca

7 TIREÓIDE A formação de quantidades normais de hormônios tireoideanos, depende da quantidade de iodo exógeno A formação de quantidades normais de hormônios tireoideanos, depende da quantidade de iodo exógeno O balanço de iodo é mantido por fontes dietéticas ou através de medicamentos e alimentação suplementar O balanço de iodo é mantido por fontes dietéticas ou através de medicamentos e alimentação suplementar O iodeto penetra na glândula tireóide por transporte ativo – mecanismo de captação de iodeto ou bomba de iodeto O iodeto penetra na glândula tireóide por transporte ativo – mecanismo de captação de iodeto ou bomba de iodeto Formação dos hormônios tireoideanos – Tetraiodotirosina (Tireoxina) T4 e Triiodotirosina T3 Formação dos hormônios tireoideanos – Tetraiodotirosina (Tireoxina) T4 e Triiodotirosina T3

8 TIREÓIDE – Ação dos Hormônios T3 e T4 nos Diferentes Sistemas A. Sistema Cardiovascular a) Circulação da pele – vasodilatação com perda de calor de calor b) Coração – taquicardia; aumento do débito cardíaco cardíaco c) Pressão arterial – aumenta a pressão sistólica, diminui a pressão diastólica

9 TIREÓIDE – Ação dos Hormônios T3 e T4 nos Diferentes Sistemas B. Sistema Respiratório a) Aumenta o metabolismo b) Aumenta o consumo de oxigênio e a eliminação de gás carbônico pelas células eliminação de gás carbônico pelas células c) Aumenta o teor de gás carbônico no sangue, que leva a uma estimulação dos centros respiratórios

10 TIREÓIDE – Ação dos Hormônios T3 e T4 nos Diferentes Sistemas C. Sistema Digestório a) Aumenta o apetite b) Aumenta a secreção digestiva c) Aumenta a mobilidade do tubo digestivo, podendo produzir diarréia podendo produzir diarréia

11 TIREÓIDE – Ação dos Hormônios T3 e T4 nos Diferentes Sistemas C. Sistema Ósseo a) Aumento de T3 e T4, causa saída de cálcio dos ossos, o qual é lançado no sangue e eliminado ossos, o qual é lançado no sangue e eliminado pela urina (rarefação óssea) pela urina (rarefação óssea)

12 TIREÓIDE – Ação dos Hormônios T3 e T4 nos Diferentes Sistemas C. Sistema Nervoso a) Aumento de T3 e T4: * Insônia * Nervosismo * Ansiedade * Tremor Muscular

13 HIPOTIREOIDISMO ( MIXEDEMA) CAUSAS: * Hipofisárias (MIXEDEMA HIPOFISÁRIO) CAUSAS: * Hipofisárias (MIXEDEMA HIPOFISÁRIO) * Moléstia da glândula tireoideana SINAIS E SINTOMAS: SINAIS E SINTOMAS: Redução de temperatura corpórea Redução de temperatura corpórea Cabelos ásperos Cabelos ásperos Pele seca e amarelada Pele seca e amarelada Bradicardia Bradicardia Respiração lenta Respiração lenta Edema Edema Redução do metabolismo Redução do metabolismo Atividade mental lenta Atividade mental lenta Sonolência Sonolência Movimentos musculares lentos Movimentos musculares lentos

14 HIPOTIREOIDISMO ( MIXEDEMA) Crianças com hipotireoidismo desde o nascimento são denominadas Cretinas (cretinismo) e apresentam as seguintes características: Crianças com hipotireoidismo desde o nascimento são denominadas Cretinas (cretinismo) e apresentam as seguintes características: Anões Anões Retardo Mental Retardo Mental Língua grande e contraída Língua grande e contraída Ventre protuso Ventre protuso Causas : 1. Deficiência de iodo Causas : 1. Deficiência de iodo 2. Hipotireoidismo Congênito 2. Hipotireoidismo Congênito

15 Hipertireoidismo CAUSAS: disfunção da glândula por tumores benignos ou malignos CAUSAS: disfunção da glândula por tumores benignos ou malignos SINAIS E SINTOMAS: SINAIS E SINTOMAS: Nervosismo Nervosismo Emagrecimento Emagrecimento Intolerância ao calor Intolerância ao calor Aumento da pulsação Aumento da pulsação Tremor fino nos dedos Tremor fino nos dedos Elevação do metabolismo Elevação do metabolismo Aceleração dos movimentos respiratórios Aceleração dos movimentos respiratórios Diarréia Diarréia Insônia Insônia Sudorese Sudorese Elevação da temperatura corpórea Elevação da temperatura corpórea

16 Bócio Endêmico CAUSAS: ingestão alimentar de iodo deficiente Um aumento do volume não inflamatório e não neoplásico da glândula tireóide é denominado bócio Um aumento do volume não inflamatório e não neoplásico da glândula tireóide é denominado bócio O bócio é endêmico em certas partes do mundo onde o solo e a água são deficientes em iodo O bócio é endêmico em certas partes do mundo onde o solo e a água são deficientes em iodo

17 Bócio Endêmico CAUSAS: ingestão alimentar de iodo deficiente * Ocorre quando a ingestão de iodo cai abaixo de 20mg/dia, a secreção de tireoxina (T4) de 20mg/dia, a secreção de tireoxina (T4) diminui e sua síntese torna-se inadequada. diminui e sua síntese torna-se inadequada. Como resultado do aumento da secreção do Como resultado do aumento da secreção do TSH, a tireóide hipertrofia-se produzindo o TSH, a tireóide hipertrofia-se produzindo o bócio por deficiência iódica. bócio por deficiência iódica.

18 PARATIREÓIDES No homem geralmente aparecem 4; 2 nos polos superiores e 2 nos polos inferiores da glândula tireóide No homem geralmente aparecem 4; 2 nos polos superiores e 2 nos polos inferiores da glândula tireóide O paratohormônio tem como função elevar o nível de cálcio plasmático, mobilizando cálcio dos ossos e aumentando a excreção urinária de fosfato (excreção de fosfato e uma reabsorção de cálcio) O paratohormônio tem como função elevar o nível de cálcio plasmático, mobilizando cálcio dos ossos e aumentando a excreção urinária de fosfato (excreção de fosfato e uma reabsorção de cálcio)

19

20 HIPOPARATIREOIDISMO Sinais de hiperexitabilidade neuromuscular Sinais de hiperexitabilidade neuromuscular Tetania hipocalcêmica (espasmos intensos de musculatura esquelética), afetando extremidades e laringe Tetania hipocalcêmica (espasmos intensos de musculatura esquelética), afetando extremidades e laringe Sinal de Chvostek – contração dos músculos faciais provocados pela percussão do nervo facial no ângulo da mandíbula Sinal de Chvostek – contração dos músculos faciais provocados pela percussão do nervo facial no ângulo da mandíbula Sinal de Trousseau – espasmos dos músculos da extremidade superior, produzindo flexão do punho e polegar e extensão dos demais dedos da mão – mão de parteira Sinal de Trousseau – espasmos dos músculos da extremidade superior, produzindo flexão do punho e polegar e extensão dos demais dedos da mão – mão de parteira

21 HIPERPARATIREOIDISMO CAUSA : tumores CAUSA : tumores CARACTERIZAÇÃO: CARACTERIZAÇÃO: HIPERCALCEMIA HIPERCALCEMIA HIPOFOSFATEMIA HIPOFOSFATEMIA DESMINERALIZAÇÃO DOS OSSOS DESMINERALIZAÇÃO DOS OSSOS HIPERCALCIÚRIA HIPERCALCIÚRIA FORMAÇÃO DE CÁLCULOS RENAIS POR CÁLCIO FORMAÇÃO DE CÁLCULOS RENAIS POR CÁLCIO


Carregar ppt "TIREÓIDE É controlada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) da adenohipófise É controlada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) da adenohipófise Origina-se."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google